História Meu Nerd - MITW - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 177
Palavras 1.336
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaa, trago um cap dessa minha fic de MITW ^-^

Quarto dos irmãos : http://t3.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQ8k6HMFMDF1h3OK1SYi6CrW-Tpxml4jCyWPQr6JYpVQ78xVe1a5oE6kgVGMA


(Ps : vou postar caps dessa fic quando der ,ok?)

Capítulo 4 - Novos amigos


Fanfic / Fanfiction Meu Nerd - MITW - Capítulo 4 - Novos amigos

P.O.V.S Pac

Finalmente, chegamos no RS, balancei meus dois irmãos que dormiam como pedra, depois de acordarem, fomos pegar nossas malas, e pedimos um taxi, e fomos em direção ao internato, Alan ficou conversando com o taxista, Cellbit ficou jogando no seu Iphone 7, e eu fiquei observando a chuva, realmente,  o tempo aqui eh meio bipolar, mas,eu gosto desse frio aqui do RS... Não demorou muito, e chegamos no internato,  Alan pagou o taxista, e eu peguei nossas malas junto com Cellbit,  abrimos os portões, e fomos correndo para a entrada, uma mulher deu a chave de nosso quarto, ela disse que tem novatos vindo daqui a algumas semanas, então , por E enquanto ficaremos no mesmo quarto.

- Uau ! - falo vendo o quarto, era muito lindo ! Tinha duas camas em baixo, e uma cama em cima , não tem como explicar, só sei que era magnífico aquele quarto !

- eu fico na cama de cima ! - Cellbit fala subindo na cama de cima

- ok, eu e Alan ficamos com as camas de baixo - falo colocando as minhas malas em cima da minha cama

- vou guardar minhas roupas - Alan fala tirando suas roupas para fora

- Ok ! Vou tomar um banho ! - falo pegando um moletom do Pac man, uma calça jeans azul clara, e uma box

Ligo o chuveiro , e deixo a água escorrer pelo meu corpo, até eu começar a me ensaboar, esse internato é diferente dos internatos que conheço,normalmente, internatos não tem quartos chiques, banheiros chiques,  comida boa, e tem que fazer serviços e por aí vai. Bom, já que vou ficar aqui por bastante tempo (até eu querer sai) , é melhor eu conhecer novos amigos, e me dar bem com as pessoas daqui,  antes quando cheguei, eu e meus irmãos , fomos recebidos com vários olhares, a maioria de meninas... 

Desliguei o chuveiro, e me vesti, passei desodorante e um perfume, e fui procurar  meu primo Luba, realmente, esse internato eh grande, e bonito, era bem arrumado e limpo, diferente da minha escola, espero que meus tios cuidem do meu ape, acho que vou querer ficar aqui , até os 20 anos, fiquei andando e andando, até decidir ir no pátio dos fundos,  tinha um morro,  que no topo, tinha um macieira,  fui até lá , e vi Luba,  com um menino de cabelos rosas, um de camisa xadrez verde e outro de blusa florida, devem ser seus amigos.

- Oi primo! - falo pulando em cima do mesmo

- Oi primo Pac ! Já faz 2 anos que não nos vemos neh ? - Luba fala  me abraçando

- Sim,  vc ficou bem forte - falo levantando de cima do mesmo

-e vc bem alto, ah, conheça meus amigos - Luba fala

- Eu sou Guilherme,  mas também,  pode me chamar de Coelho - o menino de cabelos rosa, fala acenando

- eu sou o thiago, mas pode me chamar de terror ou bionic - O de camisa verde fala estendendo a mão pra mim, e eu logo o comprimento

- e eu sou o Gabriel,  pode me chamar de polado - o de blusa florida fala, ele deve ser do nordeste pelo seu sotaque

- Prazer , Tarik, mais conhecido como Pac - falo sentando no meio de Luba e polado

- apelido legal - Terror fala rindo

- bem vindo ao clube dos apelidos bizarro - Coelho fala rindo

- caramba, por que sua voz está falha ? - falo vendo o mesmo tocir 

- Fiz uma sirrose ontem - Coelho fala rindo

- O coelho eh meio alcoolizado - Terror fala rindo

- eita - falo surpreendido

- eh bem normal isso huahua - Coelho fala rindo

- pra mim não haha - falo rindo

- mas me diga, onde está seus irmãos ? - Luba fala Limpando as lágrimas de risos

- estão no quarto arrumando as coisas - falo levantando - vou lá chama-los -falo saindo da roda de amigos

