1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Novo Irmão (imagine Jungkook, BTS And SN - Incesto) >
  3. Você Quer Fazer Isso? "Traição" (Cap.Hot)

História Meu Novo Irmão (imagine Jungkook, BTS And SN - Incesto) - Capítulo 50


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura!!!

Capítulo 50 - Você Quer Fazer Isso? "Traição" (Cap.Hot)



   Me viro e ali estava ele, Jungkook. 


    S/n: Jung-Jungkook? - pergunto me aproximando dele 


    JK: S/n eu... - Lhe dou um abraço que acaba com sua fala, sinto suas mãos em minha costas e logo começo a chorar.


   Eu sei que ele foi um babaca, mas a gente nunca deve desejar o mau a outra pessoa e se ela merecer aquilo aí fazemos o nosso mínimo que é ajudar na estrada.


    JK: S/n eu quero pedir desculpas. - diz o mesmo pegando minha mão e olhando em meus olhos. - agora eu realmente sei o que vc sentiu quando eu tentei fazer sexo com você.


    S/n: você sabe?


    JK: É muito ruim ser tocado. - o mesmo começa a chorar.


    S/n: quem fez isso? Quem abusou de você?


    JK: isso não importa, eu mereci isso com toda a minha força.


    S/n: Jungkook não fala isso.


    Jk: Tudo bem, eu só vim aqui me despedir de você. - ele beija minhas mãos. - adeus.


    S/n: por quê tá dizendo isso?


    JK: eu vou ser levado ao local onde irei morrer, eu só vim aqui porque me deixaram.


   S/n: Não, vocês não vai morrer, a gente vai te ajudar. - digo querendo irá porta, mas ele não deixa e me puxa. 


    JK: entenda S/n, já era pra mim. - meus olhos traem minha confiança e me deixam chorar ali.


   Jungkook me abraça e eu choro ainda mais. O olho nos olhos e lhe dou um beijo meio calmo, mas que com o tempo que Jungkook se sente seguro em ceder, o beijo fica mais quente.


   Sou carregada por ele e logo levada até minha cama, nos deitamos ali sem parar o beijo e logo Jungkook tira sua blusa revelando todas as suas marcas, fico o olhando mas o mesmo vira minha cabeça já se aproximando e me beijando.


    JK: você quer fazer isso?


    S/n: se vocês se sentir bem, eu quero. - mais um beijo é começado e logo Jungkook tira minha toalha e começa a beijar meu pescoço.


    Ele passa para chupões que me fazem gozar sem medo, a casa estava vazia, só tinham seguranças.


   Sinto o mesmo ir até minha intimidade e parar já enfiando seu dedo e começando movimentos.


    S/n: AW. Jungkook por favor. - ele para e tira sua roupa já se deitando em mim e escorando meus braços.


     JK: Se quiser parar me avise.


    S/n: eu que devia falar isso a você. - ele dá um sorriso e me beija já começando os movimentos fundos e fortes que me faziam gozar a todo momento.


   Sou solta e lhe abraço já começando a lhe arranhar fraco pelas marcas.


   Eu realmente não sei o que senti naquele momento, foi como um sonho que estivesse se realizando, o que eu achei super estranho já que eu o odiava por algumas coisas. Me senti até mesmo uma vadia fazendo aquilo, mas sentir o Jungkook em mim foi muito prazeroso, acho que até mesmo eu achei que estava abusando dele.


   Jungkook para e respira um pouco, logo ele se senta e me olha.


    S/n: se arrependeu? - pergunto já me sentando ali.


    JK: Eu nem posso acreditar que estou com você assim na minha frente. - lhe dou um sorriso fraco querendo chorar e logo lhe dou um beijo.


   Passo o beijo para seu pescoço e começo a chupá-lo ali, não demora muito até eu sentir suas mãos em minha cintura me arranhando, paro ali e abaixo a cabeça.


    S/n: se quiser que eu pare, pode falar!


    JK: não, por favor. - ele diz delicado.


   Levanto minha cabeça e abaixo novamente já me ajeitando ali em seu membro, começo a chupá-lo e logo sinto suas mãos ali em minha cabeça apertando a mesma.


   Começo a ficar um pouco rápido.


    JK: Wow, AW. - Ele fica gemendo. - caralho.


  Sinto algo quente em minha boca.


    JK: Nossa, que boquinha pequena. - diz enquanto eu o limpo ali. Subo em seu colo e o abraço. - Obrigadp S/n.


    S/n: Eu que te agradeço. - lhe dou um beijo e logo sinto suas mãos me apertarem com força. - AW. - Sinto sua boca extremamente quente em meu pescoço e mordo os lábios.


    Em alguns minutos nos deitamos e descansamos ali, depois que ele se levanta, nos despedimos com um beijo quente e ele sai.


   Não acredito, eu fiz mesmo isso? Cara eu! Eu? Eu, eu trai o Jin e ele nunca fez isso comigo. Ou talvez fez?


   Fico com esse pensamento a noite toda, mas logo lembro da boca de Jungkook e me deito já sorrindo.


   CONTÍNUA?




Notas Finais


Gostou? Comente Se Quiser Que Eu Continue!

Sim?💖💖💖

Não?👎👎👎

Até logo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...