História Meu Nome é Evol... Kamen Rider Evol - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Kamen Rider
Visualizações 15
Palavras 1.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Luta, Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Ele não está apenas a um passo do poder supremo...


Fanfic / Fanfiction Meu Nome é Evol... Kamen Rider Evol - Capítulo 7 - Ele não está apenas a um passo do poder supremo...

- Ainda não entendi qual é a de vocês… - Diz Evolt, ainda em sua forma Blood Stalk, vendo Gen algemar as Gêmeas Kaiser em cadeiras no laboratório em frente a uma longa mesa de metal.


- Estou com o Evolt. Qual é o intuito disso…? - Ele termina de algemar Renge e prossegue em pegar a maleta preta que estava com Usagi e colocar em cima da mesa.


- Se é pra ganhar a confiança de Gen-san, qualquer preço vale. - Diz Usagi, olhando para Evolt.


- Que sorte que o Gen não é um daqueles personagens de Hentai... - Evolt fala baixo consigo mesmo.


Após a batalha exaustiva em Kabukicho, todos estavam de volta ao laboratório. Gen estava pronto para interrogar as duas gêmeas que se auto-proclamaram protetoras dele após ele derrotar Usagi com sua nova forma Evol Rogue, deixando apenas uma garrafa faltando para Gen atingir a forma suprema.

Gen se senta à mesa e abre a maleta misteriosa e, pelo seu olhar, Evolt e as gêmeas podem dizer que ele estava no mínimo assustado com o conteúdo.


- Ok… - Gen fecha a maleta lentamente e a coloca de lado - Usagi e Renge. Vocês são muito mais duronas do que qualquer um poderia esperar. Imagino por que…


- Somos órfãs. Nunca conhecemos ninguém da nossa família. Absolutamente ninguém. Fomos deixadas ainda bebês em um lugar que era como um orfanato militar no interior de Osaka. Um verdadeiro inferno


- Isso explica o desempenho de  ambas em batalha sem um Nível de Perigo…


- Mas como vocês podem se transformar? Mesmo que não seja um Sistema Rider, o Sistema Nebulasteam ainda exige nível para que alguém se transforme. - diz Evolt.


- Treinamento. Um ainda mais árduo e impiedoso do que o que tivemos durante nossa adolescência. Killbus nos colocava para lutar contra Smashs Blindados Perdidos com as mãos nuas. 


- Smashs Blindados?


- Aqueles armados, Gen. Miniguns no lugar de braços, lançadores de mísseis nos ombros, você sabe.


- Certo… digam mais sobre vocês. Como têm certeza de que são gêmeas? Talvez vocês sequer sejam irmãs…


- Aí está uma dúvida que escolhemos não deixar ficar em nosso caminho, Gen-san. - Usagi olha para a maleta - Gêmeas ou não, irmãs ou não, eu e Renge decidimos que íamos sobreviver à aquela vida naquele orfanato mesmo que tivéssemos que nos tornar soldados com sangue nos olhos. 


- Exato. Nos sobressaímos em nosso treinamento e tínhamos uma individualidade a qual ninguém a não ser nós notavam: enquanto todos os outros se tornavam andróides de carne e osso através de constante lavagem cerebral, nós criamos uma disciplina mental invejável e, acima de tudo, impenetrável.


- Isso sem contar o número de vezes que tentaram nos estuprar durante toda a infância e adolescência…


- Pera pera pera… então vocês duas…?!


- Sim. - Usagi olha para Evolt com um sorriso estranho - eu e Renge matamos pessoas desde pequenas. Instrutores, professores… 


- Um pouco chocante...


- Um pouco, Gen?! Fala sério!


- Eu cobria as costas dela e ela cobria as minhas. Misteriosamente eles "sumiam" e claro que ninguém ia suspeitar nem mesmo das supostas gêmeas que tinham um potencial que guerrilheiros veteranos sonhavam em ter.


- E onde o Killbus entra nessa história…? - ao dizer isso, Gen volta a abrir a maleta e observar seu conteúdo.


- Depois de completarmos 18 anos, no ano passado, eu e Usagi "fugimos" do orfanato e passamos a viver juntas em uma cidadezinha próxima. O mais engraçado é que achavam que éramos um casal lésbico do mesmo sangue. A maioria das pessoas nos odiavam, sentiam nojo de nós, só não nos xingavam na nossa presença e tambem...


- ENFIM… -  Usagi olha de canto para Renge depois de cortá-la - Quando soubemos que o lugar estava sendo atacado, isso a alguns meses, decidimos ir ver o que estava havendo e então vimos: numerosos monstros metálicos liderados por uma garota de armadura branca.


- Kaoru… - Gen volta a olhar a maleta


Espera… o que tem nela é o que eu tô pensando?! - Evolt olha para Gen, sem conseguir ver o que tinha na maleta.


- Vale ser dito que não eram Smashs Perdidos naquela época, ou seja, bem mais fracos e fáceis de derrubar. Quando nos demos conta, além da garota de branco tinha outro em uma armadura sinistra vermelha, Killbus em pessoa. Ele nos contou que atacou o orfanato esperando encontrar capacitados para seu grupo particular de aliados, no caso capacitados para serem riders e haviam apenas duas pessoas e elas nem eram dali.


- Então vocês duas simplesmente aceitaram qualquer que tenha sido a proposta dele? Eu não confio nelas, Gen…


- Dá um tempo, Evolt. E o que aconteceu?


- Depois de nos tornamos as Kaisers, começamos a analisar Killbus de perto.


- Analisar…?