Desci o morro , e fui correndo em direção ao quarto, quando abri, vi Alan e Cellbit dormindo na mesma cama, estavam todo errados,  Alan tava espalhado com a mão na cara de Cellbit, e Cellbit estava com o uma estrela , com os pés na cara de Alan, eh de familia esse jeito de tirar um soneca,  apenas deitei em cima dos mesmos, com a barriga pra baixo, e esperei o sono bater, até eu lembrar que tinha que chama-los para ver o Luba,  apenas Levantei, e balancei os mesmos , eles acordaram no susto, e sai puxando eles, pelo jeito, já haviam tomado banho, sai pelo internato,  segurando suas mãos, até chegar no morro , Luba foi correndo abraçar eles, e apresentou seus amigos para meus irmãos, sentamos na roda e ficamos conversando, e todos ficaram rindo da voz falha de Coelho. 

- mas me digam, vcs gostavam de  estudar la ? -Polado falou rápido

- não,  nem um pouco - Alan fala mordendo uma maçã

- Por que ? - Terror fala curioso

- Por que , tinha muitos bullyings , e moleques chatos e achados a pegadores - Cellbit fala deitando na grama

- Bom, saibam que aqui eh completamente diferente - Luba fala deitando também na grama

[...]

Ficamos conversando por horas, até escurecer, já que era sábado, fomos para meu quarto, e ficamos olhando filmes de terror, do gênero terror , por que o terror estava do lado de Coelho, sinto um romance entre eles haha, e polado as vezes ficava pegando o celular , e mandando mensagem para alguém chamado "Mano Caneda", hummm, estranho, bom, o filme todo, Alan e Cell ficavam pulando de medo , e os gritos de Cell não ajudavam muito, eu me assustava mais com seus gritos do que com o filme.

- Finalmente acabou , não aguentava mas os gritos de Cell - Coelho falou levantando e acendendo a luz

- carai, coelho, daqui a pouco eh o toque de recolher, vamos ir pro nosso quarto? - Terror fala vendo seu celular 

- bora, galera, estamos indo , boa noite - Coelho fala puxando terror para fora

- boa noite, também tenho que ir, meu caneda me espera - Polado fala saindo,  espera aí "meu caneda"? Eles namoram?

- Luba, o caneda eh o namorado do polado ? - falo antes de Luba sair

- Sim,  bom, boa noite priminhos - Luba fala saindo do quarto

Eu e meus irmãos fomos no banheiro, já que tinha uma pia tripla, escovamos os dentes juntos, vesti meu moletom que mostra a ponta dos dedos, e minha bermuda curta, me ddeitei na cama ao lado de Alan , nos ficamos conversando até as 2 hrs, até eu pegar no sono, Alan e Cellbit ficaram conversando , meus olhos ficaram pesados, e acabei caindo no sono...

**Sonho on**

Abri meu olhos, e estava numa floresta linda e sombria , eu estava na forma pantera, e estava andando devagar, provavelmente estava caçando , ouvi um galho quebrar, e quando olhei para trás,  vi um lobo. Ele pulou em cima de mim, e eu apenas joguei o mesmo para trás. 

- sai fora - falo ficando na forma de ataque

- Calma Pac,  sou eu, Mike - Mikhael fala sorrindo

- ops, foi mal - falo ajudando o lobo a se levantar

- Ei Pac,  acho melhor começar a correr - Mike fala 

- que ? - falo se aproximando

- CORRE GATINHO - ouso Mike gritar, e vira um caçador,  o caçador que matou meus pais

- M-mae,  p-papai - falo começando a correr

Ouso disparos , e gritos, Cellbit e Alan! Meu corpo apenas continuou correndo , eu queria parar e ajuda los, mas meu corpo não obedecia, apenas corria para frente, sem olhar para trás, finalmente, depois de muito correr, eu consegui parar, eu estava perto de uma cabana, entrei na mesma e começou a chover, me escondi em baixo de um sofá, e esperei minha morte. Ouvi a porta abrir bruscamente, e a arma foi carregada, e ouvi um disparo.

**Sonho off**

- Não ! - falei alto, e notei que foi um sonho, Alan e Cellbit já estavam roncando , esse foi o sonho mais bizarro que tive...






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...