História Meu Melhor Amigo é Meu Crush - Capítulo 13


Escrita por: e SadDarkness

Postado
Categorias EXO, Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Chenle, D.O, Haechan, Jaemin, Jeno, Jisung, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Personagens Originais, RenJun, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Chanbaek, Chensung, Exo, Hunhan, Kaisoo, Kristao, Lesung, Markhan, Markhyuck, Nct Dream, Norenmin, Sulay, Xiuchen
Visualizações 87
Palavras 2.681
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com a parte 2/2

Boa leitura pessoal, e durmam bem ❤️

Capítulo 13 - Especial - MxD (2-2)


Fanfic / Fanfiction Meu Melhor Amigo é Meu Crush - Capítulo 13 - Especial - MxD (2-2)

• Donghyuck•

Mark tinha me ligado ao anoitecer, achei estranho, ele não é de ligar pra mim e nem pra ninguém, mas né, milagres acontecem. Ele disse pra mim encontrar ele na entrada da floresta que tinha perto da casa dele em quinze minutos, e eu como não tinha nada pra fazer, aceitei.

E aqui estou eu, na entrada da floresta, sozinho, bem, não tão sozinho, eu tinha a lua comigo, ela está tão linda, podia ser sempre assim. Enquanto eu olhava para a lua, vejo um aviãozinho de papel pousar no meu pé, olho para os lados e não vejo ninguém.

- De onde você veio ? - digo pra mim mesmo enquanto pego o papel, abro ele e vejo o que estava escrito.

›.Siga o barulho do sininho.‹

- Mas qu.. - eu começo a falar, mas paro quando escuto o barulho do sininho - Aish, o barulho leva para dentro da floresta - digo seguindo barulho - vai dar merda - digo entrando para dentro da floresta - Mark ?

Eu estava com medo, não acho que era uma boa andar por ali sozinho, bem, agora mesmo que eu não estava sozinho, tinha alguém tocando aquele sininho, e eu iria seguir aquele barulho.

- Mark ? Cadê você ? - eu o chamo ainda caminhando - Mark, estou começando a ficar com medo - eu digo e vejo luz logo pra frente - Mark ? Eu digo e vou até a luz.

Quando chego, me surpreendo, pois vejo uma toalha estendida no chão, junto com muitas velas iluminando, tinha uma cesta de piquenique, quando vou em direção a toalha eu escuto um barulho.

- Mark ? - eu chamo procurando.

- Não - eu escuto um garoto de cabelo roxo dizer - desculpa, meu nome é Zhong Chenle, prazer - ele diz e faz uma reverência.

- Ah, prazer - eu digo e retribuo a reverência - o que é tudo isso Chenle ?

- Uma surpresa pra você, espero que goste - ele diz e me entrega um bilhete.

››Você já viu as estrelas hoje ? Elas estão tão lindas né ?! Eu lembro da primeira vez que eu beijei você, bem, eu roubei um beijo seu, lembro que você ficou corado, você tinha ficado muito fofo, na verdade, você é fofo até hoje haha. Tá chega, muita melação kkk, vamos ver as estrelas juntos ?‹‹

- Aish - eu digo corando e segurando o choro.

- Fofo né ? - o Chenle diz e sorri - ele gosta muito de você, cuida dele - ele diz pra mim.

- Vou sim - eu digo e sorrio para o de cabelo roxo - tá, mas e agora ?

- Vira o bilhete - ele diz e eu viro o bilhete.

››Siga a fitinha vermelha‹‹

- Aqui ó - o Chenle diz e me mostra a fitinha vermelha junto com algumas velas iluminando o caminho - vai com tudo - ele diz e eu começo a andar.

Eu vou bater no Mark, o que ele quer ? Aish, eu não sei qual a dele, só sei que nada sei, eu estou com medo. Enquanto seguia a fitinha percebi que ela estava me levando para fora da floresta, por favor, me diga que o Mark vai estar no final dela.

Me enganei, saio da floresta e continuo seguindo a fitinha, vou seguindo e vejo que me levou a um prédio, muito bonito inclusive, paro na frente dele e vejo mais um bilhete, pego ele e leio.

››Olha só, esse é um lugar que você tinha vontade de vir, mas nunca veio, espero que goste. Vá até o último andar‹

- Eu vou bater em você, Mark Lee - digo e entro dentro do prédio, quando vou para o elevador vejo um papel grudado nele.

- Em manutenção ? Aish, e agora ? - digo procurando outro elevador, mas não encontro, encontro apenas a porta que leva até às escadas - o jeito vai ser esse - eu digo e vou até ele, quando abro a porta vejo pisca-pisca iluminado fotos nossas - fala sério - eu digo e sorrio para cada foto que eu via.

Eu estava tão feliz, essa surpresa está mechendo muito comigo. Eu já estava quase terminando se subir as escadas, já estava cansado. Quando chego no último degrau, vejo uma porta, abro ela e vejo tudo escuro.

- Onde é que eu tô ? - eu digo entrando no lugar e procurando alguém - tem alguém a.. - eu digo e as luzes acendem - um observatório, Mark Lee, eu te amo - eu digo e começo a explorar o lugar, vou vendo as coisas até que vejo um telescópio perto da janela.

