1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. Medos

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 39


Escrita por:


Notas do Autor


Hello pessoas.

Vindo avisar que, precisarei contar um pouco o Draco e a Serena, mas prometo que colocarei muito mais cenas dos dois juntos, até mesmo de discussões, justamente porque preciso voltar para aonde o Harry está. Okay? Mas, não será por muito tempo prometo.

Espero que gostem.

Boa Leitura!!!!

Capítulo 39 - Medos


Eu precisava tirar as minhas dúvidas, claro eu não contaria nada assim de cara para ninguém, mas eu precisava ver como a fera iria reagir comigo, quer dizer entregando a verdade aos poucos.

Bato na porta da sala de meu pai, mas por incrível que pareça ele nao estava. Entro mesmo assim, desço as escadas e estava vazia. Começo a andar pela a sala, analisando algumas coisas como o que havia em cima de sua mesa, um pedaço de papel grudado em um retrato meu quando mais nova. Era uma típica foto no qual eu ainda me lembro por mais que seja estranho, nesse exato dia eu havia ficado doente, mais uma vez e com isso eu havia recebido de presente um urso. Eu não o soltei mais nenhum um dia. Assim em que eu iria pegar aquele pedaço de papel, me assusto batendo a mão e deixando o retrato cair.

— O que você está fazendo?— pergunta
— Desculpa papai, eu vim procurar o senhor— pego o retrato e coloco em seu lugar
— E isso te dá o direito de mexer no que não é seu?— se aproxima
— Me desculpa— sinto um pouco de sua frieza— mas, se estiver ocupado tudo bem. Eu volto mais tarde— caminho até as escadas
— Agora que está aqui, fale— diz
— Não, sem problemas, não é nada de importante. Eu posso esperar.
— Serena!— grita e paro
— Pai?— o encaro sem entender
— Você vai falar, se veio até aqui é porque tem algo que queira me dizer, então já pode começar.
— Sabe, eu acho melhor esperar o senhor se acalmar, não parece estar em seu melhor dia— respondo
— Não me teste Serena! Você sabe muito bem, que eu te deixo...
— De castigo?— pergunto— o que foi? Algum aluno da Grifinoria te deixou nervoso? Aahh já sei foi o Harry? Algum problema pela as salas de aula? Muito trabalho por conta do torneio?— pergunto e vejo o mesmo se aproximar
— Eu já te disse mocinha— segura meu braço— não me desafie, eu não sou muito paciente para birras e muito menos para desobediência— me solto
— Já que é assim, não tomarei mais de seu tempo, fique aqui, eu já vou e não ficarei para fazer "birra" ao Senhor. Como eu havia dito, provavelmente não deve estar em um dos seus melhores dias e como eu não aturo ignorância sem motivo, não ficarei mais aqui. Com licença...

Me viro revoltada com o que havia acontecido. Eu não sou a pessoa mais paciente para aturar alguém me tratando com ignorância, se não está bem, fale. Se não quer conversar, fale.

Em outro momento eu volto, não gosto de ficar brigada com ele, mas todas as vezes que aconteceu, ele me repreendeu, eu fiquei brava e voltei chorando para os braços dele pedindo desculpas, não é assim. Eu nem fiz nada demais.

Encontrei Hermione e Harry, porém a mesma havia percebida que algo tinha acontecido comigo. Fomos até a ponto e ficamos conversando.

— Harry, você diz e que havia decifrado a pista do ovo a duas semanas atrás— relembra Hermione
— O próximo teste é daqui a dois dias— lembro
— Sério?— pergunta— não tinha a mínima idéia. Imagino que o Victor, já tenha decifrado.
— Nós não falamos do torneio— Hermione responde— o melhor não falamos sobre nada o lance com Victor é uma coisa física.
— Como assim?— pergunto e todos rimos
— Ele não do tipo que fala muito, entendem?— concordamos— basicamente fica me vendo estudar é meio chato sabe.
— Você está tentando decifrar o ovo não é Harry?— pergunto
— O que quer dizer com isso?— pergunta
— Ela quer dizer que essas tarefas são planejadas para testar vocês. Do jeito mais brutal são quase cruéis— Hermione responde

Eu pensei muito nisso os últimos dias e tenho certeza que a próxima prova será ainda mais difícil que a anterior.

— Estamos com medo por você— falo
— Derrotou o dragão com a sua coragem, mas acho que agora isso não vai ser suficiente— termina
— Harry Potter!— ouvimos alguém chamar, era o Cedrico

Vemos o mesmo se afastar após ouvir, nós deixando sozinhas e ficamos olhando o que acontecia.

— É como vai?— Cedrico pergunta
— Estou ótimo— responde
— Olha Serena— diz Hermione— vamos para outro lugar.
— Claro.


Notas Finais


espero que tenham gostado.

Até a próxima ♥️🦁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...