História Meu namorado é um veado! (Imagine crack, Cha Eunwoo) - Capítulo 39


Escrita por:

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Jinjin, MJ, Moonbin, Rocky, Sanha
Visualizações 63
Palavras 1.076
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tô de férias

Capítulo 39 - Cidinha is back


Fanfic / Fanfiction Meu namorado é um veado! (Imagine crack, Cha Eunwoo) - Capítulo 39 - Cidinha is back


•S/n•





Eunwoo— Aí eu tava andando de boa, e do nada dois golfinhos pularam na minha frente. Eles falaram "água", aí então eu coloquei os dois dentro de um barril de água gigante para eles não morrerem. Começou a aparecer uns animais marinhos pulando no chão sem ar, aí eu joguei eles no barril também. O Michael Jackson tava lá cantando junto com o Twice pra ajudar a salvar os bichos com o poder da música. Fim.



— Cê tá usando droga?



Chanyeol— Os dois bonitos podem parar de falar sobre o sonho brisado do veadinho e focar no que realmente importa?



Eunwoo— O que realmente importa?



Jinjin— Eu.



Chanyeol— Cala a boca!



Chanyeol— Então, amanhã é o último dia de aula. a gente vai fazer um mistão aqui dentro da sala. Eu vou trazer a misteira e o Jinnie vai trazer o pão de forma. Quem vai trazer o presunto e a mussarela?



— Eunwoo e eu traremos.



Chanyeol— Fechô.



Fim de ano. Uma verdadeira palhaçada.



Professora— A maioria da sala foi aprovada! Estou muito orgulhosa de vocês!



Moonbin— Quem não foi aprovado?



Sanha— O Jongdae.



Jinjin— Ninguém mandou roubar caneta de todo mundo.



[...]



Em casa, decidimos fazer uma noite do filme. Enquanto Eu chamava o bonde, o Eunwoo fazia o molho pros nachos e alguma outra coisa pra mim.



— Você vai vir, né seu merda?



Rocky— Vou sim.



— Bem mandado.



Rocky— Só mais uma coisa. Eu vi algo suspeito hoje, eu pode ser uma grande pista sobre as ameaças do Jungwoo.



Rocky— O Zhengting... Ele tava na escola hoje e eu vi ele brigando com o Jungwoo. O coitado saiu chorando.



— C-como? O Zhengting?



Rocky— Foi o que eu vi.



Eu não acreditava. O Zhengting tinha um bom coração. Ao invés de aproveitar as chances que teve pra ficar comigo, ele se afastou do nosso grupo para não atrapalhar meu relacionamento, mesmo que ele estivesse abandonando os únicos amigos. Ele não tinha motivo pra atormentar alguém tão fofinho e inocente como o Jungwoo, ou qualquer um que fosse... Certo?



— Obrigada por me contar, Rocky. Vou ficar atenta quando ver os dois próximos.



•Eunwoo•







— Ô seu híbrido nojento, se você continuar se esfregando na minha perna eu vou te jogar dentro desse liquidificador!



Bolero— O que vai ter hoje?



Tango— Noite do filme.



Bolero— Ebaa!



— Não pra vocês, suas pragas! - Falei tentando chutar o Bolero.



Bolero— Qual seria o problema?



— Vocês só vão chegar perto da S/n quando se revelarem híbridos pra ela.



Bolero— Por que faríamos isso? Se a dona não acredita no namorado patético dela, não podemos fazer nada.



Sonata— Cala a boca, mano! Eu tô tentando dormir.



— Me escutem bem! - apontei para eles - Se vocês não...



S/n— Para de conversar com os gatos como se fossem gente. Parece doido. - Falou entrando na cozinha e me interrompendo.



— Uuurgh! - Fiz chilique.



•S/n•






Os nachos e os meus biscoitos estavam prontos. Todo mundo chegou e a gente tava escolhendo o filme.



1° guerra da noite.



Mj— Se colocar filme de terror eu vou dar uma voadora.



— Se colocar romance eu chuto o saco de todo mundo.



