1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Koala Com K - NamJin >
  3. É... Então...

História Meu Koala Com K - NamJin - Capítulo 27


Escrita por: BPP306

Notas do Autor


Oiê! Esse capítulo é o de amanhã, ok??

Boa leitura baby's!!!

❤️🧡💛💚💙💜🍉🍉🍉💜💙💚💛🧡❤️

Capítulo 27 - É... Então...


— ...Agressiva. Todos eles são… Um tipo de família apenas de alfas! — completou Yoongi ao dar dois passos pra trás. 

 

— Gente… — fraquejou Seok. 

 

— Jin? — chamou o ruivo. 

 

— Jin! — chamou o biólogo. 

 

— Eles estão… — sugeriu Yoongi. 

 

— Estão… — afirmou Akira. 

 

— Não deem as costas a eles, apenas saiam devagar… — orientou Kim ao olhar os dois mais novos, que assentiram novamente com a cabeça e seguiram para fora do habitat como pedido, observando Jin pela grade — Ei… Layla… que tal você acalmar sua família, em? Eu… não sou o Koya, ok? — a coala olhou pra si assim como os outros dois — Eu disse que não sou. Isso mesmo… Me solte, por favor. 

 

Jin manteve contato com os três, tentando fazer com que um deles entendesse e avisasse os outros. 

 

Não funcionou. 

 

— Eu não quero fazer isso com vocês… por favor… vocês precisam me soltar… — pediu desesperado, sem fazer nenhum movimento além da boca, Yoongi estava prestes a apertar o botão vermelho, ao lado de cada jaula, alertando aos militares ambientais que precisavam de ajuda — Eu não quero machucar vocês… Não quero assustá-los… Por favor… Me soltem… Está tudo bem… Tá tudo bem… — olhou mais uma vez nos olhos de cada um — Tudo bem…  

 

Forçando sua voz cada vez mais baixa e fraca, Jeff entendeu e soltou sua perna, Jay fez o mesmo e Layla desceu seu corpo bem devagar, Jin os ajudou e se agachou em frente aos três. 

 

— Eu não sou o Koya. Ok? Sou o Jin… — sussurrou e os três o olharam confuso, Jin repetiu em poucas palavras — Sou o Jin — apontou pro seu próprio peito com as duas mãos — Koya, não — fez um sinal de "x" com os antebraços e "cortou", separando-os. 

 

Yoongi relaxou seus dedos, os tirando do botão. 

 

Jin levantou-se…

 

Sorriu pra cada um…

 

E deu as costas a eles, mostrando que confiava nos mesmos.

 

E saiu, trancando a jaula. 

 

.

 

.

 

.

 

No domingo, Jimin e Hoseok tomaram uma pílula vazia, cada um. E hoje de manhã Jimin tem estado estranho, assim como Hoseok. Os dois tomaram as cápsulas de manhã e o cheiro deles aumentou gradativamente em duas horas. Ou seja, o remédio era totalmente controlado.

 

Hora por hora.

 

Dia por dia. 

 

Jungkook conseguia sentir o cheiro de seu alfa tão forte pela casa, Jeon também sentiu o de Hoseok e avisou Taehyung, que riu divertido percebendo que tudo estava bem.

 

Até NamJoon sair do quarto assustado, os dois "ômegas" brincavam na sala, na verdade o híbrido de coelho tentava brincar com o mais velho, mas Tae se recusava, pois, caso Kim do meio chegasse, ele não se sentiria bem.

 

Mas ele chegou.

 

— O que estão fazendo? — perguntou NamJoon tímido observando os dois da cozinha, ele pegou um copo d'água e se sentou ao balcão. 

 

— Brincando — respondeu Jungkook na sala, não ligando para as cutucadas que Tae o dava. 

 

— Posso participar? 

 

— Claro! Senta aqui — Kookie sorriu doce batendo palminhas alisando o pedaço de chão ao seu lado. NamJoon se sentou formando um triângulo, cada um numa ponta, ele estava sim incomodado com o cheiro dos alfas, mas o que poderia fazer? 

 

— Do que estavam brincando? 

 

— De super heróis, eu sou o homem de ferro e o Tae é o tigre que invadiu a cidade e está matando todo mundo! — contou divertido vendo Tae sorrir cúmplice, se soltando aos poucos. 

 

— Eu posso ser o que? 

 

— Olha… Eu tenho o bonequinho do Capitão América, serve? 

 

— Sim, sim! — riu Nam fazendo uma voz mais grossa que a sua em seguida: — Atenção militares, salvem aquele tigre! 

