História Meu Neném ( Imagine Kim NamJoon ) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Namjoon, Romance
Visualizações 19
Palavras 624
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Galerinha, não aguentei e vim postar outro capítulo <3 Também tem outro recadinho ; )
Vim divulgar um trabalho da Mellvins_Noah hehehe! O nome da história é Assassina Silenciosa. Vou deixar o link no final, ok?
Obrigado pelo interesse e espero compreensão pelos erros <3
Beijinhos <3

P.s: S/N/C significa SEU NOME COMPLETO.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Meu Neném ( Imagine Kim NamJoon ) - Capítulo 2 - Capítulo 2

S/N ON

No momento em que as portas se fecharam eu me senti orgulhosa de mim mesma por ter me livrado daquele embuste, mais então eu lembrei que não tinha lugar algum pra ir. Me lembrar disso só fez com que as lágrimas que estava segurando saírem descontroladamente.

Ao sair do prédio, sem ao menos dar a devida atenção ao porteiro,  me sentei na calçada por não aquentar mais o peso do meu corpo e comecei a até soluçar de tanto chorar. As pessoas passavam olhando e cochichando entre si, até eu sentir braços fortes e envolvendo e uma voz grave falar num sussurro.

???: Vem, deixa eu te pagar uma bebida.

Assim que me levantei e me virei consegui reconhecer o cara que perguntou se eu estava bem lá no corredor e, céus, que homão em?

Ainda envolvida em seus braços, ele me levou para uma cafeteria próxima e quando nos sentamos direcionou seu olhar gentil a mim.

???: O que vai querer?

S/N: Hm... Chocolate quente.

???: Ok - Dito isto, ele se levantou para fazer o pedido.

Olhei meu reflexo da janela e senti vergonha de mim mesma, porque minha cara tava inchada e vermelha de tanto chorar. Realmente deplorável. No lugar de me recompor e arrumar um lugar pra ficar, eu estava lá chorando horrores. Mais por onde começar né?

???: Você devia amar mesmo ele pra estar chorando tanto. - Sua voz tinha um leve tom de decepção.

Ele colocou o copo na minha frente e eu dei um gole do meu chocolate quente pensando em como responder aquele olhar curioso sem parecer grossa.

S/N: Bom... Já amei. No passado. Só estava com ele ainda porque não tenho condições de manter um lugar decente.

???: Então quer dizer que você não tem pra onde ir?

S/N: Acertou em cheio - Respondi após um longo suspiro.

???: Engraçado, eu estou te pagando uma bebida sem ao menos saber seu nome - Ele brincou me mostrando um sorriso com covinhas de tirar o fôlego.

S/N: Ah! Desculpe. S/N/C. Mais eu também estou deixando um cara que eu nem sei o nome me pagar uma bebida - Brinquei dando um sorriso ladino.

Ele deu uma risadinha gostosa de se ouvir e tomou um pouco do conteúdo de seu copo sem tirar os olhos de mim.

Nam: Prazer, S/N. Meu nome é Kim Nam-Joon. - Ele me estendeu a mão de um jeito formal e com um sorriso brincalhão nos lábios.

Ri da sua atitude, mais me lembrei da situação de merda que eu estava e não consegui controlar a cara de choro.

Nam: Ei, ei. Relaxa. Vai dar tudo certo - Falou enquanto pegava em uma das minhas mãos.

Respirei fundo apreciando o contato e, por alguma razão, acreditei em suas palavras.

Nam: Lembra daquele meu amigo que estava comigo?

S/N: O que bateu no Lucas? - Indaguei já sabendo a resposta.

Nam: É. Então... Ele se mudou recentemente para o prédio onde você morava.

Confirmei com a cabeça lembrando do Lucas ter comentado sobre um vizinho novo.

Nam: Antes de ir pra lá, ele morava numa república comigo e mais 5 meninos. O quarto em que ele ficava ainda está vago e o preço não é alto por dividirmos as contas.

Tombei a cabeça pro lado percebendo onde ele queria chegar.

S/N: Mais eles vão aceitar uma menina lá? - Perguntei considerando mesmo ir.

Nam: Claro que sim!

Voltei minha atenção pra minha bebida pensando nos prós e contras.

Nam: O que me diz? - Ele perguntou me tirando dos meus devaneios.

S/N: Vou aceitar. Afinal de contas, eu não tenho outra opção, quem me dera uma opção melhor.

Ele sorriu mais uma vez e se levantou para pagar a conta.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...