História Meu monstro eu sou seu (yaoi) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yaoi
Visualizações 426
Palavras 1.020
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Comédia, Drabble, Drabs, Mistério, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Tenha uma boa leitura e deixe sua sugestão

Capítulo 1 - Cap 1


Fanfic / Fanfiction Meu monstro eu sou seu (yaoi) - Capítulo 1 - Cap 1

°'°VISAO CHUNG YUKIO°'° 1

Estava voltando do meu colégio e parei em uma loja de conveniência pra tomar uma raspadinha de amoras rochas , meu sabor favorito por sinal mas não tinha então peguei um sorvete napolitano de pote para tomar em casa. Quando estava saindo da loja passei por um beco onde a luz do poste estava piscando parei em frente ao beco e ouvi um barulho de alguma coisa se batendo contra a uma lata de lixo me assustei quando vi olhos platinados e brilhantes me encarando no escuro dei alguns passos para traz assustado e vi um homem sair do beco se arrastando sem um de seus braço e entrei em choque ao ver ele daquele estado tão deploravel .

Yukio- oque é isso oque está acontecendo , você está bem?- perguntei assustado e o homem já avia perdido seus sentidos já que seu sangué não para de jorrar onde seu braço avia sido arrancado.

o homem que estava se arrastando me pediu ajuda com uma voz falha mas ele logo foi puxado pelas pernas pela coisa de olhos brilhantes que estava me encarando logo ouvi o grito do homem que estava se arrastando suplicando para a coisa parar mas não conseguia ver oque estava ocorrendo a luz do poste já avia parado de funcionar , logo os gritos param e aqueles olhos brilhantes me encaram novamente se aproximando de mim tento correr desesperadamente mas aquela coisa começa a me perseguir.Consigo correr para um parque e me escondo entre umas arvores e arbustos relaxo achando que aquela coisa  parou de me seguir .

Yukio- acho que ele não viu eu entrar aqui - falo suapirando profundo e me apoiando na arvore.

Quando eu estava saindo da onde eu tinha me escondido vejo aqueles olhos me procurando e volto rapidamente para onde eu estava mas acobo fazendo barulho por causa das folhas , e logo ouço os passos daquela coisa vindo na minha direção , e a essa altura minhas palpitações estão a mil e estou quase desmaiando .

....- EU SEI QUE VOCÊ ESTÁ AI SAIA NADA VAI TE AJUDAR AGORA- ele fala em tom alto que me assusta mais ainda e me faz grunir de medo - VOCÊ NÃO É MUITO SUTIU. EM SE SCONDER SABIA HUMANO INÚTIL- ele fala mais alto do que antes , e ouço seus passos mais próximos de mim.

ele vem a onde eu estou me puxa pelo meu braço com uma força brutal e me arremessa no chão e eu tento me levantar e sair correndo mas não tem saida ele se aproxima mais e me segura pelo meu pescoço me erguendo do chão eu tento me soltar começando a me depater mas ele tem uma força tremenda e começo a sentir o ar faltar em meus pulmões me fanzendo depater meu corpo mais ainda , logo vejo tudo turvo e escuro logo em seguida eu adormeço.

Acordo com uma dor em minha garganta e logo me assusto não conseguindo ver nada , o cômodo onde eu estou está completamente escuro com apenas uma brecha onde entra um pouco de luz , corro até a pequena brecha e tento ver o lado de fora e eu estou rodiado por mato estou prezo em um lugar no meio de uma floresta como eu cheguei aqui é oque eu estou me perguntando .  eu não sei onde eu estou e como vim parar aqui então eu começo a entrar em pânico e não consigo segurar meus gritos de desespero.

Yukio- SOCORRO , SOCORRO purfavor alguém me tira daqui- começo a tremer de medo sabendo que ninguém podera  ouvir

Eu continuei gritando e gritando por horas e nada nada mesmo poderia me ouvir e eu não sei como vim parar aqui sera que eu fui sequestrado pela aquela coisa do parque ou aquilo tudo foi uma alucinação da minha mente , espero ter sido só uma alucinação , es realmente espero aue tudo aquilo foi uma alucinação mas mesmo assim como vim parar aqui eu estou confuso , assustado e estou famindo eu quero ir para minha casa .

Quando eu estava encolhido em um dos cantos vazios perto da brecha de luz , quase adormecendo ali mesmo naquele chão sujo e frio eu ouvi passos se aproximar e abrir uma porta que eu não avia notado pois a luz da brecha não chegava até aquele canto do comodo .

....- ora ora finalmente parou de gritar confesso aquilo já estava começando a me irritar seu humano IRRITANTE E  BARULHENTO- ele aumenta seu tom de voz no final da fase me fazendo encolher no canto

Yukio- q-quem é v-você por quê me colocou aqui - abraço minhas pernas olhando amedrontado para aquele ser estranho

....- eu sou um kurroru você já deve ter ouvido falar de seres como eu não é?

Yukio- s-sim eu já ouvi falar de criaturas assustadoras como você

Kurroru- então deve saber que somos iguais a lobos ferozes criaturas que adoram carne incluindo carne humana - ele se aproxima de mim e levanta meu rosto com seus dedos

Yukio- v-você vai me devorar que nem vocês fazem com o gado

kurroru- sim digamos que você sera meu jantar , mas até eu estar com fome vou te manter vivo aqui

Yukio-  o-oque , c-como você não pode fazer isso ?

Kurroru- claro que posso , ninguém vai se quer achar um rastro seu , já que vou te manter como um bichinho de estimação até eu te devorar vou te dar um nome-o interompo falando com voz trêmula

Yukio- m-mas eu já tenho um nome , Chung y-yukio - falo meio receioso 

Kurroru- não é um nome tão interessante mas eu não me importo, meu nome é yukito mas você ira se dirigir a mim como '' meu amo'' ou "meu mestre" e se me desobedecer você sera castigado entendeu gracinha - ele da um sorriso sádico amedrontador

Yukio- v-você está louco e-eu nunca t-te chamarei assim , s-seu monstro louco- falo irritado mas não consigo me expressar perto dele sem ter receio de ele fazer alguma coisa comigo






 


Notas Finais


Obrigada pela leitura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...