História Meu marido...(com Jikook) - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé
Tags Blackpink, Bts, Jennie, Jikook, Jisoo, Lisa, Namjin, Pink_pandah, Rose, Taeyoonseok
Visualizações 489
Palavras 1.383
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá como vão? Pois eu vou...bem.
INCLUSIVE me responda uma coisa, você lê as notas do autor?
EIS A DÚVIDA!

Boa leitura...

(~O~)zZ

Capítulo 3 - Meu marido...1T EP3


Fanfic / Fanfiction Meu marido...(com Jikook) - Capítulo 3 - Meu marido...1T EP3

Capítulo 3°

~P.o.v Kim Namjoon...

Eu andava na rua sem muita preocupação quando senti um pingo cair em minha cabeça. E logo mais e mais pingos cair por todo o chão.


–Que droga!–falei e logo entrei dentro de alguma cafeteria qualquer que eu não tinha lido o nome.


–O quê vai querer?–um garçon veio até mim todo sorridente, e assim que eu o olhei e ele ainda me olhava com um sorriso senti uma corrente elétrica percorrer todo o meu corpo.

[•••]

Toda vez que eu me lembro de como eu conheci o amor da minha vida, eu fico um pouco triste. Não por ter o conhecido...mas por ele não dar a mínima para mim.


Hoje em dia, seu café é o mais famoso de todos, ele é amigo do Marido do meu amigo super rico. E tem uma namorada chamada Jeon Mih acreditam nisso? Pois eu ainda não estou...


–Ei Nam, por quê está com essa cara de morto?–Jin perguntou dando aquele sorriso que era minha razão de viver.


–Nah..eu estava apenas pensando em alguém!–falei meio baixo pois não iria dizer alto para Mih escutar.


–Nossa, sério?–senti seu tom ficar um pouco enciumado, mas deve ser coisa da minha cabeça iludida–Quem?–Jin perguntou com um tom de voz mais baixo que o meu.


–Eu não vou dizer quem...–ele fez uma carinha triste, e eu dei um sorriso–Já sei Jin...vamos fazer assim, eu te conto sobre essa pessoa um pouco a cada dia sem dizer o nome dela nem se é homem ou mulher, apenas quando eu quiser dizer!–falei sorrindo.


–Aí eu te pergunto três coisas para você por dia...topo!–Jin falou e eu acabei rindo pelo mesmo ter trocado as regras do meu “jogo”.


Senti o olhar quente de Mih em minhas costas, e logo Jin foi lá dar a baba para aquela coisa de duas pernas que anda. Eu fui saindo da cafeteria e o Jin me parou antes de mim sair.


–Me fala sobre ele–Jin falou mostrando interesse em descobrir quem era.


–Bom...ele é perfeito, tem um sorriso encantador, e eu vejo essa pessoa quase todo dia!–falei e o mesmo anotou em um papelzinho.


–Agora minhas três perguntas são–ele fez a mãozinha do suspense–Qual é a primeira letra do nome dessa pessoa?–Jin perguntou risonho.


–É a letra, K–falei sem dar muita importância, afinal ele não sabia quem seria não é mesmo?..


–Qual a cor dos olhos?–Jin perguntou e logo me olhou intensamente.


–Os olhos da pessoa, tem a mesma cor que os seus!–falei e o mesmo fechou a cara e anotou esse fato.


Última pergunta, aonde conheceu essa pessoa?–Jin perguntou com a cara um pouco fechada e eu dei um risinho.


–Num dia de chuva!–olhei para o relógio que estava pendurado na parede e me assustei–Até mais Jin, até Mih–falei rápido e saí correndo dalí.


Tinha me esquecido completamente que Jungkook tinha me pedido ajuda em arrumar as coisas do casamento dele. Que sería provavelmente em menos de dois mêses.

~P.o.v Park Jimin...

–Ei Jimin, acorda!–Jeon falou baixinho em meu ouvido e logo eu abri os olhos assustado e o mesmo também tinha se assutado, pois ele estava no chão.


Oh...me desculpe Jeon, não sabia que você iria me acordar assim–falei e o mesmo deu um sorrisinho mínimo.


–Seu braço está melhor?–Jeon perguntou e eu movi meu braço, e não senti nenhuma dor.


Está sim!–falei dando um sorriso super feliz e o mesmo se levantou do chão e eu me deitei na cama novamente.


Vamos comer Jimin? O jantar está já na mesa, e eu tenho uma visita hoje ele é o meu amigo!–Jeon falou animado.


Eu me levantei da cama com muita preguiça, e logo Jeon desceu e eu fui trocar de roupa. Assim que senti um cheiro maravilhoso invadir meu nariz desci as escadas feliz da vida.


Você até que está bem animado, para um casamento “forçado”–uma voz grossa falou e eu como sou curioso fiquei alí parado escutando tudo.


