1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. Amortentia

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 80


Escrita por:


Notas do Autor


Eae pessoas? Boa madrugada meu povo e tudo bem?

Capítulo de hoje, bem mais tranquilo, um pouco mais suave apenas para descontrair.

Espero que gostem e boa leitura!!!

Capítulo 80 - Amortentia


A cada ano que passei aqui em Hogwarts, tem sido algo diferente, mais intenso e perigoso. Me sinto perdida no meio disso tudo e não sei de que lado jogar mais.

Draco está estranho, se tornado cada vez mais perturbado. Me preocupo muito com isso, ele está se torturando sozinho, tem sido assim desde então.

Harry, parece está levando algumas coisas bem de boa, porém existe o outro lado, o maldito livro, as aulas com professor Dumbledore e seu plano.

Meu pai anda ocupado, quase não nos falamos, ele está um pouco afastado, mas também não me conta o que está fazendo ou o que pretende e claro, está nítido que me esconde algo e meu grande medo se torna ainda mais forte.

Charlotte tem vivido com Astoria e Will, que agora tenta se aproximar de mim novamente, eu não vejo problema com isso além do mais não vejo aonde ele pode interferir em meu relacionamento, para ser sincera acredito que tudo o que ocorreu já são mágoas passadas, cada um tomou seu próprio caminho, não haveria motivos para ele ficar insistindo em algo que não acontecerá.

Tobias e Arabella, bem eles estão mais ocupados do que o normal também, focados nos estudos e claro no mundinho deles.

Enfim, sinto falta de uma boa conversa e claro de conforto, todos parecem estar fazendo algo interessante, enquanto eu não tenho o que fazer. Só tenho tempo com os meus amigos durante a noite ou a tarde, mas acredito que isso passará.

Me sento em um dos degraus da escadaria com nuvem sobre meu colo, que tentava de aconchegar em meu colo.

Como forma de passar o tempo vou até a sala de meu pai, como eu já presumia ele não estava. Me sento sobre sua cadeira e colo nuvem sobre a mesa.

Como todos os anos, aquele pequeno pedaço de pergaminho continuava na moldura de uma foto minha. Olho para frente me certificando de que não havia ninguém e puxo, no mesmo instante percebo que estava meio solto a moldura, mas antes resolvo ver o que havia e encaro curiosa.

— "Com amor Lilian"— analiso sem entender e coloco de volta sobre a mesa— bom Nuvem, meu pai tem um hábito estranho de guardar coisas que não fazem muito sentindo— a mesma estava sentada me encarando— e eu claro, tenho o maravilhoso hábito de acabar encontrando essas coisas— consigo puxar a foto que agora se tornavam duas— eu não disse?— pergunto enquanto sorrio para a foto que acabarei de encontrar— ela era muito bonita— minha mãe tinha um sorriso tão meigo e sincero, mesmo através de uma fotografia eu consiga sentir o quão incrível ela era— queria que estivesse aqui— coloco de volta tudo como estava antes

Saio da sala e volto para a sala comunal, no qual agora estavam todos reunidos encaro estranhando e até mesmo Draco estava junto de seus vamos dizer amigos.

— Serena— Arabella sorrir— aonde esteve? Procuramos você— pergunta
— Eu saí um pouco sabe, é que vocês...— me aproximo de todos— estão tão ocupados nos últimos dias. Não sabia que estavam com tempo agora.
— Serena está chateada?— Tobias pergunta— impossível.
— Eu não acredito— Charlotte diz
— Eu não estou chateada, só fiquei um pouco sozinha— respondo e me sento ao lado de Draco que passa seu braço sobre meus ombros
— Eu vou te recompensar depois— sussurra em meu ouvido e o encaro envergonhada— não disse o que era, se pensou besteira não foi minha culpa.
— Então quem vai começar?— Crabbe pergunta
— O que é isso?— pergunto vendo o mesmo chacoalhar um vidrinho
— Crabbe conseguiu a poção Amortentia— Will responde
— E agora iremos testar com todos, sempre quis saber o cheiro do que me atrai— diz Arabella empolgada— eu vou ser a primeira— a observamos esperando sua resposta— eu sinto o cheiro de terra molhada?— pergunta duvidosa— acho que é lavanda e gel para cabelo— sorrimos é até interessante o quão aguçada pode ser essa poção
— Quero ouvir o que a Serena sente— diz Charlotte me passando o pequeno recipiente aonde estava a poção
— Certo— a pego e abro sua tampa novamente— sinto o cheiro bem suave de baunilha com um pouquinho de hortelã— tento lembrar do que se tratava— e eu sinto o cheiro de maçã verde e colônia bem cara— olho para o lado e vejo que Draco estava me encarando e logo vejo um sorriso aparecer em seu rosto
— Prometo que usarei mais vezes a colônia bem cara— sorrio por sua resposta ser ta o irônica e claro por novamente vê-lo sorrir depois de tanto tempo de cara fechada 

Notas Finais


Neste capítulo antes de tudo quero esclarecer algo aqui, que provavelmente não abordarei mais, então contém uma cena que é a Serena encontrando novamente o pedaço de pergaminho, o que é isso. Bom, no livro diz que Lilian havia feito uma carta para Sirius agradecendo o presente no qual ele havia dado a Harry, porém ela não teve tempo de enviar está carta pelo o que ocorreu e tals, junto da cartas havia uma foto. Severo encontrou está carta após a morte dela e ele rasgou a parte no qual Lilian havia assinado seu nome e guardou. Então eu quis apenas mostrar essa parte de uma forma diferente, no qual a Serena acaba encontrando.

Por fim, espero que tenham gostado e claro é preciso de um capítulo bem mais tranquilo antes do inferno acontecer.

Até a próxima!!🦁♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...