1. Spirit Fanfics >
  2. Meu lobo chama por você -Woosan ABO >
  3. Chapter 22 final

História Meu lobo chama por você -Woosan ABO - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Chegamos no final :')
Desculpe qualquer erro, um boa leitura pra vocês 💜

Capítulo 22 - Chapter 22 final


Fanfic / Fanfiction Meu lobo chama por você -Woosan ABO - Capítulo 22 - Chapter 22 final

Alguns meses depois...

San andava de um lado para o outro enquanto estalava seus dedos, o nervosismo do lúpus não passou a despercebido por seus amigos.

― San, quem está fazendo a prova é o Wooyoung, não você ― Hongjoong disse sem ânimo ―

Eles estavam em frente à universidade, esperando Wooyoung, que estava fazendo suas últimas provas, as quais o lilás vinha estudando nos últimos meses, tanto que mal estava tendo tempo para ficar com San ou sair com seus amigos, o ômega realmente estava empenhado em se sair bem na prova final.

― Eu sei! Mas eu estou nervoso por ele, eu sei o quanto ele vem se esforçando, tenho certeza que ele se sairá bem, mas eu não deixo de ficar nervoso! ― O lúpus respondeu, voltando a andar de um lado para o outro ―

― Alguém para ele??? ― Jongho disse já impaciente com o nervosismo de San ―

― Escuta San, se você entrar em desespero aqui agora, não vai conseguir comemorar com o Woo, quando ele sair por aquela porta e dizer que se saiu muito bem na prova ― Yunho disse na expectativa de acalmar o lúpus ―

― Escuta, já pararam pra pensar que, o Wooyoung tem a marca, então tudo que ele sente, o San sente e vice versa, então o Wooyoung pode estar nervoso e por isso, o San está nervoso também ― Yeosang comentou calmo ―

― Yeosang! ― Todos disseram juntos repreendendo o loiro ―

― Não complica mais as coisas Loirinho ― Disse Seonghwa ―

― O Yeo pode ter razão ― San concordou preocupado ―

― Não vai na conversa do Yeosang ― Mingi se pronunciou ― Se não você vai ter um treco, e ninguém vai ajudar.

San suspirou indo se sentar próximo de Hongjoong na calçada, o avermelhado soltou um riso passando um de seus braços para o pescoço do lúpus, este que sorriu fraco.
Com mais alguns minutos, San estava mais calmo, resolveu acreditar que Wooyoung estava bem, até Yeosang se pronunciar..

― O Woo está vindo!! ― O loiro apontou em direção a entrada da universidade ―

San se levantou em um pulo se virando para trás, notando o ômega de fios lilás se aproximar calmo com alguns livros em mãos, o lúpus já impaciente, correu em direção ao seu ômega.

― E aí?? Como foi?? Você está bem?? Não ficou nervoso?? ― San atolava Wooyoung de perguntas, oque fez o lilás rir ―

― Calma Sannie ― O lilás sorriu ― Os resultados só iram sair esse final de semana, mas eu tenho certeza que fui bem! ― Respondeu convicto ― Consegui responder tudo sem tanta dificuldade e apresentei um trabalho, foi de boa.

― Fico mais aliviado ― O alfa soltou o ar preso, que nem sabia que estava segurando ― Que tal tomar um sorvete??

― Vamos! ― O ômega sorriu ―

― Eu levo pra você ― O alfa pegou os livros das mãos do lilás ―

― Obrigado, foi de boa sabe? Mas sei lá, senti um mal-estar na hora, mas foi passageiro ― O lilás comentou sem dar muita atenção ―

― Mas você está bem, certo?? ― Wooyoung afirmou balançando a cabeça ― Ainda bem.

Os dois se aproximaram de seus amigos, estes que olhava os dois com curiosidade.

― Como foi Woo?? ― Yeosang questionou ―

― Os resultados só sai final de semana, mas acho que fui bem ― Dito isso, todos soltaram um suspiro aliviado ―

― San estava pra ter um surto aqui, você precisava ver ― Disse Mingi ― Bom, já que está tudo resolvido, podemos ir tomar o bendito sorvete???

― Vamos! ― Jongho respondeu ―

O celular de Wooyoung vibrou no bolso de sua calça chamando sua atenção, o lilás sacou o aparelho rapidamente para ver de quem se tratava..

