História Meu Maior Sonho e Desejo - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amigo De Infância, Animes, Boku No Hero, Melhor Amigo, Yaoi Hot
Visualizações 51
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá pessoas
Só para avisar que eu digo que é a minha história mas é mais como os meus sonhos e desejos, então não são fatos reais, mas eu existo kk Espero que gostem ;3

Capítulo 1 - O começo da história


Fanfic / Fanfiction Meu Maior Sonho e Desejo - Capítulo 1 - O começo da história

7 de janeiro

13:40

Taihito:

Era um dia normal como todos os outros e como sempre eu estava atrasada. As férias de verão haviam acabado e hoje seria a volta às aulas, que começam às 13:30, então eu só tinha 5 minutos se não quisesse faltar a primeira aula, pois existia um horário extra. Não é como se eu quisesse atrasar quase sempre, eu só demorava e muito! E as únicas coisas que precisava fazer era comer e tomar banho mas o problema era acordar, pois eu tinha costume de dormir até tarde e realmente acordar se tornava um problema. Então eu estava correndo para fora de casa, já pronta, e quando eu ia correr direto para a escola fui parada por um chamado, quando me virei me deparei com meu melhor e amigo de infância, Hiki. 

- Taaaii!! - Os olhos dele pareciam brilhar ao me ver.

Eu acho que se pudesse descrevê-lo diria que ele é realmente muito bonito, ele tem os olhos verdes, como esmeraldas, e o cabelo castanho, meio preto, e ele é bastante tímido e legal, além de carinhoso e esperto. Nós dois adoramos jogar xadrez e jogamos juntos desde nossos 5 anos. Além de que somos vizinhos, ele mora na casa do lado da minha. Ele é meu único amigo e eu sua única amiga.

- Uai, se eu estou atrasada, por que você ainda não foi? Você nunca atrasa!

- Ah, é que...Eu queria ir com você, então eu meio que te esperei... - Suas bochechas ficaram coradas 

- Que?! Não precisava!! Ah quanto tempo você está esperando??

- Só uma hora... Não é como se tivesse problema...

- Ahnn???!! - Pego sua mão e saio correndo até a escola - Não podemos perder essa aula, principalmente agora! 

Como para chegar na escola levava uns 2 minutos, por ser perto, e já era 13:45, quando chegamos lá tivemos que esperar até a segunda aula, que começava 14:20.

- Hiki, não era para ter feito isso, se ia me esperar pelo menos tivesse dito, você não deveria perder aulas por minha causa!

- Eu sei... Me desculpa... Mas é que eu não pensei nisso, eu só pensei em esperar... - Ele parece cabisbaixo.

- Não peça desculpas!! A culpa foi minha... Me perdoa?

- Haha, claro que eu perdôo! Vamos esquecer isso, como foi suas férias de verão?

- Ah... Elas foram inúteis, só isso que consigo pensar.

- Por que?

- Não vi os animes que queria, dormia todo dia às 5 da manhã e acordava às 16:00 e só... Como eu disse: Inúteis.

- Ah... Que triste.

- E você? Oque fez?

- Eu não fiz nada de mais também, maioria dos dias fiquei jogando videogame e... - Corou - S-S-Só isso.

- Hm?! Por que está vermelho? Você não me convenceu, haha, oque mais você fez?

- N-N-Nada!

- Vou tentar adivinhar!! Você ficou com alguma garota?! - Ele acenou a cabeça em sinal de negativo - Então oque foi?? Fala logo!

- Ah... É só que eu fiquei com saudades suas... - Ele parecia um pimentão.

- Por que tanta vergonha? Eu também fiquei com saudades, seu fofo!! Haha.

- Eh... É que eu não queria que vc soubesse...

- Por que? Não deveríamos contar tudo para o outro? Além de que é algo bem bobo para não querer contar...

- Ah... Você não entenderia! - Suspirou - Espera, oque é aquela marca em seu pulso?

Eu sigo seus olhos e puxo minha blusa para baixo rapidamente no meu pulso esquerdo. 

- Não é nada...

- Não acredito... Você anda se cortando?! Por que?? Quando??

- Ah só foi um pouco... Em um dos meus surtos nas férias... Esses malditos surtos... Eu estava me sentindo mal por ter tanta coisa pra fazer e pressionada...

 Ele simplesmente ficou me encarando com os olhos arregalados, ficamos uns 10 segundos nos olhando... Quando o sinal tocou e eu subi quase correndo e indo até a sala, não querendo mais olhar para ele. Não é como se eu tivesse culpa, mas eu me sentia culpada só de olhar para seu rosto apavorado, era como se ele tivesse paralisado e não soubesse oque fazer, só conseguiu subir, ir para a sala e olhar para o chão, em um mundo totalmente diferente ele estava, isso eu tinha certeza! Nós estudávamos na mesma sala, então eu só conseguia ficar o observando de canto de olho, preocupada.

Não é que eu fosse depressiva, eu diria que simplesmente sofri com a vida e se perguntassem eu com certeza me chamaria de louca, pois eu comecei a ter surtos quando fiz 13 anos, poderiam ser de alegria ou tristeza, mas quando era tristeza eu ficava querendo bater em tudo, até em mim, e gritar, e na alegria eu ficava saltando, falando sem parar, rindo igual à uma psicopata e também querendo bater em algo. Eu acho que pode ser algum tipo de ansiedade, talvez... Mas não consigo controlar!





Notas Finais


É, esse é o começo da história! Se quiserem enviar sugestões ou até pedidos podem comentar kk
Se tiver algum erro eu gostaria muito de saber, pfv

Espero que tenham gostado ;3



Para contato maior comigo, a escritora, ou até alguma dúvida/pedido/sugestão/correção ou somente querendo ser avisado de novos capítulos, só entrar nesse link para o nosso grupo no WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/4wMpl5wVMNwGgoFDC1O22D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...