História Meu neko encantador - ItaSasu - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shisui Uchiha, Tobirama Senju
Tags Itachi, Itasasu, Kawaii, Naruhina, Naruto, Sasuita, Sasuke Neko, Yaoi
Visualizações 62
Palavras 1.849
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ai mds, finalmente minha vó voltou para casa *-* Ela fica a maior parte do tempo deitadinha e por não poder mais subir escadas(cadeira de rodas) tive que mudar de quarto, indo para o mais quente e o que tem a cama mais barulhenta de todos '-' Tudo pelo bem da minha vovó '-'

Mas enfim, espero que gostem, tenham uma ótima leitura =)

Capítulo 26 - Amigo de penas


8:20 da manhã

    Itachi sentia seu coração bater forte em seu peito, estava tão nervoso que poderia explodir a qualquer segundo

    O garoto olhava fixamente para a enfermeira, que jogava fora a embalagem de curativo, que havia sido usado no último aluno que havia passado por lá, após machucar o joelho durante a aula de Educação Física

    Itachi sentia seu sangue ferver, fazendo com que o tempo frio não fosse o suficiente para deixar suas mãos livres do suor. Ele respira fundo, estava zonzo por causa da quantidade de pensamentos que voavam dentro de sua cabeça de uma vez só

    Quando a mulher de branco finalmente vira-se e anda até ele, o Uchiha sente seu corpo arrepiar-se. Por que não conseguia se acalmar? Era só uma mentira...nada de mais

  E: Então, Itachi, soube que houve um problema com você na sala de aula

    O menino confirma com a cabeça, permanecendo quieto e encarando a enfermeira

  E: Você gritou com o professor e brigou com um aluno, não é?

    Novamente Itachi confirma com sua cabeça, sem soltar uma palavra sequer. A mulher respira fundo

  E: E como está seu colega?

  I: Bem, eu acho

    "Bem", não era verdade, o menino estava sangrando, com um provável nariz quebrado e um óculos despedaçado, mas ela não precisaria saber enquanto ele não chegasse a enfermaria

  E: Certo...e por que você começou a brigar?

  I: Ah, bem...por nada, eu acho

  E: Ouvi dizer que você e o colega com que brigou já não se davam bem

  I: Sim...

  E: Então é por isso que brigaram?

  I: Mas eu não briguei com ninguém

  E: ...

  I: ...

 

 

  N: Minha nossa, você realmente conseguiu?

    Pergunta surpreso, andando ao lado do Uchiha

  I: Sim

  N: Eu nunca achei que você conseguia fingir surtar tão bem

    Itachi continua a olhar para frente. Havia começado a gritar com o professor do nada, no meio da aula e então começou a brigar com um colega, Guilherme, o que não teve dificuldade nenhuma para fazer, já que nutria um ódio indescritível pelo garoto desde o ano passado, soca-lo na frente da sala inteira foi prazeroso, mais do que achava que seria. No final, acabou saindo como um louco, que tinha acabado de ter um surto e não respondia coisas coerentes para a enfermeira, o que lhe permitiu seu afastamento das aulas

  I: Eu...já tinha raiva daquele garoto...

  N: Raiva? Eu achei que você ia matar ele!

  I: Não exagere

  N: Não é exagero, você parecia um louco de verdade!

    Itachi suspira, Naruto iria atormenta-lo durante todo o caminho de casa

 

    Após chegar na casa cuidadora de nekos, Itachi vai rapidamente até a recepção. Logo  que veem seu rosto, as funcionarias lembram-se de qual neko se tratava, então, uma delas foi em busca de Sasuke, que estaria descansando em seu cantinho, junto a outros nekos, após receberem seus petiscos e remédios

    Quando finalmente Sasuke entra no campo de visão de Itachi, o mais velho parece aliviado, deixando um sorriso pequeno escapar em seus lábios

  F: Ele teve dores de cabeça e...tossiu sangue

    Avisa a funcionaria, enquanto vê Sasuke indo rapidamente para perto de Itachi

  F: Damos remédios, mas veja se ele estará melhor durante o restante do dia

  I: Está bem...obrigado

    Tossir sangue? Ah, não...Sasuke havia voltado a esta fase. Teria que ficar bem atento ao felino durante o resto do dia, deixa-lo sozinho não seria uma opção, talvez com Naruto em casa isso fosse um pouco mais fácil...

