História Meu namorado ciumento - Imagine Jungkook - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~_Jeonana

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jungkook, Namjin, Vhope
Visualizações 631
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem ❤
Boa leitura

Capítulo 13 - Ciúmes, Tae?


Fanfic / Fanfiction Meu namorado ciumento - Imagine Jungkook - Capítulo 13 - Ciúmes, Tae?

Eu não sabia o que fazer, só me desfiz rápido do abraço de Jimin, que ainda tinha seus braços envolvendo minha cintura, e fui em direção a Jungkook, que me olhava incrédulo. Assim que eu estava alguns passos dele, o mesmo levanta a mão fazendo um sinal para que eu parasse de andar. Assim o fiz.

Kook: fica onde você está, não chega perto de mim nunca mais.

(S/n): mas Kook, deixa eu te explicar.

Kook: explicar o quê? Que você estava quase se comendo com meu amigo?

(S/n: Jungkook, você está me ofendendo sem saber o que aconteceu. Deixa eu explicar por favor?

Kook: me esquece - ele disse e me deu as costas, saindo da casa.

Fui atrás dele, quando chegamos lá na frente ele começou a andar rápido.

(S/n): Jun… Jungkook - falei pondo a mão no pé da barriga, estava doendo muito.

Ele parou, me olhou e veio em minha direção. Parou em minha frente e me encarou.

(S/n): olha, o Jimin estava bêbado e ele me beijou, foi isso.

Kook: (s/n), você acha que eu caio mesmo nessa? Você acha que eu sou trouxa ou o que hein?

(S/n): Jungkook, acredita em mim, aii - gritei pois minha barriga estava doendo muito, como se fosse uma cólica, só que muito forte.

Kook: não vem com chantagem emocional pra cima de mim não - falou me dando as costas, antes que ele saísse andando, segurei sua mão.

(S/n): Jungkook, eu não ‘tô bem, me ajuda por favor - falei olhando em seus olhos e ele puxou sua mão.

Kook : o Jimin ‘tá lá na festa, por que você não vai atrás dele e pede para ele lhe ajudar, hum? - depois disso só vi ele se distanciando. Estava sem forças para falar ou andar devido a dor que sentia. Quando vi ele virando a esquina, minha vista embaçou e eu não conseguia ficar mais de pé. Caí no chão e apaguei.


Yoongi  P.O.V


A festa estava boa mas comecei a ficar com vontade de ir embora. Fui até Jimin para avisá-lo que iria para casa e quando cheguei perto dele, percebi que estava totalmente fora de si.

Sg: Jimin eu já vou, certo?

Jm: ei, eu vou com você, essa festa já deu o que tinha que dar - fala colocando o braço em volta dos meus ombros.

Sg: ah não, vou ter que te carregar? Sério isso? - falei já mal humorado.

Jm: só vamos embora logo, é para isso que servem os amigos, não é? - pergunta rindo.

Sg: só porque sou seu amigo praga, vamos logo - disse o puxando para fora da casa.

Assim que saímos, fomos andando até o carro que estava estacionado um pouco depois da casa. Estávamos andando tranquilamente até que Jimin fala uma coisa muito louca.

Jm: olha lá a (s/n) jogada no chão, eu posso até estar bêbado, mas ela está acabada - fala rindo. Não olho para onde ele aponta, apenas faço-o calar a boca.

Sg: 'cê ‘tá delirando, a (s/n) deve estar curtindo a festa com o Jungkook - falo olhando para meus pés.

Jm: não Jimin, eu beijei a (s/n) e o Jungkook viu. Mas fazer o quê? Ela é gostosa mesmo - fala sério.

Sg: você não fez isso, é só coisa da sua cabe… - parei de falar quando olhei o local onde Jimin tinha apontado. Ela estava realmente ali, jogada no chão. Apressei meus passos e pus Jimin dentro do carro, logo fui correndo até ela e coloquei minha mão em seu rosto, que estava um pouco gélido. Chamei seu nome várias vezes e nada, peguei ela no colo e fui em direção ao carro, colocando-a no banco de trás. Dei a volta no carro, correndo até a porta do motorista, abri e rapidamente entrei. Nem coloquei o cinto de segurança e saí dirigindo até o hospital mais próximo.


Taehyung  P.O.V


Eu havia chegado na festa há algum tempo, pedi passagem e fui andando até a cozinha, onde avistei Jackson.

Tae:  e aí cara - falo sorrindo.

Jackson: e aí Tae, como ‘cê tá? Faz tempo que a gente não se vê - fala e me abraça.

Tae: verdade - falo retribuindo o abraço - você sabe onde os lekes estão?

Jackson: a última vez que eu vi, eles estavam lá na piscina.

Tae: beleza, vou lá falar com eles.

Jackson: vá lá.

Pego um copo com cerveja, me despeço dele e vou em direção à piscina, chegando lá, de cara vejo os meninos dançando, menos Hoseok - estranho, não? - Até o amigo de (s/n) estava dançando. Sinto alguém esbarrar em mim, me viro para ver quem era e adivinha? Ele mesmo, o Hoseok, mais bêbado que nunca.

Jh: des-desculpa - fala com certa dificuldade.

Tae: você ‘tá bêbado demais né cara?

Jh: quê? Nadica de nada.

Estava observando Hoseok, quando alguém chega dando um beijo na bochecha dele. Estreitei meu olhar e vi que se tratava de Alex - que cara chato mano, não 'tá vendo que eu 'tô falando com ele?

Alex: oi Taehyung, tudo bem com você?

Tae: tudo sim.

Alex: Hoseok, vou lá na cozinha pegar mais bebida pra gente -  fala isso e dá uma piscadela para ele, que fica vermelho. E se foi.

Tae: vem, vamos embora daqui - disse puxando-o  para darmos o fora daquela casa.

Jh: certo, carinha legal você né?

Tae : você acha, Hoseok?

Jh: calma, a gente não se conhece. Como você sabe meu nome carinha?

Tae: eu leio mentes - rio.

Jh : nossa, que poder legal, me ensina depois.

Tae: depois, agora vamos embora.

Saí puxando Hoseok para fora da casa, logo chegando no meu carro. Pus Hoseok lá dentro e dei a volta para entrar, coloquei cinto de segurança e comecei a dirigir para casa.

Jh: cara, como eu estou cansado. Eu gosto muito do V, mas ‘tô cansado de ele ficar pegando aquelas meninas e nem dar bola para mim, sabe. Hoje eu fiquei com o Alex na festa, ele é um amigo da namorada do Jungkook. Mas não conta pro Taehyung.

Após de falar isso, ele dormiu. Fiquei com uma vontade enorme de voltar naquela festa e socar a cara daquele Alex. Como assim Hoseok ficou com ele? Mas ele gosta de mim e sempre vai ser assim, tem que ser, sempre foi assim, não posso perdê-lo agora.



Continua...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...