História Meu novo irmão - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Drama, Fanfic, Gay, Incesto, Yaoi
Visualizações 382
Palavras 480
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - 8


Sentei - me na porta da escola  esperando  Larissa aparecer,  mais ninguém  apareceu.  Luís  era a última pessoa que eu queria  ver naquele momento : não  por raiva, mais sim por vergonha. 

Ajeitei os joelhos no banco e abaixei a cabeça. 

- João?  Larissa  estava em pé  na minha frente,  com a cara de sono. 

- Oi.  Disse e desabei em lágrimas. 

Larissa começou  a grita e espernear e chroar também,  eu me assustei com aquela reação  dela porquê  eu acho que ela não  tinha motivos para chorar. 

- Larissa o que foi?  Disse soluçando 

- E que  eu não  aguento ver gente fofa chorar! 

- eu preciso desabafar! 

Larissa sempre foi louca,  porem quando eu dizia aquelas  2 palavrinhas mágicas  " preciso  desabafar" ela amadurecia de vez e virava  uma conselheira em minha vida. 

- diga amigo! 

- eu estou apaixonado! 

- por quem? 

- e só  tem três  dias que eu o conheço !

Larissa se sentou em meu lado e  me abraçou  devagar 

- E o seu irmão  né? 

Uma montanha de vergonha  invadiu  meu  peito. 

Só  levlaze , a cabeça. 

- SHIPPO!  Larissa gritou  alto e começou a pular. 

- o que?  Larissa você  escutou  hoje  na aula,  e pecado! 

- F-O-D-A - S-E! 

Ela se sentou de novo. 

- João, imagina  se seus pais descobrem que são  irmãos?  Depois de  16 anos casados?  Tipo eles poderiam voltar no tempo e sua mãe não  ter tido você?  Não!  E mesmo que pudesse não fariam isso , continuariam casados e te amando  muito! 


Pensei um pouco  e vi que ela tinha razão,  dei um sorriso e abracei ela. 

- Te amo, sua louca! 

- TAMBÉM  VIADO! 

Nos soltamos e ela se despediu :

- preciso ir tenho depilação  a lazer beijos ! E saiu  correndo. 

Eu fiquei  sentado por mais alguns minutos. 

A rua estava deserta, a escola um ssilêncio. 

Eu ia entrar lá  dentro , mais alguém  me pegou  por trás  e colocou  uma faca no meu pescoço. 

- Passa a grana!  

Meu estômago  se revirou,  fiquei  muito assustado.  

O cara  me jogou no chão,  e eu bati a mão  numa garrafa quebrada  e a machuquei. 

O cara pisou  em minha cara e fez um corte em minha orelha,  eu cobrir as mãos  com o rosto .

Alguém  empurrou o cara e ele voou longe , me pegou pelo colo e me jogou no chão,  eu senti mais dor nas costas. 

Levantei a cabeça  para ver quem  estava agredindo o cara:

Luís. 

Ele começou  a bater no cara com muita força , estava  cheio de sangue  do cara,  ele bateu na barriga do cara,  o cara se levantou pronto para correr mais assim que ele se levantou Luís  pegou a faca pronta para dar nele. 

Me levantei rapido e segurei os braços  de Luís. 

- não  faça  isso irmão!  Já  bateu demais! 

Luís  me pegou no colo e eu desmaiei. 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...