1. Spirit Fanfics >
  2. Meu ídol - Kakasasu (PAUSADA) >
  3. Novo parceiro.

História Meu ídol - Kakasasu (PAUSADA) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Novo parceiro.


Fanfic / Fanfiction Meu ídol - Kakasasu (PAUSADA) - Capítulo 1 - Novo parceiro.

[Sasuke/ON]

` Termino de cantar a última música para encerrar a noite. Assim, levanto minha mão para  cima e em simultâneo acenando para a plateia cuja havia vários cartazes com meu nome, lanternas florescentes azuis em volta de suas mãos e algumas fãs gritando meu nome`

— Mina-San! Muito obrigado por virem! Isso é uma honra! — Me inclino para frente demonstrando gratidão mas ligeiramente já voltando a minha posição normal—

— Repitam comigo, okay?! 

???: — Okay!!! — Grita as garotas da plateia em pé—

` Faço um formato de coração com minhas mãos na frente de meu olho esquerdo`

— San, Ni, Ichi... Daisuke! Daisusuke!

` Todos acabam repetindo em simultâneo comigo, me fazendo dar um sorriso abobado por me sentir adorado por tantas pessoas, mesmo sabendo que eles não estão nem aí para mim de verdade`

— Bye bye! 

` Novamente aceno com a mão para todos escutando seus gritos, posteriormente me viro de costas andando lentamente até ao fundo do palco mudando minha face para severa, já que, tudo isso não passa de uma atuação para agradar o público`

N: — Óyi! Sasuke! — Grita o loiro com uma das mãos segurando um caderno e caneta preta na outra—

` Naruto era meu melhor amigo, até começar a trabalhar para mim e sentir ódio por dias depois em um piscar de olhos, eu não sei se o magoei ou apenas sentiu inveja de meu crescimento. Fico alguns metros longe do Uzumaki com os braços cruzados sobre o peito`

— O que foi? — Pronuncio em um tom de desânimo—

N: — Indra-Sama quer falar com você daqui a 20min.

— De novo?! — Descruzo com os olhos esbugalhados. Digamos que quando Indra-Sama quer conversar, é porque ele vai te criticar—

N: — Suas roupas de saída já estão dobradas no seu camar—

` Não dou ouvidos ao mesmo e ando apressadamente pelos corredores até meu camarim. Abro a limiar e começo a retirar minhas roupas sem ao menos fechar a porta para não perder tempo, as roupas dadas eram uma camisa social preta comprida de abotoar conjunto uma calça jeans cinza, a minha favorita, minha camareira e ex-namorada Sakura sabe do que eu realmente gosto. Uma história bem complicada. Não perco tempo e guardo meu celular no bolso saindo do repouso até as portas de fundo, prontamente andando até ao estacionamento e notando uma limusine estacionada errada, já que o Otsutsuki pensa que faz oque quiser`

I: — Venha logo Sasuke! — Alerta ele de dentro da limusine—

` Reviro os olhos lentamente andando até ao veículo. Odeio ser apressado! Neste modo entro no automóvel percebendo haver mais um homem ali dentro, talvez um convidado do patrão?`

I: — Como sempre, você fez todos irem à loucura com sua aparência e voz, mas—

(`` Lá vamos nós de novo``) 

I: — Você apenas tem 21, e mesmo que seja novo e tenha boas articulações, dançar bem e aperfeiçoamento rápido na voz, não quer dizer que irá conseguir lidar com tudo isso sozinho. Por isso, eu e meu sócio Madara, decidimos que você irá se apresentar com outra pessoa ao seu lado. 

` Começo a rir abaixo pondo a mão sobre minha boca, não acreditando em seu comentário sobre eu ter outro k-ídol ao meu lado. Assim abaixo minha mão olhando para o patrão com um sorriso doce`

— Boa piada Indra-Sama. 

` O Otsutsuki definitivamente não gostou de minha ação anterior. Ele não pode estar falando sério sobre eu ter um parceiro...`

I: — Esse — aponta para o albino ao seu lado— Hatake kakashi, será seu parceiro como segundo vocalista e ‘rapper’. Ele tem 23 anos então ainda não é tarde para ele se tornar um ídol também, não concorda, Sasuke-San? — Disse ele com um sorriso travesso—

— Sim... Indra-Sama...

