História Meu lendário guerreiro - Broly X Reader - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Personagens Androide Nº 17, Androide Nº 18, Bardock, Brolly, Bulma, Freeza, Gine, Gohan, Goku, Kakaroto, Kuririn, Personagens Originais, Piccolo, Rei Vegeta, Vegeta
Tags Brollyxleitor, Dragon Ball, Goku, Romance, Vegeta
Visualizações 19
Palavras 1.910
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HESLOW PEOPLE!! Turo baum?

Bem gente foi mal ter demorado postar mas sabe como é, criatividade tá F O D A.

AAAHHH, Um aviso rápido
(S/n) - Seu nome
(T/c) - Tamanho do cabelo
(C/c) - Cor do cabelo
(C/o) - Cor dos olhos
(N/l) - Nome do livro

Os parênteses são observações ou pura zoeira!

Agora fiquem com o cáp ~

Capítulo 3 - Um conflito do passado


Fanfic / Fanfiction Meu lendário guerreiro - Broly X Reader - Capítulo 3 - Um conflito do passado

Pov (S/n)

Enquanto eu explorava o planeta congelado, Via cada vez mais o quanto aquele lugar era solitário, talvez mais até que o meu "Planeta Natal". Talvez, mas mesmo assim via alguns soldados por aí vez ou outra enquanto voava pelos céus. 

Quanto mais eu ficava dispersa em meus pensamentos enquanto voava, mais a imagem do rosto daquele homem em quem esbarrei mais cedo aparecia em minha mente, e estava cada vez mais difícil de simplesmente esquecer aquele rosto...

(S/n)- AAARGHH, POR QUE EU SEQUER ESTOU PENSANDO NISSO AINDA?!?! - você gritou em pura frustração por não conseguir esquecer daquele belo rosto.

(S/n)- Bem se me lembro bem ele tinha roupas de soldado, então ele deve ser um daqueles soldados que eu vi cuidando da nave. - você pensou alto porém, sussurrado para que não chamasse tanta atenção a si - Enfim, isso significa que não irei vê-lo de novo. - você terminou a frase com um certo desapontamento na voz, por mais estranho que pareça você queria "esbarrar" nele mais uma vez, porém não sabia o motivo disso.

Percebendo que a hora tinha passado, você resolve voltar ao castelo para além de não perder a janta descansar um pouco, pois você tinha como objetivo procurar um tal de "Lendário Super Saiyajin", seja lá o quê fosse. Chegando no castelo você andou até o corredor onde se localizava seu quarto, porém viu uma cena um tanto curiosa enquanto ia para lá. Você vê o tal de Brolly e o Goku se encarando meio estranho, como se já se conhecessem a um tempo e tivessem guardado rancor um do outro, mas aquele que mais demonstrará esse lado foi Brolly que além de uma expressão completamente odiosa e raivosa sobre Goku, soltava grunhidos de raiva pura enquanto você observava pouco atrás de Goku.

(S/n)- "Ué, por que o colar dele está brilhando?" - você se perguntou reparando a luz no colar de Brolly.

Parecia que os dois iriam lutar ali mesmo, até Paragas chegar e usar uma espécie de aperelho em sua mão esquerda que fazia o colar de Brolly brilhar mais ainda, até que quando você percebeu ele havia "voltado a si".

Paragas- Aconteceu alguma coisa (S/n)? - perguntou com um olhar sério mas tom ligeiramente preocupado, fazendo com que Goku e Brolly percebessem minha presença. 

(S/n)- Não, não é nada. - você tentou disfarçar, apesar de ter visto tudo aquilo - Eu só estava indo pro meu quarto, se me derem licença. - eu andei rapidamente até a porta, a fechando com o máximo de calma possível.

(S/n)- Mas que diabos acabou de acontecer? - você se perguntou alto, ainda em seu quarto deitada na cama olhando para o teto de pedra. Esperando até a hora do jantar.


Pov Brolly

Brolly- "ARRGH, Aquele maldito do Kakarotto, o quê ele pensa que está fazendo aqui?!?" - Pensava, enquanto mantinhauma expressão carrancuda em seu rosto e soltando grunhidos de pura raiva.

Enquanto estava distraído no ódio, não percebi meu pai usando a máquina para conter o poder do lendário super saiyajin, me fazendo acalmar aos poucos e me esquecer desse ódio por um momento. Porém antes também não percebi a presença de outro ser ali até meu pai a chamar, era... A garota de hoje mais cedo, mas o quê ela estava fazendo lá?

