1. Spirit Fanfics >
  2. Meu irmão veio morar comigo >
  3. Os dias estão sendo produtivos

História Meu irmão veio morar comigo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Acho que pulei essa parte, mas vou contar como continuação para não perder a narrativa...

Capítulo 5 - Os dias estão sendo produtivos


Fanfic / Fanfiction Meu irmão veio morar comigo - Capítulo 5 - Os dias estão sendo produtivos

Não acredito que fiz isso com a Michaela! E ele está dormindo aqui do meu ladinho... aaaaaaaa que vergonha! Como me deixei levar por um sentimento desses? Isso não vai se repetir! 

Me levanto, faço nosso café e comemos em silêncio já que Michaela não larga esse celular! Fui para o meu quarto e comecei a estudar química! Química é uma matéria bem legal, principalmente quando você a vê no dia a dia, então não estava me sentindo forçado. É relaxante...

Michaela pediu se ele podia ficar lendo meus mangás na cama (que fica próximo a mesa que estudo). Eu permiti e ele foi caçar algum mangá, só pedi para que ele tomasse cuidado! Naquele dia eu estava estudando sobre variações fisicas das substâncias químicas, confesso que me divirto! Quando termino um tema eu dou uma pausa para beber água, comer alguma coisa e depois volto, mas como Michaela estava aqui, pensei em puxar papo sobre o mangá que ele estava lendo. Quando vi qual era o mangá vi que era um yaoi chamado hitorijime my hero. Droga! Aquilo não podia se repetir! Tirei da mão dele, peguei outro chamado another e dei para ele:

Fernando - Toma, não fique lendo essas besteiras porque se não sua cabeça vai ficar empregnada dessas coisas pervertidas e aquela cena do banho vai se repetir de novo, e eu não quero isso!

Michaela - Ta achando que sou algum cachorro no cio? 

Fernando - em?

Michaela - Eu estou lendo porque gosto de românces e agora que penso gostar de garotos queria ver outras experiências para ter certeza da minha decisão!

Fernando - Larga de ser pervertido!

Michaela - Não sou! Esse mangá nem tem nudismo, acho! Eu só quero saber como eles se sentem e como vai prosseguir o mangá! - ele diz com um tom bem irritadinho.

Fernando - Certo, mas depois não venha tentar algo comigo.

Michaela - Ta se achando a ultima bolacha do pacote!? - Ele volta a ler o mangá.

Urg que raiva! Mas pelo menos vou me esforçar para ter uma vida incrível enquanto esse fracassado só vai ficar parado perdido em românces sem sentido! Se histórias emocionantes de românce desse dinheiro os cornos estariam ricos, mas não estão! Estão pobres e tristes, não vou acabar assim!

Michaela olha com olhar de desprezo e diz - é isso que você acha que sou? 

EU FALEI ISSO EM VOZ ALTA???? 

Fernando - na boa, cala a boca e md deixa estudar!

Agora fui estudar história, mais precisamente a parte da primeira republica do Brasil (1889 -1930) fiquei alguns minutos lendo sobre e fui fazer exercícios. Só que na primeira questão eu errei, segunda errei, terceira errei de novo... Na hora minha cabeça caiu próxima ao teclado e eu resmunguei " Que droga!" Do nada ouvi o apito do computador que simbolizava o acerto e imediatamente levantei minha cabeça e vi:

Michaela tinha acertado, não somente isso, mas começou a responder todas e acertou todas! Eu fiquei impressionado e fiquei adimirando, enquanto ele me olhava com olhar cheio de orgulho e disse com um meio sorriso:

Michaela - Acho que quando se trata de história eu sou melhor, não é mesmo, sherlock?

Fernando - VOCÊ CHUTOU! NÃO TEM COMO VOCÊ QUE NÃO ESTUDA NADA SABER MAIS QUE EU!

Michaela - Por acaso você me vigia 24hrs? Não! Você passa a maior parte do tempo trancado estudando achando que também estou fazendo nada, não é?

Fernando - Tsc... - resmunga.

Michaela - Bem... É melhor eu sair desse quarto antes que minhas mãos não consigam ficar longe de você, senhor ricasso! -Diz de forma debochada.

Eu me levanto da cadeira e o olho sériamente e digo:

Fernando - Faça isso! Eu vou me tornar alguém incrível sem sua ajuda! Passei toda minha vida sozinho, acha que preciso de você, dr mimado!

Michaela abaixa um pouco a cabeça e diz:

Michaela - Acho que somos parecidos nesse aspecto. Eu também sempre estudei sozinho, meu pai apesar de me dar comida e limpar a casa, ele nunca teve tempo para mim e sempre vivia irritado com a esposa e comigo. Sempre me ofendendo! Achei minha saída nos estudos porque entrava em um mundo paralelo ao meu! Diferente.dos jogos, ali as regras funcionavam para o meu mundo também! Eu não quero ser rico como você, mas quero poder ser feliz e para isso, sim, preciso de uma certa quantidade de dinheiro que só virá com muito esforço e dedicação. Você vive fazendo cara de tédio quando me vê no celular, mas saiba que ali eu fico ouvindo ou lendo vídeo aulas, ouvindo palestras,etc... NÃO PRECISO DA SUA APROVAÇÃO! VOCÊ É COMO O MEU PAI! DINHEIRO ANTES DE TUDO E TODOS! ENQUANTO NÃO TIVER UMA META PALPAVEL E VERDADEIRA NUNCA CONSEGUIRÁ TER A REAL FORÇA NOS ESTUDOS PORQUE ISSO É MUITO DIFÍCIL! NÃO ADIANTA FICAR FALANDO QUE OS OUTROS SÃO UNS LIXOS E VOCÊ É INCRÍVEL! SÓ PORQUE VOCÊ É INTELIGENTE, BONITO, LEGAL, CAPRICHOSO, ISSO NÃO ME FAZ UM BOSTA...

