1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. Começando o Terceiro Ano

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 29


Escrita por:


Notas do Autor


boa???

começando a falar sobre o Terceiro ano de Serena, daquele jeito.

espero que gostem.

Boa Leitura!!

Capítulo 29 - Começando o Terceiro Ano


Durante as férias eu havia passado um tempo com tia Andrômeda, pude ver a Dora também e passamos bons dias juntas conversando sobre tudo o que aconteceu em Hogwarts, mas havia chegado o dia de volta. Dessa vez, papai me acompanharia até a plataforma.

— Vamos filha, você irá se atrasar.
— Não podemos ficar só mais um pouco?— pergunto
— Sabe que não senhorita, vamos.
— Aaahh— me viro— tchau tia— a abraço
— Até mais Serena, não se esqueça, quero saber sobre tudo e claro— segura meus braços— para de se envolver em confusão, você tem se tornado muito levada.
— Tento dizer isso todos os dias— ouço meu pai dizer
— Não prometo nada...
— Serena— minha tia me encara— seu pai é o seu professor. Como acha que ele se sente?
— Aahh eu sei disso— respondo
— Isso me lembra muito alguém— Dora se aproxima de mim— se comporte garota.
— Certo, vou me comportar— me abraça— não é uma promessa— sussurro
— Eu te entendo— me afasto

Papai, como prometido havia me deixado na estação. Logo encontrei meus amigos e fui falar com eles.

— Preparada para mais um ano senhorita confusão?— Will pergunta
— Deixa eu pensar...— sorrio— um pouco?
— Vamos esperar para sabe qual será a próxima confusão que Serena se envolverá— diz Charlotte
— Já viu seu irmão Serena?— Tobias pergunta
— Ainda não.

Entramos todos no trem que já estava apartir, logicamente encontramos um vagão para nós, porém mais ficávamos nos corredores bagunçando do que sentados e quietos.

— Alguém quer doce?— pergunto

Não sei por que perguntei, todos levantaram as mãos, enquanto estávamos brincando nos corredores, não haviam apenas nós, tinha muitos alunos já era de costume.

— Peguem— peço enquanto seguro— Arabella, isso é meu— falo
— Não mais— pega a caixa de flocos de neve
— Hoje, parece que vocês estão mais agitados do que o normal— diz Charlotte enquanto divide com Tobias um de seus chocolates
— Eu vou contar o por quê de minha animação— Will diz— mas, por-favor não falem a ninguém por enquanto.
— Parece interessante— diz Arabella— vamos nos sentar, quero ouvir.

Voltamos todos para a cabine, mais antes encontro Gina pelo corredor a mesma me para e peço para que meu grupo me espere.

— Você está bonita Serena— Gina diz
— Obrigado— sorrio— estranho estarem todos me dizendo isso, não é como se eu tivesse feito algo.
— Certeza que não foi alguma poção?— pergunta
— Aaahh claro que não, se eu fizesse meu pai faria rapidamente outra só para desfazer o efeito.
— Depois conversamos mais, quero te contar algumas coisas.
— Aahh claro, até daqui a pouco.

Volto para a cabine no qual Charlotte e Tobias agora estavam discutido por algum contra feitiço que ele disse errado.

— O que aconteceu aqui?— pergunto
— Tobias com sua imprudência— diz Charlotte
— Eu não vou querer prolongar o assunto— me sento ao lado de Will— bom, o que você queria contar.
— Pessoal é sério, peço para que não contém a ninguém enquanto estivermos aqui e claro chegarmos no castelo— pega sua varinha e direciona a porta— Alohomora— diz e a porta é fechada— meu pai como vocês sabem ele trabalha no ministério e eu fiquei sabendo de algo que ocorrerá esse ano em Hogwarts— ficamos ouvindo atentamente— o torneio tribruxo.
— Sério que o ministério permitiu isso?— Arabella pergunta
— Sim— responde
— Olha eu amei— me levanto— vou dar uma volta, juro que não demoro.
— Não conte Serena— diz Will
— Relaxe— peço

Caminho pelo corredor esperando encontrar a cabine que estava Harry, Hermione e Rony, no meio do caminho acabo passando pelo o vagão especial e por acaso me sinto super desconfortável após ouvir algumas piadinhas.

— Tá gata em Serena— era Crabbe que não é nada, mas está aqui
— Babaca— respondo
— Não vejo nada demais— Draco para em minha frente e apenas o empurro é continuou andando

No meio do caminho ouço os passos do mesmo, parecia que alguém estava querendo que eu perca a cabeça.

— O que você quer?— me viro ficando de frente para o mesmo
— O que há Serena?— pergunta— está se sentindo só porque já está chamando atenção?
— Não me lembro de ter perguntado algo a você Draco— respondo

Estávamos próximos demais um do outro o mesmo olhava fixamente em meus olhos, enquanto eu intimidava. Se ele acha que vou ser mais um dos alunos de Hogwarts que abaixa a cabeça para arrogância dele, bom ele está enganado. Eu não sou idiota ao ponto de responder a seus comandos.

— Não vou deixar que uma garotinha pirracenta...— aperto seu pescoço o ameaçando com minha varinha
— Continua...
— Serena, para.
— Depois diz que sou eu que gosto de confusão.
— Depende da confusão— sorrir cínico e o empurro contra a janela do vagão
— Faça de novo, tente me irritar mais uma vez e eu juro que faço pior Malfoy.
— Eu gosto de brincar com fogo.
— Não me subestime, não é porque você tem papai e mamãe que passam pano para todas as merdas que você faz.
— Claro, porque a senhorita Snape gosta de bancar a heroína igual ao Potter.
— Eu te odeio!
— Não tenho certeza disso...
— O que está acontecendo?— ouço a voz do Harry
— Harry...— solto Draco
— O que você fez com ela?— pergunta
— Não é da sua conta Potter.
— É sim, é a minha irmã. Eu espero que você não tenha medo da morte, porque se fizer algo...— vejo que o mesmo estava se aproximando e paro em sua frente o segurando
— Harry, calma. Esquece isso, vamos— tento puxa-lo
— Vai fazer o que? Me bater Potter? É típico mesmo de gente como...
— Cala a boca Draco!— grito

Seguro o braço de Harry e volto com ele para a cabine que estava com seus amigos. Logo que nos viram, já perguntaram o que havia acontecido, expliquei rapidamente, mas queria saber de outras coisas.

— Já contou Harry?— Hermione pergunta
— Contou o que?— me viro para o mesmo
— Não é nada demais...
— Nada demais?— Hermione pergunta— bom, Harry viu algumas coisas na copa mundial e em um sonho que teve e claro não menos importante a cicatriz dele ardeu novamente.
— Por que você ainda tenta esconder essas coisas Harry?– pergunto frustrada— você sabe que isso não é normal.
— Não quero preocupar ninguém.
— Você estar a preocupando se não falar. Tenho certeza que o Sirius iria gostar de saber sobre isso também.


Notas Finais


expectativas? Sim ou claro?

espero que tenham gostado

Até a próxima ♥️🦁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...