"Aos poucos a vi andando até seu quarto, observando sua silhueta com os olhos e percebendo cada detalhe em seu corpo, ela usava armaduras saiyajins e pelo visto a maior prova dela ser uma é a cauda de macaco enrolada em sua cintura, ela tinha (T/c) cabelos (C/c) e pelo que pude ver belos olhos (C/o) que sinceramente são a cor mais lin... Quer dizer, por que demônios eu estou pensando nisso." - Brolly se dissipou dos pensamentos sobre você, ao perceber seu pai o chamando.

Paragas- Venha Brolly, vamos para outro lugar. - Paragas falou frio e autoritário, guiando Brolly até seu (do Brolly) quarto.

Brolly o seguiu sem pensar duas vezes, passando por Goku que novamente continuou seu caminho, porém suas tentativas de se esquecerdaquela moça eram inúteis. E continuou com isso até que chegasse ao seu quarto, onde já havia recebido a comida para comer lá em uma pequena mesa localizada no canto do quarto ao lado da cama, sentei na cadeira e começei a comer o jantar e quando terminei o prato dei ao meu pai que esperava fora do quarto, e novamente fechei a porta para tentar contralar o ódio do Kakarotto que havia voltado sem razão e sim, às vezes eu tenho ataques de ódio por ele. Sentando novamente na cadeira, a segurando com toda a força para não quebra-lá grinhindo de raiva novamente.

Pov (S/n)

Havia de passado cerca de uma hora e você já estava com fome, porém para tentar distrair começou a ler um dos livros que havia no quarto era (N/l), um dos seu livros favoritos. Ficou lendo até ouvir uma batida na porta.

Chichi - (S/n)!! VEM LOGO JANTAR!! - me chamou gritando, para se assegurar que ouviria.

(S/n)- Já vou! - marquei a página do livro e sai em direção a sala de jantar onde já se localizavam todos, algums até já comendo (Cof cof Goku e Vegeta COF COF). Exceto um certo alguém. 

Você nem precisava demonstrar que já havia percebido que Brolly não estava lá, ficando ligeiramente preocupada e se perguntando se ele havia jantado antes ou se ela realmente demorou muito a ponto dele já ter terminado a comida, mas coincidência ou não, você certamente perguntária a Paragas depoisdo jantar.

Você jantou pelo menos uns quatro pratos de comida, pois por ser da raça saiyajin é natural pra você comer tanto, mas pelo visto não para os outros presentes com exceção de Goku e Vegeta. Quando você estava prestes a perguntar sobre Brolly, Paragas fala que amanhã cedo você e seu esquadrão irão procurar o lendário super saiyajin, mas ao invés de ir para o quarto como os outros, você se dirigiu a Paragas fazendo-lhe a seguinte pergunta:

(S/n)- Paragas, você pode me dizer onde está aquele tal de Brolly - você perguntou demonstrando serenidade em seus olhos (C/o), fazendo Paragas se assustar levemente.

Paragas- P-Por que, o quê v-você quer com ele? - perguntou certamente nervoso, ele certamente está escondendo algo... Mas por enquanto vou bancar a sonsa. Vai que ele me conta algo interessante.

(S/n)- Nada em especial, é que ele não apareceu pra jantar e me preocupei um pouco. Nada além disso. - você disse num tom mais suave assim como seu olhar.

Paragas- Bem.. - soltou um suspiro - ele só comeu mais cedo.

(S/n)- A tá bem, obrigado por falar fico mais tranquila.

Paragas- Diaponha... Agora vá dormir têm uma grande missão amanhã. 

(S/n)- Certo, boa noite! - acenei e me virei em direção ao meu quarto

Paragas- Boa noite.

Você chegou até seu quarto, e deitou-se na cama se esparramando na mesma.

(S/n)- "Ele com certeza está escondendo algo, e deve ter a ver com o Brolly"...

Você pensou no que o Paragas poderia estar escondendo naquele momento, e se teria a ver com o Brolly, ou se era simplesmente coisa da sua cabeça o quê você descartou de see na hora ao se lembrar da cena vista mais cedo, porém você tinha certeza de algo, eles estão escondendo algo grande de vocês. Até que ainda com isso em mente, você finalmente adormeceu.

