História Meu irmão psicopata! (Imagine park jimin) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jimin
Visualizações 70
Palavras 1.136
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Genteee bloqueio criativo tá tensoooo só faço merda!! Espero q esteja bom e Sorry pela demora

Capítulo 11 - Eu entrei nisso... E não é para perder!


Fanfic / Fanfiction Meu irmão psicopata! (Imagine park jimin) - Capítulo 11 - Eu entrei nisso... E não é para perder!

-quando abri a boca para falar com ele yoongi me corta- 

Eu gosto da S/N!! Sei q vc a trata mal... Pude observar isso a distância... Você não tem direito de ter ela e essa criança... Eu só falei isso porque eu quero que você saiba q eu vou brigar pelo amor dela!! 

MEO DEOS!! -fala taehyung boquiaberto sem noção e jungkook tampa a boca dele boquiaberto tbm assim como os outros- 

Y-Yoongi... -eu ia terminar de falar quando vejo Jimin levantar rapidamente e jogar yoongi pro chão e ele tenta enforcar o yoongi- 

SEU... FILHO.... DA NEIDE.... -jimin fala cm seus dedos na garganta de yoongi flexionando ali- 

FILHO DA NEIDE É O TEU ORIFÍCIO DESGRAÇA! -fala jin correndo com os outros para separalos, em meio a tanto fusue resolvo por um fim-

CHEGAAAA!! -ngm me dá ouvidos- AI MEO DEOS MEU FILHO TA NASCENDO!! -vejo eles pararem e olharem pra mim, vou até Jimin e tiro suas mãos da garganta do yoongi o deixando respirar enquanto tocia- jimin você é louco!!!? -falo com uma de minhas mãos nas costas do yoongi e a outra no peito- 

Louco...? -ele fala e se aproxima do meu rosto com uma cara terrivelmente assustadora- se eu souber que você me traiu... -ele começa a sussurrar em meu ouvido- todos que você gosta irão morrer não importa quem... -ele fala e se distancia e olho para onde ele estava olhando vendo yoongi, engulo em seco e vejo eles se levantarem e me levanto também, após isso ficou um silêncio incômodo e é interrompido pelo som da porta abrindo, vejo a enfermeira que entra e fala que jimin já pode ir, pego minha bolsa e saímos, vejo o carro dos meninos e vejo Yoongi quase sendo carregado pelos meninos,estava bastante frio, começo a deslizar minhas mãos por meus braços para tentar esquentar mas não funciona até que sinto alguém ponhar uma blusa de frio em mim e me viro vendo J-Hope- obrigada....

Imagina... -ele fala ponhando às mãos nos bolsos- s/n... Eu não tenho certeza que é seguro você ficar na casa com o Jimin... Não sei oq ele é capaz de fazer... -ele fala e eu abaixo o olhar, olho para ele e vejo ele olhar para minha barriga- se quiser pode vir morar conosco -ele se refere a ele e os meninos-

E-Eu... -ia falar algo mas sinto Jimin passar entre nós dois puxando meu braço e praticamente me jogando dentro do carro, eu quase caí e machuquei na porta, vejo Jimin entrar e fecho a porta, ele liga o carro e eu começo a chorar- p-porque me trata assim??

Não chore... Você me irrita -ele fala enquanto maneja o carro com um semblante sério- a partir de amanhã você não falará mais com os meninos... Principalmente com o yoongi -ele fala e me olha pegando em meu queixo- não quero ter que punir você... De uma forma tão... Cruel -ele fala a última palavra como um sussurro e dou uma virada bruta com a cabeça- 

Eu te odeio! Você não manda em mim! Sei que blefa! E sabe que estou grávida -eu falava como gritos e sinto ele parar o carro como tranco e sinto um tapa forte em meu rosto me deixando em choque- 

Não aumente sua voz pra mim! -ele fala nervoso enquanto eu ficava chorando com minha mão em meu rosto, por impulso abro a porta e começo a correr-

 OMMAAAAAAA!!!! -falo como se pedisse pra Minha mãe me tirar daquela situação e sinto Jimin me levantar por trás e começo a debater minhas pernas no ar- ME LARGA!! ME DEIXE IR!!! -falo tentando bater nele e sentindo minhas forças se esgotarem enquanto escorria lágrimas em meu rosto- me... Lar..ga -falo dando socos bem leves em seus braços e ouço ele abrindo a porta do carro e ele me deita no banco traseiro e sobe por cima de mim, tento sair dali me debatendo mas ele segura minhas mãos e sinto ele me abraçar e arregalo os olhos e sinto suas mãos em meu pescoço, quando ele se levanta sinto um colar em meu pescoço- 

Você é minha... E esse colar prova isso... -ele fala mexendo no colar que continha um anel como pingente, vejo ele tentando manter a calma e respirando profundamente- eu entrei nisso... E não é pra perder... -ele fala olhando em meus olhos- se o yoongi quer brigar por seu amor ele que brigue... -sinto ele se aproximar de meu ouvido- vou amar esfregar na cara dele q eu sou o único que você ama... O único que te tem delirando na cama -ele fala e sinto suas mãos subindo em minha cintura- 

Jimin... -falo e logo sou parada por um beijo doce e suave dele, seus lábios carnudos e macios, sua voz ecoava em meus pensamentos, suas mãos alisando minhas curvas,seu cabelo que comecei a massagear, sinto ele se separar do beijo e dar um sorriso doce- 

Vamos para casa Jagya -ele fala como se fosse um anjo e me pega no colo me tirando dali me colocando no banco da frente, fiquei quieta e pensativa o caminho inteiro e derrepente sinto o celular tremer em minhas coxas e vejo o nome "Min yoongi~" Jimin vê também e fico com o coração acelerado e ele pega meu celular e atende- o que você quer com a minha mulher seu cuzao? -ele fala revirando os olhos e Ouço yoongi falando que queria falar comigo- no momento ela está gemendo meu nome acho que não poderá te atender -ele fala rindo irônico e ouço yoongi perguntar se eu tava bem e falar que jimin estava mentindo- ah se quer prova? -jimin ri irônico novamente e aproxima o celular de mim e dá um apertão muito forte em um de meus seios me fazendo gemer seu nome e ele aproxima o celular do ouvido de novo, eu iria falar pra o yoongi que não era verdade mas Jimin tampou minha boca- desculpa perdedor, eu tenho certas coisas para "meter" byye -jimin fala e desliga e eu por impulso lhe dou um tapa no rosto meio forte- 

S-SEU!! V ADO!! -falo alterada e vejo ele sorrir de canto- 

Esse filho aí na sua barriga diz uma coisa bem ao contrário dessa sua afirmação -ele fala Mordendo o lábio e sinto chegarmos em casa e saio batendo a porta com força por estava nervosa e vejo Jin nos esperando- 

Jin...? Oq faz aqui? -falo estranhando e jimin vem atrás de mim franzindo o cenho- 

Jimin.... Sabe que sempre te amei como um amigo muito querido né?... Mas... Eu sei o que você faz com ela e não posso deixar continuar... Ou você deixa ela morar conosco ou eu denuncio você pra polícia e para seus pais.... -fala Jin me deixando boquiaberta e de olhos arregalados- 


Paro ou continuo!?


Notas Finais


Oooi?? Gostaram?? Amo vcs malz pela demora, preguiça e bloqueio criativo é fogo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...