História Meu melhor amor (romance gay) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Hoje Eu Quero Voltar Sozinho
Tags Aceitacao, Amizades, Amor, Musica, Revelaçao, Romance Gay
Visualizações 39
Palavras 1.285
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom pessoal aqui estou trazendo uma nova fics para vocês. Essa fics vai ser muito legal eu asseguro isso kkk mais então povo está aqui o primeiro capítulo e olha tá muito show!! Espero muito que gostem, e deixem suas opiniões aqui em baixo e favorite okay. Então partio ler?

Capítulo 1 - Um desastre romântico


Fanfic / Fanfiction Meu melhor amor (romance gay) - Capítulo 1 - Um desastre romântico

Oi , me chamo Joseph Hernández minha aparência é: olhos azuis cabelos pretos e pele clara. Sou filho de  Lorena Hernández e Afonso Hernández, meu pai é um dos homens mais ricos da nossa cidade, e hoje eu estou voltando para minha casa pois estava na casa de meus avós, eu fiquei lá por 3 anos, eu gostava muito de lá tinha amigos e uma escola ótima. Mais isso tinha acabado estava saindo do país onde fiquei com  eles. Mais estou vendo que terei que recomeçar minha vida em Buenos Aires.
Eu estudava em uma escola particular lá mais eu não quero voltar para lá.
Nesse exato momento estou indo para o apartamento dos meus pais. Terei que me adaptar aqui de novo, acho que não sera tão difícil (espero).
Chegando lá olhei aquele gigantesco prédio, sai do carro e venho um moço aparentava ter minha idade, olhos verdes pele parda e cabelos pretos.

- O senhor é Joseph Hernández?. Ele olhava para mim e perguntava.

- Sim, por quê?

- Bom eu vim levá-lo até seu andar, posso?. Ele perguntava pegando a mala de minhas mãos.

- Okay, obrigado.

Ele era uma pessoa que aparentava ser legal. Entramos no elevador e eu pude sentir seu perfume, com um cheiro suave que me conforta, então para não ficarmos em silêncio perguntei seu nome.

- Como que se chama?

- Diego Martinez senhor.

Ele então permaneceu em silêncio, chegando no andar destinado ele então fala:

- Esse é o andar em que seus pais moram, o senhor quer que eu carregue as malas para dentro?.

- Não Diego, eu levo.

Entrei e minha mãe e meu pai me esperavam felizes. Me abraçaram, pediram para que eu falasse tudo, e assim foi já estava tarde então fui para meu quarto e fui tomar um banho pois estava muito cansado. Logo depois fui para o jantar, fiquei mais ou menos uma hora conversando com meus pais. Já estáva com sono então subi para meu quarto deitar, enquanto estava deitado pensei em o que eu faria amanhã logo lembrei que trouxe poucas roupas, então amanhã poderia ser um bom dia para reabastecer meu quarda roupas, não demorou muito para eu dormir.
Eram 8:00 horas meu despertador toca me acordo e fui fazer minhas higienes, desci para a cozinha em não vi ninguém, perguntei então para a cozinheira onde meus pais estavam e ela falou que eles já tinham ido para o trabalho.
Me sentei a mesa e tomei meu café da manhã, então subi para meu quarto e vesti uma roupa "blusa preta, calça jeans rasgada e tênis vermelho" desci para o último andar e pedi ao motorista para me levar na escola que amanhã eu começaria a estudar. Queria conhecer ela para no outro dia não ficar tão perdido.
Chegando lá percebi que meus pais não estavam brincando quando escolheram essa escola, meu era gigantesca, entramos eu e meu motorista e a diretora estava lá nos esperando (cá entre nós ela tinha mó cara de falsa).

- Bom dia me chamo Karoline sou a diretora da escola, você deve ser Joseph Hernández?.

- Bom dia, sou sim. Eu falava cumprimentando ela.

- Bom Joseph eu adotaria apresentar a você a escola mais estou muito ocupada, mais não se preocupe! Essa é Delfine Cavalheri ela vai mostra tudo para você!.

- Okay, obrigado.

- Tudo bem com você. Delfine estendia a mão para me cumprimentar.

- Tudo bem, e com você?

- Sim! Você quer começar a conhecer?.

- Sim mais é muito grande?.