Pov Paragas

Assim que saí da cozinha, subia as escadas da torre sul indo em direção a uma sala similar a um observatório, até um cristal em cima de uma pedra observando atentamente a chegado do que finalmente me vingará do Rei Vegeta. O cometa Agumori.

Paragas- Isso se aproxime mais, cometa Agumori. Hahaha - Ri pensando na destruição que ele causaria.

"Esses idiotas não fazem a menor idéia do que lhes aguarda, mas em todo o caso é melhor tomar cuidado com a garota, ela já deve estar desconfiando de algo sobre isso. Especialmente se ela tiver visto o quê aconteceu hoje no corredor, aquele idiota do Brollly." - pensou ainda olhando fixamente para o cristal, até ouvir alguém se aproximar. 

Hopum- Mestre, como está a proximidade do cometa? - perguntou um dos soldados.

Paragas- Paciência Hopum. Logo, logo esse cometa atingirá o planeta e matará todos que estiverem nele.

Hopum- Por quê não se livra da garota mestre? Se ela já começou a desconfiar do nosso... quero dizer! Seu plano. - disse o soldado com uma expressão assustada em seu rosto.

Paragas- Aaargh, você não entende idiota?! - ele grita de raiva, repreendendo o soldado - Se ela já suspeita de mim, é melhor eu conquistar sua confiança para que ela morra também. Caso contrário, ela pode contar a alguém, ou alguém vai descobrir meus planos e avisar aos outros. - explicou seriamente ao soldado

Logo depois da explicação feita por Paragas, ele solta uma rajada verde de energia no soldado, tendo em visão do lado de fora da torre apenas resquícios da luz e gritos estridentes de dor e, por fim uma risada sigada por um sorriso cínico de Paragas voltando a dar uma olhada no cristal até ir ao seu quarto dormir. E felizmente, Brolly não se dwacontrolou durante a noite, permitindo então Paragas dormir tranquilamente naquela noite e pensar em jeitos de conseguir sua confiança.



{...}



Pov (S/n)

O dia amanhece e você escuta alguns sons vindos do peitoril da janela, que eram muito semelhantes aos de pássaros como você ouviu na Terra quando chegou, então mesmo com muit preguiça você se espreguiçou e tirou sua camisola para colocar sua armadura para a missão no planeta Satur.

Enquanto pentiava seus (T/c) cabelos (C/c), ouviu batidas em sua porta e dando uma última conferida em seu visual, você correu até a porta e a abriu, tendo uma surpresa ao ver que quem batia era Brolly eu dei um passo para trás, para ter uma distância  mais confortável entre mim e ele. Dando algumas piscadas confusas me perguntando o por que dele ter me chamado, ele se prontificou em quebrar o silêncio. 

Brolly- Meu pai... Está chamando você lá fora, pediu para que eu viessee buscá-la. - ele desvia o olhar de você quando termina a frase, fazendo você piscar algumas vezes em um gesto confuso.

(S/n)- Certo.. - você retomou o olhar a ele - Me leve até lá. 

Ele acentiu e vocês dois começaram a andar lado a lado pelos corredores do castelo, olhando de canto pra ele algumas vezes para reparar melhor em seus traços, até que essse olhar foi retribuido pelo mesmo, fazendo vocês dois o desviarem na mesma hora com as bochechas levemente rosadas. Você depois peecebeu o silêncio desconfortável que existia no local, procurando um jeito em sua mente de quebra-ló o mais rápido possível. Porém outra pessoa acabou por quebrar antes de você ou Brolly.

Paragas- Muito bem, obrigado por busca-lá Brolly. - ele dirije um olhar autoritário à Brolly, o fazendo baixar a cabeça assentindo - Certo, podem entrar, o resto do esquadrão está à espera. - ele se vira e aponta para a nave, até que o Brolly começa a andar em direção a nave dando à entender que ele era do seu esquadrão de busca.

Você então assentiu, engolindo seco e indo em direção a nave logo atrás do maior, entrando loho em seguida e se preparando para o curso até o planeta Satur. Ouvindo o comandante dar a partida você se senta ao lado da janela, e vê o planeta se afastando de vocês até horas depois você ver outro planeta se aproximar da nave, a ponto de vocês entrarem em sua atmosfera dando a entender que era Satur, onde sua busca se iniciará. 









Notas Finais


Hayô!! E aqui está mais um cáp Maravilindo pra vocês!

Eu agradeço a todos que estão acompanhado a fic, obrigado por tudo e até o próximo cáp.

BYEEESS!! S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...