Chanyeol— Vamo filme de terror mesmo. É mais legal de assistir junto.



MJ— Bro, eu te odeio.



Colocamos "The Babadook". É meu filme preferido, aliás. Nos primeiros dez minutos de filme o Moonbin já deu um grito.



Eunwoo— Como assim, mano? O filme nem tem jumpscare!



Moonbin— Não foi por causa do filme. É que eu senti alguma coisa passando pelo meu pé.



Sanha— Ah, é o Bolero! - Pegou o gato no colo.



Moonbin— Posso pegar também?



— Vai lá.



Moonbin pegou a Sonata no colo e o Tango pulou no meu. O Eunwoo ficou fazendo cara feia e eu ri dele. Depois disso foi só calmaria.



Pelos próximos 15 minutos.



Jinjin— Acabaram os nachos.



Eunwoo— Aqui em casa não tem mais.



Jinjin— Como que a gente vai assistir o filme sem nacho?



Eunwoo— O que tem a ver o cu com as calças?



Jinjin— Sem nacho, sem filme.



MJ— Por mim a gente come o molho sem o nacho mesmo.



Chanyeol— Não tem pipoca nessa bosta não?



Rocky— Eu quero assistir o filme, cala a boca! - Gritou.



Chanyeol— Arruma uma pipoca lá pra gente.



Eunwoo— E eu virei seu escravo?



— Eu faço. Querem doce ou salgada?



Metade escolheu doce e a outra metade escolheu salgada.



— Que tipo horrível de ser humano come pipoca salgada?



Jinjin— Fica na tua que nem pipoca você vai comer, já tem seus biscoitos aí.



— Vai me proibir de falar a minha opinião agora? MACHISTO!



Rocky— Vamos resolver isso igual gente. O Moonbin desempata.



Ele tava roncando tão alto que parecia até efeito sonoro do Babadook.



Sanha— Quem acorda?



— MOONBIN, PIPOCA!



Moonbin— Ah?! Cadê? Ata, doce.



— Toma, trouxa!



•Bolero•






— No final do filme ninguém mais tava acordado. Como aquilo tava muito entediante, decidi me divertir um pouco. Saí do colo do Sanha e fui pra cozinha.



Sonata— Que droga você tá fazendo? - Veio atrás de mim.



— Acordou, é?



Sonata— Me deixa em paz! Agora me fala, o que vai fazer?



Bolero— Vai ser engraçado assustar esses humanos.



Sonata— Você é muito à toa.



— Tá, que seja.



Abri todas as portas dos armários, guarda-roupas, as janelas e depois quebrei um copo. Após isso voltei para a forma de gato e me deitei bonitinho no tapete.



Eunwoo— AH! - Gritou.



Moonbin— O que foi isso?



S/n— Eu vou checar. - Disse se levantando e pegando uma tesoura enorme que ela tinha no seu quarto.



Tango— Que merda você está fazendo? - Miou enquanto caminhava em minha direção após sair do colo da dona.



— Só deixa eu me divertir.



Tango— Seu idiota!



A dona saiu com a tesoura na mão. Os outros nem ousaram sair de trás dela, exceto Rocky.



Rocky— Tem um copo quebrado aqui.



S/n— Deve ter sido o Bolero ou a Sonata.



Sanha— O Bolero estava no meu colo o tempo todo.



Que trouxa!



Moonbin— Eu também fiquei o tempo todo com a Sonata.



— E eu com o Tango. Só pode ter sido um dos gatos, minha mãe está trabalhando.



Rocky— S/n, as portas do guarda roupa estão abertas.



Jinjin— Dos armários também.



— Okay, isso tá ficando estranho. Isso os gatos não podem fazer.



Eunwoo— Podem sim. Eu te falei que eles são híbridos!



S/n— Bambi, agora não é hora.



O Eunwoo bufou e eu ri internamente.



Moonbin— Foi a Cidinha mulher pelada!



S/n— ...



S/n— Moonbin, não.


Notas Finais


Não pude responder os comentários anteriores porque eu estava muito ocupada com a história, mas agora tenho tempo, então vou responder tudinho


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...