História Meu namorado é um VAMPIROO!!! - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama, Ficção Adolescente, Kookv, Romance, Taekook, Vampiro, Vkokk
Visualizações 64
Palavras 1.278
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi,oi people!!

Cá vai mais um Cap. da fic, espero que gostem :D

Capítulo 22 - Encontro pt.2


Fanfic / Fanfiction Meu namorado é um VAMPIROO!!! - Capítulo 22 - Encontro pt.2

Jimin: Mas como você é idiota Taehyung, kkkkkkkk. (Disse depois do mesmo ter se atirado para cima do Jungkook e o mesmo ter desviado fazendo o Tae cair esparramado no chão)

Tae: Aí Kookie, isso foi muito mau.

Kookie: Você acha mesmo que eu ia aguentar um peso como você? Era você no chão ou nos os dois, kkkkkk.

Jimin: Kkkkkk, olha a sua cara de bunda cara kkkkk (ri apontando para Tae que se encontrava ainda sentado no chão)

Kookie: Tadinho Jimin, não ri dele não. Anda cá meu amor, me desculpa. (Disse indo até o mesmo e estendendo a mão para o mesmo levantar)

Tae: Ai ai ai! Tá doendo muito aqui. (Apontei para a minha bunda e fazendo o maior drama)

Kookie: Ai, como é dramático!

Jimin: Não é o único.(Disse baixo, porém o kookie ouviu)

Kookie: Calado Jimin.

Jimin: Me respeita moleke insolente, senão o Tae vai te punir logo á noite. (dei um sorriso malicioso na direção do Tae)

Tae: Eu? Eu sou santo, quer dizer...(olhei para kookie) a não ser que queira ser punido.(Sorri malicioso)

Kookie: Tae! (O repreendi)

Jimin: Desde que eu não oiça os gemidos do kookie ecoando pelos meus ouvidos sensivelmente sensívies, tá tudo ótimo.

Kookie: Cala a boca Jimin. (Parecia um tomate) Chegamos finalmente. (Disse abrindo a porta de casa)

Jimin: Eu vou tomar banho primeiro. (Gritei e sai logo correndo em direção ao banheiro)

Kookie: NOSSA, VIROU THE FLASH? (Gritei para o Jimin ouvir)

Tae: Então...(Segurei o Kookie pela cintura e o mesmo envolveu seus braços no meu pescoço) será que hoje vamos conseguir acabar o que começamos no hospital hum? (Lhe dei um selinho)

Kookie: Desde quando você e tão safado assim? (Lhe dei outro selinho)

Tae: Desde que eu tenho uma criatura linda e gostoso desse geito como o meu namorado. (Lhe dei outro selinho, mas agora mais demorado)

Kookie: Aí é? 

Tae: Sim. 

 

 

P.O.V Kookie

O Tae me beijou, e minha Santa Omma Jin, que beijo hem. O beijo foi começando a ficar cada vez mais rápido e necessitado. O Tae me prensou contra a parede e foi distribuindo beijos, mordidas e chupões pelo meu pescoço branquinho. Senti sua ereção já visível tocar a minha que também não estava diferente, não consegui deixar de arfar pelo contacto. Tae deixou meu pecoço e atacou a minha boca, dando uma mordida a cada final de um beijo, o mesmo apertava seu membro contra o meu propositadamente me fazendo gemer baixinho em seu ouvido. Ele segurou nas minhas coxas me fazendo entrelançar as minhas pernas em volta da sua cintura, logo subindo as escadas em direção ao meu quarto.

 

 

P.O.V Jimin

Eu fui a correr tomar um banho assim que eu e os meninos chegamos em casa. Eu quiz ser logo o primeiro porque tanto o Tae como o Kookie demoram séculos no banheiro. Entrei no box e liguei o choveiro na água fria, enquanto a mesma caia sobre a minha pele, eu me lembrava do meu "encontro" com o Yoongi hoje no shopping, foi tão bom e foi melhor ainda quando ele me deu seu número e disse que depois marcaríamos alguma coisa mal posso esperar por esse dia. Bem que podia ser agorinha mesmo. Saí da box e fui para o meu quarto. Fui em direção ao meu guarda roupa, quando percebo meu celular brilhar, vou e pego o mesmo de cima da comoda e vi uma mensagem de um número desconhecido, pensei em ignorar mas a vontade de ver foi maior, desbloquiei o celular e toquei no número. E eu não podia acreditar de quem era o número.