- Bem, digamos que eu e Renge decidimos não sermos as rainhas mas estar lá para proteger e ajudar aquele que fosse apto a ser rei.


Kumon Kaito Style! - Evolt estala os dedos - Agora eu entendi.


- Que??? - Gen olha para Evolt, confuso. - Entendeu o que???


- Nada não… podem continuar. 


- O...k. Quando ficamos sabendo que o irmão de Killbus estava aliado a um humano e que todas as tentativas de derrotá-lo feitas pelo cara que se auto-proclama "o Kamen Rider mais poderoso do universo" , começamos a nos questionar se estavamos realmente do lado que era certo seguindo esse nosso princípio.


- Acho que entendi. Mas se esse for o caso, agora vocês estão mais erradas ainda porque eu não vou ser rei de nada. Meu objetivo aqui é derrotar Killbus e impedir que um cometa enorme destrua a Terra. 


- E esse é seu objetivo por que...?


- Porque apesar de eu não me importar com o planeta ou com os seres humanos, ainda vivo aqui. É o único lugar que tenho para viver, pelo menos por enquanto.


- Nunca pensou no pós-guerra, Gen-san? Acha que vão nos deixar sequer vivos depois de tudo que fizemos?


Gen fica calado e olha para Evolt e ele olha para o lado, disfarçando.


- Está bem… - Gen volta a olhar para as gêmeas - independente de eu confiar em vocês ou não, qualquer ajuda que me faça chegar até o Gatilho Evol é bem vinda. Mas que fique claro que nenhuma traição será facilmente ocultada, quanto menos perdoada. Então se vocês são apenas espiãs, o que eu ainda não duvido que sejam, não esperem ficar muito tempo vivas depois que eu descobrir. 


- Isso ai. Agora mudando de assunto, o que tem nessa parada pra te assustar tanto, Gen?


- A-Ah… sim… - Gen olha para Usagi e ela olha para ele com um sorriso desafiador. 


Gen, em silêncio, começa a tirar o que tinha dentro da maleta e coloca em cima da mesa: um Driver Evol, um Driver Build com o Gatilho do Perigo conectado, uma Pistola Nebulasteam, uma Lâmina de Vapor e as garrafas Morcego, Motor, Pirata e Trem.


- Essas coisas… eram da Kaoru… - Gen estava visivelmente mergulhado em uma mistura de ódio e um pouco de tristeza por ver aqueles itens.


- Segura a onda, Gen. Ele só quer te provocar e você tá deixando.


- Evolt tem razão, Gen-san. Killbus sequer ofereceu a opção de passarmos por experiências com Gás Nebuloso para usarmos esses drivers. Simplesmente nos deu eles. 


Gen permanece calado enquanto olhava os equipamentos. Ele pega todos eles e sai sem dizer nada, levando tudo para a área de testes.


- Ai ai… jovens. - Evolt pega as chaves e libera as gêmeas. - Tô de olho em vocês duas.


- Evolt… precisamos que nos responda uma pergunta. - Usagi se levanta, em seu olhar uma expressão de preocupação ou algo parecido.


- Não direi nada que comprometa a mim ou meu parceiro. 


- De onde vem a energia que cria as garrafas evol? - pergunta Renge, de braços cruzados, sentada com a cabeça levemente baixa e olhos fechados.


Evolt olha para Renge e dá um longo suspiro.


- Se vocês trabalhavam com Killbus, sabem muito bem de onde vem.


- Então é verdade…?


- Sim… - Evolt prossegue em se sentar na cadeira onde estava Gen, cruzar as pernas e colocar as mãos atrás da cabeça. - A cada garrafa que o Gen cria, uma parte da minha energia é usada. Em outras palavras, a força do Gen custa a minha vida. 


Usagi fica um tanto chocada enquanto Renge olha para Evolt sem expressão, ainda assimilando o que ele disse.


- Por isso que vocês praticamente perderam o contato entre sí durante minha luta um contra um com o Gen. 


- Espere… e o que vai acontecer com você quando o Gen criar a garrafa evol Dragão???


- Quando ele criar essa garrafa, toda a energia que me resta será utilizada afinal é a garrafa mais forte das seis garrafas evol principais. E Isso é o de menos, minhas caras. Imagino o ódio que Gen terá de mim quando descobrir o efeito que criar garrafas tem nele mesmo.


- Efeito nele mesmo? - Usagi se levanta - Se estiver machucando ele… 


- Relaxa, garota. Eu não estou fazendo nada com o Gen. 


Ele se levanta e vai até um espelho próximo dali. O mesmo espelho onde Gen se viu quando sua aparência mudou repentinamente e as gêmeas o seguem.


- Digamos que eu não esteja morrendo. O que está acontecendo é: esse Evolt está sumindo - Ele dá um soco no espelho que o arrebenta por completo - para que outro possa aparecer.


- Então...?!?! - Usagi e Renge falam juntas e se olham assustadas.


- Sim… Ele não está apenas a um passo do poder supremo… - ele olha para elas por cima do ombro direito - mas também está a um passo de se tornar um Blood.


Usagi e Renge ficam se olhando e olhando para Evolt completamente confusas e assustadas com sua afirmação. 



Continua...


Notas Finais


Passando aqui no final pra explicar rapidinho: eu sei que esse capítulo ficou bem curto, umas 1600 palavras mais ou menos, mas é porque o capítulo 8 vai continuar diretamente daqui adcionando mais informações em cima dessa revelação do Evolt e trará grandes acontecimentos na história, por isso será muito maior.

Espero que entendam, espero tambem que tenham gostado de mais esse capítulo.

CIAO! ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...