História Meu Músico - Imagine Park Chanyeol EXO - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Park Chan-yeol (Chanyeol)
Tags Chanyeol, Exo, Imagine, Pampisdesign
Visualizações 63
Palavras 1.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chegamos a 200 favoritos!!!!!!
Fiquei tão feliz que resolvi adiantar esse cap pra vocês.
Ele é curtinho, mais como uma intro pro proximo cap.
Aproveitem!
Beijossss

Capítulo 26 - Surpresa 1


POV S/N ON

 

    Faziam três dias desde a declaração de Chanyeol. Ele não veio para casa no dia seguinte e depois viajou para assistir a um desfile da Tommy Hilfiger. Eu estava morrendo de saudade, do seus braços, do seu cheiro, do seu corpo. Mas tinha que ser honesta, eu sabia que ele podia ter ido se despedir e não foi, eu sabia que ele estava evitando a conversa, ele estava fugindo e me irritava. 

 

- Então, S/N. - Michael falou entrando na minha sala e fechando a porta. - Aquele cara eim? 

- Que cara? - perguntei distraída. 

- O idolzinho. - falou ganhando minha atenção 

- Ele é um cantor, sim. 

- Um focking idol, S/N? Sério? 

- Não tô entendendo onde você quer chegar Mike… - o encarei séria. 

- Não tá? Como uma mulher como você se passa a ser humilhada nacionalmente?

- Não vejo como ter um homem daqueles me cortejando possa ser humilhação. 

- Uma criança que ganha a vida cantando. 

- Michael, você está cruzando uma linha. - avisei. 

- Só estou te alertando que não tem como dar certo. 

- Veja bem, quem sabe se pode dar certo ou não? Mike, você é um cara legal, você é bom, é amigo. 

- Não quero ser amigo. - falou baixo. 

- Eu sei, mas é o que eu posso te dar. 

- S/N, você é uma mulher incrível, você é linda, inteligente, capaz, eu sei que eu posso te fazer feliz. Quando eu vi o vídeo… ele gritando com você, te segurando daquele jeito, eu senti tanta raiva, eu só queria te proteger. 

- Infelizmente Mike, minha felici… 

 

Ouvimos uma batida na porta e a secretária entrou trazendo um buquê de flores. Ele não fez isso, pensei. 

 

- S/N, para você. - ela falou com um sorriso enorme e me entregou. - Tem um cartão… É dele? - Sorri e peguei o cartão, vi Mike deixar a sala irritado. 

- “Por favor aceite minhas desculpas, pensando em você. P.C.” - li alto. E ela deu um gritinho. Eu sabia que ele tinha feito isso com intenção de que fosse visto, para mostrar que ele continuava me cortejando publicamente. Mas para mim tinha outro significado: estou tentando amansar você, te amo, vamos superar tudo juntos. 

 

