1. Spirit Fanfics >
  2. Meu melhor amigo da faculdade - Namjin (BTS-Bangtan Boys) >
  3. Almas Gêmeas Separadas

História Meu melhor amigo da faculdade - Namjin (BTS-Bangtan Boys) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpem. Pelos erros de português, e falta de verbos, e palavras repetidas.
Desculpem, o corretor também. Por favor

Tenham uma ótima leitura esperem que gostem. Juntei a criatividade com algumas coisas que peguei de algumas fanfics.. (não é cópia, é inspiração.)

Bom dia.
Boa tarde.
Boa noite.
{o horário que vc está vendo, isso agora}

{essa imagem, não é de minha autoria. Não sei de quem é. Desculpe..}

Capítulo 8 - Almas Gêmeas Separadas


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo da faculdade - Namjin (BTS-Bangtan Boys) - Capítulo 8 - Almas Gêmeas Separadas

O mesmo se afastou de mim... E me ofereceu um livro que ele entro em suas mãos.. E deixo as flores no vaso.. O mesmo viu que tinha alguns bilhetes encima da mesa. E ergueu uma sobrancelha. Eu não entendi muito bem aquilo.. Mas ele se direcionou até a mim.. E coloco a carta encima do meu colo com uma cara seria.

- hm? Pq foi?

Ele não me respondeu e apenas abriu as cortinas e me deu meu óculos. Coloquei os mesmos e então peguei a carta na mão.. Ela tinha um desenho estranho ergui uma sobrancelha e virei a carta vendo o nome "Kyung" lembrei do mesmo na hora e abri um sorriso e quando olhei para o Jin vi que ele ainda tinha uma expressão séria na cara dele. Não sei que bicho picou ele mas okay.. Rasguei o envelope mas sem danificar os desenhos. Tinha um folha dobrada, dentro do envelope.. A peguei e abri devagar..

- "Melhor do que flores e presentes, é ter você com esse teu jeito alegre e apaixonado de ver a vida! Quero você sempre pertinho de mim... Mentira que boiolice! Iae corno tá bem?" Kkkkkkk que idiota...

Mostrei minhas covinhas com um sorriso em meus lábios. Deixei o cartão de lado.. E então peguei o livro que o Jin me deu..

- Hm? Que livro é esse??

O mesmo demostro uma expressão triste em seu rosto quando falei isso.. Me senti meio culpado.. E o olhei novamente tentando lembrar do mesmo. Mas, não tinha a mínima ideia do que era aquilo.. Abri o livro e li uma parte dele.. Mas novamente não me lembrei de nada, mas parecia interessante. Eu acho que eu ja li aquele livro em algum momento.. Só não sei quando.

________________________________

Flashback

Mas um aniversário sozinhos, sem meus pais. Que legal né.. Não gosto de coisas escandolas tipo festas e tals, sei que normalmente um adolescente gosta disso.. Mas eu prefiro literatura e essas coisas.. Estava lendo algumas coisas pelo meu computador.. Até que a campainha toca. Me levantei rapidamente tendo ideia de quem era.. Desci as escadas rápido.. E abri a porta.. Mas, não era quem eu esperava.. Era apenas o correio me dando uma correspondência. Sorrio gentilmente falando "obrigado" para o mesmo.. Quando ia chegar a porta algo a impede. E quando levanto minha cabeça.. Percebo que era o Jin.. Um sorriso se abre e logo ele me oferece um livro com um sorriso no rosto também

Jin: feliz aniversário!!!

________________________________

- é o livro que você me deu... Em meu aniversário? Certo? 

O mais novo levanto a cabeça.. Colocando um sorriso no rosto.. Balançando positivo com a cabeça.. Rtb o sorriso do mesmo.. E então volto a me concentrar no livro.. Mesmo tento lendo ele, aliás é um livro muito bom. A enfermeira pediu para o Jin sair.. Então eu acenei para o mesmo.. Eu sentia que ele estava incomodando com alguma coisa ainda, só não sei com o que?.. Esqueça, deve ser coisa da minha cabeça.

Algum tempo depois

O médico me deu alta.. E logo eu me arrumei para sair do hospital. Ele me deu meu exame, e alguns remédios de dor de cabeça.. Agradeci e sai.. Vi o Jin e o Kyung na porra do hospital.. Eles pareciam estar discutindo ou algo do tipo. Quando ambos me viram ficaram quietos.. Com que diabos eles estavam discutindo? Bem, não devo me intrometer. Kyung foi até mim me dar um abraço..e o Jin fico me olhando com uma cara de preocupado.. Rtb o abraço do Kyung, e quando o mesmo me solta.. Ele me puxa pelo braço sem me dar chances de falar com o Jin.

