História Meu meio irmão - Mikelly - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Horror, Incesto, Meu Meio Irmão, Mikelly, Originais, Sexo, Tortura, Vingança
Visualizações 282
Palavras 1.571
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oiie amores voltei com mais um capítulo espero que gostem, se gostarem não se esqueçam de deixar favoritos e comentários ❤

Boa leitura ❤

Capítulo 6 - Jantar em família


Pov Mike

 Com a Kelly lá fora, eu fico com toda casa pra mim não vou perder minhas oportunidades de atazanar a vida dela e da mamãezinha dela Paro de pensar e vou até o quarto dela, abro o guarda roupa e vejo algumas roupas atrás tem um diário 

 - Hmm, que segredos mais sem noção, não dá nem pra fazer uma brincadeira chantagista.- Bufo e rasgo todo diário ouço uma voz e sim a voz do meu pai 

 - Mike, como teve coragem de trancar a Kelly pra fora de casa? 

- Já chega brigando comigo papai?.- ele debocha 

- Mike eu não estou pra brincadeira, Kelly e a Sharon vai morar aqui queira você ou não, e eu não quero que isso se repita.- ele sai

  - Eu vou pro meu quarto mãe, preciso tomar um banho pra tirar esse cheiro horrível de grama orgânica 

- Tudo bem querida.- ela sorriu fraco.- Mike eu posso falar com você?

 - Falar o que? Eu não tenho nada a ouvir de você.- ele foi rude 

 - Deixe minha filha em paz, se você tem um certo ranço por mim, não envolva ela nisso, ela não teve nada ver porque eu amo seu pai

 - Amor? Você não sabe nem o que é amor, isso é tudo interesse 

- Você não me conhece Mike, você não sabe não sabe dos sentimentos 

- Não Sharon, você não me conhece desde o momento que você entrou por aquela porta, deveria saber que sua vida estaria se tornando o maior inferno, então não venha me dizer o que eu devo ou não fazer dentro da minha casa.- disse empurrando enquanto saia

•••

 - Droga, não acredito que ele rasgou meu diário eu não sei se consigo mais suportar esse garoto babaca acabar com minha vida desse jeito

 - Sharon, Kelly desçam por favor.- disse tom no corredor 

- O que houve tom?.- Minha mãe perguntou

 - Hoje vai ter um jantar importante, aqui casa, vamos organizar tudo para hoje à noite.

 ~••~ 

Kelly On 

 Como vaia ter o jantar importantíssimo do Tom resolvi usar um vestido novo, ele é azul escuro colado valorizando todas as curvas do meu corpo deixando minha bunda mais empinada do que já é, solto meu cabelo bagunçando ele e uso um batom vermelho forte realçando todo meus lábios e desço, ouço alguns adultos conversando na sala e bebendo vinho e champanhe, bom parece que todos já chegaram 

 - Aí tom, sua casa está cada dia mais linda.- disse uma mulher morena, dos cabelos liso ela usava um vestido dourado

 - Obrigado Glory.- Tom sorriu dando um gole no seu wiskey 

 - Boa noite.- digo sentando no sofá.- Agatha.- Sorri

 - O..oi Kelly.- ela sorriu fraco

 - Mike, como você está grande.- disse o pai da Hanna dando um abraço com uns leves tapa em sua costas 

- Eu amo o ar dessa casa, é tão maravilhoso.- disse Hanna sentando no sofá do meu lado 

 - Minha mãe chegou.- disse Mike indo abrir a porta 

 - Querido.- ela deu um beijo em seu rosto.- Boa noite queridos.- ela disse sentando e cruzando as pernas

 - Bom, essa é minha enteada Kelly e minha noiva Sharon.- Tom apresenta

 - É um prazer em conhece-las.- disse a mãe da Hanna 

 - Venham vamos sentar na mesa do jantar, mandei preparar um banquete.- seguimos até mesa do jantar 

 •••

 - Como está indo a administração da escola Cris?.- Perguntou tom 

 - Está bem, tirando alguns problemas lá mesmo que irei resolver.- comeu um pouco da sua comida

 - Ouvi dizer que entrou uma garota que já armou uma baita confusão.- Jenny deu um gole no seu vinho 

 - É inaceitável esse tipo de adolescentes vândalos na escola.- Glory comentou

 - Eu mudei o horário da Agatha por isso, não queria que ela se metesse nessa confusões, ainda mais adolescentes que vai pela cabeça dos outros.- Cris terminou

 - Hanna é uma excelente aluna, por isso é uma boa namorada pro meu filho.- Jenny comentou

 - Sim Senhora Jenny.- ela fez a santa 

 - E você Kelly, o que pretende seguir depois da escola?.- Glory perguntou 

- Seguir a carreira de modelo.- Sorri enquanto falava

 - Minha Filha é uma garota muito dedicada aos estudos.- disse minha mãe com orgulho 

- Eu não diria isso se você soubesse das confusões que ela aprontou na escola.- Hanna diz dando um gole no suco

 - Confusões, do que você está falando?.- Minha mãe perguntou com braveza 

- Você não falou da advertência pra sua mãe Kelly? Que feio!.- ela nega com a cabeça e sorri 

