1. Spirit Fanfics >
  2. Meu melhor amigo (Baekhyun-EXO) >
  3. Capítulo 20

História Meu melhor amigo (Baekhyun-EXO) - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Oioi! Aqui está mais um capítulo, espero que gostem♡♡♡♡

Capítulo 20 - Capítulo 20


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo (Baekhyun-EXO) - Capítulo 20 - Capítulo 20

               BAEKHYUN P.O.V

2 anos depois

Já faz dois anos que a S/N se foi, e eu ainda tô mal pra caralho. Eu já não era mais o mesmo Baekhyun, comecei a beber e sair pra boates, a bebida se tornou diária pra mim, e também cada dia era uma mulher diferente na minha cama, mas nunca rolou nada mais sério, as vezes era só pra satisfazer meu desejo por sexo, mas eu não conseguia me apaixonar, nenhuma das mulheres que passaram pela minha cama tinham o gosto viciante da S/N, e nem possuíam os toques que só a S/N sabe fazer. Bom, mas tirando isso tudo, eu consegui arrumar um emprego, pelo menos pra me sustentar, estou trabalhando na empresa da minha omma, ela sabe da minha situação crítica, e então faz de tudo pra me ajudar a sair dessa vida, mas mal sabe ela, que isso é quase impossível, eu me conheço, e sei que não vou conseguir sair dessa vida tão cedo.

(...)

Era quase de noite, e eu ia sair com meus amigos, Chanyeol, Jongin, Minseok e Jongdae, a gente ia pra uma boate, como sempre, então eu estava terminando de me arrumar. Assim que terminei, fui encontrá-los, e então fomos até a boate.

Era a mesma coisa de sempre, eu chegava, sentava em uma das mesas com eles, nós pedíamos alguns drinks, e eles ficavam a procura de alguma mulher, parecendo um bando de animais. Eu dessa vez fiquei sentado, mas bebi demais, bebi bem mais do que as outras vezes, até porque eu estava bem mais triste, e isso era uma forma de me fazer "esquecer" tudo isso.

Depois de algumas horas, eu não tava mais me aguentando em pé, tinha bebido pra caralho. Até que enquanto eu estava na pista de dança, vejo uma mulher se aproximando de mim, não consegui ver o rosto dela direito, mas só sei que eu já tinha visto aquele rosto em algum lugar, eu havia visto ela discutindo com o Chanyeol também, mas eu tava muito chapado pra saber sobre  o que eles tavam falando. A gente "conversou" por algum tempo, e ela ficou tentando a todo momento me levar pra casa dela.

- Eai, vamos pra minha casa? - ela fala - 

- N-não, eu só quero dormir - eu falei com a voz fraca - Você pode dormir na minha casa, vem, vamos. - ela fala me arrastando pra fora da boate - 

Quando chegamos na casa dela, nós nos sentamos no sofá, e ela ficava me encarando, minha vista já tava muito turva, então eu praticamente não conseguia ver nada. Quando de repente, ela ataca meus lábios, e eu não consegui nem recusar, então cedi, aliás, estava mesmo precisando transar.

(...)

Acordei de manhã num lugar que não se parecia nem um pouco com meu quarto, e então levantei da cama, e do nada uma forte dor de cabeça toma conta de mim

- Ahh, porra! - eu falo com as mãos na cabeça, e de repente, vejo alguém sair só banheiro no quarto, e assim que ergui minha cabeça, dou de cara com Taeyeon, tomo um susto e pulo da cama 

- Já acordou, amor? - ela fala com um sorriso debochado - O-oque... - isso foi a única coisa que saiu da minha boca, não consegui dizer nada, tinha feito a maior merda da minha vida - O que foi? Parece que nunca me viu - ela ri - Escuta, seja lá o que aconteceu ontem a noite, esquece. Finge que isso nunca aconteceu, e segue a sua vida, que eu sigo com a minha, entendeu? - eu falei enquanto me vestia - Nossa, calma, você mal acordou! E aliás, eu sei que você gostou - ela fala sorrindo cinicamente - Vai se fuder, eu tava muito bêbado, e isso não era pra ter acontecido, você praticamente me arrastou pra cá - eu falo enquanto de dirigia até a porta do seu apartamento - Arrastei? Se você não quisesse, era só ter negado - ela fala - Escuta, você acha mesmo que nas condições que eu tava eu ia conseguir negar? E eu aposto que mesmo negando você ia me trazer aqui a força - eu falo começando a ficar estressado - Tá bom então, mas se quiser replay... - ela fala e eu mostro o dedo do meio, saindo de seu apartamento -

Enquanto andava pelas ruas, eu pensava na merda que eu tinha feito. Porra! Agora que essa louca não vai para de encher meu saco! Mas fazer o que, agora já foi. Também estava me preparando pra bronca que eu ia levar da minha omma, por chegar atrasado na empresa em plena terça-feira, tô fudido.

(...)





Notas Finais


Que treta man kkkkk
Espero que tenham gostado, não ficou do jeito que eu quis, mas foi por falta de tempo. Bjos e até a próxima ❤️😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...