História Meu Namorado É Um Zumbi - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Gay, Novela Gay, Romance Gay, Sobrenatural, Yaoi, Zumbi
Visualizações 165
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo 04


Pov. Tyler

Acordei cansado por ter ido dormir tão tarde, mas me levantei mesmo assim, foi tomar meu café da manhã com os meus pais e foi para a escola quase dormindo nas aulas.

Quando cheguei em casa foi dormir, mas colocando meu celular para despertar às 23h para eu poder me encontrar com o Lewis mais tarde.

Quando deu 23h, acordei e me arrumei indo em direção ao cemitério, tive que esperar mais meia hora para o Lewis sair da terra ou caixão, não sabia qual era o certo.

- Você veio? - disse surpreso, abrindo um sorriso quando me viu.

- Eu falei - falei sentindo minhas bochechas esquentarem sorrindo contido para ele.

Ele saiu todo da terra, eu preferia não pensar muito isto, e se sentou do meu lado.

Ficamos nos olhando em silêncio, mas um agradável, e nossas bocas em algum momento se encontraram, ficamos assim por um bom tempo, mais o beijo não era profundo, só um tocar de lábios leves, mas ainda fazia surgir borboletas no meu estômago.

Nos separamos e ficamos nós olhando sorrindo, eu queria perguntar muitas coisas para ele sobre isto de zumbi, mas eu tinha medo das respondas, então estava ótimo ele estar ali comigo e meu sentimento por ele ser correspondido.

Quando deu três hora da manhã me despedi dele com a promessa que viria de novo.

Cheguei em casa, já me jogando na cama e dormindo, horas depois acordando e indo para escola.

Esta foi minha rotina por duas semanas, estava até recusando alguns convites para sair, já que tinha que ficar o dia todo acordado nas aulas para minhas notas não caírem e ainda ficar até tarde da noite com meu namorado, bom, ainda não tínhamos falado o que éramos, mas com certeza éramos mais que amigos e por causa disto acabou gerando vários rumores ao meu respeito, e todos estavam muito errados.

Tomei um banho quente e como sempre esperei meus pais irem dormir para ir me encontrar com o Lewis.

Eu descobri que sempre que dava meia-noite, ele, assim como os outros, saíam dos seus túmulos.

Quando cheguei, faltava só cinco minutos para meia-noite, então quando deu meia-noite, braços surgiram da terra e esperei até o corpo do Lewis aparecer totalmente.

Sorri vendo ele se aproximando de mim com um sorriso mínimo no rosto, mas que eu gostava.

Tirei a terra do rosto dele, era gelado mais já tinha me acostumado com este pequeno detalhe, e beijei os lábios dele, ficamos assim por um tempo até nós separamos sorrindo um para o outro.

Me aconcheguei nos braços dele, aproveitando o momento, enquanto não tinha que ir embora.

Esta parte era bem chata, só podíamos nos ver de noite, não podíamos sair como casais normais, nem podia falar com alguém sobre isto, mas não deixava de estar feliz quando estava com ele.

Quando deu três e meia da manhã, me despedi dele triste voltando para casa.

Na escola, por algum motivo sentia alguém me olhando, mas sempre que me virava não via ninguém, talvez eu estivesse ficando louca, mas também achei isto quando percebi que estava apaixonado por um zumbi.

Quando cheguei em casa, foi fazer minha lição de casa e esperei minha mãe chegar para o jantar e eles irem dormir.

Me arrumei faltando meia hora para meia-noite e saí se casa, indo para o cemitério.

- Tyler? - me assustei com alguém me chamando por trás.

- Gabriel? - falei surpreso.

- Para onde você vai tão tarde? Já são 11h46 da noite - perguntou se aproximando de mim, ele parecia um tanto curioso demais.

- Vou me encontrar com alguém - disse não querendo prolongar o assunto, tentando passar por ele, mas ele me barrou.

- Há está hora da noite?

- Sim!

- Quem?

- Alguém! - falei passando por ele correndo, aquela atitude dele era muito estranha, por que ele queria tanto saber com quem eu me encontraria?

Cheguei no cemitério ofegante, o Lewis já tinha saído do caixão dele.

- Pensei que você não viria hoje - disse abrindo um sorriso pequeno que eu achava lindo.

- Aconteceu um pequeno contra-tempo - falei não querendo entrar muito no assunto, capturando os lábios dele em um beijo doce e lento.

Algumas horas depois, me despedi do Lewis indo para casa dormir um pouco mais para ir para a escola, o que me fez lembrar que teria que tomar cuidado com o Gabriel, ele parecia curioso demais para alguém que só me encontrou na rua.

Me joguei na cama, não queria pensar nisto agora, pensaria mais tarde. 

Continua....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...