 - Advertência Kelly? Do que ela está falando? me explique.- ela diz com o cenho levantado 

 - Podemos conversar sobre isso depois?.- Falo envergonhada 

- Eu achava que só entrava na sua escola pessoas de alta classe Cris.- Jenny comentou com deboche 

- Mas as coisas mudam mãe, infelizmente.- Mike fingiu está sério

 - Acontece que minha filha nunca me desapontou dessa forma, e isso nunca aconteceu.- Minha mãe diz com braveza 

- Se ela levou advertência, foi por que alguma coisa ela fez.- Jenny fez outro comentário debochado 

- Ela entrou na minha aula de basquete e me agrediu.- Mike fingiu que seus olhos lacrimejaram

 - Kelly, Isso é verdade?.- Minha mãe me encara frio 

 - Desculpa mãe.- digo de cabeça baixa

 - Eu estou chateada com você, me desculpe Senhor Cris isso não vai se repetir, eu lhe peço uma chance de deixar ela lá, caso aconteça mais algum problema eu mesma faço questão de transferi-la ela de escola

 - A que ponto chegamos, uma qualquer agredir meu filho.- Jenny diz rude 

 - Chega Jenny, não vai mais acontecer.- disse tom com braveza

 - Chega? Como você ousa dizer chega? porque ela é filhinha da tua noiva ela não pode ouvir a verdade? Agora se ela matasse o Mike não ia poder ser presa por que vai ficar passando a mão na cabeça dela?.- Ela diz alterada

 - Ela confessou que errou, não vamos banir a garota por erros, todo mundo erra, e Mike também não é nenhum anjo.- Tom diz irritado 

- Engraçado que você sempre está contra o seu filho, e sempre passando a mão na cabeça dessa filha de dançarina de cabaré.- Ela sorri debochada 

- Eu não vou aceitar que você fale assim com a Sharon dentro da minha casa.- ele bate na mesa lhe fuzilando com os olhos

 - Tom o jantar foi excelente mas temos que ir, vamos Hanna, Agatha e Glory.- disse Cris

 - Me desculpe Cris, não foi isso que eu programei para o nosso jantar.- Tom lamenta 

- Eu vou embora, pois sei que não sou bem vinda nessa casa.- Jenny levanta e vai embora, logo em seguida Hanna e sua família também

 ~••~

 - Eu esperava tudo, menos isso Kelly.- Minha mãe retrucou.- Porque agrediu o Mike?.- Não podia falar do beijo então resolvi mentir 

- Por nenhum motivo, eu tava com raiva e decidi descontar a raiva nele por que ele fica atazanando minha vida 

 - Que isso não se repita, agora vai tirar essa maquiagem e dormir

 - Deve ter sido difícil pra você mentir pra sua mãe porque levou advertência.- ele debocha enquanto eu bebo agua 

 - Não ficou satisfeito com a confusão de hoje?.- digo irritada

 - Eu nunca estou satisfeito com nada, Kelly.- ele morde uma maçã

 - Vai se ferrar.- tento passar e ele me puxa - Me Larga.- digo empurrando ele

 - Você fica tão gostosa nesse vestido apertadinho.- ele beija meu pescoço fazendo me arrepiar cada parte do meu corpo

 - Eu não vou cair nessa novamente, você vai me beijar para inventar coisas horríveis sobre o meu respeito.- Empurro ele e saio

 - Você vai se entregar pra mim Kelly, e quando isso acontecer, eu vou acabar com você.- dou outra mordida na maçã 

 ~••~

 - Foi a maior confusão, você tinha que ver.- ele rir enquanto conta a história do jantar 

 - Cara na boa, não teve graça.- Pitter diz negando com a cabeça 

- Qual é Pitter, vai ficar cortando meu barato agora?.- ele diz impaciente 

- Eu? Jamais! Só achei errado essa confusão toda pra cima da Kelly 

- Vaie dizer que você tá apaixonadinho pela bruaca?.- ele debocha 

 - Eu gosto dela sim.- ele deu os ombros.- E acho bom você se acostumar quando nós estivemos juntos 

 - Mikinho posso falar com você?.- disse Hanna com tom manhoso 

 - Claro o que você quer?.- ele deu um típico sorriso 

 ••• 

 - Ahh Mike Isso.- ela falou enquanto rebolava gostoso em seu pênis 

- Vai hanninha, rebola safada!.- deu uma palmada em sua bunda

 - Eu tô quase lá Mike, não para.- ela diz rebolando ainda mais 

 - Só você me sabe fazer o que eu gosto.- ele sorriu usando as calças 

- Se vemos na saída.- ela sai do banheiro e ele sai em seguida


 - Kelly..Oi.- disse Pitter

 - Oi Pitter.- Sorri.- Que foi? parece tenso 

- Impressão sua, eu vim te convidar pra ir ao cinema, você topa? 

- Claro que sim, amanhã?.- digo sorrindo de canto - Sim, eu te pego na sua casa.- Ele sai

 - Tá vendo só maninha, Kelly não liga pro seus sentimentos, ela vai pegar o Pitter 

 - Eu me enganei em relação a ela.- Agatha diz triste 

- Eu avisei, mas não fica assim ela vai pagar por tudo 


Notas Finais


Beijos até os próximos capítulos ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...