1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Irmão alfa(jikook) >
  3. Capítulo 15

História Meu Irmão alfa(jikook) - Capítulo 15


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 15 - Capítulo 15


Fanfic / Fanfiction Meu Irmão alfa(jikook) - Capítulo 15 - Capítulo 15

[...] 

jungkook on

Acordo com o sol batendo em meu rosto,logo olho para o lado e vejo meu ômega,deitado ao meu lado e  dormindo como um bebê,tento levantar se acorda-lo,mas sem sucesso.

Bom dia amor! - falo e ele se afasta assustado.

O que aconteceu? - pergunta ainda assustado

Você não lembra?,nós fizemos amor ontem! - falo fazendo o mesmo arregalar os olhos.

Isso está errado! - fala levantando e se vestindo.

Minie! - falo um pouco triste.

Jungkook,esquece o que aconteceu aqui,não era pra acontecer! - fala.

Como assim?,você me perdoou! - falo levantando.

Olha só esquece e vai embora - fala e eu só vou embora.

(Depois que fui para meu quarto não fiz mais nada só me deitei e chorei,eu deveria ter sido um alfa de verdade,isso não teria acontecido se eu soubesse cuidar dele)

Jimin on

Eu acordei no meu quarto,com o jungkook do meu lado,eu só mandei ele ir embora e fiquei no quarto chorando,eu não deveria ter dormido com ele ,eu não sei o que fazer...

(Mais tarde)

Eu estava com minha omma na cozinha,ajudando ela com o jantar,pois meu appa já estava chegando de seu trabalho.

Quando você é o jeon iram fazer as pazes? - pergunta mechendo a comida que estava na panela.

Omma,eu não quero falar sobre isso! - falo.

Jimin,você não pode se fazer de difícil por um erro! - fala e eu começo a chorar-Meu bem,me desculpe! - fala vindo até mim e me abraça - ele te pediu desculpas? - pergunta.

Sim,dormimos juntos ontem,mas eu mandei ele esquecer! - falo.

Meu bem,dê uma chance à ele! - fala.

Ele não me deu uma chance,quando eu pedi! - falo.

Okay,vamos parar de falar desse assunto! - fala limpando minhas lágrimas e logo jungkook entra na cozinha.

Omma,tem uma amiga sua na porta! - jungkook fala.

Jimin eu vou atender a porta,você termina o jantar? - pergunta me olhando.

Tudo bem!,pode ir! - falo indo terminar a comida,quando menos espero,sinto braços em volta da minha cintura.

Eu quero você de volta! - jungkook sussurra no meu com uma voz rouca,no meu ouvido.

Jungkook sai - falo me soltando dos seus braços.

Me perdoe,bebê!-fala me puxando pela cintura e beijando meu pescoço.

J-jungkook pa-para,por favor!-falo tentando me soltar, mas era inútil,jungkook apertou minha cintura de forma intensa e foi logo beijando meu pescoço, me fazendo arfar.

Eu te espero no quarto!-fala me dando um selinho e caminhando até a escada.depois que jungkook foi embora vejo minha omma entrar na cozinha.

Jimin?-chama.

Sim?-falo.

Aconteceu alguma coisa?-pergunta preocupada.

Não!-falo e volto a fazer oq estava fazendo.

[...]depois do jantar,foram todos para seus quartos.

Depois que eu tomei um banho,fiquei pensando em ir para o quarto do jungkook,eu estava meio confuso,mas estou com muita vontade de ir.

Ah quer saber,eu vou,não tenho nada a perder mesmo!-falo para mim mesmo e saiu do meu quarto,indo em direção ao quarto de jungkook ,chegando lá vejo a porta entre aberta,então eu entro não  vendo jungkook no quarto,mas começo a escutar passos vindo do banheiro,então eu olho para a porta do banheiro vendo jungkook sair de lá todo molhado e com uma toalha enrolada na cintura e outra passando em seu cabelo,eu corei instantaneamente com aquela visão.

Vejo que você veio - fala se aproximando.

Se afaste,não pense que eu vou me entregar para você,como antes! - falo fazendo o mesmo se afastar com as mãos pro ar.

Não vou fazer nada,eu só quero conversar! - fala.

Então coloque uma roupa e iremos CONVERSAR como duas pessoas civilizadas - falo virando da costas.

Até parece que nunca me viu pelado! - fala.

Não importa! - falo - já posso virar? - pergunto.

Pode! - fala e eu me viro,vendo jungkook só de calsa moleton e sem camisa.

Certo!,o que você quer conversar? - falo olhando para o abdômen definido de jungkook.

Uê,não está óbvio? - pergunta.

Não - falo.

Jimin,não se faça de sonso - fala.

Eu não estou me fazendo de sonso! - falo.

Claro que não,só está babando no meu abdômen! - fala me fazendo voltar para vida real.

C-claro que não! - fala - você está louco,eu vou embora! - falo me virando para ir embora,mas jungkook segura meu pulso colando nossos corpos.

Você não vai embora! - jungkook fala se aproximando da minha boca,logo colando ambas.

Jungkook,você está louco - falo empurrando o mesmo.

Sim,estou louco,por você! - jungkook fala e me beija outra vez,mas dessa vez eu cedi,o beijo estava calmo porém quente,jungkook estava com uma das mãos na minha Bunda apertando a mesma com força,logo ele desce para minha coxa,passando a mão por ela,eu estava com uma das mão na sua nunca e outra entre seus cabelos,jungkook me pega no colo colocando minhas pernas em volta de sua cintura - dorme comigo essa noite,mesmo que amanhã você se arrependa! - jungkook fala.

Tudo bem!,eu durmo aqui,mas aproveita você não vai me ter mais! - falo.

Então,eu não vou te ter mais? - pergunta com cara de safado.

Não vai - falo sério. 

Eu vou te mostrar,que você me ama - jungkook me beija novamente e me leva até a cama,me jogando na mesma,começando a tirar meu short e minha calcinha,logo tirando suas próprias roupas ficando totalmente pelado,jungkook começa a beijar meu pescoço e desce os beijos até minha virilha deixando selinhos ali - eu posso te fazer meu hoje? - pergunta ainda beijando minha virilha.

P-pode! - falo e jungkook logo tira minha blusa e desce os beijos até meu buraquinho,começando um beijo grego, eu estava delirando,jungkook sabe me provocar ,ele chupava meu buraquinho tão bem,mas meu prazer foi acabando quando jungkook parou e me olhou com um sorrisinho safado.

Eu vou entrar tá - fala.

Vai deva... - jungkook nem me espera terminar e entra de uma vez,eu gritei de dor, mas logo fui me acostumando e rebolando contra seu pau,jungkook estava indo rápido e fundo fazendo meus gemidos almentarem e a cabiçeira da cama bater na parede com força, o cheiro de sexo estava no quarto inteiro e o barulho ecoava,nossos pais acordaram provavelmente, jungkook estava indo mais rápido e logo ele acerta meu "ponto doce" me fazendo gemer mais alto ainda,logo gozando em nossos abdômens,jungkook acelerou as estocadas e gozou dentro de mim,eu admito, sentir aquele líquido quente me invadir,é a melhor sensação de todas

Eu te amo! - jungkook fala.

É melhor eu ir embora! - falo tentando levantar.

Bebê,fica vai! - fala me Abraçando forte.

Tá bom! - falo.


(De manhã)

Continua?


Notas Finais


Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...