1. Spirit Fanfics >
  2. Meu melhor amigo é trans?! (CAMREN) >
  3. Bass Bitch

História Meu melhor amigo é trans?! (CAMREN) - Capítulo 41


Escrita por:


Notas do Autor


bOA NOite

Já lavaram as mãos hein pessoal? tem que lavar hein, a situação está ficando insana demais. Temos que nos proteger bem até que essa situação passe. Sempre pensando positivo aqui!

Espero que gostem desse cap, fiz com carinho pra vcs u-u

BOA LEITURA!

Capítulo 41 - Bass Bitch


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amigo é trans?! (CAMREN) - Capítulo 41 - Bass Bitch

Mesmo se passando diversas semanas, os meninos conseguiram um empate com o time de Los Angeles, se classificando para uma vaga nas finais, o que já era o esperado. Agora com a semana de folga e todos tendo que voltar para a vida real, as coisas não estavam dando muito certo. Dinah tentava a todo custo se aproximar de Normani que sempre ficava na defensiva consigo, suas outras amigas já sabiam da queda que sua amiga tinha pela outra faz um bom tempo, mas no coração de Normani morava apenas uma pessoa, e essa pessoa era Lorenzo.

Em um hotel onde todos estavam hospedados, tinham suas malas já feitas, apenas aguardando o treinador mais alguns supervisores aparecer, e chamá-los para irem para o aeroporto. Mas até lá, em dois quartos separados, estavam os meninos e no outro as meninas. No dos rapazes só se podia ouvir risadas altas, e música. O que enfurecia os outros quartos.

— Aaaf! Será que esses idiotas não vão se cansar nunca? — Ally reclamava, com suas bochechas infladas, bufava feito uma criança. —Só queria ler meu livrinho.. poxa

— Que livro é esse aí que você tá lendo? — Aparecia Dinah, que pulava em cima da pequena.

— Aaaah não! DJ! Sai de cima, sua obesa!!

 Dinah saiu de cima entre risadas, deitando-se ao lado da pequena que estava uma fúria. A morena usava um conjunto moletom da Nike naquela noite. Enquanto ally usava um do mesmo modelo, só que de outra cor.

 — Resolveu usar as roupas que deram pra gente é? tá parecendo um teletubbies!

 Ally pareceu não gostar nada disso, pois já tinha acertado de primeira o rosto de sua amiga com um travesseiro enorme.

 Dinah não parava de rir após ter ganhado uma dessas de Ally.

 — Ei, o que ta pegando aqui?

 — Ah dinah não cala a boca, meu!

— Tá nervosinha, nossa! Isso tudo é TPM? Ou será que porque está longe do troy?

 Ally se virou rapidamente, encarando dinah, umedecendo seus lábios. Estava na cara que ela iria abrir a boca para as meninas.

 — DJ, cala a boca.

— Quem é Troy?

 — Ninguém!

 Ariana pareceu estranhar as duas.

 — Olha aqui, que tipo de erva estão usando?

 — Ta doida?

 — Eu que pergunto aqui!

As três deram risada uma da outra. Naquela noite fria, as vezes o melhor remédio era uma boa risada.

 — Alguma notícia da Mila?

— Ainda nada.. faz umas 10 horas que ela não da sinal de vida no Skype.

 — Estranho.. ela me disse que ficaria trancada em seu quarto o dia todo por ter ficado sabendo de Lorenzo.

 Playing Bass Bitch / Doja Cat

Uma porta era aberta, e Normani entrava, chamando a atenção de todas que estavam sentadas na cama de Ally.

 Normani estava linda demais para aquela noite. A mulher trajava um belo conjunto de roupa de Adidas preto, com os fios soltos usando um salto-alto combinando com a roupa.

 — Cheguei, amores.

Todas as meninas ainda estavam em choque com sua amiga. Normani sorria feito boba por suas amigas e se aproximava após ter fechado a porta, só de estar se aproximando já era possível sentir o cheiro de seu perfume, impactante.

 — Garota..... onde cê’ tava????! — Verônica se aproximava por trás tocando na mão de Mani, fazendo-a dar uma voltinha. — Caramba amiga, tá uma gatona!! eu pegaria.

 Dinah engoliu em seco.

— Caramba... que deusa!!

Normani sorria envergonhada com os elogios de suas amigas, menos de Dinah. Já naquela altura do campeonato, melhor evitar.

 — Tinha dado uma saidinha e me encontrei com um amigo antigo meu, que me deu essa roupinha de presente, o que acharam? — Fez uma pose.

 — A gente tem que achar nada, tá incrível garota! Que amigão esse o seu né? Apresenta pra gente.

 — O Louis? Impossível, acabou de ir pro aeroporto, disse que precisava buscar seu namorado.

 — Até esse cara namora e eu não... que ódio!

 — E você por acaso quer um namorado, amiga?

 Ariana revirou os olhos.

 — Claro que não, vadia não se aposenta. — Deu um beijo no ar.

— Dinah, tá bem? Ta toda caladinha aí..

 Dinah se deu conta de que estava sendo encarada por suas amigas, ficando com vergonha.

