História Meu melhor amigo - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias A Culpa É Das Estrelas
Tags Drama, Romance
Visualizações 24
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Sofrendo


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo - Capítulo 8 - Sofrendo

Percebi que tinha amanhecido,olhei no cell e era 6:15 AM,Fui rapidamente acordar o Matheus

- theus - eu disse balançando o seu braço-acorda - ele acordou e deu um sorriso bobo ao me ver 

- que horas são - ele disse bossejando

- 06:18 AM e nós temos que ir para a escola - eu disse ajudando ele a levantar

- FUDEU,minha mãe vai me matar - Ele disse colocando a mão na cabeça

- acordei por causa da minha,ligando para mim - eu disse saindo das escadas 

Chamamos o elevador,e entramos apertei o 11 e ele o 20,fomos encostados no vidro

- vai comigo -eu disse olhando para ele -se não e ai sim que ela me mata-eu disse com um olhar demonstrando medo

- ta bom ! - ele disse bossejando em e abraçando de lado'

(...)

Respirei fundo e apertei a campainha,e entrei ,avjstei meu pai minha mae e a rosa no sofá,a rosa estava tomando calmante e minha mae no cell,tentando chamar a policia.Olhei para o Matheus e ele olhou para mim

- aode tu tava guria,ave maria,jesus amado,sangue de jesus tem Poder,senhor,so não te dou um crok pois não suo sua mãe vici-ela disse alisandonmeu cabelo

Meu pai levantou,olhou o Matheus dos pés a cabeça e disse

- filha aonde você tava - ele disse olhando seriamente para o Matheus 

- pai ontem eu sai pro parque com meus amigos,cheguei aqui tomei chuva,a luz acabou,e como eu sou sedentaria não quiz vir de escada-eu disse me explicando

- porque não ligou no cellular-minha mãe disse insatisfeita

- pois um pai não colocou credito para a filha e eu estava sem wif...- quando eu ia terminar a frase meu pai olha para mim e diz

- e essa roupa?ein coisa curta não? - ele disse fazendo um interrogatorio-e porque vo ê ta com esse menino ein ?? - ele disse bravo -e porque ele esta perto de você

- eu sou o Math...-e antes de ele terminar meu pai rebateu

- não quero ouvir você,seu mau educado meu pai disse irritado 

- POQUE QUEREM SABER EIN? BATEU A PILULA DO ARREPNDIMENTO DE,NÃO TER VISTO A "Filha DE VOCÊS" CRESCEREM,QUE SACO.QUANDO EU FIQUEI 1MÊS  INTERNADA,MAMÃE NÃO QUIS SABER DE MIM NÉ.(PORRA) - eu quando disse me sintindo mais aliviada,sai andando entrei no meu quaro e bati a porta com toda a minha força.Encostei na porta e fui escorregando para o chão,e comecei a chorar

(*MATHEUS NARRANDO*)

No momento que ela disse aquilo,um cilencio enorme entrou na sala e so deu para ouvir um pow da priscila bater a porta.O pai dela levantou para ir no quarto dela

- Você já fez demais - eu disse indo pro quarto dela

Bati na porta 

- sai daqui - e eu ouvi uma voz de choro 

- eu tabom-eu disse ironico

Ela abriu a porta,eu entrei e a fechei,a Priscila deu um abraço em mim com toda sua força,eu não sabia oque falar,e nem como reagir,so abracei ela com toda a minha força

("Natasha/mãe de pricila\narrando")

Dspois que a priscila disce aquilo,me bateu um grande arrependimento de tudo que eu não fiz com ela,e nem sabia quem era aquele tal de Matheus

- Rosa que é esse tal de Matheus - eu disse deixando uma lagrima escapar

- Ele e o melhor amigo dela - rosa disse indo para cozinha.  - deixa ele la ele sabe oque faz - rosa disse piscando 

Fui para a porta do quarto dela encostei a cabeça e comecei a ouvir a converça deles

- Quero ir embora desse lugar,não vou para a escola-priscila disse soluçando

- tabom para onde você que ir - o tal de Matheus disse

-dar uma volta ta -ela disse

Sai de perto da porta,fui para a cozinha tomar um calmante

("Priscila narrando")

Fui para o banheiro me troquei,coloquei uma calça jeans rasgada,uma blusa da forever.Sai do banheiro,peguei msu cell o fone e a caixa de som.

O Matheus e eu combinamos de não ir para a escola,e sim dar uma volta fiz uma Make como quem não quer nada 

Sai do quarto abraçada de lado com o matheus.Ergui a cabeça

- aonde você vai filha?-minha mae disse preucupada

- e você se imporata?-eu disse ironica

Sai de casa e fechei a porta,pertei o botão do elevador.Quando o elevador chegou entramos,e o Matheus apertou o 20,eu olhei paraele e ele disse

- Agora você vem comigo - ele disse me abraçando Por traz , beijando minha cabeça

(...)

Chegando no 20° andar elw olhou para mim serio 

- Não ligue para os gritos dela - ele.disse respirando fundo

("Matheus narrando")

Entrei em casa e avistei minha Mãe no sofá com meu pai

- aonde você tava filho-o pai dele disse levantando.do.sofá um pouco serio

- pai eu cheguei aqui ontem era 22:00 PM,so que. A energia tinha a cabado,e não queria subir vinte andares então durmi na escada,pois la tava quente e eu estava encharcado. - ele disse se sentado no sofá

- E essa menina suic.....- ela parou de falar olhou para mim - essa menina dormiu com você ? - ela disse me fusilando com o olhar dela"que me dava medo"

O pai dele me ollhou e disse

- Prazer - ele disse me dando um aperto de mão

- prazer....-eu disse me sentando ao lado de Matheus 




Notas Finais


O resto e para final de semana ok💜💙😝


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...