Nesse momento ele já estava chorando.

Michaela - ENTÃO SE VOCÊ... QUER... TANTO CONTINUA...AR ... NESSA DE...

Eu não aguentei e dei um abraço forte nele e, também, caí em lágrimas.

Fernando - Eu não disse que você era um lixo, eu só queria... Sei lá!? - diz chorando.

Michaela - Tudo bem, mas eu vou sair mesmo assim para não te desconcentrar! 

Então pego na mão de Michaela e pergunto:

Fernando - Será que não podia me explicar um pouco sobre a matéria?

Michaela abre um sorriso de ponta a ponta e diz:

Michaela - Quanto você paga?

Fernando - SAI DAQUI SEU GANGSTER DESGRAÇADO!

Michaela - HAHAHAHAHAHAHAHAHHA - Ele riu apontando para mim.

Eu fiz pose de bravo, mas nem liguei para o que ele estava fazendo, mas fiquei feliz por ter encontrado alguém como eu.

Michaela - Qual a dúvida?

Fernando - Isso aqui que fala sobre o coronelismo, eu não estou entendendo direito!?

Michaela - Ah sim, bem... Coronelismo era o sistema politico nessa época que mantinha a oligarquia, que seria governo de poucos, os coronéis vendiam votos para politicos, pois eles que controlavam o curral eleitoral, que é o local onde as pessoas iam votar...

Eu não sei por que, mas não conseguia não prestar atenção nele...

Michaela - Naquela época o voto era aberto, ou seja, o coronél podia ver em quem você vai votar e comprar seu voto! Essa pratica se chamava clientelismo! É claro que ele também podia ameaçar, principalmente, quem era pobre.

Eu queria ouvir ele falando mais, parecia tão bom... Então perguntei até coisas que já sabia:

Fernando - O que é a politica do café com leite?

Michaela - bem... São paulo era o maior produtor de café e tinha a segunda maior quantidade de pessoas que podia votar (já que nem todos podiam votar) e sabe quem era o maior produtor de leite?

Fernando - Minas gerais?

Michaela - Depois do leite que te dei ontem para beber, você ainda fala que é Minas Gerais? Hihihi.

Fiquei vermelho na hora só de lembrar da cena:

Michaela - Mas, é isso mesmo! Então MG se aliou com SP e fizeram uma politica de revesamento, como assim? Exemplo: Ambos os Estados iriam fazer propagando para votarem, por exemplo, em um candidato de SP, daí quando terminasse o mandato dele, ele iria recomendar alguém do outro estado, ou seja, MG. Daí vem a politica de revesamento.

Fernando - E por que acabou?

Michaela - Vários fatores, muita gente já estava insatisfeita com isso, mas acabou principalmente quando um candidato de SP quebrou o acordo e recomendou o próximo de SP também. 

Fernando - Washington?

Michaela - Exato! Foi ai que  se enfraqueceu a oligarquia e entra Getulio Vargas.

Fernando - ok, então depois você me ensina mais?

Michaela - Não sou seu escravo, mas - Ele me dá um selinho - Explico sim! Hihihi - Ele diz saindo do quarto.

Fernando - Michaela!

Michaela - hm?

Fernando - Obrigado e me desculpa.

Ele dá um sorriso de lado e sai do quarto. Nesse momento eu fiqueu bem interessado em conversar mais com ele, mas sei que teremos ainda mais tempo para fazer isso! 

Do nada ouço Michaela falando do lado de fora:

Michaela - Um condição!

Fernando - hm? Que?

Michaela - Me explica química! Quero passar mais tempo com você!

Nesse momento, por trás da porta, eu não consigo segurar meu sorriso e digo:

Fernando - Ta bom, então dá próxima te explico química e você me prepara uma explicação melhor que essa porque eu não vou pagar de novo por isso!

Michaela - Pagar o que?

Eu abro a ponta e dou um beijo em michaela e ele obviamente não esperava tanto é que fica sem reação. Quando acabou ele me olhou com grandes olhos e eu disse:

Fernando - Agora vou fazer o almoço, então vamos!

Michaela fecha sua boca e recupera a pose, e diz:

Michaela - Eu te ajudo! Hihi.

 

Agora sei que sinto algo a mais, não sei se é amor, mas sinto que não ficarei mais sozinho...


Notas Finais


Tentei encaixar, mas não sei se ficou muito certo na linha temporal. Enfim, trarei mais do universo deles, então se prepare para mais contos de pessoas estudiosas!
Ps: O bom é que você aprende algo também hahsussuh.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...