― Woo? ― San chamou pelo ômega, assim que percebeu que o mesmo tinha parado de andar ―

― Desculpa gente, não vou poder ir junto, meu sobrinho está lá em casa, e eu estou com muita saudades dele, do Tae e do meu irmão ― Wooyoung disse mordendo os lábios aparentemente sem graça de ter que faltar novamente outro encontro de amigos ― Desculpa.

― Não precisa se desculpar Woo, é sua família ― Yunho respondeu sorrindo ― Deixa pra próxima, você ainda vem né Sannie?

― Amor, o San não sai com a gente mais se o Wooyoung não for junto ― Mingi disse entre risos ―

― Pode ir com eles Sannie ― O lilás disse olhando para seu alfa ―

― Mas...eu queria ficar com você ― O moreno respondeu em um sussurro ― Faz dias que não temos um tempo pra nós, sinto sua falta..

― Eu sei, me desculpe por isso, agora que minhas provas terminaram vamos ter todo tempo do mundo ― O ômega disse soltando um riso ― E também sei que sente falta de sair com os meninos, então pode ir com eles e depois você pode ir para o parque me encontrar lá, faz tempo que não vamos lá, prometo não demorar muito em casa. O que me diz??

― Está bem ― O alfa concordou soltando um sorriso fraco ― Manda um beijinho pro neném por mim ― Wooyoung afirmou sorridente ― Não quer que eu te leve?? Tenho medo de deixar você ir sozinho caminhando pra casa.

― Não se preocupe, vou de táxi okay? Pode ir tranquilo ― O lilás finalizou sua fala deixando o selar rápido nos lábios do alfa, pegando seus livros das mãos do moreno ― Até agorinha, te amo! ― Disse após sair dali ―

― Também te amo... ― San respondeu mesmo Wooyoung já estando longe ―

― Vamos San! Eu estou com fome! ― Jongho exclamou impaciente ―

― Sorvete não sustenta nada, se está com fome deveria comer algo decente ― San respondeu enquanto voltava a andar ao lado dos amigos ―

― E oque você entende de fome dos outros? ― O ômega de fios castanho questionou arqueando uma de suas sobrancelhas, arrancando um riso de todos ―

― Tá bom, não está mais aqui quem falou! ― San respondeu rindo fraco ―

― Não fica assim San, vocês vão poder voltar a ficar mais juntos agora ― Seonghwa comentou ―

― Seong tem razão ― Yunho concordou ―

― Assim espero.. ― O moreno suspirou ―

[🐺]


― Eu cheguei!! ― Wooyoung gritou assim que entrou em casa ― 


Hoseok apareceu vindo da cozinha com uma mamadeira azul nas mãos.


― Oie Woo, como foi lá?? ― O ruivo perguntou enquanto sacudia o líquido dentro da mamadeira ―


― Ah eu acho que fui bem, Hunwoo está acordado??? ― Perguntou pelo sobrinho ―


― Sim, Taehyung acabou de dar banho nele, faz um favor?? Aproveitando que está indo lá, leva essa mamadeira ― Entregou a mamadeira para o ômega ― Tenho que sair pra comprar mais leite em pó, e um pacote de fraldas porque lá em casa acabou, nunca vi um menino com tanta fome igual meu filho viu ― Hoseok comentou rindo da própria fala ―

― Está bem, vou lá ver ele ― Wooyoung sorriu indo em direção as escadas ―

Estava no corredor quando ouviu um choro vindo de seu quarto, o ômega sorriu largo indo em direção a porta, abrindo a mesma minimamente dando visão de Taehyung andando de um lado para o outro no quarto enquanto balançava levemente seu filho.

― Tae? ― Wooyoung chamou pelo cunhado em um tom baixo enquanto fechava a porta com cuidado ―

― Oie Wooyoung, olha filho quem chegou, o titio Woo! ― O castanho dizia de forma divertida para o filho ―

― Posso dar a mamadeira?? ― Wooyoung perguntou esperançoso ―

― Claro que sim ― Taehyung se aproximou do lilás, este que deixou os livros sobre a cama para poder pegar Hunwoo nos braços ― Aqui ― Taehyung passou o filho com cuidado para os braços de Wooyoung ―

― Ele é tão lindinho ― O lilás disse admirando o sobrinho enquanto se sentava em sua cama, levando o bico da mamadeira até a boca de Hunwoo com cuidado ― Até hoje não acredito no nome que deu pra ele, e não acredito que o Hoseok concordou ― O lilás soltou um riso ―

― Ah, eu sabia que ele iria gostar muito do tio dele, então pensei nesse nome ― Taehyung respondeu rindo ―

Wooyoung fez uma careta ao sentir o aroma da comida que vinha do andar debaixo.

