1. Spirit Fanfics >
  2. Meu namorado... De mentirinha >
  3. Coincidências

História Meu namorado... De mentirinha - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Mais uma pra vocês

Capítulo 5 - Coincidências


Fanfic / Fanfiction Meu namorado... De mentirinha - Capítulo 5 - Coincidências

-Oi John, engraçado encontrar você aqui!

-Eu também passeio, saio e encontro os meus amigos se você quiser saber - John respondeu com um sorriso maroto... - Parece que estamos predestinados a nos encontrar pela cidade , você não acha?

-Parece que você está certo John - Paul respondeu sorrindo enquanto a senhora que estava com ele, olhava para um e para o outro e lhe disse.

-Quem é Paul? É amigo seu?

-Oh, Eu acho que você pode dizer que somos. Pai, Angie, esse é John. John, meu pai e minha madrasta.

-Oh, que ótimo! - disse Angie que aparentemente era a que mais falava do casal - Paul sempre nos manda notícias de Londres desde que ele mudou pra cá, mas ainda não tivemos o prazer de conhecer nenhum dos seus amigos! Você também é professor?

-Não, não - John sorriu para Paul lembrando a conversa deles sobre famílias e como elas se metiam na vida deles !!! - Eu tenho uma loja de livros e discos lá no Soho.

-Maravilhoso! Nós temos que conhecer a sua loja na próxima vez que visitarmos Londres John!

-Ok, Angie - finalmente o pai do Paul conseguiu falar alguma coisa - Muito prazer em conhecê-lo John!

-Eu acho que você tem que voltar para sua namorada John , aproveite o resto da sua noite - disse Paul - antes que a Angie alugue o seu ouvido falando da minha falta de compromisso, rsrs.

-Não, não estou com uma namorada, estou aqui por causa do ensaio de casamento de um dos meus melhores amigos .

-Dê os parabéns ao seu amigo John - Angie começou se virando para Paul- Você vê querido!? Jovens ainda se casam e eu não quero ficar escutando suas desculpas e mais desculpas por muito tempo!

-Angie por favor - respondeu McCartney num tom de voz que implicava que essa conversa era um tópico sempre falado e discutido entre eles... - Eu mal me mudei e ela já quer me casar!

-Nem tanto se pra se  casar Paul, mas ter conhecido alguém. Você trabalha e só trabalha e precisa de alguém e...

Esse é um assunto interessante pensou John enquanto Angie continuava a reclamar com o moreno. Como no mundo, uma pessoa tão linda e talentosa como Paul aparentemente não tinha ninguém!? Esse era um grande mistério que nunca tinha passado por sua cabeça, para ele Paul tinha qualquer mulher ou homem que o seu coração ou sua mente desejasse em suas mãos. Mas ao mesmo tempo ele sentiu pena do amigo, entendendo que essas exigências de família eram um saco e resolveu ajudá-lo!

-Eu acho que o Paul deve estar muito ocupado com o trabalho, sabe professor novo etc, etc... E com o sistema educacional no estado que está então... Nossa! Terrível!!! - Lembrou da garota com a saia de bailarina - Nós precisamos de mais professores como o Paul!

McCartney piscou para ele, o casal ao mesmo tempo se encheu de orgulho com o cumprimento dado ao seu rapaz.

-É o nosso rapaz! - Jim respondeu - o nosso Paul sempre nos dando orgulho... Ok Paul, vamos esperar por você no carro, e John foi um prazer conhecê-lo.

-Eles são um casal e tanto começou John.

-Se ela não tivesse uma agenda de casamento, toda vez que conversamos - riu Paul.

-Igual as minhas tias - retrucou John, fazendo os dois caírem na gargalhada.

-Não, não me diga Paul e - começou imitando a sua madrasta - não me diga John que você também não tem ninguém!!? O que você está pensando da sua vida rapaz!!! Rsrs.

Claro que estava brincando com ele, precisamente porque não sabia da sua dolorosa história com Stuart, mas alguma coisa em sua expressão deve ter demonstrado alguma coisa que John teve que explicar.

-Não, não nunca foi fácil para mim. Mais me deseje boa sorte no casamento amanhã eu vou precisar mesmo de muita boa sorte.

-Eu acho que deve ser só eu mas sempre pensei que casamentos são ocasiões para felicidade não?

-Geralmente sim, mas para mim vai ser diferente, quando tenho que enfrentar o meu ex sabe?

-Você não está brincando...... Sinto muito John... Parece que vocês não terminaram amigos?

-Não, infelizmente não...

-Sinto muito John.

E por incrível que fosse ele se sentiu melhor conversando com Paul sobre a situação, Deus sabe que George e Ringo já estavam de saco cheio das suas lamentações.

-Boa sorte então - Paul falou e ele parecia muito sincero - Eu vou mandar vibrações positivas amanhã pelo universo para você John!

-Ok, Paul obrigado, vou voltar para o restaurante antes que os meus amigos pensem que me joguei no tráfico e cometi suicido.

-Isso é uma possibilidade?

-Ainda não fiz a minha cabeça - riu John.

- John se você se sentir muito deprimido na recepção, e precisar de uma palavra amiga ou de alguém pra chamar uma ambulância, me manda uma mensagem ok?

-Eu não tenho o seu número Paul - mentiu John mas a mentira foi verdadeira quando Paul retrucou.

- Agora você tem o meu número particular.

Quando eles se despediram e ele voltou para o restaurante, John se sentiu mais leve e seguro, parecia que inalou tudo que precisava para enfrentar o dia de amanhã e rever Stuart!....


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...