 

— Mas senhor, ele está matando todo mundo! — brincou Jungkook com uma voz mais fina.

 

— Não, Tony! Esse tigre que está sofrendo! — contou Nam pegando o bonequinho e correndo com ele até o tigre na mão de Tae, esse que rugiu entrando na brincadeira:

 

— Rawn! 

 

— Ó, não! Steve está sendo atacado! — gritou Jungkook correndo com seu boneco pra perto do tigre. 

 

— Acalme-se, Tony! — NamJoon direcionou a mão do boneco para o tigre, Tae fingiu cheirar e enfim se encostou em Nam pedindo carinho como um gato. 

 

— Cuidado senhor! Ele pode ser traiçoeiro!

 

— Não! Os humanos que são traiçoeiros! Matamos milhares deles, e ele matou apenas dez de nós! Cuidado você! — brigou Nam acariciando o tigre, Tae riu olhando nos olhos de NamJoon, mostrando seu sorriso sincero e quadrado ao outro.

 

— Rawn! 

 

— Viu? Ele gostou de mim! — comemorou com o Capitão América voando por aí com o tigre. 

 

— Ele não voa, Nam — riu Jungkook.

 

— Agora ele voa, com o poder da amizade! — Nam soltou o boneco e estendeu a mão pra Kim, que segurou hesitante e sorriu.

 

— Rawn! — rangeu os dentes brincalhão e Nam riu, Jeon observando a cena satisfeito sentiu o cheiro de Jimin ainda mais forte, ouvindo gemidos de dor de Park vindos do quarto. 

 

— Jimin?! — perguntou os dois mais novos assustados, não era para ele sentir dor, certo? 

 

— …Jungkook… — gritou, mas para eles foi mais um sussurro, Jimin chamava pelo ômega e Jeon já estava enfeitiçado, correu pro quarto sendo seguido por Tae e Nam. 

 

Chegando ao corredor, o cheiro de Hoseok era tão forte que até o humano pode sentir, Tae parou no quarto de Hoseok o vendo se contorcer na cama. 

 

NamJoon vendo a situação deles, parou primeiro na porta de Jung, que olhou pros dois e sentiu uma pontada em seu membro.

 

— NamJoon! Tira ele daqui! Agora! — gritou Hoseok ao ver Tae correr pra si, ele mal conseguia se controlar, Tae já se sentiu fisgado mais uma vez.

 

Namjoon assentiu e agarrou a cintura de Kim mais novo, o tirando as forças dali e trancando a porta.

 

— Nam, abre isso pelo amor de deus! — gritou Tae ao ser solto correndo para pegar a chave do mais alto, que levantou seu braço não deixando o menor pegar de si — NamJoon! Ele tá com dor! Abre a porta! 

 

— Taehyung, é normal, é o cio dele, você não vai entrar lá! 

 

— Ai meu deus! O que eu fiz?! — NamJoon então bufou e correu pro quarto de Jimin, vendo o híbrido de cachorro encurralando Kookie, que estava com medo do loiro.

 

— Jimin! Se controla, cara! Você vai machucá-lo! 

 

— Saí! — gritou em resposta sedento pelo mais novo, o cheiro do único ômega da casa, no caso, o seu, estava bem a sua frente, Jimin o prensou mas sentiu Namjoon o pegar e jogar na cama com brutalidade, pegando Jungkook no colo e correndo pra fora do quarto, trancando mais uma porta. 

 

— Jungkookie… — chamou Tae abraçando o mais novo, que mordeu seu ombro em nervosismo — Taetae mal… 'dicupa' Hobi, 'dicupa' Minie… 

 

— Tae… — falou soltando o ombro do mais velho — O que a gente fez? 

 

— Eu não sei! — chorou Taehyung soltando tudo pra fora, toda a culpa e desconforto, suas preocupações, sua família agora sofria por culpa sua e só sua, já que Kookie foi induzido a isso.

 

— Nam… como a gente pode ajudar eles? 

 

— Então…


Notas Finais


Aiiinnn... O que acharam???
Tae, Kookie e Nam brincando, ai gente... Morri. 💙🌊

É... Então... Hehehe... Difícil... 💙🌊

Aiai... O que acham que vai acontecer, em??? Me contem aiii!!! (Se quiserem).💙🌊

Boa noite gente! E bom dia pra quem acordou com um capítulo desses! 💙🌊

💙🌊💙🌊💙🌊💙🌊💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...