― Está cozinhando o que?? Por Deus, este cheiro está fazendo meu estômago embrulhar ― O lilás questionou fazendo uma careta ― 

― Nada demais, é o de sempre ― Taehyung respondeu confuso ― Bem que a Heuhyu disse que você estava muito chato em questão de comida ultimamente.

― Não estou chato! Eu apenas, sei lá, não estou gostando de algumas coisas ― Wooyoung respondeu sem dar muita importância ―

Taehyung arqueou a sobrancelha com uma feição curiosa.

― Sem querer ser invasivo, mas já sendo, quando foi seu último cio?? ― O castanho perguntou curioso ―

― Semana passada, atrapalhou um pouco meu desempenho nos estudos, mas por sorte deu tudo certo ― Wooyoung disse calmo ― Por que a pergunta?

― Isso vai ser um pouco mais invasivo do que a primeira ― Taehyung riu fraco ― Vocês dois...Sabe, você e o San, usaram proteção??

― Que tipo de perguntar é essa Tae?? Claro que-... ― Wooyoung parou de falar fazendo uma feição pensativa ― Caralho..

― Eu até repreenderia você se não estivesse tão nervoso ― O castanho disse ― E se-...

― Não não ― O lilás cortou a fala do cunhado ― Não pode ser Tae, eu...

― É uma possibilidade Woo, você pode estar esperando um filhotinho ― Dito isso, o lilás encarou o nada sem reação alguma ― Está tudo bem??


― Eu não sei... ― Respondeu sincero sentindo seus olhos lacrimejar ― Eu não sei, eu tinha quase certeza que tínhamos tomado cuidado..

― Não está feliz?? Você sempre amou crianças Woo ― Taehyung disse confuso ―

― Não é isso, se caso eu estiver mesmo esperando um filhote, eu vou amar de todo coração, mas como fica o San?? Ele ainda não terminou a faculdade, nem estávamos pensando nisso agora, e se ele não gostar??? ― O lilás questionou preocupado ―

― Está brincando??? Ele vai amar! Sabe como ele gosta de crianças, Wooyoung, não se preocupe com isso, vou ali comprar um teste pra você, se importa de ficar aqui com o Hunwoo por alguns minutinhos? ― Wooyoung negou ― Está bem, eu volto já! ― O castanho saiu dali apressado, deixando Wooyoung sozinho com seu sobrinho ―

― E agora?? O que vou fazer?? ― O ômega questionava a si mesmo ―

Não estava nos planos uma gravidez agora, mas também não era exatamente um problema, por um lado estava feliz, sempre quis ter um filhote e talvez seu desejo se realizava agora. Mas estava preocupado, não se importava de ser talvez um pouco novo, mas estava preocupado pela maneira que San iria reagir a isso, sabia que o alfa nunca o abandonaria ainda mais com um filhote, mas estava um tanto inseguro ainda.


Os minutos pareciam horas, Taehyung estava demorando, Wooyoung tinha mandado uma mensagem para San, dizendo que iria demorar alguns minutos a mais.
Hunwoo já tinha caído no sono, o lilás sentou na cama ao lado do sobrinho, o admirando dormir tranquilamente. Assim que escutou a porta do quarto sendo aberta se levantou em um pulo ao ver Taehyung.

― Você disse que não iria demorar! ― O lilás exclamou indignado ―

― Desculpa, encontrei um conhecido no caminho e ele ficou falando e falando, mas está aqui ― O castanho estendeu uma pequena sacolinha com uma caixinha dentro ― Sabe como fazer certo?

― Acho que sim, me espere aqui ― O lilás saiu dali em direção ao banheiro ―

Taehyung suspirou se sentando ao lado do filho que dormia sobre a cama de Wooyoung, o Kim sorriu deixando um carinho nos fios castanhos do filhote.