 

9:55 da noite

    Finalmente a hora de dormir havia chegado, uma das melhores horas do dia! A qual os nekos sentem-se felizes quando chega. Apenas a palavra dormir fazia Sasuke sentir-se leve, além disso, sabia que Itachi não iria para a aula no dia seguinte, afinal, ele havia lhe dito o que havia acontecido naquele dia, a loucura que ele tinha passado, o que fez o felino dar boas risadas, afinal, seu dono havia ficado endoidecido! Como devia ter sido aquela cena? Wow...

    Sasuke olha por cima dos cobertores, espiando Itachi. Ah...que visão maravilhosa que tinha de seu dono agora. Após todo este tempo, seu dono havia voltado a se trocar no quarto, que alegria! Não sabia o por que, mas ver seu dono sem camisa lhe dava arrepios, cosquinhas na barriga e uma vontade de abraçar-lo deste modo

  S: Meow...

    Por que Itachi não poderia dormir daquele jeito? Assim, talvez, pudesse ser abraçado por seu dono com o peitoral desnudo. "Meow". Esta ideia era tão atraente, mesmo que não entendesse o por que, só queria isso, contato físico com seu querido dono, ele poderia toca-lo em todo o seu corpo que o felino não ligaria, algo que é bem incomum, afinal, nekos precisam de algum espaço e privacidade

    Mas sinceramente, Sasuke não ligava para isto agora

    O felino suspira, deitando sua cabeça no travesseiro. Itachi era seu dono e...namorado perfeito, até hoje não havia perguntado significado desta palavra, não é?

    Itachi apaga a luz do quarto, indo deitar-se logo em seguida. Sasuke sente-se feliz ao sentir seu corpo sendo abraçado por trás, mas decepcionado por seu dono estar vestindo o pijama. O neko ajeita sua cabeça no travesseiro, ah...era tão bom...dormir

    Itachi move um pouco seus braços, ajeitando-os, deixando o felino o mais confortável possível. Sasuke sente suas orelhas felpudas tremerem, essa proximidade toda estava o fazendo tão bem... Era tão bom saber que a necessidade de solidão havia passado e que agora podia desfrutar novamente daquela sensação maravilhosa. Era tão bom ter a respiração de Itachi tocando sua nuca, delicadamente, como sempre

    Sasuke move-se, tentando ficar ainda mais perto de Itachi, se é que isto era possível. Então, aquela sensação o toca novamente, como nas outras noites, uma vontade, mas ele não sabia como descreve-la. Queria algo, mas não sabia o que. Ele pensa um pouco, os beijinhos e caricias que ele ganhava durante o dia...queria elas, queria elas agora, mas...queria de forma mais intensa. Mas como poderia ser mais intenso?

    O seu pescoço...sim, queria que seu dono...tocasse seus lábios ali. Seus ombros...suas orelhas...sua...cintura. Queria que seu dono tocasse seus lábios em todo seu corpo. Mas isso seria o suficiente? Queria sentir-se bem apertado dentro do amor de Itachi, talvez um abraço bem apertado?

  S: Ah...

    Um pequeno som sai de seus lábios, chamando a atenção de Itachi

  I: Sasuke? Está tudo bem?

  S: Hum? Sim

  I: Ah...certo. Boa noite

  S: Boa noite

    Um abraço...um abraço bem apertado, com beijinhos por todo lugar...

 

 

5:30 da manhã

    Era ainda muito cedo quando Itachi deixou a cama silenciosamente. Tinha que preparar o café, já que Naruto fazia um café tão amargo e fraco que sequer ele mesmo conseguir tomar. Mas mesmo saindo com muito cuidado da cama, Sasuke acorda, boceja e se espreguiça e, então, olha em volta na cama, procurando por onde Itachi poderia estar, no meio dos cobertores talvez? Não, ele já estava na cozinha

    O felino volta a deitar-se, queria, sim, ficar perto de Itachi, mas realmente era cedo demais, ele não conseguia...ele precisava dormir mais um pouquinho...

