1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. Rua dos Alfineiros

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 68


Escrita por:


Notas do Autor


Eae pessoas? Tudo bom?

Boa madrugada para quem está aqui a esse horário.

AVISO:

ESTE CAPÍTULO EXISTE CITAÇÕES DO LIVRO "ENIGMA DO PRÍNCIPE"

Eu espero que gostem e decidi fazer este começo neste capítulo e no próximo, diferente do que está no filme, trazido um pouco mais para o livro.

Espero que gostem e Boa Leitura.

Capítulo 68 - Rua dos Alfineiros


(Existem citações dos livro)



— Eu não concordo com isso— ouço meu pai dizer
— Ora Severo, ela estará comigo— professor Dumbledore diz— será um ótimo jeito de tentar convencer Horácio e claro tenho certeza que ela gostará de ver Harry, não é mesmo senhorita Snape?— concordo
— Ainda sim, acho arriscado levá-la até o mundo dos trouxas.
— É uma viagem rápida, encontraremos Harry e após, garanto que os deixarei com os Weasley's.
— Certo— o abraço— até daqui alguns dias.
— Até papai— visto meu sobretudo

Finalmemte eu perdi aquele medo de dizer seu nome, acho que após todos os ocorridos. Voldemort e os Comensais da Morte, seus seguidores, cresce mais a cada dia. Eu sinto que algo muito grande, parecido com uma batalha acontecerá em breve, pois a onda de terror provocada pelo Lorde das Trevas aparentemente está afetando, até mesmo, o mundo dos trouxas, e sendo agravada pela ação dos dementadores. Meu pai obviamente não quis me dar tantos detalhes e claro tem me deixado muito curiosa sobre algumas coisas. Eu o amo, passei esse tempo todo com ele, mas sei que o mesmo está escondendo algo de mim.

Draco, ele aparentemente tem estado ocupado e claro, sei muito bem com o que e isso tem me matado ainda mais por dentro. São tantos pensamentos ao mesmo tempo, que estou ficando pertubada e por isso irei ficar com os Weasley's. Como uma forma de distrair antes de voltar a Hogwarts.

— Está pronta Serena?— pergunta e concordo

Essa seria a minha primeira vez com aparatação, aparatação acompanhada pois eu estaria junto de professor Dumbledore. Alguns passam mal quando fazem isso pela primeira vez, ele mesmo me disse.

Aparatação é um método mágico de transporte e, basicamente, é a ação mágica de viajar de um ponto à outro do espaço. No entanto, o usuário precisa manter o foco do local desejado em sua mente e, em seguida, ele desaparecerá de seu local atual e quase que instantaneamente reaparecerá no local desejado; em resumo, é uma forma de teletransporte. É a maneira mais rápida de viajar para um destino desejado, mas é complicado, podendo até mesmo ser considerado perigoso e desastroso para bruxos inexperientes pois pode, no mínimo, causar o popular estrunchamento e, no pior dos casos, a morte.

Seguro em seu braço sinto o mesmo se torcer ao longe dele e re-duplicar o meu aperto: depois tudo ficou preto; e senti meu corpo ser pressionado em todas as direções; não conseguia respirar, haviam barras de ferro apertando meu peito; meus olhos estavam sendo forçados a se voltar para dentro da cabeça; seus tímpanos foram sendo empurrados mais profundamente em meu crânio.

É possível a aparatação lateral normalmente não seja permitida. Antes de irmos encontrar o ex professor de Hogwarts, Horácio. Iríamos buscar Harry, que pelo o que fiquei sabendo não sabia disso, ele apenas estava sabendo que iria para a casa dos Weasley's.

Após perceber que já havíamos chegado não deixo de dar alguns passos para atrás meio tonta ainda e tentando entender o que havia acontecido.

— A senhorita está bem?— pergunta
— Sim professor, estou— respondo
— Rua dos Alfineiros, em Little Whingeing, no condado de Surrey— diz ele enquanto andávamos pela rua, entre fileiras e fileiras de casas, diferente da Rua da Afiação, aqui era muito nem iluminado— aqui está a casa no qual Harry passou sua infância. Diferente do lugar aonde seu pai mora?— pergunta
— Em muitas coisas sim Senhor— respondo

Já eram onze horas da noite, o horário marcado por Dumbledore a Harry, eu espero que o mesmo esteja pronto.

Professor Dumbledore haverá de bater na porta, esperando com que alguém atendesse. Vimos um homem corpulento quase sem pescoço, com enormes bigodes abrir a porta.

— O que estão fazendo aqui?— pergunta 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até a proxima!!♥️🦁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...