1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Meio Irmão (Harry Potter) >
  3. O Príncipe Mestiço

História Meu Meio Irmão (Harry Potter) - Capítulo 92


Escrita por:


Notas do Autor


Eaaeee pessoas??? Boa madrugada para vocês.

Que dor no coração está sendo esses capítulos, na real estou sofrendo.

Espero que gostem e boa leitura!!!

Capítulo 92 - O Príncipe Mestiço


— Eu sempre! Sempre desconfiei!— ouço Harry gritar frustrado— por que? Como ele teve coragem? Dumbledore confiou nele!— o mesmo estava mais atordoado do que eu, porém ainda sim não significava que não estavamos entendendo o que ambos sentíamos
— Como ele teve capacidade...— sussurro
— Isso não vai ficar assim— o vejo sair
— Harry?! O que vai fazer?— me levanto

O que poderíamos fazer? O caos estava instalado quando saímos a ordem da Fênix estava aqui e agora lutando contra os comensais da morte. Eu nunca me senti tão mal, meu pai ele. Pois bem, eu não conseguia nem falar direito. Aquilo me parecia ser quase ser algo desprezível de ser dito.

Meu pai sempre foi a pessoa no qual eu mais confiei, eu imaginava cada dia, esperava todos os dias para vê-lo, mas isso agora. Parece que algo dentro de mim foi desfeito, uma parte morreu. Acho que existe uma palavra melhor para descrever esse sentimento, está sensação e ela é descrição, traição e por último uma confiança quebrada. Já haviam tantos segredos, casa um foi me ferindo por destroçada verdade, mas presenciar meu pai se tornar um assassino a sangue frio foi pior do que uma mentira ou um segredo revelado. Pois eu estive presente, eu vi o que aconteceu.

Corro atrás de Harry, o que poderíamos fazer agora? Absolutamente nada, não éramos tão fortes assim.

— Harry! Para Harry!— eu tentava gritar enquanto meu choro me atrapalhava

Ele corria entre as árvores em direção à cabana de Hagrid que por acaso estavam todos neste mesmo local e de longe era se possível vê-la pegando fogo.

Era um momento de partir o coração, eu estava tão desesperada vendo aquilo tudo acontecer. Vendo meu pai e Draco acompanharem todos aqueles comensais malditos e meu irmão em completo desespero e ódio.

— Ele confiou em você!— eu podia ouvi-lo

Logo abaixo Harry estava a tentar atingir meu pai e o mesmo simplesmente não revidava, apenas se defendia.

— Pai!— grito

Charlotte e Draco estavam de longe observando, a vejo andar em minha direção, mas peço para que não se aproxime.

— Eu posso explicar Serena— diz
— Eu não estou pronta para uma conversa nesse momento— respondo não conseguindo deixar minhas lágrimas escorrerem— que ódio!— grito
— Precisamos ir Serena, mas em breve entraremos em contato— Charlotte parecia triste e olho para atrás— vá com seu irmão, nos veremos em breve não se preocupe— Draco também estava com um olhar péssimo sobre mim enquanto nos olhava, mas ouço meu pai manda-los irem com os outros comensais

Os vejo irem, mas sem dizer nada me ajoelhou novamente e escondo meu rosto.

— E ainda sim eu te amo...— sussurro
— Seu covarde! Revide!— ouço Harry ordenar, mas logo seu corpo e jogado para longe, Bellatrix havia o atingido
— Ele pertence ao Lord das Trevas— ouço meu pai dizendo e logo corro até Harry
— Sectusempra!— meu irmão diz o feitiço que aprendeu naquele livro, porém sem sucesso
— Harry!— me agacho ao seu lado— pare! Não temos chances.
— Você ousa atirar meu próprio feitiço contra mim Potter?— eu não sabia se conseguiria olhar em seus olhos nesse momento— sim, eu sou o Príncipe Mestiço.
— Por que não estou surpresa com isso?— falo e me levanto ficando de frente para o mesmo— eu não sei mais o que pensar, parabéns por ter destruído toda a confiança que sua filha tinha em você. A sua única filha! Minha mãe...
— Não ouse dizer o nome da sua mãe.
— Você não está com moral para me repreender. Eu vi! Você o matou! Você...— me viro para que não podesse me ver chorando— só vá embora enquanto ainda há chances.
— Depois conversamos Serena— quando me viro o mesmo já estava longe
— Harry, você está bem?— pergunto
— Estou Serena— tento ajudá-lo a levantar, eu não sabia quem estava pior se era ele ou eu, a diferença é que eu estava totalmente devastada e chorando

Voltamos em silêncio para a escola e todos os alunos agora estavam reunidos no pátio da escola, em volta do corpo do professor Dumbledore.

Sigo Harry enquanto passávamos pelos diversos alunos, mas deixo com que apenas ele se aproximasse. Gina e Hermione estavam ao meu lado, as duas logo perceberam o estado em que eu me encontrava.

— Serena?— Gina sussurra
— Agora não...— peço e a mesma me abraça
— Venha— pede e nós duas nós agachamos ao lado de Harry que fica entre nós duas com o rosto escondido no ombro de Gina e a sua mão apertando meu abraço

Não houve um minuto se quer no qual eu não chorei desde aquele momento. A cada instante, muitos tentavam me acalmar, alguns não entendiam o porquê eu estava naquele estado.

Eu e Harry fomos para a sala hospitalar a pedido da professora McGonagall. Nem Harry estava nesse mesmo estado, porém agora calado e frio.

— Dora— falo ao vê-la e corro para os braços da mesma
— Serena, minha pequena, vim ver você. Como está?— não consigo nem ao menos falar apenas balanço a cabeça respondendo sua pergunta— eu ficarei com você.
— Você viu?— pergunto
— Sim— concorda e a abraço ainda mais forte 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e até a próxima!!!🦁♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...