Após um certo tempo preso no banheiro, a porta foi aberta relevando Wooyoung com uma expressão séria, deixando Taehyung ainda mais inquieto.

― E então??? ― O Kim questionou curioso ―

― Eu não vi ainda ― O ômega respondeu nervoso ―

― Vira logo esse negócio pra mim ver! ― Taehyung pediu impaciente e Wooyoung suspirou virando o teste para o castanho ver, este que arregalou os olhos deixando o lilás ainda mais assustado ―

― Me fala Tae! Estou ou não estou esperando um filhote?? ― Wooyoung questionou impaciente ―

― Já pode ir pensando nos nomes porque meu sobrinho está vindo! ― Após Taehyung dizer isto Wooyoung finalmente virou o teste para si vendo com seus próprios olhos ―

O coraçãozinho do ômega lilás acelerou e seus olhos lacrimejaram novamente, seus sentimentos estavam confusos, mas não foi pretexto para não ficar feliz. Saber que carregava uma pessoinha dentro de si era tão extraordinário! Não sabia como San reagiria, mas estava feliz por ter o lúpus como seu alfa e agora pai do seu filho.

― C-como vou dizer isso para o San?? Eu estou com medo Tae ― Wooyoung abraçou seu próprio corpo sentindo a mesma insegurança de mais cedo ―

― Ele vai reagir super bem Woo, falando nisso está na hora de ir até ele né? ― O castanho questionou e o lilás afirmou ― Não se preocupe, ele te ama e vai amar saber do filhotinho de vocês também.

― Eu espero ― Wooyoung respondeu soltando um suspiro ― Eu vou indo, até mais tarde.

― Até, vamos esperar você voltar ― Taehyung disse e Wooyoung afirmou saindo do quarto ―

O lilás desceu seus olhos para sua barriga coberta pelo moletom que usava, acabou por sorrir erguendo um pouco suas mãos deixando um carinho por cima do tecido de algodão. Tinha acabado de descobrir a existência do filhote, porém já o amava de todo coração.

― Vamos encontrar seu papai ― O lilás disse pra si mesmo soltando um riso fraco ―


[🐺]


A cada passo que Wooyoung dava, mais nervoso ficava ao ver o lúpus sentado no mesmo banco de sempre concentrado no celular. O ômega respirou fundo algumas vezes enquanto dizia para si mesmo que tudo iria ficar bem, com isso ele apressou seus passos se aproximando do alfa. 


San ao sentir o cheiro de uva de seu ômega, desligou o celular o guardando no bolso. Porém ficou um tanto curioso, o cheiro de Wooyoung estava um pouco diferente do normal e não era de agora, mas não fazia sentido pro alfa já que o cio do ômega já tinha passado, então resolveu não se preocupar muito.


― Woo! ― O alfa se afastou um pouco no banco para o ômega se sentar ao seu lado ― Aconteceu alguma coisa?? Fiquei preocupado quando disse que iria demorar um pouco.


― Ah, já te conto ― Sorriu nervoso ― Como foi lá com os meninos?? 


― Foi legal, tinha razão, eu estava sentindo falta de sair com eles, mas queria que estivesse lá ― O moreno respondeu simples ― Mas e você?? Viu o Hunwoo??


― Uhum, ele está tão bonitinho ― Sorriu ―


― Imagino, sabe Woo ― San se ajeitou no banco ― Seu cheiro está diferente ― As palavras do alfa assustaram Wooyoung ―


― D-diferente??? ― Indagou nervoso ― Diferente como???


― Não sei bem, é como se estivesse mudado um pouco mas ao mesmo tempo continua o mesmo sabe?? É um cheirinho doce de uva, mas agora lembra um pouco amora.


― Mas é bom?? ― Wooyoung questionou curioso e esperançoso ―


― Uhum é sim ― O alfa respondeu sorrindo ―


― Fico aliviado ― Wooyoung respondeu calmo e San arqueou a sobrancelha confuso ― Sannie, precisamos conversar.

San tombou a cabeça para o lado de maneira curiosa.

― Você está me assustando Wooyoung ― O lúpus disse nervoso ― Não está querendo terminar comigo né??? ― San perguntou preocupado e Wooyoung acabou soltando um riso ―

― Eu não sou nem louco ― O ômega riu ― é sobre outra coisa, na verdade sobre alguém..