 

~~~~//~~~~ 


 

- Então ele mandou flores? - Laura encarou o buquê. Seria uma noite das garotas para assistirmos ao segundo episódio de WGM. - Que romântico. Você voltou de ônibus hoje? 

- Não, ainda de uber. Estou evitando lugares públicos. 

- Melhor, vamos esperar a poeira baixar. Ah, nem te contei, o Baek contou aos pais dele que sou brasileira. 

- E ai? - a encarei séria. 

- Ele disse que a mãe dele falou que agora a desgraça estava feita e era melhor ele agir como um homem, brasileira ou não. 

- Meu Deus. 

- Pois é. Vou conhecê-los domingo. 

- Amiga, se eles forem rudes com você… 

- Devem ser, ou frios no mínimo. Não ligo, o importante é SimJang que cresce na minha barriga!

- Não é estranho chamar o feto por um nome diferente do que ela vai ter quando nascer? 

- Feto? 

- Você entendeu. - revirei os olhos

- No ínicio era. Mas é melhor do que chamar ela só de ela. 

- Vai começar! É a preparação do casamento. 

- Skinship! 

- Você vai ver. 

 

O programa mostrava nossa interação ao escolher o bolo, o vestido e fazer as fotos para o casamento. Eles conseguiram fazer Chanyeol parecer encantado por mim e eu, bom, eu parecia encantadora aos olhos de qualquer um. 

 

- Amiga que sessão de fotos picante! Chega ficou quente aqui! - Laura gritou me fazendo rir. - Chanyeol não é de se jogar fora eim?!

- Eiii, olha o respeito. Mas eles vão mandar umas fotos pra gente. 

- Olha esses comentários: “Chanyeol parece apaixonado”, “Que brasileira gata”, “As fãs estragaram as chances do cara”, “Eu também faria um pedido público de desculpas pra tentar não perder ela”, “ Muito sexy”, “Eles fazem um casal lindo!” 

- Sério? - perguntei feliz

- Sim, olha. - falou me entregando o celular. 

- Alguém do meu trabalho disse que ele me mandou flores. 

- Já? 

- Já! 

- Ah, te contei que Baek fechou a compra do apartamento? 

- Que bom que vocês conseguiram, aquele apartamento é ótimo.

- Só penso na limpeza. 

- Ele vai ter que ajudar. 

- Meus pais estão pensando em vir, mas eu disse para eles esperarem até estarmos com o apartamento pronto, ou para o casamento. 

- Eles entenderam a situação? Olha esse “O cara tem que namorar na tv e ainda perde a mulher por causa das fãs”

- Pesado. Não entenderam a situação “tem que casar porque vai perder o emprego” é mais “vão casar para tentar dar uma chance a família”.

- Claro. Meus pais também não tem nem ideia do que é essa pressão de ser idol aqui. 

- Eu espero que a lei para que eles não precisem ir pro exercito seja aprovada logo. 

- Se não for fudeu. 

- Fudeu mesmo. Imagina eu com uma criança e sem Baek? 

- Mas tem a mim e ao Channy, a gente pode combinar para eles não irem ao mesmo tempo, assim Channy e eu te ajudamos.

- Mas acho que por ser pai ele pode dormir em casa, não?

- Não sei. “Sou brasileira e moro na Coreia, não queria estar na pele da S/N namorando um idol” 

- Não fui eu - a encarei rindo

- Claro né. 

- S/N… como será que vai ser quando o Baek vier a público sobre nosso casamento e a SimJang? 

- Difícil. E você vai me prometer que não vai olhar o que vão publicar. 

- Ele vai perder um monte de contratos. - falou triste

- Amiga, o mais importante ele estará ganhando que são vocês. 

- É né?

- É. Os contratos voltam com o tempo. 

- Ele disse isso, que vão aparecer outros contratos diferentes. 

- Fralda de neném. 

- Imagina ele em The Return of The Superman. 

- Hilário

- Mas não deixaria ele 48h sozinho com SimJang nem pensar. Ele não frita nem ovo. 

 

O barulho da porta chamou nossa atenção. 

 

- Cheguei. - Baek entrou, parecia ter acabado de tomar banho. - O que as moças estão aprontando? 

- Não morre mais. - Laura levantou para lhe dar um beijo. 

- Não precisava ter levantado. 

- Essa é minha deixa. Vou para casa. 

- Espera um pouco que eu te levo, só tenho que resolver umas coisas. 

- Não precisa, pego um uber. - Ele e Laura se entreolharam. 

- Não amiga ele te leva. Preciso de mostrar as roupinhas que o irmão do Baek mandou de presente. 

- Quero ver! - falei animada. 

- Vou pegar, fica aí. 

- Baek, ela tá preocupada. 

- Eu sei, eu não quero colocar nenhum peso em cima dela, mas eu também tô. - Me encarou sério. - Eles acham melhor adiarmos ao máximo o anúncio assim eu posso fazer umas economias. 

- É sensato. 

- Mas eu fico pensando se não vai ser pior… Se a aceitação não seria melhor se tudo fosse…

- Converse com ela. 

- Aqui - Laura voltou carregando uma caixa do tamanho de uma caixa de sapato

- Aiiii que sapatinhos lindos! - encarei os sapatinhos brancos de bebê. - E essa roupinha! As pérolas não vão irritar? 

- Tem outra camada por dentro. 

- Entendi. E essa tiara. Meu deus que coisa linda. 

- Você ama essas coisas né? 

- Amo! - O celular de Baekhyun tocou e ele foi atender no quarto. 

- Você e Chanyeol já falaram sobre filhos? 

- Eu falei no início que sonhava em ser mãe e ele falou que precisava esperar mais uns anos, mas uns anos pode ser muito pra mim e acabamos não discutindo mais. 

- Entendi. É um ponto onde os dois tem razão. Vocês tem que entrar em um acordo. 

- Então S/N, Vamos? 

- Sim, precisamos acordar cedo amanhã para a consulta com Dr. Choi.

- Isso. 

- Então tá, vamos sim. - falei levantando e abraçando minha amiga. 


 

~~~~~//~~~~~

 

    Baekhyun e Laura estavam estranhos, pensei. Ou talvez eles só quisessem transar. Coloquei a senha na porta e me assustei com uma luz baixa. Meu coração acelerou. Chanyeol. Tirei o sapato rapidamente e parei estática encarando a sala. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...