Olhei para tras vendo o mesmo parado e então se virando e saindo do local. Eu estava completamente confuso.. Falando a verdade eu acho que perdi algumas lembranças de amigos.. Não apenas do Jin, mas desse garoto também.. Minhas lembranças dele e só de quando eu era mais novo.. Depois eu já não me lembro de mais nada. Estava perdido em meus pensamentos.. Até que o Kyung me chagualha para eu acorda para vida. Olho para o mesmo com um sorriso meio forçado.

- ah! Desculpe! Estava meio perdido nos pensamentos...

Kyung balanço positivo com a cabeça, dando a impressão de um "tudo bem".. Ele me abraçou novamente.. Eu achei isso estranho quando estava prestes a lembra de algo, ele aperta uma parte privada do meu corpo.. Eu rapidamente me afasto dele.. Com uma cara nada boa.

- EI!!! Oq está fazendo!

O mesmo cruza os braços.. E pega em minhas mãos..

- Namjoon... Eu senti tanta sua falta... Sou seu namorado!...

Ergui uma sobrancelha.. Mas... Eu jurava que não tinha nenhum, namorado. Cruzei os braços e então fechei o olhar..

- eu não me lembro de você...

Ele rapidamente abaixo a cabeça.. Mas o mesmo me puxou para uma papelaria.. Eu estava estremamente desconfiado daquela pessoa, ela não me causava nenhum afeto, e N me trás nenhum pensamento bom.. Não era igual a sensação que eu tive com o Seokjin.. Estou muito confuso com tudo isso.

O tal garoto pegou um adesivo de coração e me mostro.. Não consegui lembrar de nada novamente.. Até q os mesmo disse as seguintes palavras..

- quer namorar comigo Namjoon?

________________________________

Flashback

O mesmo se curvo, e me ofereceu uma carta que no centro da mesma avia um adesivo de coração.. Eu não sabia oq dizer e toda escola estava olhando para nos..

- quer namorar comigo Namjoon?

________________________________

Não deu tempo de ver qul seria a minha resposta. Mas aquele garoto estava tão seguro de tudo.. E parecia tão inocente e sincero com o que estava falando.. Então apenas.. Sorri..

- então devo te chamar de amor agora?

O mesmo abriu um sorriso de orelha a orelha... E me abraçou forte.. Ainda estava meio inseguro.. Não deveria ter falado isso.. Eu acabei de sair do hospital.. Eh... E o Jin? E... Será que eu fiz a coisa certa?..

O menor me pegou pelo braço novamente e entrelaço nossos dedos e me acompanhou até minha casa.. Eu vi Jin na porta segurando a minha blusa.. E então o Kyung parou de andar

- não fale com ele!... Ele é perigoso!... E serio!... Ele não presta... E mais falso que uma cobra... Eu odeio ele... Você odiava ele também Namjoon

- Eu?... Mas... Ele parece ser tão... Adorável... E carinhoso.. Um amor de pessoa

- e oq ele mostra ser mais por dentro.. E um nojo! N qro ver você andando com ele! Okay

- mas!

- sem mas! Namjoon... Eu me preocupo com você okay..

O mesmo beijo minha bochecha.. E quando ia mirar meus olhares em Jin vi que o mesmo estava atrevesando a rua e a minha blusa estava no chão. 

- Viu... Ele é tóxico..

Estava alguma coisa errada.. Eu sei disso... Eu sei que tinha.. Ele me puxo novamente e me deixou na porta de minha casa... 

- amanhã... Eu te busco aqui para a gente ir para escola okay?

- ah okay....

Balancei positivo.. E então ela saiu.. Me senti aliviado e observei o Jin indo em direção a sua casa.. Até que eu o perco do meu campo de visão. Sai para fora e me sentei na escada.. E fechei meus olhos tentando lembrar das coisas daquele garoto. Ele não me inspirava confiança alguma.. Até que.. Uma lembraca... De uma casa pegando fogo.. E era a minha antiga casa, quando.. Eu perdi eles.. Alguém coloco fogo na casa..

- mas... Pq... Isso?... Viria a minha mente??..

Voltei para dentro de casa e fechei a porta a trancando.. E fui até o meu notebook.. Mas eu não sabia minha senha

- pronto... Fudeu... Fudeu!... E agr...

Tinha 4 dígitos.. E vi e entrei no meu aplicativo de conversa.. O Jin estava fixado e o recado dele era "04/12".. Sorrio.. E então coloco o digito e entra..

-.... Tem algo de errado eu sinto... Bora começar...

Começo a pesquisar sobre o incidente que aconteceu... Eu não iria ignorar esse sentimento de desconfiança que eu estava sentindo.. 


Notas Finais


Bem... Oieeeee minhas pituquinhas!
Como estão! Espero que estejam bem!
Esse foi o capítulo! Esperem que tenham gostado!
Desculpe pelos erros de português, e falta de verbos e ect.
Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...