― Alguém?? Quem?? ― San perguntava curioso ―

― Eu não sei como dizer isso, ãh..bem, antes de dizer, quero fazer uma pergunta ― Wooyoung se ajeitou no banco cruzando as pernas em formato de borboletinha ―

― Faça quantas quiser, mas o que seria??

― Lembra quando prometemos ficar juntos independente do que acontecer?? ― Wooyoung questionou e San afirmou ― Não me deixaria por nada nesse mundo né?? 


― Você sabe que não Woo, a pergunta é até estranha, eu te amo e nunca te deixaria e você sabe disso, não sabe?? ― O ômega afirmou ― Então, por que está me perguntando isso???

― É que aconteceu uma coisa, e pode mudar nossas vidas daqui em diante, preciso que se mantenha calmo pelo que vou dizer agora ― O lilás disse enquanto o moreno só ficava mais tenso ―

― Wooyoung, é sério, você está me assustando ― San já tremia imaginando diversas coisas ―

― San, apenas me responda, o que aconteceria se tivéssemos um filhote? Não iria me deixar né??? ― A pergunta do ômega fez o alfa arregalar os olhos ―

― W-Woo, você...você-...

― Me responda por favor Sannie ― Wooyoung disse apreensivo ―

San ficou alguns segundos em silêncio, até sorrir de canto soltando um suspiro.

― Se tivéssemos um filhote, ele seria muito amado por nós dois, seria nossa preciosidade, eu iria proteger ele de todo mal desse mundo, iria sorrir ao olhar pra ele pois ele será o fruto do nosso amor ― San já havia entendido perfeitamente onde Wooyoung queria chegar e o ômega já limpava os olhos enquanto sorria ― Não se preocupe Wooyoung, nunca vou abandonar você com nosso filhote..

O lilás sorriu largo e abraçou seu alfa já deixando suas primeiras lágrimas caírem.

― Por um momento fiquei com medo de me deixar ― O lilás encarou as orbes escuras de San ― Eu te amo, te amo muito...

― Eu também te amo Woo, como pôde pensar que eu te deixaria?? ― Soltou um riso ― Por isso o cheiro diferente, minha nossa, nem pensei que poderia ser um filhote, sabe disso desde quando??

― Descobri a pouco tempo também ― Sorriu fungando ― Como vai ser agora??

― Não se preocupe meu anjo, estou do seu lado, vamos ter nossa própria família antes do que esperávamos ― O lúpus sorriu alegre ―

O alfa se ajoelhou no chão ficando de frente para o ômega enquanto abraçava sua cintura.

― Oie filho, o papai está tão feliz em saber da sua existência você não faz ideia! ― Sorriu sentindo os dedos do lilás em seus fios de cabelo ― Eu já amo muito você pequeno.

― Está falando como se ele fosse um menino ― Wooyoung comentou entre risos ―

― Porque vai ser um menino oras ― San respondeu divertido ―

― Pra mim será uma menina, eu imagino ela com seus olhos, seus cabelos escuros e uma personalidade fofa igual à você ― O ômega disse sorrindo enquanto imaginava seu ou sua filhote ―

― Menina ou menino, vai ser tratado com todo amor desse mundo ― O lúpus se levou se sentando ao lado do ômega ― Esse é o melhor presente que pôde me dar nessa vida..

― É o meu também ― O ômega respondeu levando suas mãos para o rosto do alfa ― Obrigado por tudo Sannie..


― Você não tem que me agradecer Woo ― Sorriu aproveitando os carinhos que o ômega fazia em seu rosto ―

Wooyoung selou os lábios do alfa por alguns segundos, se aconchegando nos braços do moreno logo depois, enquanto o alfa abraçava forte seu ômega com certo cuidado, inalando o cheiro doce de uva do ômega que agora se misturava com o leve cheirinho de amora.

O pequeno filhote tinha acabado de ser descoberto, mas já tinha trazido imensa felicidade ao seus pais, e a partir dali o amor entre San e Wooyoung só iria crescer cada vez mais.

Fim..


Notas Finais


Tentei fazer um final legal, ficou aceitável :'D
Obrigada todos que acompanharam a fic, que favoritaram, obrigada de coração 💜
Vão acompanhar a próxima? 👉🏻👈🏻
Um abraço quentinho pra você que leu a fic até aqui.
Amo vocês, até a próxima fic!💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...