››Quer ver as estrelas ? Pode ver, meu amor‹‹

Aqueles bilhetes estavam acabando com o meu psicológico. Chego perto do telescópio e coloco meu olho, quando coloco pude ver as estrelas e os planetas mais de perto, era tão lindos, mas o que roubava a cena, era a lua.

- Lindo né ?! - um garoto diz atrás de mim - desculpa te assustar - ele diz e sorri - meu nome é Do Kyungsoo, muito prazer.

- Prazer, sim, isso é muito lindo - eu digo e sorrio.

- Está gostando ? - ele pergunta chegando perto de mim.

- Sim, muito - eu digo - onde o Mark está ?

- Logo, logo você vai encontrá-lo - ele diz sorrindo pra mim - isso é pra você - ele diz e entrega mais um bilhete.

››Esse é o último, eu prometo. Está gostando ? Espero que sim. Lembra de quando fomos para o parque de diversões? Aquele dia foi maravilhoso, eu lembro que naquele dia, você disse que gostava tanto de mim, naquela noite eu dormi sorrindo muito haha‹‹

- Olhe para a janela - eu escuto a voz do Mark.

- Mark ? - eu procuro ele, mas não acho - é um áudio né ?!

- Sim - Kyungsoo responde. Então eu olho para a janela.

- Procure um prédio que tenha uma pessoa encima - ele diz e eu procuro, depois de alguns segundos acho.

- Mark - eu sussurro pra mim.

- Agora, vá até aquele lugar - e foi a última coisa que disse, antes de acabar o audio.

- Aish, vou ter que descer as escadas tudo denovo - eu digo e bocejo - já estou ficando cansado.

- Então, você pode descer pelo elevador, ele não está em manutenção - Kyungsoo diz rindo - o Mark fez aquilo de propósito.

- Ah, mas, eu vou bater no Mark - eu digo saindo e indo até o elevador.

Entro dele, aperto o botão e ele começa a descer. Quando ele para e abre as portas, eu saio e começo a andar novamente, procuro o prédio e sigo em direção dele.

Depois de alguns minutos andando, finalmente eu chego no prédio, ele era grande e não era um prédio qualquer, era um estúdio de dança.

- Não, tá errado - eu digo parando na frente da porta e olhando pela porta de vidro - o Mark não é fã de dança - digo e vejo uma luz ser acesa dentro do salão. Abro a porta e procuro o Mark, não estava conseguindo ver quase nada, estava muito escuro lá dentro, como eu não acho eu paro, e quando eu paro escuto barulho de passos. Olho para onde estava vindo os passos e vejo o Mark.

- Mark - eu grito e começo a andar em direção dele.

- Calma - ele diz e eu paro - ainda não acabou - na mesma hora que ele fala, mais três luzes se acendem, uma em mim e as outras duas em duas mulheres que estavam a uma certa distância dele.

- Isso é um sonho né ?! - eu digo olhando e sorrindo para o Mark.

Vejo Mark pegar um violão e ajeita-lo no seu colo, quando ele começa a toca-lo as meninas começam a dançar no ritmo da música. Enquanto ele tocava a introdução da música eu piso indentificar que música era, era uma das minhas preferidas.

- Dusk Till Dawn - eu digo baixinho e começo a lacrimejar. Logo que a introdução da música acaba, ele começa a cantar com aquela voz maravilhosa, aquela voz que eu apaixonei.

_____∆_____

"Not tryna be indie

Not tryna be cool

Just tryna be in this

Tell me how you choose

Can you feel why you're in this

Can you feel it through

All of the windows

Inside this room

'Cause I wanna touch you, baby

And I wanna feel you, too

I wanna see the sunrise and your sins

Just me and you

Light it up, on the run

Let's make love, tonight

Make it up, fall in love, try

But you'll never be alone

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

I'll hold you when things go wrong

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

We were shut like a jacket

So do your zip

We will roll down the rapids

To find a wave that fits

Can you feel where the wind is

Can you feel it through

All of the windows

Inside this room

'Cause I wanna touch you, baby

I wanna feel you, too

I wanna see the sunrise and your sins

Just me and you

Light it up, on the run

Let's make love tonight

Make it up, fall in love, try

But you'll never be alone

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

I'll hold you when things go wrong

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

Go, give love to your body

It's only you that can stop it

Go, give love to your body

It's only you that can stop it

Go, give love to your body

It's only you that can stop it

Go, give love to your body

Go, give love to your body

But you'll never be alone

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

I'll hold you when things go wrong

I'll be with you from dusk till dawn

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here

I'll be with you from dusk till dawn

Baby, I'm right here"

"Não estou tentando ser diferente

Não estou tentando ser descolado

Só estou tentando me entregar a isso

Diga-me, você também está?

Você consegue sentir onde está o vento?

Você consegue sentir ele passando

Por todas as janelas

Deste quarto?

