História Meu novo irmão - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Drama, Fanfic, Gay, Incesto, Yaoi
Visualizações 346
Palavras 753
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - 10


Fanfic / Fanfiction Meu novo irmão - Capítulo 10 - 10

A semana passou rápido  como um raio,  já  era final  de sexta feira,  minha mãe  anunciou que Luís  conheceria seus avós  por parte de pai no domingo. 

- Isso vai ser chato né ? Ele me perguntou enquanto  eu alisava seus  cabelos numa sexta -feira de noite. 

- Vai,mais não  se preocupa eu convidei  a Larissa e eu vou ficar do seu lado o tempo todo,  e você  tem que usar calça e camisa de manga,  meu avô  odeia ver eu ou o papai de bermuda .

Ele se levantou  e se aconchegou mais perto  de mim. 

- João,  você  acha que eu sou fraco? 

Eu achei aquela pergunta meio boba e fora de hora. 

- não,  você  e forte e muito forte! 

- você  que pensa. 

- Luís  posso te perguntar  uma coisa? 

- quantas  quiser! 

Respirei fundo

- Como era sua vida antes de vim para cá? 

- Eu sofri muitas agressões  de meu padrasto e minha mãe,  era mantido em casa preso mesmo sendo maior de idade,  minha mãe  me afastou da escola com  14 anos quando  eu entrei  para o  9 ano, por isso estou atrasado. 

Ele abaixouGOSTOSOOOOOss na

A noite  entrou pela janela de meu quarto e tudo  escureceu,  nos  deitamos alí  e ficamos durante  horas. 

- Luís,  você  me ama de verdade? 

- Claro que sim! 

- não  quero  dizer amor de irmão, quero dizer como seu namorado. 

- irmão, eu não  sou gay! 

Me levantei da cama e olhei para Luís  que me olhou com uma cara de sonso da porra, Fechei a porta e disse:

- como assim você  não  e gay? 

- ah,  eu não sei se gosto de homem ou mul... 

- AH,  então  você  estava  me usando como um objeto sexual esse tempo todo?  Não  que dizer,  você  não parecia ser hetero  quando eu estava te pagando um boquete  na cozinha,  pelo contrário,  gemeu  que só! 

- Eu sei João, procura  entender  deixa eu explicar!

Coloquei  a mão  na porta  e disse:

- Explique

- ahhh...  E que somos irmãos,  sei lá  eu te amo muito mano mais isso não  daria certo e lembra daquele  dia do assalto que  eu te beijei  e você  saiu  da sala?  

- sim !

- eu agarrei a Jasmine,  e estava meio excitado , por isso deixei  você  me chupar! 

A desilusão  foi tanta  que eu sai do quarto  e corrir para o banheiro 

Chorei horas baixinho,  naquele  dia dormir  no sofá  e deixei  o Luís na cama. 

Sábado  passou voando,  eu não  fiquei  em casa passei o dia  todo na casa da Larissa,  quando contei tudo para ela ela gritou :

- AQUELE SAFADO, DESCARADO,  VAGABUNDO E CACHORRO! 

- LARISSA PARA DE GRITAR MENINA!  sua mãe  gritou  de volta na janela. 

- pois é. 

Domingo chegou  e eu estava pronto para receber meus avós .

Meu avô  se chama Paulo Fernandes e a minha vó  Luiza Fernandes, eles trabalham em outra cidade  com um hotel de luxo e encomendas de doces. 

Quando meus avós  chegaram  meu pai abraçou  eu e o Luís  que me olhava tristonho. 

- Meus netos!  Meus avós  nos abraçaram .

- ixi Carlos,  esse guri  e seu filho mesmo  heim e feio igual  a você!  Meu avô  estava de mal humor,  dava para perceber

- bobagem,  olá  Luís estou muito saber que tenho um novo neto assim tenho mais anjos para mimar,  você  não será  o único  agora heim  João! Anunciou minha vó 

Larissa chegou uns 30 minutos depois , meu pai gostava muito de Larissa,minha mãe  não  muito,  de tanto que  minha  best era escândalosa

- E AI POVO GOSTOSOOOOOO!  Ela berrou quando  passou pela porta. 

O almoço  foi bom,  Larissa tagarelava o tempo todo,  Eu simplismente  ignorei  Luís. 

- quero uma foto de meus netos!  Disse vovô. 

- AAAAAAA EEEEE , VAMOS TIRAR SELFIE!  Larissa se intrometeu como se ela fosse a neta. 

Tiramos uma foto com a Larissa,  eu a coloquei  no meio para não  precisar chegar perto do Luís. 

- agora uma só  do Ju e do Lu! 

Eu fiquei corado e encostei um pouco perto do Luís  que me abraçou 

A foto foi tirada e vovô  e vovó  deram um grande sorriso. 

Luis me levou num canto da sala agarrado no meu braço  com força. 

- João  me desculpa,  eu não  fazia ideia do que estava falando,  sim eu te amo como se fosse meu namorado!  A Jasmine  não  significa nada  perto de seus olhos verdes. 

Eu deveria ter ignorado o Luís  mais vi sinceridade em seu pedido de desculpas  ,levantei a cabeça, sorrir  e abracei  meu maninho


Notas Finais


;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...