1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Mar- Noart >
  3. Somos amigos o que há de errado nisso?

História Meu Mar- Noart - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Gente eu sou lerda, no capítulo anterior nas "notas do autor" uma das opções de fanfinc eu coloquei "The dusk" que é "o anoitecer" ou "o crepúsculo" que é basicamente a mesma coisa kkkk, descupa a minha burrice! Mas saibam que é "o anoitecer"

Letra "E" venceu kkkk, então vou continuar com essa e provavelmente depois a "The dusk" ou "The day of the strom"

Desculpa qualquer erro de português 📚

Boa leitura ❤️

Capítulo 5 - Somos amigos o que há de errado nisso?


Fanfic / Fanfiction Meu Mar- Noart - Capítulo 5 - Somos amigos o que há de errado nisso?

Pov's Noah

Levei Sina para um tipo de bosque que contém um lago muito lindo, costumava vim aqui quando pequeno junto com meu falecido avô, as vezes quando meus pais brigavam quando estávamos viajando por essa cidade, meu avô levava eu e a minha irmã de bicicleta pra cá, era uma época incrível, não gosto de falar muito sobre isso pois ele foi muito especial na minha vida! Lembro-me de sentar na margem do lago ao lado mais velho dos cabelos grisalhos e da pequena morena dos cabelos cacheados ao meu lado, olhei para os dois e sorri, mal sabia eu que era meu último momento com meu avô, passamos o dia juntos, nós três! A noite, minha avó fez um jantar delicioso para nós, de madrugada escutei o choro da minha mãe, os gritos da minha avó e...a ambulância, Any acordou e aquela frase da menor me corroeu por dentro "mamãe, o vovô vai ficar bem não precisa chorar!" Ela dizia passando suas mãos no rosto da minha mãe, Deus, como aquela cena me destruiu! Ela poderia ter oito anos e entender o que estava acontecendo mas meus pais sempre foram muito protetores então a pequena Gabrielly era muito ingênua, quando meu pai comecou a trabalhar duro e minha mãe também eu tive que tomar conta da Any, então lhe ensinei muitas coisas que a transformou na mulher que é hoje, bem...as vezes ela é bem imatura como eu hahaha!

- Noah...aqui é lindo!-- Sina diz após chegarmos no lago-- Como sabe da existência desse luga?-- ela diz sorrindo--

- bem... quando eu era pequeno meu avô me trazia aqui, e a Any também!-- digo e seu sorriso vai desaparecendo aos poucos--

- você tem uma irmã?-- Sina pergunta finalmente me olhando--

- sim...seu nome é Any Gabrielly!-- digo e ela sorri--

- lindo nome--ela volta a encarar o lago, sentamos lado a lado e ficamos vendo as estrelas-- fico feliz por você não ter detonado meu carro!-- ela quebra o silêncio, rio com o seu comentário--

- não sou desastrado, sou lerdo!-- digo e ela sorri--

- obrigada pelo aviso!-- ela diz me fazendo rir--

- já sei! Falei com a Any hoje mais cedo, ela está sozinha lá, podemos ir na casa dela e dos meus pais fazer companhia pra ela!-- digo e Sina assente--

Entramos no seu carro e novamente eu fui dirigindo, um sentimento estranho se espalhou sobre mim, era tão confortável estar ao lado dela, me sinto seguro ao seu lado como se nada de ruim podesse acontecer, é muito confuso, conheci ela a poucos dias e já me sinto assim, como se nos conhecêssemos a anos! Diria... melhores amigos desde pequenos, uau, isso faz qualquer um quabrar a cabeça, é estanho conhecer uma garota eventualmente hoje e já apresentá-la para minha irmã, mas somos amigos o que há de errado nisso? 

- Noah, tá tudo bem?-- ela coloca sua mão no meu ombro-- Você parece distânte e pensativo!

- sim, sim, só estava pensando um pouco!-- sorrio fraco, eu não menti não é?-- Sina...nós somos amigos certo?

- certo! Mas por que a pergunta?-- Sina diz olhando a estrada--

- só curiosidade mesmo!-- ela sorri mas não me pareceu convensida com a minha resposta-- Chegamos, a Any é doida então não liga muito pelo o que ela fala!-- Sina assente, saímos de carro e eu toquei a campainha-- oi Moany

- Noah!-- Any diz e me abraça-- Você deve ser a namorada dele né?

- não, sou a amiga dele, Sina Deinert!-- Sina diz sorrindo e Any retribui com um sorriso parecido--

- bom...você já sabe quem sou eu. Podem entrar, daqui a pouco a mamãe e o papai chegam!-- Any diz se afastando para dar passagem para nós entrarmos, coloquei minha mão nas costas da Sina e entramos--

- vamos assistir um filme?-- pergunto--

- bora-- Any diz e coloca um filme qualquer na Netflix--

- convida a Sina para fazer pipoca-- Any sussurra no meu ouvido--

- o que? Por que?-- sussurro pra ela também--

- é a sua hora garanhão-- Any sussurra de volta--

- vamos fazer pipoca?-- sussurro para Sina--

- vamos--levantamos e fomos para a cozinha--

- quer fazer pipoca doce ou salgada?

- salgada!-- Sina diz dando pulinhos e batendo leves palmas-- 

Estava tudo indo bem, Sina estava colocando o sal na pipoca enquanto eu estava bebendo água, sem querer derrubo a água no chão, é, talvez eu seja desastrado, antes que eu podesse falar qualquer coisa e pisou no molhado e escorregou, a segurei pela cintura, sua respiração estava quente e pesada batendo no meu pescoço, engulo seco e a coloco de pé no chão novamente

- obrigada-- ela diz arrumando sua roupa e se afastando um pouco-- vamos lá na sala com a Any?

- vamos-- digo isso e nós voltamos para a sala com a Gabrielly que estava dormindo-- 

- coitada, ela deveria estar cansada!-- Sina diz e seu celular toca-- oi...okay...na casa dos pais do Noah... não pense besteira Viivi, oh, tarde demais! Okay já estamos indo...beijos-- ela desliga o celular--

- deixa eu adivinhar, a Joalin está desesperada?-- digo e Sina sorri sem mostrar os dentes--

- isso mesmo--ela diz--

- pode ir, vou dormir aqui essa noite!-- digo e ela assente--

- okay, tchau Noah!-- ela dá um beijo na minha bochecha e saí--

- agora você dona Gabrielly!-- digo pra mim mesmo, pego ela no colo e levo para o seu quarto--



Notas Finais


Noah está se apaixonando?!
-🌺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...