–Eu estou animado, afinal quem não gostaria de casar com uma coisa tão fofa e ao mesmo tempo sexy?–Jeon perguntou e eu senti minhas bochechas arderem.


–Mas e ele...ele está animado?–a voz perguntou, e eu senti minha cabeça pesar um pouco.


–Eu não sei Namjoon, ele não me dá um sinal positivo ou negativo quanto a questão de me amar–Jeon falou com a voz triste, e eu senti meu coração doer um pouco muito sabe?.


Subi as escadas sem fazer muito barulho e fingi descer a escada, dando passos barulhentos. Não queria fazer eles ficaram sem graça, com a minha presença indesejada.


–NAMJOON?–gritei ao ver ele sentado na minha mesa com a típica cara de toxa dele.


–Jimin!–Namjoon veio até mim e me deu um abraço para matar a saudade, e matar eu também.


Vejo que vocês já se conhecem, não é mesmo?–Jeon falou sorrindo para nós dois que ainda estavamos abraçados.


–Tá brincando? Eu conheço Namjoon dês de que eu estava no primeiro ano da escola!–falei sorrindo e logo eu soltei o Namjoon.


Me sentei ao lado do Jeon e Namjoon na nossa frente, eu ainda não entendi sobre o que eles vieram tratar aqui na minha humilde casa. Mas tudo bem.


–Luna traga aquele suco que você fez mais cedo–falei assim que a mesma estava passando e ela assentiu se retirando.


–Bom...Park seus pais e os meus pais iram vir aqui ainda hoje, pois nós teremos que assinar o contrato que nos torna oficialmente noivos–Jeon falou e logo Luna veio com três copos de suco.


Namjoon pegou o copo dele, eu peguei o meu e o do Jeon. Eu bebi um pouco do meu suco, e logo alguém começou a espancar a campainha do tanto que essa pessoa tocava.


–Aigoo, que pessoa apressada!–falei indo até a porta e abrindo, assim que ví meus pais e meus sogros entrarem dei um sorriso.


–Fico feliz que esteja melhor querido–sorri me abraçando–KOOKIE DA OMMAZINHA!–SraJeon grita indo até o Jeon e o abraçando.


Olá Jimin–SrJeon falou sorrindo e eu até fiquei um pouco surpreso, pois o Jeon tem o sorriso que parece muito com o do Appa dele.


–Oi bebê–Omma falou me dando um beijinho na testa, e eu a abracei.


Meu Appa nunca foi de me dar muito abraço, então eu nem disse um oi para ele mesmo. Nós todos nos sentamos na grande mesa, e a Luna trouxe suco para todos da mesa.


–Esse suco realmente está uma delícia Luna–Omma falou fazendo Luna sorrir sem graça.


–Eu achei isso bom...–confesso que fiquei um pouco surpreso, afinal meu Appa não gosta de quase nada–Agora está na hora de colocar na mesa o que realmente importa!–Appa falou colocando um papel na mesa.


Era o contrato, e dessa vez não era na empresa que eu iria assinar. Era na minha própria casa...bem, na minha futura casa.


–Aqui filho–SrJeon entregou uma caixinha ao Jeon, e logo o mesmo se encontrava ao meu lado me puxando para ficar em pé também.


Jeon se ajoelhou, e fez aquele clássico pedido “Quer se casar comigo?”. Olha tudo bem que não foi do mesmo modo que nos meus sonhos, mas eu abri um sorriso tão grande.


Aceitei. E logo já estava com um anel no dedo e oficialmente casado. Meus pais pediram servejas para comemorar e todos menos o Jeon bebeu.


–Tchau Appa...Bye Omma!–falei com a voz um pouco embriagada.


–Tchau Sra e Sr Park–Jeon como sempre falando formalmente com todos a sua volta.


Assim que a porta se fechou eu acabei  escorregando e o Jeon me segurou nos braços, fortes que só ele tem.


–Vamos dormir, tá bom?–Jeon avisou e eu apenas olhei para qualquer lugar daquela sala enorme.


Jeon me levou até a cama, e assim que estávamos perto da cama, eu o empurrei nela. Eu subi no colo do mesmo e começei a quicar.


Vamos brincar um pouco, não é mesmo...amor?–perguntei rebolando em seu membro que estava duro.


–Jimin aannnw–Jeon gemeu manhoso e eu continuei quicando e rebolando.


Ssssh...você fala demais!–falei logo o dando um beijo cheio de tudo...menos amor verdadeiro.



Notas Finais


Hmmmmm lemon Jikook?
Quem sabe eu não seja malvada e deixe não é mexmo?

Até mais...

Bye Bye @Pink_Pandah
(Me seguir é a oitava maravilha do mundo, monamu)
# Diga_Não_Ao_Aborto!
(Toda vida merece viver)

~^O^~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...