História Meu Namorado Possessivo! - Capítulo 46


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (bts), Bts, Ciumes, J-hope, Jung Hoseok, Possessivo
Visualizações 472
Palavras 817
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii❤️❤️

Capítulo 46 - Memória


Fanfic / Fanfiction Meu Namorado Possessivo! - Capítulo 46 - Memória

_Hoseok on_

-Trago péssimas notícias.A paciente sofreu as complicações que disse a vocês,mas agora que ela acordou,depois dos exames físicos e neurológicos,constatamos que ela sofreu perda de memória.-O médico diz.Por fora eu estava triste e desolado,mas por dentro estou tão feliz.

Agora que ela esqueceu,ela poderá ser minha.Ela não se lembrará de nada do que houve ou do que aconteceu entre a gente.Assim,poderemos recomeçar e nos tornar um casal mais feliz do que éramos...o destino está ao meu favor.

-...ela não se lembra de nada?-SeokJin pergunta após alguns minutos de silêncio,totalmente triste...isso vai ser emocionante.

-Não,ela apenas se lembra do próprio nome e de um garoto chamado Kim DongYul-O médico disse.KIM?Meu filho se chama JUNG.-Não se preocupem,enquanto ela se recupera da cirurgia feita na perna e no pé,nós faremos a memória dela ser restaurada.A perca de memória,no caso dela,é temporária,mas para ela voltar precisaremos fazer exames neurológicos e a levando para um lugar que ela teve um choque ou um lugar especial para ela.-O médico diz e vejo SeokJin sorrir.Não vou deixar eles trazerem a memória dela de volta.

-Nós podemos vê-la?-Digo.

-Sim,mas não causem tumulto ou gritem na frente dela.Ela está assustada.-O médico diz dando as costas.Eu pego meu filho,e coloco numa roupinha especial para crianças,após eu implorar para a moça.Nós fomos no quarto da minha S/N.

-Oi mamãe.-DongYul diz chegando perto dela e pegando sua mão.

-Oi pequeno...-Ela diz sorrindo forçado e nos olha.-Quem são vocês?

-Mamãe,esses são meus papais.Não lembra?

-É,papais?-Ela diz confusa.

-Eu sou Kim SeokJin,seu namorado.-"Namorado teu cú,filho da puta",penso.

-Eu sou Jung HoSeok,seu marido.-Digo sorrindo.

-Calma,eu me divorciei de você e estou com ele?-Ela diz apontando para nós dois.

-Não.-SeokJin diz.

-Eu estou com os dois?-Ela diz surpresa.

-Não,é complicado.-Eu digo passando a mão na nuca,vejo ela assentir com a cabeça e olhar para o chão.

Ficamos em silêncio por um tempo,DongYul estava mexendo nas unhas da mãe-como sempre fazia-,S/N o olhava com ternura.

-Qual seu nome,pequeno?-S/N pergunta sorrindo para ele,o mesmo fica a olhando surpreso.

-Mamãe,me chamo DongYul,esqueceu?-Ele diz e vejo S/N sorrir ainda mais.

-Me desculpe,meu amor.Você tem quantos anos?-S/N pergunta.

(...)

S/N ficou fazendo perguntas para DongYul por um bom tempo,sempre o olhando com ternura.Em nenhum momento ela dirigiu palavras a mim ou até mesmo para SeokJin,ela estava ocupada demais dando atenção para o nosso filho.Confesso que estou com ciúmes, muito ciúmes.Ela é minha,não vou dividi-la com ninguém,nem mesmo com meu próprio filho.

-Mamãe,a senhora pode brincar comigo?-DongYul pergunta,quer saber...já chega.

-DongYul,deixa a mamãe descansar.-Digo sério,o pegando no colo.

-Não.Deixe ele aqui comigo,quero brincar com ele.-Ela diz segurando a mão do pequeno e me olhando.Eu suspiro.

-Tudo bem.-Digo.-Eu vou até a lanchonete,querem algo?

-Papai,traz um salgadinho para mim?-O pequeno pergunta e eu sorrio assentindo,saio do quarto indo até a lanchonete.

_SeokJin on_

Ela estava tão sorridente brincando com o pequeno,era incrível o jeito que o sorriso dela me trazia conforto e paz.

-Eu preciso falar com você.-Digo me aproximando,ela para de brincar com o DongYul e tenho sua atenção para mim,ela assente como se dissesse para eu prosseguir.-Você não pode confiar no seu...marido.

-Por que não?-Ela pergunta em tom baixo.

-Cheguei.-HoSeok diz com um pacote de salgadinhos nas mãos.-Toma,filho.

-Obrigado,papai.-DongYul diz sorrindo e pegando o salgadinho saltitando.

-O que conversavam?-HoSeok pergunta.

-Na verdade,não estávamos conversando.-Digo rapidamente e vejo ela concordar,olhando para o filho que tentava subir na cama.Eu o ajudo e coloco ele sentado perto dela.

-Você quer,mamãe?-Ele diz oferecendo um salgadinho para ela que não tira o sorriso do rosto.

-Não,pode comer.-Ela diz.

(...)

Depois que o horário de visita acabou,nós fomos embora.S/N queria que o DongYul ficasse com ela,mas o médico disse que não poderia.

Eu sei que HoSeok está com ciúmes do próprio filho,era muito notável.YoonGi tinha ligado para os outros meninos e foi para casa para esperá-los lá.Quando chegamos, DongYul estava em meu colo.

Entramos em casa e vemos os meninos sentados no sofá da sala, conversando com YoonGi.

-Chegamos.-HoSeok diz.JungKook se levanta,vindo em nossa direção e dando um belo soco no rosto de HoSeok,que cai com o impacto.

-Isso foi por ter machucado a Noona.-Ele dá outro soco.-Isso é por ter tentado a estuprar na frente do menino.-Dá outro soco.-E isso,é por tudo.

Ele sai de cima de HoSeok que geme de dor.

-Tio,por que fez isso com o papai?-DongYul pergunta.

-Coisas de adulto,pequeno.-JungKook diz.-Pode me chamar de Tio Kook.

E assim todos se apresentaram para o DongYul que ficou brincando com Taehyung.Ele mostrou seus carrinhos para Taehyung que pediu para brincar também.

Taehyung é uma criança no corpo de um adulto.Anoiteceu e os meninos resolveram dormir aqui, dividimos os quartos e pegamos alguns colchões infláveis.Tomamos banho (separados,lógico) e jantamos.

Depois de jantar,fomos dormir.Amanhã os meninos querem visitar S/N,se apresentar novamente.

-Papai...-DongYul diz com a blusa de S/N na mão e na porta do meu quarto.

-Diga.-Falo me levantando.

-Posso dormir aqui hoje?-Ele diz cheirando a blusa,vejo que ele estava chorando.

-Pode sim,mas por que está chorando?-Eu digo o colocando na cama e o cobrindo.

-Sinto falta da mamãe.-Ele diz.

-Eu também sinto,mas daqui a um tempinho ela sai do hospital e fica com a gente,tudo bem?

-Vai demorar?-Ele pergunta cheirando a blusa.

-Eu não sei...-Digo.-Mas vamos dormir?

-Vamos.-Ele diz virando pro lado,eu viro para o outro lado e rapidamente adormeço.



Notas Finais


Espero que tenha gostado ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...