1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. Bronca

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 87


Escrita por:


Notas do Autor


Eaaeee pessoa?? Voltei e hoje no horário certinho.

Como estão???

Próximo capítulo teremos o Rony na ala hospitalar após ser envenenado pelo professor Slughorn.

Espero que gostem e boa leitura!!

Capítulo 87 - Bronca


— Você...é...um...idiota!— a cada palavra era um tapa que eu depositava em Harry
— Aí Serena— se esguia
— Você poderia morrer!— falo indignada
— Eu não pensei na hora, quando eu vi Bellatrix e junto de outros comensais atacando a Toca, não me contive e fui atrás dela.
— Claro que não pensou.

Harry me contará sobre o ataca ocorrido no dia vinte e cinco na noite de Natal na toca. Rufo Scrimgeour também havia comparecido algumas horas antes segundo Harry. Ele apareceu sob pretexto de que Percy queria ver sua família. Porém, logo se torna evidente que na verdade Scrimgeour queria falar com Harry para que ele apoiasse o Ministério. Harry se recusa a ajudá-lo.

Gina aparentemente se arriscou para ajudar Harry, não irei julga-la além do mais se eu estivesse presente naquele mesmo dia, teria feito o mesmo que ela.

— Eu estou bem? Não estou?— pergunta
— Mas, poderia não estar. Imagina como eu ficaria se você não estivesse aqui?
— Serena, não seja tão dramática.
— Harry, não seja tão sem falta de empatia por mim.
— Pessoal você viram?— Hermione pergunta enquanto olhava para o jornal— continuam os desaparecimentos no ministério. É fácil chegar até você, é muita sorte não ter morrido Harry.
— Penso o mesmo— falo revirando os olhos e balançando cabeça desaprovado a atitude de meu irmão
— Tem que aceitar quem você é— diz Hermione
— Acho que apenas falta um pouquinho de pensar direito antes de fazer algo— falo e Harry me olha feio
— Eu sei quem eu sou Hermione. Tabom? Me desculpe.

Andávamos pelos corredores, os alunos estavam alguns conversando, as aulas já haviam terminado. De longe ouço uma risada melosa, e já sinto meu estômago embrulhar ao reconhecer. Lilá e Rony estavam juntos.

— Você vai usar?— diz entregando algo a ele
— É claro que vou usar— diz aparentemente desconfortável enquanto olhávamos aquela cena
— Esse é meu Momom— Harry o encarava estranho e eu sem ao menos conseguir disfarçar com cara de nojo
— Da licença, eu preciso vomitar— Hermione diz se afastando
— Não é só você— respondo, porém continuo andando com Harry

Harry agora precisaria encontrar o professor Dumbledore e eu bem, precisava voltar para a sala comunal.

— O que você acha?— pergunto após terminar de pintar o cabelo de Arabella
— Ficou incrível— diz Astória
— Está vendo, até ela achou que ficou bom— falo
— Eu tenho bom gosto— responde
— Por que não pinta também Serena?— Charlotte pergunta— mudar um pouco. Quer dizer, não que seu cabelo na cor preta seja feio, porque é extremamente bonito, principalmente o caimento te deixa com um olhar, vamos dizer mais seria talvez?
— Sensual?— Arabella pergunta e Astória joga um travesseiro na mesma— não menti, acho que possa ser isso que fez Draco se interessar em você.
— O meu cabelo?— pergunto sem entender
— Não, o jeito seria e sarcástica— me encaro de frente ao espelho
— Será que haveria alguma maneira de deixar meu cabelo em um tom um pouco mais claro?— pergunto
— Poderíamos tentar encontrar algo— Astória diz— em que tom você gostaria?— pergunta
— Eu não sei, mas quem sabe um ruivo?— me viro para elas
— Ruivo? Seria uma mudança bem radical— diz Arabella
— Mas, se tratando de você tenho certeza que ficará bonita— sorrio com o comentário de Charlotte— todos dizem que você se parece com Lilian Potter não é?— concordo
— Ela também era ruiva, certo?— Arabella pergunta
— Sim era— respondo
— Seria interessante— diz

Harry havia me contado o que professor Dumbledore mostrará a ele na penseira. Me sinto um pouco estranha, pelo o fato dele me contar tudo, mas eu precisar mentir a ele. Bate um sentimento de remorso, talvez?

Ele logo após encontrará professor Slughorn em sua sala e perguntará sobre se haveria algum tipo de mágia no qual ele não poderia nos ensinar, assim como Dumbledore havia lhe aconselhado a fazer igual estava na memória do professor, no qual Harry vira Tom Riddle.

— Eu não acredito que você entregou de cara a verdade assim Harry— falo
— Horácio não é burro, pelo o que conhecemos dele é óbvio que pelo menos em algum momento ele desconfiou de algo, mas agora dizer a ele dessa maneira.
— Ele não disse mais nada após isso, apenas perguntou se havia sido Dumbledore que me faria ir até ele perguntar aquilo e claro ele estava bravo— caminhávamos em direção a sua sala— fique aqui eu já volto— espero no corredor próximo a sala do professor Horácio, mas Harry volta logo o que me fez estranhar
— O que foi ele não estava?— pergunto
— Na verdade, só me mandou ir embora mesmo— responde
— Se eu fosse você, tentaria de alguma forma me redimir ou simplesmente pedir desculpas...


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até daqui a pouco!!!♥️🦁


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...