Porque eu quero te tocar, amor

E quero te sentir também

Eu quero ver o Sol nascer

Sobre seus pecados, só eu e você

Esquente as coisas, estamos em fuga

Vamos fazer amor esta noite

Nos aproximar, nos apaixonar

Tentar

(Amor, eu estou bem aqui)

Mas você nunca ficará sozinho

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu vou te apoiar quando as coisas derem errado

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Nós nos fechamos como uma jaqueta

Então solte seu zíper

Nós costumávamos nadar pelas correntezas

Para encontrar uma onda que nos encaixasse

Você consegue sentir onde está o vento?

Você consegue sentir ele passando

Por todas as janelas

Deste quarto?

Porque eu quero te tocar, amor

E quero te sentir também

Eu quero ver o Sol nascer

Sobre seus pecados, só eu e você

Esquente as coisas, estamos em fuga

Vamos fazer amor esta noite

Nos aproximar, nos apaixonar

Tentar

(Amor, eu estou bem aqui)

Mas você nunca ficará sozinho

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu vou te apoiar quando as coisas derem errado

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Garoto, dê amor ao seu corpo

Só você pode parar

Garoto, dê amor ao seu corpo

Só você pode parar

Garoto, dê amor ao seu corpo

Só você pode parar

Garoto, dê amor ao seu corpo

(Garoto, dê amor ao seu corpo)

Mas você nunca ficará sozinho

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu vou te apoiar quando as coisas derem errado

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui

Eu estarei com você do crepúsculo ao amanhecer

Amor, eu estou bem aqui"

_____∆_____

Quando ele termina, as dançarinas saem e ele deixa o violão ao seu lado, nesse momento eu já estava chorando rios, e eu só queria abraça-lo. Saio correndo em direção dele e o abraço muito forte.

- Meu amor - ele diz e desfaz o abraço - tem só mais uma coisa.

- Ah, Mark - eu digo chorando enquanto ele se ajoelhava na minha frente.

- Meu amor ? - ele diz tirando uma caixinha do bolso e a abrindo - você aceita namorar comigo ?

- Sim - eu digo e estendo minha mão para que o mais velho coloca-se o anel - Ah ~, eu tô em um sonho, só pode - eu digo ajudando Mark a se levantar - eu te amo, Mark Lee - eu digo e o beijo, um beijo calmo e suave, um beijo tão maravilhoso.

- Ah, que lindinhos - Kyungsoo diz e Mar e eu desfazemos o beijo - olha Kai, você podia ter feito uma surpresa assim pra mim - ele diz dando um tapa no braço de outro garoto.

- Ah, me desculpa ai - ele diz acariciando o lugar onde tinha levado um tapa - eu não conheci o Chenle antes, Sorry - ele sorri.

- Lindo casal - agora Chenle quem fala - e agora ? O que vamos fazer?

- Vamos sair pra comer - Mark diz - quem topa ? - ele pergunta e todos levantam a mão - beleza, então vamos.

- Vocês dois podem ir na frente - o Kai diz - eu tenho que agradecer a ajuda das meninas e ajudá-las a fechar o salão - ele diz e Mark faz que sim com a cabeça.

- Chenle, quer ir conosco ? - eu pergunto para o mais novo.

- Não, vou deixar vocês ficaram sozinhos - ele diz sorrindo - vou com o Kai e o Kyungsoo.

- Okey então, vamos comer na minha casa - Mark diz - vão para lá depois.

- Beleza - Chenle e Kyungsoo dizem juntos.

Saimos do salão e fomos para a casa do Mark, entramos na casa e logo fomos conversar com os pais do Mark, eles gostaram de nós juntos.

- O pessoal vai vir aqui pra comemoramos - Mark diz - tudo bem ?

- Tudo sim, filho - a omma dele diz - nós dois vamos sair - ela diz e cruza a mão com a do marido.

- Onde vão ? - Mark pergunto fazendo cara de safado.

- Vamos sair - eles dizem se levantando e indo para o quarto, eu acho.

- Meu amor - eu chamo Mark e ele me olha - vai chamar mais alguém ?

- Vou chamar o resto do pessoal - ele diz pegando o celular na mão, mas para - será que eu chamo o Jisung ?

- Chama sim, por quê não iria chamar ? - eu pergunto curioso.

- Por causa do Chenle - ele diz e eu o olho confuso - o Chenle gosta do Jisung.

- Ah - eu digo olhando para o chão - chama sim, acho que ele não iria se importar - eu digo e Mark começa a digitar no celular.

•Chenle•

- Vamos meninos ? - Kyungsoo chama eu e Kai.

- Vamos - eu e Kai dizemos juntos.

- Estou indo para o carro - Kyungsoo diz e sai correndo em direção ao carro, ele entra dentro do carro e fica esperando eu e Kai.

- Estou indo também - eu digo e vou para o carro.

- Eu também haha - Kai diz e vai para o carro também. Ele entra, liga o carro e começa a dirigir - vamos?

- Vamos - eu e Kyungsoo gritamos juntos.

Kai começa a digitar, ele anda algumas quadras e quando vai virar o carro para irmos somos impedidos, por outro carro que bate violentamente no nosso carro.

- Aaaa~


Notas Finais


Espero que tenham gostado desses capítulos, obrigado estarem aqui hehe ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...