K: — Será uma honra trabalhar ao seu lado, Senpai — Ele inclina sua cabeça para o lado todavia parece demonstrar sua simpatia pelos olhos, visto que seu rosto era coberto com uma máscara preta que cobria seu queixo até ao nariz—

` Olhando bem, ele tem alguns ‘piercings’ na orelha e na sobrancelha associado com uma tatuagem no lateral de seu pescoço, um texto escrito em japonês. Hummm... Eu não sei se essa aparência irá contribuir, mas precisamos tentar já que estou sendo pago para isso. 

I: — Eu já passei todos os horários para Hatake-San, então vocês dois não se atrasem amanhã, terão um longo dia pela frente, e, aliás, como Kakashi veio para Coréia três dias atrás, ele não tem onde ficar, por isso pensei se você não poderia oferecer o quarto de hóspedes para ele. 

K: — Indra-Sama não faça isso com Sasuke-San, eu darei um jeito. 

I: — Que isso kakashi! Sasuke é um bom garoto, e irá adorar a companhia de outra pessoa ou especificamente, de um homem, em sua casa. 

` Franzino a testa desviando o olhar enchendo minhas bochechas com ar, dado que essa é minha maneira de demonstrar frustração`

— ... S-só até você achar um lugar fixo, ouviu bem?! — Passos meus olhos no albino sentindo minhas bochechas queimarem, entretanto, o Hatake não parecia estar incomodado com a situação`

K: — ... Tão claro como cristal, Sasuke-San — Ele me atinge com um olhar intenso. O que diabos ele está tentando provar?! Ele não pode estar pensando em roubar minha posição não é??!`

I: — Já que todos nós estamos aqui e vocês dois vão morar juntos a partir de agora, será mais fácil eu dar carona até a casa de Sasuke. Motorista! Dirija até ao 272 319 (inventado)

` Meia hora se passa e aqui estamos na frente dos grandes portões de minha casa, ou devo dizer agora, "nossa casa". Ele não está pagando pela mansão, então praticamente ela é apenas minha, e não irei deixar ele tocar em nada que não seja dele!`

I: — Au revoir. 

` Eu e o albino abrimos a porta de nossos lados saindo da limusine, mas Indra tão impaciente ordena no mesmo instante para o motorista dirigir para fora do bairro. Mas é um filho da pu—

K: — Você tem uma casa linda senpai. 

— Hum. 

` Me aproximo do muro esquerdo que havia uma mini câmera instalada para escanear ou captar intrusos, mas assim que o ‘laser’ passar por um dos meus olhos, ele automaticamente vai abrir. Nisso, me inclino para frente e fecho meu olho direto deixando o do esquerdo aberto, dessa forma o aparelho reconhece a minha pupila e abre os portões, consequentemente me afasto da câmera e ando calmamente para dentro da residência, porém o albino continuava paralisado, me fazendo olhar para trás com face confusa`

— Óyi, você quer um tapete vermelho ou um convide VIP para entrar por acaso? — Digo debochando de sua cara—

K: — Eu sei que não gosta de mim. Eu só quero que saiba que não quero trazer problemas a você e muito menos destruir sua reputação.

` ... Seu tom de voz influencia meus batimentos cardíacos a ficarem lentos enquanto deixava meus músculos menos tensos. Eu não sei dizer se essa declaração de "paz" é verdade ou não já que ele parece não ser muito social, ou ter cara de querer fazer amigos. Mas também parece inofensivo...`

— Eu espero que esteja falando a verdade, Hatake. Agora vamos, eu quero jantar logo. 

` Dou de costas para o mesmo, não obstante, de alguma forma sentindo que um sorriso fraco teria se formado em seus labios através dá máscara, mas deve ser só impressão minha mesmo... O albino me segue pelo jardim até de fato na entrada do casarão. Posteriormente abro a porta e entro sem dar recepção para o mais alto, pois parecia que ele tinha mais o menos 1,72, e eu 1,67, que decepção. Enfim, ele fecha a porta por nós e olha para todos os cantos—

— Pode ficar com a sopa em cima da mesa no corredor a sua direita e eu vou tomar banho lá em cima, depois eu te mostro onde fica o quarto de hóspedes. 

` Kakashi apenas afirma com a cabeça enquanto me aconchego perto da escada na nossa frente ao lado direito`


Notas Finais


Obviamente vou continuar Minakaka também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...