História Meu Melhor Amigo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Denki Kaminari, Eijirou Kirishima, Fumikage Tokoyami, Hanta Sero, Hizashi Yamada (Present Mic), Katsuki Bakugou, Kyoka Jiro, Personagens Originais, Tamaki Amajiki (Sun Eater), Tsuyu Asui
Tags Boku No Hero, Comedia, Denki X Jiro, Kiribaku, Romance, Sero, Shoujo, Tokoyami
Visualizações 18
Palavras 2.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um ep aí.
Pra vocês se situarem, esse cap se passa no mesmo dia que a liga dos vilões atacou a U.S.J (o campo de treinamento em desastres lá).
Boa leitura e espero que gostem S2

Capítulo 2 - O ataque


Fanfic / Fanfiction Meu Melhor Amigo - Capítulo 2 - O ataque

Quando o sinal tocou indicando o intervalo do almoço foi inevitável dar um suspiro de alívio, finalmente aquela aula chata tinha acabado. Enquanto todos se dirigiam ao refeitório eu fiz um desvio de rota para ir até a sala dos professores e acabei esbarrando em alguém 

- Gomen'ne- eu como sempre sendo uma desastrada do caralho
            - Ah daijobu - é o Tokoyami , ele parece confuso
            - O refeitório é pro outro lado, não vai comer? - se não fosse pela sua expressão séria eu diria que ele estava sendo fofo se preocupando com isso, mas sei que não é nada disso
             - Eu preciso ver o Present Mic - falo corando, que vergonha ir ver um professor pra pegar detenção, porquê fui inventar de ficar viajando na aula dele? 
             - Ah sim , até mais então - dito isto ele segue seu caminho, o Tokoyami parece ser legal... me pergunto se em algum universo alternativo nós seríamos amigos...

Sigo meu caminho até a sala dos professores, antes que eu pudesse bater na porta, Present Mic aparece do meu lado
              - Ah Koizumi-san FOLLOW ME! - ele disse indicando o corredor e começou a andar em direção às escadas
              - Aonde estamos indo? - acho que eu nunca subi tanto uma escada minha nossa. Present Mic continua andando até que para em um andar, vira à direita e para abruptamente
              - Chegamos - estamos em frente ao que parece ser uma sala de aula comum, ele pega uma chave em seu bolso e destranca a porta, isso é... uma sala de música?
              - SORRY! Mas eu dei uma olhada no seu caderno e você têm potencial, suas músicas são realmente muito boas! Daqui a alguns dias a escola irá anunciar o início dos clubes, essa vai ser a sala do clube de música - a sala é realmente grande, tem um sofá grande na entrada e no meio da sala um "mini palco" com bancos, microfones, um violão e uma caixa de som, ao fundo era possível ver várias caixas de todos os tamanhos e no fim da sala um piano com alguns pufes do lado, era lindo de se ver ( tirando o fato de estar IMUNDA, cheio de poeira saporra )
               - É lindo, mas não entendi onde quer chegar sensei -
               - Para o clube ficar ativo é necessário que alguém fique responsável por ele, um representante, Koizumi-san você quer ser a representante do clube de música? Aqui você poderá tocar e compor à vontade, além de fazer apresentações no auditório da escola nos eventos e as vezes até no refeitório na hora do almoço - Pera... QUEEEEEEEEEEEE eu? representante? Eu amo a música e sempre sonhei em me apresentar em público mas eu nunca imaginei que essa oportunidade fosse cair do céu assim... talvez se eu for a representante desse clube eu ganhe alguma fama e deixe de ser a ovelha negra da U.A! Parece perfeito!
                - Aceito MIc sensei! - ele assente animado
                - BUT! Como você já deve ter percebido essa sala ta meio suja... - bato a mão na testa
                - E lá vêm a minha detenção - dou um longo suspiro
                - Que bom que entende rápido, hmmm hoje é terça-feira... você têm até sexta pra deixar essa sala brilhando, depois do seu almoço quero que passe comigo na sala dos professores pra acertar os detalhes, vou avisar o Aizawa que você vai se atrasar pra aula, então SEE YOU LATER! - ele joga as chaves pra mim e vai embora.
Respresentante do clube de música... quem diria, acho que vai ser incrível.
                 - A...a...ATCHIM! - espirro forte, puta que pariu limpar isso aqui vai ser foda, melhor eu ir comer por enquanto pq eu tô cagada de fome.