    Enquanto está com seus olhos bem fechados e sua mente bem bagunçada por causa do sono, Sasuke começa a pensar. Havia tido um sonho maravilhoso, Itachi estava na casa da árvore, conhecendo seu amigo com penas, o pássaro animado e cantarolante. Isto tinha colocado algo na mente do felino: iria levar seu dono para conhecer a casa na árvore!

    Sim, faria isso...caso não se esquecesse...

    Enquanto tenta dizer a seu cérebro que aquilo não era algo que poderia ser esquecido, o neko cai no sono novamente, começando a sonhar com rosas voadores e uma sala cheia de comidas deliciosas

  I: Minha nossa, Naruto! O café está no copo e você consegue se queimar?

  N: Ei! A culpa não é minha!

 

 

1:20 da tarde    

  I: Estamos chegando?

  S: Sim!

    Diz contente, continuando a andar e a puxar Itachi pela sua mão. Estava tão energético, queria chegar logo ao seu destino, queria ver qual a reação de Itachi quando visse a casa da árvore e seu amigo pássaro

  S: Ali! Olha!

    Avisa cheio de alegria, apontando para frente, onde a árvore que abrigava a casa se encontrava

  I: Ah...como achou esse lugar, Sasuke?

    Pergunta, olhando a pequena casa da árvore. Sasuke continua puxando Itachi

  S: Eu tava andando por aí quando acabei vindo pra cá

  I: Então a encontrou por acidente?

  S: Sim!

    O mais velho ri

  S: Venha! Venha! Suba!

    Fala animado, empurrando seu dono para perto da escada

  I: Se acalme, Sasuke

    Itachi sobe apressadamente a escada, antes que o neko o empurrasse mais ainda, o que poderia resultar em um belo tombo acidental. Quando seus olhos finalmente encontram o interior da casa, Itachi ri. Então era esta a melhor casa da árvore do mundo, como Sasuke havia lhe dito?

  S: Viu só? Eu disse que era maravilhoso!

  I: Sim, sim. Estou vendo

  S: Veja aqui

    Diz, levando Itachi até a janela, onde ele poderia ver o lago

  I: Ah...deve ser por isso que você gosta desse lugar, não é?

  S: Uhum!

    O felino observa animadamente o seu dono olhando o lago através da janela. Estava tão feliz por Itachi estar ali, em um lugar que ele tanto amava. O neko solta uma baixa risada, então dá um forte abraço em seu dono

  I: Hum? O que foi, Sasuke?

  S: Nada

    Responde, continuando abraçado ao maior. Itachi ri baixinho, fazendo carinho nas orelhas felpudas do felino, que ergue seu rosto para ver os belíssimos olhos de seu querido dono. Por que era tão bom ficar perto dele?

    Itachi nota as bochechas de Sasuke ficando rosadas, assim como a pontinha de seu nariz, ele não entende exatamente o por que disto, mas não conseguiria reclamar. Tão bonitinho...

    Sasuke continuava a olhar Itachi, parecia hipnotizado. E isto era um feitiço. Os olhos do neko eram tão bonitos e brilhantes...não eram? Itachi sente um frio na barriga, por que não conseguia parar de olhar de volta? Eram tão bonitos...

    Podia chegar mais perto? Podia? Não estava próximo o suficiente. Sem sequer perceber, ele aproxima mais seu rosto ao do felino, que teve o canto de seus lábios levemente voltados para cima, tornando-se um sorriso. Mais...mais perto, era apenas isso que queria

  S: Hum?

    De repente, quase que em um passe de mágica, um pássaro pousa no topo da cabeça de Itachi, lhe dando uma bicada dolorida e atrevida

  I: Ai!

    O transe logo é rompido, Itachi move seu rosto, fazendo com que o pássaro voe e pare na beirada da janela, começando a cantarolar. Sasuke ri

  S: Ei, esse é o meu amigo pássaro! Ele fez isso comigo uma vez!

  I: Ah...eu acho que ele não é muito amigável

    Sasuke ri novamente, então era assim que seu amigo com penas se apresentava com todo mundo? Não era nada pessoal? Wow, que modo estranho de conhecer pessoas novas! Sasuke não se irritaria pelo momento ter sido interrompido, afinal, tinha certeza que o pássaro não tinha a intensão de estragar o momento


Notas Finais


Espero que tenham gostado, obrigada por terem lido =) Até o próximo Cap. Tchau tchau!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...