Jimin: Meu deusss. (Dei pulinhos)

~Mensagem On~

Desconhecido: Oi Jimin, é o Yoongi. Tá tudo bem?

                                                                Jimin: Oi Yoongi, tá tudo sim e com você?

Desconhecido: Tá tudo bem também. Espero que não se importe por eu ter pegado seu número no Hoseok, eu me tinha esquecido de te pedir hoje mais cedo.

                                                                                      Jimin: Não, tudo bem.

Suga: Você está ocupado agora?

                                                                                     Jimin: Não. Porquê?

Suga: É que eu...bem estou sem fazer nada aqui em casa e o Hoseok saiu com a namorada e estou completamente no tédio. E você foi a primeira pessoa que veio a mente. Pensei que se você não estivesse a fazer nada, se poderia vira aqui em casa?

                                           Jimin: Hum, claro. Eu vou só acabar de me arrumar e em 20 minutos estou aí.

Suga: Tá bom. Até já.

                                                                                          Jimin: Até.

~Mensagem Off~

 

Logo me apressei e me vesti. Coloquei um short preto até o joelho-tava calor mesmo- que deixava as minhas coxas bem marcadas, uma camiseta branca umas meias e um tênis branco. Peguei um casaco, porque mais tarde poderia fazer um ventinho né, nunca se sabe. Como eu já havia ido na casa deles por conta do Hobi, eu sabia que não era tão longe assim e dava para ir a pé. Sai do meu quarto, e ao passar pelo corredor ouvi uns sons que nem quero imaginar o que eram vindos do quarto do Jungkook. Fui em direção a porta e sai, quando dei por mim já estava tocando a campanhia da casa do Yoongi. 

 

Jimin: Respira Jimin. (Disse para mim mesmo)

Yoongi: Oh! Olá Jimin. (Disse abrindo a porta e dando espaço para o mesmo entrar) Entre.

Jimin: Olá Yoongi. (Disse entrando)

Yoongi: Então...o que acha de vermos um filme e comermos besteiras?

Jimin: Por mim tudo bem, desde que o filme não seja de terror tá tudo ótimo.

Yoongi: Humm, na verdade eu ia sugerir isso mesmo.

Jimin: Ah não, por favor.

Yoongi: Tá bom bb chorão. Então você escolhe o filme e eu vou fazer pipoca e pegar algumas coisas para a gente comer.

Jimin: Tá bom.

 

 

 

P.O.V Yoongi

Eu não estava no tédio-quer dizer até estava-mas o verdadeiro motivo de eu ter chamado o Jimin era porque eu não parava de pensar nele e queria estar ao seu lado. Eu gosto do Jimin já faz um tempo e sei que o mesmo também nutri sentimentos por mim, até agora não tinha dito nada porque eu estava meio inseguro ainda, mas o Hoseok me fez acreditar que eu não iria ser rejeitado. E eu irei lhe dizer o que sinto hoje mesmo ou não me chamo Yoongi. Fiz a pipoca e peguei mais algumas besteiras e fui ter com ele na sala.

 

Yoongi: Então já escolheu o que vamos ver? (Disse pousando as coisas na mesinha de vidro que estava entre a TV e o sofá)

Jimin: Sim. Vamos ver comédia romântica. Pode ser?

Yoongi: Claro! 

 

 

A gente se sentou e pusemos o filme(o que vocês quiserem) Davamos boas risadas com o filme, até que não era mau de todo. O Jimin parecia que ia ter um troço de tanto que ria, e que risada gostosa de ouvir, por mim ficavamos assim para sempre. Reparei que o mesmo parou de rir assim que chegou na cena que o protagonista beijaria a sua amada. Olhei para ele e o mesmo reparou o meu olhar sobre si, me encarando timidamente em seguida. Encarei os seus olhos cor de mel e levei uma de minhas mãos até sua bochecha cheinha a acariciando, o mesmo fechou os olhos aproveitando mais do contanto feito entre nossas peles. O meu olhar foi direcionado a sua boca entreaberta e eu não me segurei, fiz desaparecer qualquer distância que havia entre nossos lábios num beijo calmo porém cheio de sentimentos bons para serem libertados. Lentamente movi o meu lábio inferior e pedi passagem com a língua e foi cedida no mesmo momento. Puxei seu corpo para mais perto do meu e ele pôs sua mão na minha nuca aprofundando mais o ósculo.

<<Continua>>

                                                                 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Bejo na tetinha esquerda!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...