1. Spirit Fanfics >
  2. MEU (nem) TÃO AMADO PROFESSOR >
  3. Uno

História MEU (nem) TÃO AMADO PROFESSOR - Capítulo 1


Escrita por: e jctaen


Notas do Autor


Olá!
Essa será uma Fanfic Taekook, pelos motivos de Taekook é lindo demais. Se não gosta desse casal, respeite. Me respeite assim como eu te respeito (mesmo sem te conhecer), e respeite principalmente os artistas, afinal antes de tudo eles são AMIGOS.

Espero que gostem!
Tenham uma boa leitura!

Capítulo 1 - Uno


O outono se aproximava e com ele o início das aulas. Devo admitir que não estava com ânimo para enfrentar mais um ano escolar. Talvez fosse somente a idéia de ter que lidar com a mesma rotina dia a pós dia que não me agradava ou a típica sensação de não gostar do ambiente escolar. Não tinha certeza, contudo, a única coisa que tenho plena certeza é de não saber lidar com a alegria desenfrada dos demais alunos em uma plena manhã de segunda feira. E infelizmente chegou segunda-feira. O despertador do meu celular tocou, mas já havia acordado antes com o ronco inacreditável do meu pai. Ele devia ter uns 12 berrantes desafinados dentro dele, sério mesmo. Não é possível que ele seja humano e olha que ele dorme no final do corredor e eu no início, imagino o quão ruim é pra minha mãe dorme ao lado dele, senhor do céu.
Ah... que indelicadeza a minha, vocês devem estar se perguntando quem sou eu não é mesmo? 
Bem, eu sou o Gabriel.... hahaha, brincadeira, meu nome é Kim Taehyung, tenho 17 anos e devo dizer que já vivi o suficiente até o início das aulas e porque estou dizendo isso? Isso é uma outra história que contarei depois, enfim, voltando... 
Eu moro com meus pais em Daegul, uma cidade que na minha opinião é bastante pacata e digamos entediante, só não é completamente porque ainda se tem lugares para passear, tipo karaokês, parques, shoppings, restaurantes e baladas, mas nem sempre meus pais permitem tais saídas, normalmente fico em casa vegetando sozinho e raramente com meus amigos como companhia.
E hoje infelizmente seria o retorno das aulas após o período curto de férias e lá estava eu, olhando para o teto respirando profundamente tentando não sofrer por antecipação. Não que eu fosse sofrer bullying ou algo do tipo, muito pelo contrário, sou bastante popular, devo admitir que chamo atenção de ambos os sexos, mas tudo cansa, e somente por um dia eu gostaria de ter uma amostra grátis da capa de invisibilidade do Harry Potter.
Drama?! Talvez, e o que queriam, se eu não fizesse um pouquinho de drama, a história não seria minha e a vida muito menos, então aceitem esse meu lado, (in)felizmente não irei mudar.
Vamos lá voltando ao foco principal mais uma vez...
Lá estava eu me arrumando - se você achou que eu iria falar plenamente está, completamente errado - o mais rápido que pude. Vestido com o fardamento escolar e com a mochila nas costas, desci para a cozinha, peguei uma maçã e sai de casa, trancando-a logo após, pois aparentemente meus pais ainda estavam dormindo. Sai andando em direção ao inferno... digo, destino de todos os dias apartir de hoje.
Não fora preciso muito tempo após passar os portões da escola para que soubesse que a sensação que senti desde o momento que acordei estava certa... voltar àquela vida escolar seria um grande sacrifício em minha vida que eu teria que correr.
Por onde passo pude identificar vários gupinhos espalhados por vários cantos da escola, contudo nenhum daqueles conseguiam se sobrepor naquela escola ao grupo de basquete, este que era composto por mim o líder, meus melhores  amigos: Park Jimin, Jung Hoseok, Park Chanyeol, Byun Baekhyung, Kim Jogin e Wooseok.
Eu não queria aquela fama, não queria ser um descolado, porém eu tinha que carregar esse fardo,  apesar daquilo tudo ser chato demais para lidar, eu amava o basquete e não seriam aquelas pessoas que queriam nossa amizade, ter nossa companhia, tudo por causa de nossos status, que estragaria isso.
Por falar no Park, acabei de receber uma mensagem sua, este que tinha acabado de mandar um foto ao lado de um garoto, - bem bonito aliás - junto com o Hoseok, seu ficante e nosso amigo.


Park Mochi: 

Cadê você?

Você perdeu a entrada triunfal dele,tu tinha que ver quando ele chegou. 

O garoto parecia andar em câmera lenta.                                                                                                     

(visualizado 06:30)


Eu: Estou quase chegando!