O refeitório ta lotado, pego minha bandeja com curry e olho em volta.... esse é o meu pior pesadelo, onde caralhos eu vou me sentar?
Eu poderia me sentar com o Kirishima... não, ele tá sentado com o Bakugo e nem fudendo que me sento perto daquele cara, ainda mais depois daquela ceninha na sala, ele só ia rir da minha cara, merdaaaaa onde me sento?
                - ÓOI KOIZUMI-SAAAN - olho na direção do som e vejo o Sero sentado em uma mesa com o Denki e o Ojiro, ele faz sinal pra me sentar com eles, ai graças a Deus senhor obrigado. Assim que me sento, Sero se pronuncia
                - Olha só se não é a corajosa da sala kkkkkkkk - ele diz já enfiando arroz na boca
                - É preciso coragem pra falar daquele jeito com o Bakugo - disse Ojiro
                - Nem acredito que você chamou ele de Marcolino Pereira jsksnsjensjsj - falou Denki se engasgando com o suco, fazendo o Sero dar umas batidas nas costas dele
                - Ah eu não pedi pra ele se intrometer né - aquele Bakudo olha, ô muleke problemático. Ojiro olha pra mim com uma expressão suave
                - Qual foi a punição que o Present Mic te deu? - 
                - Ah não foi nada de mais, só vou ter que limpar uma sala, mas ele ainda quer falar comigo e disse que vai deixar avisado pro Aizawa que vou me atrasar uns 10 minutos - 
                - Ah entendi - continuamos comendo e conversando até dar a hora de ir para a aula, me despedi do pessoal e segui caminho para a sala dos professores. Agora que eu paro pra pensar, os meninos são sempre legais comigo e o Sero é o mais perto que eu tenho de ter um amigo, mas mesmo assim... não são de fato meus amigos, eu queria ter alguém pra almoçar junto sem eu precisar ficar procurando lugar com cara de otária, alguém pra chamar de amigo de verdade...

- Present Mic queria falar comigo? - 
            - Ah sim, sobre o clube, eu serei o professor responsável por esse clube então qualquer problema que surgir pode falar comigo, eu vou tentar descobrir algum talento escondido para se juntar ao clube, mas você também vai ter que trabalhar pra recrutar membros, quem sabe você não consegue uma banda completa? - o professor fala de maneira calma, como que eu vou recrutar membros pra essa merda?
            - Como que recruto pessoas? -
            - Ah sla, pergunta dos seus amigos se não tem alguém com interesse e tudo mais, Ah, aqui, pegue seu caderno de volta e pode ir pra sua aula - 
            - Arigato - pego meu caderno e vou em direção aos vestiários para me trocar e vestir meu traje.
Meu traje é uma espécie de macacão colado preto que cobre todo o meu corpo (dos pés, aos pulsos e ao pescoço), uso uma bota e luvas pretas, meu cabelo fica preso em um coque (não, ele não solta), na cintura uso um cinto que serve de suporte para os meus leques que ficam presos na parte de trás (isto é, nas costas, os leques são um pouco menores do que esses comuns que vemos no dia a dia, porém são extremamente resistentes e eu os uso para lançar fortes rajadas de vento - tipo uma Temari da vida - ), depois de me trocar, vou caminhando em direção a U.S.J.

No caminho eu me esbarro com o Lida que parece desesperado
            - KOIZUMI-SAN! A U.S.J ESTÁ SENDO ATACADA POR VILÕES AGORA MESMO!- eu escutei direito?
            - NANI?! -
            - É MEU DEVER AVISAR OS PROFESSORES, COM LICENÇA! -
Um ataque de vilões na escola? Não é possível, melhor eu correr.

Corro o mais rápido possível até a U.S.J e assim que abro a porta me deparo com uma cena que me deixa de boca aberta. 
Vejo a Uraraka e o Shoji tentando cuidar da Thirteen que está gravemente ferido.
             - URARAKA-SAN! - Corro na direção dos meus amigos, mas antes de chegar até os mesmos,um vilão aparece na minha frente e antes que eu possa reagir eu sou engolida pela sombra.

