1. Spirit Fanfics >
  2. Meu mundo , Minhas regras >
  3. Dia do Bakugou

História Meu mundo , Minhas regras - Capítulo 35


Escrita por:


Notas do Autor


Você sabe que o negócio é bom quando ele se chama "Dia do Bakugou" agora se ajeita na cama que eu sei que você está mais torto que o Deku todo quebrado, vai pegar um lanchinho e aproiveita que hoje eu me inspirei muito

Capítulo 35 - Dia do Bakugou


- ......Sabe fiquei afim de irritar o Bakugou hm...ok hoje! Declarado por mim é o Dia do Bakugou! - dou uma risada malegna fracassada - Ai jesuis eu concerteza fracassaria como vilã - logo peguei meu celular -

- Deku? Oi, então tava pensando em fazer uma coisinha

- Isso vai acabar matando alguém?

- Provavelmente....?

- Isso foi uma pergunta ou uma afirmação? 

- Afirmação...? - escuto o mesmo suspirar -

- Ok, me fala ai que "coisinha" é essa 

- yey! Primeiramente eu vou na Momo e....

NO DIA SEGUINTE

- Eh? D-dois Dekus? - falava Denki totalmente confuso eu e Deku estavamos em volta de Bakugou o enchendo de perguntas -

- Tsc! Por acaso isso e algum tipo de brincadeira de bosta? - Bakugou nos encarou e já começava a sair fumaça de suas mãos e se escutava os estalos de festa junina eu não pude aguentar e soltei uma risada - 

- Deku-kun não sabia que tinha amigos tão engraçados - eu Marya Diaze Shouta estava fingindo ser irmã gêmea de Izuku Midorya! Melhor ideia não há! Meu nome? Me chamem de Ina Midorya -

- EU NÃO SOU AMIGO DESSE NERD DE MERDA!!

- Mas sempre vi os dois juntos fazendo favores um ao outro lembro de sempre compartilharem seus lanches, e falavam sempre ser amigos, se eu não estou enganada acho que isso os torna amigos - disse com uma cara curiosa e deixo Bakugou sem argumentos -

- Ai meu santo! Ela deixou o Biribinha sem argumentos!! - Kirishima diz tentando segurar o riso -

- JÁ FALEI PRA NÃO ME CHAMAR ASSIM CARALHO!!!

- Mas quando a Marya te chama assim você não fala nada - o mesmo fala e se ouve toda a sala fazendo um "hmmmmm" e eu apenas sorrio -

- Sabe, eu tenho dó da pessoa que se casaria com Bakugou, você parece daquele tipo que acorda e já está explodindo a casa - comento e ele me olha com um olhar mortal e eu devolvo com um olhar quem não sabe de nada -

- DEKU!! SE SUA IRMÃ NÃO CALAR A POHA DA BOCA EU MESMO FAÇO!!

- Não há uma frase que você fale sem que complemente com um palavrão?

- Ui essa te pegou de jeito Biribinha - ele se aproximou de mim para me atacar mas Aizawa-sensei entrou na sala -

- Eae! - Quando ele bota os olhos em mim ele para e me olha extremamente confuso - Quer saber nem vou perguntar

- Onde está Marya? - ele perguntou e eu começei a suar frio e olhei para Momo que era a única que sabia -

- Am, bem ela parece que pegou um resfriado! - Momo diz e logo ele olhou mais uma vez para mim ele com certeza sacou oque estava acontecendo -

- Ok - ele suspira pesado e pede para colocarmos nossos uniformes de heróis, já que para não estragar o dia do Bakugou nem nada não podia usar minha roupa então usei a de treinamento -

- Quero duplas sendo formadas, você! - ele apontou para mim -

- An eu? ( Autora: como é sonsa ne )

- Não precisa fazer isso - quando ele diz o pessoal já saia de perto de mim - Ainda não tem seu traje, eles vão ser necessários - eu apenas assenti e agradeçi milhões de vezes ao meu pai por ele ter sacado oque eu estava fazendo -

- Ei! - eu e Deku fomos até o bakugou com o mesmo sorriso e ele faz uma careta -

- Ain! Não faça essa cara de que comeu e não gostou! Só viemos lhe desejar boa sorte Kacchan - cara como aquilo o deixou com raiva eu apenas falei o apelido carinhoso dele e ele pirou de vez, brinquei estar com medo e fui para trás de Deku -

- Ah! Deku-kun me proteja deste herói com cara de vilão! - zombei e ele começou a vir atrás de mim querendo me matar e eu só fui dando o famoso parkou de Taubaté em todo mundo, so esquivando mesmo -

- Aquela des....tsc 

- Ei Bakubro! Bora fazer dupla?

- Tanto faz cabelo de merda!

- Nossa ce ta atacado hoje ein! Que foi ta com saudades daquela que te acalma?

- An!? Que!? 

- Sabe, A Marya e você tem ficado que nem unha e carne - ele diz com um sorriso e ergue uma de suas sobrancelhas a espera de uma resposta -

- SHINE!!

- Ha....e cada coisa que o Kirishima inventa - falei baixinho para ele não me escutar -

- Agora com suas duplas feitas, olhem para ela....bem este é seu oponente 

(...)

- Então basicamente vocês tiveram aquela porradaria toda apenas para ver se podem fazer alguma modificação nos seus trajes? - falo enquanto escuto mais um gemido de dor de Midorya - Que perda de tempo

- Poxa, a gente se arrebentou todo lá apenas para isso 

- Cara tu quebrou sua perna...você quebrou sua perna usando seu poder ou foi por causa daquele chutão que o Iida te deu?