 — Ahn? Eu? Eu tava.. eu tava.. preciso ir no banheiro.

 A mais alta se levantou e passou por todas correndo e foi direto para o banheiro o mais rápido possível.

 — O que deu nela?

 — Você ainda pergunta, ally?

— Isso daí se chama efeito normani! — Hayley se pronunciou, saindo debaixo das cobertas, finalmente dando as caras.

 Todas olhavam para ally como se fosse o óbvio. Normani dava de ombros e se sentava entre suas amigas na cama de Ally mesmo.

— Nunca vi a DJ assim.. parabéns mani!

 Normani revirou seus olhos, se negando. Mas no fundo tinha gostado de ver a reação de sua amiga.

 — Deixeim de serem bobas.

 — Qual é! Mani, todo aqui já ta careca de saber que a DJ tem um penhasco por ti!

 — Gente, eu não gosto de meninas.

 — Então porque não deu um tapão na cara da Dinah depois daquilo no dormitório?

 — Verdade né? Porque não hein Mani?

 — Não estava enxergando nada, né meninas. E também, a pessoa de quem eu amo se chama Lorenzo. Ouviram? L-O-R-E-N-Z-O.

 — O garoto nem se lembra da gente direito, amiga..

 —I dai?

 — Você ainda confia nisso? De que ele pode recuperar a memória? Só pode ser brincadeira..

 — Acredito sim, i dai?

 Todas reviravam seus olhos, as vezes normani sabia muito bem em como ser uma cabeça dura. Mas talvez a mesma estivesse certa, só talvez.

 — Os meninos pararam de bagunçar?

 — Você acha? Estão desde cedo com esse som aí ligado.. já ouvimos de tudo, queria só um pouquinho de paz, sabe? Queria ler meus livros.

 — O que será que eles estão fazendo a essa hora lá dentro?

 — Nem queira saber, acredite.

 Todas riram, ally voltava a pegar seu livro enquanto se aconchegava no colo de mani, que estava com as costas encostadas na cabeceira da cama, as outras estavam largadas na ponta da cama mexendo em seus celulares, digitando feito loucas.

[...]

 Enquanto isso no quarto dos meninos... 

Estava com poucas luzes acessas, metade dos meninos já estavam dormindo pois já sabiam que não iriam embora nessa noite. Mas todos tinham esperança de que sim.

— E ai, chamou ela?

— Quem?

— larga essa porra de baseado, ZAYN!

O moreno revirou seus olhos e jogou o “cigarro” para fora da janela, enquanto soltava a fumaça por seus lábios.

— Não fode, justin.

— Não fode? É num piscar de olhos para que os outros sintam o cheiro dessa erva e te colocam pra fora! Assim como os outros hotéis, cara.

— Não enche, vai. Me diz, vamo' soltar esse som ou não?

— Já chamei as meninas.

— Tem certeza, que o pessoal da facul vai curtir esse som aí?

— Claro que sim!

Zayn revirou os olhos.

— Tenho a maior certeza que vão perceber esses seus olhos vermelhos aí.

Zayn riu.

— Falo que foi rinite, pronto.

Os dois riam um do outro. Estavam sentados em umas poltronas que ficavam perto da varanda do quarto que estava aberta. Nick que nada falava, apenas ajustava seu baixo, e justin seu violão. Estavam prontos para mandar aquele som.

Logan que estava um pouquinho longe deles, com sorte, começou a gravar os rapazes sem que percebessem de algo.

— Vai... 1,2,3..

Nick e Justin começavam a tocar.

Well, I will call you darlin' and everything will be okay

(Bem, eu vou te chamar de querida e tudo ficará bem)

'Cause I know that I am yours and you are mine

(Porque você sabe que eu sou seu e você é minha)

Doesn't matter anyway

(Não importa de qualquer maneira)

In the night, we'll take a walk, it's nothin' funny

(Na noite, vamos dar um passeio, não é nada engraçado)

Just to talk

(Só para conversar)

Put your hand in mine

(Coloque sua mão na minha)

You know that I want to be with you all the time

(Você sabe que eu quero estar com você o tempo todo)

You know that I won't stop until I make you mine..

(Você sabe que eu não vou parar até te fazer ser minha..) 

Zayn, Nick e Justin estavam cantarolando super bem, enquanto logan gravava tudo de camarote no fundo com um sorrisinho em seus lábios. Estava feliz em ver os seus amigos se entendendo e que tinham inclusive talento para cantar até.

— Esses meninos.. deviam cantar mais vezes juntos. — Logan sussurrava.

O garoto se virava e voltava a se deitar, se cobrindo por inteiro para nenhum deles perceberem que estava acordado. Com o vídeo em mãos, logan passou a editá-lo, e enviar o mesmo para todas as redes sociais, Twitter, Facebook e Instagram...

— Espero que não fiquem putos comigo.. mas ainda bem que não dá pra enxergar que são eles nesse escuro..

Logan tinha aprontado para cima de seus amigos com a intenção de mostrar a todos as suas vozes, como era lindo quando estavam cantando aquela música de Public. Não ligava se poderia levar uns socos no estômago.


Notas Finais


QUARENTOUUU ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...