-  Bom não se preocupe, hoje vou mostrar o necessário para você!.

- Obrigado.

Ela parecia ser uma pessoa legal sua aparência era: cabelos loiros curtos ate o queixo e olhos pretos. Ela estava me mostrando a escola inteiro (Tem certeza que isso é o necessário para amanhã querida?) Era uma escola para lá de bonita. Estávamos indo para ver a biblioteca quando eu olho lá para baixo vejo uma turma fazendo educação física.

- Em que turma você vai ficar?. A menina me perguntava.

- 2° ano médio A.

- Olha que legal vamos estudar juntos!.

- Que bom então.

- Aquela turma lá em baixo e a nossa.

- É?

- Sim, quer conhece-lá?

- Sim.

Decemos do quarto andar e fomos para o pátio. Lá estáva as meninas no pátio e os meninos no campo.

- Meninas esse é Joseph ele vai estudar conosco amanhã!. Delfine falava com as algumas meninas.

- Oi meninas. Eu um pouco envergonhado falava.

- Oi Joseph!!!. Parecia que elas tinham ensaiado isso.

Podia ver que elas ficavam me secando inteiro  (não me gabando). Delfine ficou falando com suas "Amigas" e eu fui indo para o campo, sentei em uma arquibancada e fiquei vendo alguns alunos jogar.

- Joseph?.

Uma voz do além falava, então olhei para o lado e vi que não era um voz do além, e sim Diego.

- Oi Diego tudo bem?

- Sim, mais o que você faz aqui?

- Bom eu vou começar a estudar aqui amanhã.

Era estranho que ele estáva aqui. Ficamos conversando sobre assuntos aleatórios e descobri que ele era filho do dono daquele prédio que eu morava. Eu gostei dele, ele era um menino legal, pelo menos não ficaria sozinho amanhã (acho).
Voltei para casa era meio dia, almocei e fiquei um pouco assistindo tv. 1:30 me lembrei que tinha que comprar roupas novas.
Desci para o primeiro andar e fui para o carro.
Chegando no shopping comecei a ir de loja em loja, cada loja uma sacola nova meu motorista então falou:

- O senhor pode esperar só um minuto que eu vou levar essas sacolas até o carro já volto.

Não sei porque ele foi levar daqui a pouco vai estar carregando um monte de sacolas de novo. Tava muito quente então fui até a praça de alimentação pegar um suco. Peguei o suco e estava indo sentar em uma mesa, peguei meu celular para ver algumas coisa enquanto ia, mais eu não vi é me peixei com um menino e o refrigerante dele caiu em cima de mim e o meu suco se derramou sobre a camisa branca de manchando tudo.

- Me desculpe eu não vi. Eu me desculpava sem saber onde enfiava minha cara.

- Não foi nada, eu também tenho que lhe pedir desculpas eu estava entendido no meu celular e não vi nada.

Eu acho que vi ele na lá escola... sim é ele sim!!  A aparência dele era loiro de olhos verdes.

- Creio que quei trocar de roupas não?. Eu perguntei a ele.

- Sim mais eu estou só com essa camisa.

- Eu lhe dou uma.

-Bom então vamos até o banheiro.

Chegando lá peguei duas blusas e entreguei uma a ele. Pensei que ele entraria em um toalete para trocar mais quando vi ele tirou na minha frente, seu corpo de porte malhado, sente meu rosto arder fiquei olhando para ele sem saber o que fazer.

- Você não vai se trocar?

- •••.

- Eiii??

- Hã. Falei acordando.

- Eu lhe perguntei se não vai trocar de blusa?.

-  Haa sim. Peguei minha blusa e entrei correndo em um toalete.

Depois que sai ele estava arrumando o cabelo no espelho. Quando me viu venho até mim e falou:

- Me chamo Benjamin Martínez e você?

- Sou Joseph Hernández!.

- Bom a camisa sua ficou um pouco apertada mais da para chegar em casa hahaha.

- Bom esse é meu tamanho.

Ele então se despediu e falou que amanhã na aula me entregaria, péra um pouco!!! Como ele sabia que eu iria estudar amanhã?
Fui para casa e fiquei pensando naquilo resto de dia.


Notas Finais


Bom galera esse foi o capítulo espero muito que vocês tenham gostado tá bom tchau até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...