História Meu Monstro (YAOI) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Yaoi Giry
Visualizações 428
Palavras 302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


São 1:19 da manhã... E eu tava escrevendo isso... Resumindo TA UMA MERDA

Capítulo 1 - Mais um dia...


Fanfic / Fanfiction Meu Monstro (YAOI) - Capítulo 1 - Mais um dia...

13:00h da tarde… domingo


Abri lentamente meus olhos encarando o teto branco, logo bocejei e me sentei na cama olhando em volta ainda com os olhos semi abertos, assim que toco meus pés no chão sinto um arrepio correr por minha espinha… está frio hoje… levantei e fui a o banheiro me arrumar para mais um dia.


13:26 da tarde


Sai do banheiro ainda com meu pijama de Pandinha sim eu uso pijama de animais pois acho fofo! Tem algum problema com isso?


Pois bem, caminhei até a mesa e comecei a tomar meu café da manhã, torrada e café, não sei se é por eu não dormir muito mais café e a minha bebida favorita. Peguei meu celular enquanto comia e antes de ligar a tela… Encarei meus olhos verdes e exaustos, “uou… eu tô todo fudido” pensei ligando meu celular.


Terminando com o sono e a enrolação, olho para Baxter meu pastor alemão que me encarava a abanando seu rabo, sorri para o animal e pensei que passear com ele poderia me ajudar a acordar, me levantei fui até a escrivaninha e peguei sua guia colocando em sua coleira, Baxter começou a se animar e quando notei ele estava na porta a arranhando querendo sair, dei risada e fui para o meu quarto, por mais fofo que eu ficasse de panda sair assim seria vergonhoso.


Tirei meu pijama e fui até o armário pegando uma blusa de frio que eu tinha com a estampa de “Happy” coloquei uma calça jeans um tênis e passei a mão no cabelo, não acho que preciso mexer nesse porco espinho que fica na minha cabeça ele é lindamente horrível por Natureza.


Voltei para a sala peguei meu celular e as chaves e segurei firme a guia de Baxter saindo de minha casa e fazendo uma corrida animada até o parque local.


Notas Finais


Eu avisei ;v;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...