História Meu marido possessivo ( Imagine: Jeon Jungkook ) - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook)
Tags Jungkook
Visualizações 1.206
Palavras 946
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente resolvir separar em dois capítulos. Não se iludam com ele,pelo menos não ainda.

Capítulo 25 - Sex round( one )


Meu corpo queima, e todo momento sentia minha intimidade contrair em busca de toque

Jungkook beijava meu pescoço sedentamente, ele estava suado, e completamente excitado. Seu membro estava mais que ereto.

Não sabia exatamente o porque de estar assim, mas o tesão não me deixou pensar, sedenta, assim como fomos para na cama aos beijos intensos. 

Jungkook me beija com fúria, mas não tava me encomonado, eu queria mais. O mesmo assim que jogou minha toalha no chão parou seu olhar em meu corpo:

Você é linda,meu amor. - Ele diz rouco. Tudo no sexo que ele fazia era no alvoroço, mas dessa não foi. Suas mãos passaram sob meu corpo desnudo com carinho, ele aparecia estar tocando no céu. - Você foi feita perfeitamente pra mim! - Gemeu.

Suas expressões eram estranhas,mas ainda sim exitantes

Se não estive costumada com seu olhar intenso,como se, quisesse me devorar, poderia até ficar assustada.

Jungkook me virou bruscamente sem me deixar ou ao menos perguntar oque ele iria fazer. Gemo baixinho recebendo um tapa forte junto com seu gemido de prazer.

- Você é minha,está ouvindo!?- Se ele não disse tal coisa. Não seria meu marido. - Está ouvindo Jeon______!? - Ele repetiu eufórico,sua voz saiu completamente rouca.

Me contraio,respiro fundo, e digo:

- Sim..Eu sou sua,meu amor. - Assim que termino a frase,o mesmo me supreende colando seus lábios em minha virilha.

Ele sorrir satisfeito.

- Primeiro vou chupar minha sobremesa,logo, comerei o prato principal. - Disse.

- Jungkook! - Gemi pela sua brutalidade, o mesmo me colocou de 'quatro' e abriu minhas pernas,deixando minha bunda completamente empinada pra ele.

- Oh..- Gemeu. - Que delícia! - Sem dizer mais nada,sinto uma onda de prazer percorrer meu corpo, sua boca chupava toda minha extensão, jungkook fazia questão de me provocar mas ele não parava a intensidade. 

Deus lábios chupava-me com vontade,meu interior se contraia querendo mais de sua língua em minha entrada.

Por quanto tempo me segurei...

A quem eu queria enganar dizendo que não queria...?  

Jungkook fez uma sucção em meu clitóris que me fez delirar,a mistura de ódio amor e tesão estava me deixando louca.

Recebo um tapa forte,em seguida um gemido alto do mesmo. 

- Gostosa do caralho! - Disse rouco,possesso.

Logo,jungkook estava completamente despido, num piscar de olhos o mesmo me jogou em cima de si' 

- Senta no meu rosto! - Ele disse rígido,me posicionando, meu olhos estavam arregalados, aquela era uma nova posição. 

- Vou terminar minha sobremesa...-Ele disse sacana,eu odeia sentir o alito quente do mesmo na minha vagina. Céus,ele é minha perdição. 

- E você seja uma boa menina,e coloque essa sua boquinha gostosa no meu pau. - O mesmo disse,e voltou a me massacrar de uma forma Boa...

Seguro meu membro pela base,sentido seu tamanho, jungkook era realmente muito grande. Logo,o mesmo se mexe dando a entender que ele queria mais contato. Gemo baixinho sentindo ele pausar oque estava fazendo em mim

Droga! 

Estava quese la...

- Vamos,______! - Deu-me um tapa forte na bunda. - Vamos!,me chupa! - Fico sem reação ou até medo de fazer errado. 

Mas tempo que  não isso...

Jungkook urra irritado,e me "joga" pra deitar na cama, seu corpo rapidamente foi parar em cima do meu, jeon estava "sentado" na altura dos meus seios, apoiado, ele balançou seu membro pra mim.

- Estou esperando! - Grosso.

- E-eu não sei fazer isso...-murmuro. 

- Droga,s/n, você sempre tentando me broxar! - Resmungou. 

Mas toda aquela birra foi embora quando criei coragem e comecei a masturba-lo lentamente,jungkook calou a boca, e so abriu pra gemer. 

É excitante ve-lo gemer pedindo por mais, e rebolando devagar contra minha mão. 

- Que saudade eu tive disso...-Confessou. - Ah,que delícia, (s/n)...não para! - Gemeu.

Jungkook se deliciava com meu simples toque, era surpreendente tudo aquilo, como ele consegue?, sentir prazer com tão pouco..?

Parei os movimentos,soltando seu membro que pulsava, e sorrir vendo sua glande vermelha toda melada de pre-gozo.

- Você ainda vai me matar! - Ele diz,distribuindo beijinhos molhados por todo meu corpo. - Eu sou louco por você!

- E-eu sei...-Era pra ser uma afirmação normal,mas saiu como um gemido.

Jungkook sorriu se posicionando rente minhas pernas, estava nervosa, ele estava tão eufórico e sendento que acabei tentanto fechar minhas pernas,mas logo, ele me repreendeu.

- Não ouse...-Lançou-me um olhar mortal. Jungkook passou sua glande inchada pela minha entrada,e a entroduzui sem nenhuma adestreza.

- J-Jungkook! - O puxo pra mim,e seguro firme em suas costas. O mesmo apoiou sua cabeça em meu pescoço, sua respiração ofegante estava me deixando mais excitada.

- Eu juro que estou tentando...-Sua voz saiu sôfrega. - Mas eu não vou conseguir...-murmurou.

- Tente...-Faço um pequeno carinho em suas costas. - Eu não vou sair ou sumir, vamos fazer isso sem presa nenhuma...-Sinto ele confirma balançando a cabeça.

Seu pênis adentrou em mim,me preenchendo por completo, jungkook tentava se controlar,era mais que visível...ele tremia,e já suava frio.

- Eu te quero tanto...-Confessou.

- E-eu também... - Digo e beijo seu ombro. O sentimento tomou conta de mim, nunca esperei que ele fosse me ouvir em relação a isso.

Estávamos fazendo amor...

- Eu te amo Jungkookie...-Ofego,sentindo o mesmo ir bem devegar.

- Repete...-Sussurou.

- Eu te amo..-O olho,e vejo o mesmo com os olhos marejados. Logo, ele voltou a posição anterior ficando com a cabeça na curvatura do meu pescoço.

É indescritível a sensação, fazer amor é muito melhor que transar. Pelo menos pra mim.

Nem nenhum momento meu marido disse algo pra me ofender ou disse palavras possessivas, com de costume. Nada saia além dos gemidos de prazer e do Eu te amo'

Jungkook se desfez dentro de mim, e não sentir repulsa como das outras vezes.

- Se isso for um sonho, eu não quero acordar....-Ele disse afobado depois do recente orgasmo.



Notas Finais


Vocês acham que ele se contevem com apenas isso?
Não acho não hein.
Pesado será o próximo.

Até la😚 sigam-me @viih-tae


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...