 

Quando eu recupero a visão eu percebo que tô caindo... CARALHO EU TO EM QUEDA LIVRE! Eu tô caindo muito rápido e está ventando muito, não consigo usar minha individualidade MERDA MERDA MERDA MERDA!
                - AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH - vou morrer com certeza, que merda, tão jovem , sem amigos, nunca nem transei e já vou morrer, é gente, foi bom enquanto durou ( foi bom porra nenhuma vou morrer cheia de arrependimentos )
                - AAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHH - fecho os meus olhos já me preparando para o impacto
                - DARK SHADOW! -
Sinto meu corpo ser carregado... então é isso que é morrer? mas ainda sinto o vento e a chuva no meu rosto, abro os olhos e percebo que estou sendo carregada pela Dark Shadow e mais a frente vejo um Tokoyami correndo pra dentro de um prédio.
Assim que entramos a Dark Shadow me pôs no chão ( eu ainda nem acredito que tô viva véi )
                - Arigato Tokoyami-kun, se você não tivesse me visto eu teria morrido - ele está com aquele olhar sério de sempre
                - De nada, mas nossos problemas ainda não acabaram, está cheio de vilões lá fora- ele fala olhando pelas janelas do lugar
                - Quantos são? - 
                - Contei 17 até agora, mas podem ser mais -
                - Eles estão em maior número mas acredito que estamos em vantagem mesmo assim -
                - Como assim? -
                - Acho que estão nos subestimando, podem até ser vilões profissionais, mas esse território é nosso, essa tempestade me dá uma vantagem tremenda e aumenta a potência da minha individualidade - ele se senta em um pedaço de concreto e parece analisar a situação
                - Acho que quem organizou o ataque não sabia das nossas individualidades... ou se sabia ele não contava que teríamos um aluno extra - ele tem razão, se o vilão soubesse não teria me enviado para uma região onde tenho vantagem...
                 - Você tem algum plano? -
                 - vamos separá-los em grupos, vai ser mais fácil assim -
                 - Hai! - 
      Vou pro meio da rua e 3 vilões aparecem, corro pro beco mais próximo e me escondo esperando eles aparecerem.  Assim que entram no beco eu pulo pra cima deles pegando meus leques e lançando uma rajada de vento bem forte que os joga no ar, então Dark Shadow os pega no ar e os esmaga contra o chão. Voltamos pra rua e somos atacados por mais 5 vilões, Tokoyami consegue se livrar de 4, mas 1 fica atrás de mim passando o braço ao redor do meu pescoço e me ameaça com sua individualidade ( seus dedos se transformam em lâminas ),dou uma cotovelada nele na região do estômago e ele me solta, então o puxo pelo braço o jogando pro chão ( aquele mesmo golpe que o cabelo de brócolis deu no marcolino pereira no anime ). Corremos de volta pra um beco e nos escondemos
                - Não sabia que você lutava - Tokoyami me olha ofegante
                - Acredite se quiser mas isso é meio que uma tradição de família - é mesmo, e é uma história longa então talvez eu conte mais tarde; ele me olha curioso e então olha para a rua
                - Tem mais deles vindo - diz ele apontando pra um trio que estava no meio da rua
                - Eu cuido desses, vou atrair os outros pra cá e você pega eles com a Dark Shadow - hoje tô confiante
                - Entendido -
Pego os leques, e cruzo os braços lançando uma correnteza cruzada que joga os 3 contra o prédio atrás, nessa os amiguinhos deles me notam e começam a correr atrás de mim, corro em direção a um beco sem saída e quando eles acham que me encurralaram, Dark Shadow aparece e joga eles contra a parede
                 - Esses formas os últimos 6 - diz Tokoyami
Sinto uma forte dor no corpo e fico tonta.
                 - Koizumi-san você ta bem? Tá pálida - ele diz me olhando com preocupação
                 - Eu...- não consigo terminar a frase, olho pro Tokoyami e vejo ele vindo em minha direção ( será que isso na cabeça dele são penas ou é cabelo? ) 
Ele me segura e diz algo que não consigo ouvir, sinto uma forte dor no corpo e tudo fica preto.
 


Notas Finais


O que será que aconteceu com ela?

Como já deu pra perceber a Emi é bem confiante quando o assunto se trata "derrotar vilões", mas isso só acontece com os vilões, quando o assunto são seus colegas ela fica insegura por achar que todo mundo tem individualidades incríveis e seriam heróis melhores do que ela.
Essa parada da luta como tradição vou explicar só mais pra frente, mas que fique claro eu ela é muito boa nisso.
Ainda não sei com que frequência irei postar, acho que o tanto que minha criatividade permitir huehuehue


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...