(visualizado 06:32)


Park Mochi: 

SE APRESSE AS AULAS JÁ

VÃO COMEÇAR, E NÃO  

VAMOS TE ESPERAR POR    

MUITO TEMPO!!!   

(visualizado 06:33)                

                                               

Estava tão destraindo mandando mensagem para o Jimin que acabei esbarrando em alguém, quase o levando ao chão, tentei me desculpar mais aquilo pareceu enfurecer o baixinho branquelo a minha frente mais ainda.
--Desc... - não consegui terminar de falar pois o garoto me interropeu grosseiramente.
-- Olha por onde anda moleque- disse.
-- Não tenho culpa, você que apareceu na minha frente de repente.
-- De repente uma porra, você que não estava prestando atenção por onde anda.
-- Olha aqui... - fui interropido mais uma vez e admito que aquilo estava me irritando.
-- Não quero saber. - disse fazendo pouco caso - Só saia da minha frente que estou atrasado e você está me atrapalhando.
Ele virou as costas e passou a andar em direção a porta de entrada do colégio, mais antes dele desaparecer eu gritei:
-- QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR COMIGO DESSE JEITO? 
-- NÃO LHE INTERESSA - gritou de volta sem ao menos se importar em olhar para mim. Aish que idiota mal educado.
-- Que ódiooo! - suspirei puto- Ótimo, o dia mal começou e já quero que termine o mais rápido possível.
Olhei novamente para a tela do meu celular, resolvi não responder o Park, enfiando o mesmo no bolso novamente. Era só o que me faltava, eu fiz algo de muito ruim na vida passada, não é possível, o dia já começou péssimo e posso provar: 


1- Primeiro meu pai com seus roncos;
2- Esse cara que se acha alguma coisa;
3- Jimin com essa história de novato.


  Claro que se eu não fosse Kim Taehyung o dia amanheceria lindo e radiante, mas como eu sou eu, não poderia ser mais que o contrário, claramente acordei com o pé esquerdo hoje.
  Resolvi ignorar aquele início de dia péssimo e fui rapidamente em direção a mesa do time de basquete ignorando tudo e todos. Ao me aproximar deles pude peceber que aquele garoto da foto que Jimin me mandara estava ali junto com o resto do time, e  tenho que admitir era lindo, ousava dizer que era a beleza em forma de menino, charmoso e sexy, o tipo de cara que faziam as garotas se apaixonarem e os garotos pirarem querendo dar pra ele, chuto dizer que era quase um príncipe da vida real: rosto bonito com covinhas, orelhas perfeitinhas, sobracelhas alinhadas e expressivas, uma boca carnuda que Deus do céu, capaz de levar a loucura todo e qualquer representante do sexo feminino e masculino.
-- Cara, ficou sabendo da nova? - Hoseok me perguntou quando me aproximei dos três presentes na mesa. 
  Nem precisei responder, minha cara de confusão já respondia por si só.
-- O treinador foi substituído. - respondeu Jimin simplista.
-- Não brinca?- perguntei surpreso e contente, era a primeira coisa boa que aconteceu até aquele momento. 
-- É sério e o diretor veio avisar que vamos começar o treino hoje mesmo para conhecermos o novo treinador que também será nosso novo professor de educação física. - disse o Chanyeol que estava calado até agora.
-- Vai participar dessa vez Baek? - perguntei para o namorado do chanyeol.
-- Acho que sim Tae, afinal a primeira impressão é que conta e não to afim de ser marcado por faltar logo no primeiro dia. - disse Baekhyung abraçando o namorado.
  Assenti e sentei ao lado de Wooseok que parecia mais derrotado que eu.
-- Ta felizaço pro início das aulas né Wooseok? - perguntei ironicamente 
-- Preferia ta em casa dormindo, voltar as aulas é um saco cara, aturar esses professores é mais ainda, a única coisa boa é os treinos.
-- Nisso devo concordar, mal acordei e meu dia ta uma merda. - comentei sem ânimo.
-- AAAHH.... - gritou Hoseok -- Então Taehyung, esse aqui é o Kim Namjoon, ele é primo do Kai e se transferiu para nossa escola.
  Eu olhei na direção do garoto que notei ao chegar perto da mesa, ele era realmente muito bonito e como um bom líder resolvi me apresentar.
-- Oi Namjoon - me estiquei comprimentando ele com um aperto de mão amigável -- Sou Kim Taehyung, é um prazer te conhecer.
-- O prazer é meu Taeh
yung. 










Notas Finais


Me desculpe pelos erros, irei concertar em breve ^-^.
Espero que gostem, obg e até o próximo capítulo hahaha. <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...