- Foi por causa do Iida mesmo

- Ah bem! Mas se fosse por causa dos seus poderes eu ainda ia no meio daquele campo e te dava 3 tapa na cara! - Disse colocando o último curativo nele -

- Próximo! - gritei e veio Kirishima, Denki, Bakugou, Iida, Tsuyu e Jirou -

- Meu santinho, podia ter cuidado não!? 

- hm? Ina oque faz aqui? - Perguntou Kirishima que caía no chão mas logo coloquei em uma maca -

- Bem Recovery Girl estava precisando de uma ajuda enquanto ela saía por um momento, e então eu me ofereci, ela apenas fez umas perguntas rápidas falou onde tudo estava e me deu essa roupa fofinha de enfermeira pra eu usar, olha! Eu ganhei até essas luvas amarelinhas! - digo alegre e ele ri junto de mim - Bem agora deixando conversa de lado vamos começar a curar! 

...

..

.

- Oh meu santo All Might! Quem frz isso com tua língua!!?? - tentava a todo custo desfazer o nó que haviam feito em Tsuyu e nada funciona - Você tem sorte que eu nunca fracassei em tentar desfazer nóz! -

- T-Tokoyame-Kun ;-;

- Aquele pássaro não tem salvação! - sem perceber o nó já havia sumido - Aha! Eu disse que ia conseguir!, ok tente não falar muito ou fazer algo que irrite a língua por um tempo - ela assinte e sai junto de Jirou que antes também estava com seus fones amarrados -

- Senhor Denki Kaminari.....oque eu faço com você? Ele sempre foi assim? - eu pergunto e eles assintem eu não sei como mas eu estava conseguindo segurar o riso daquela cara que o Denki estava fazendo eu queria poder rir que nem a Jirou mas minha rosada entrega muito e fácil me achar pela risada - Hm....deixa eu tentar algo - me sento na frente e o encaro da forma mais fofa que eu pudesse -

- Denki-senpai, Está tudo bem? E que eu queria sua ajuda....senpai? - falei e escutei Midorya vindo em minha direção envergonhado com aquilo e tentando me tirar do chão -

- E-eh? - quando olhamos Denki já estava no seu normal e extremamente corado, ai me levantei rapidamente alegre -

- Ah! Voltou ao normal! Eu achei que um tapa na cara resolveria mas achei violento demais então melhor acordar uma pessoa com amor em vez de dor hehe - falei inocentemente e os meninos apenas me olharam muito confusos - Oque vocês ainda estão fazendo aqui!? Já curei vocês podem ir! - disse empurrando Deku, Denki e Kiri para fora - Bem agora você! - falei apontando para Bakugou -

- hm....são apenas alguns cortes, não são tão profundos mas fundos o sufiente para sangrar 

- É isso eu já percebi - ele disse groseiramente -

- Tsc, grosso! - falei e começei a pegar um copo com água para lavar os lugares com os ferimentos e depois passo um sabão neutro -

- OH CACETE ISSO ARDE!!!

- Não é culpa minha estar todo cortado ne! - retruquei e ele logo resmungou algo - parece uma criança! 

- E você uma pervertida! - peguei toalhas e pus em volta dos machucados pressionando até que parem de sangrar -

- Se eu morrer vai ser culpa sua!

- Para de drama! E também se quiser posso colocar um soro fisiológico em você para prevenir a sua "morte" - ele pensou um pouco -

- Eu não quero nada enfiado no meu nariz - ele disse curto,seco e grosso -

- Ei! Qual é o seu problema!? Você tem sido bem grosso comigo! Oque foi que eu te fiz!? - o perguntei furiosa e ele rapidamente puxa meu braço para encarar-lo mais de perto, agora desculpa mas eu não pude perder a oportunidade que eu estava tendo, ainda mais você tá lendo uma fic! Você esperava que você acontecer oque!? Que do nada um professor entrasse na sala pedindo por ajuda? Mano por favor ne, eu dei um selinho nele e ele me soltou colocando suas mãos na boca - ( Autora: ,_,) aconteceu? ....Isso só pode ser brincadeira...mds O CLICHÊ ACONTECEU!!! ;-; o gloria! )

- hm....que climão...- comentei com um riso nervoso e ele apenas me encarou em furia -

- POHA!! - ele se levantou retirando as toalhas e foi se embora -

- Poxa, isso não algo que se diz a respeito de um selinho, que maldade ;--;) - peguei as toalhas do chão e sorri - Esse é o dia do Bakugou!

NO DIA SEGUINTE

- BOM DIA MEU POVO VEJA QUEM VEIO!!?? - cheguei toda alegre na sala e o pessoal vem me cumprimentar -

- Marymary! Então já está melhor do dodói? - Kirishima brinca puxando minhas bochechas -

- MARYA ESTÁ MUITO BOA!! JÁ NÃO TEM MAIS DODÓI!! - Brinquei e fui dando bom dia a todos até que eu chego em Biribinha -

- Biribinha, Estralinho, Bomb man, Tic tac, bomba relógio, estalinho de festa junina, Bakugan, Menino tóxico, Kacchan! - falei todos os apelidos possiveis e ele apenas me olha fala um bom dia seco e volta olhar a janela -

- Ue.....oxi! Esse dai ta de tpm bah ne!

- Tsc, idiota - ele resmunga mais para que eu não ouvisse mas fracassou -

- An? Que mas porq.....- logo me toquei e olhei quase que em desespero para Midorya e Momo -

~ ELE SABIA!!! ~


Notas Finais


Hm....Então Marya já teve tantas oportunidades nessa vida, já sabe com qual você vai namorar? 7w7
Mano a tanto machu atrás de tu ;-;) me da um tiquinho de inveja
Marya: Namorar?.....,_,) tenho que escolher 1! não posso ficar com todos?


(Fui escrever Bakubro e o corretor detectou como Galindo....eu lá sei oque é um Galindo ,_,)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...