História Meu Novo Vizinho - NamJin xx Hiatus - Capítulo 22


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V)
Tags Alcoolismo, Bangtan Boys, Bts, Drama, Enrolação, Fanfic, Fluffy, Jin, Kim Namjoon, Kim Seokjin, Kpop, Long-fic, Medo, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Romance, Seokjin, Texting
Visualizações 61
Palavras 473
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa tarde pessoas
passando aqui para avisar que o bloqueio criativo bateu em minha porta... e fodeu!
algum tempinho sem capítulos por um tempinho, ok?
desculpe, viu gente?

Capítulo 22 - Vizinho.


Fanfic / Fanfiction Meu Novo Vizinho - NamJin xx Hiatus - Capítulo 22 - Vizinho.

Antes de colocarem algum filme, Taehyung pediu pizza. Não queria deixar o garoto com fome, seria muita falta de hospitalidade de sua parte.

Depois que terminaram de comer, Taehyung arrumou toda a bagunça que fizeram. Ele aproveitou para fechar as janelas, juntamente com todas as cortinas. Foi até o quarto de hóspedes e pegou algumas almofadas na parte de cima do guarda-roupa, apenas para espalha-las em toda a sala, na tentativa de deixar tudo mais aconchegante para o menor. Ele atingiu, em cheio, o seu objetivo.

Para a surpresa de Taehyung, Seokjin adorava filmes de ação, suspense e até mesmo terror. Taehyung não estava com cabeça e muito menos paciência para ficar em pé selecionando um filme que, provavelmente, nem iriam gostar (além de que o seu objetivo nem era mesmo assistir um filme). Então, colocou o primeiro filme que apareceu, e que batia com as três categorias preferidas do outro. Isso apenas para agrada-lo, já que Taehyung odiava esses estilos de filmes.

Taehyung optou por colocar Seokjin ao seu lado no sofá. Optou por abraçar de lado o amigo. Optou por tentar passar uma imagem “carinhosa” ao amigo.

Seokjin era tão inocente... Em hipótese alguma ele pensaria que o amigo estava, de certo modo, se aproveitando da situação. Se aproveitando de si. Ele não era errado por ser inocente, por ter um coração puro. Os alheios eram errados por se aproveitarem demais disso.

Aquela, realmente, não era uma boa hora para o sono atingir Seokjin. Não mesmo.

— Não vai dormir assim no meio do filme. — Taehyung quebrou o silêncio instalado entre os dois a um bom tempo. — Seria uma mancada sua, viu Jin?

— Ah, eu tô’ com sono. — comentou abrindo a boca e se aconchegando no peito de Taehyung, ato categorizado como “reflexo” por Seokjin. — E não acho que seria tamanha mancada como você tanto diz. — completou expressando sua opinião totalmente sincera.

— É porque ninguém está fazendo isso com você. — retrucou fingindo estar emburrado/chateado com o menor.

— Ah, Taehyung. Está tarde e eu estou com sono... — suspirou esticando os braços para espreguiçar-se. — Olha, sugiro que a gente marque algo depois. — propôs. — Algo durante o dia, sabe? — explicou. — Podemos chamar mais pessoas... Aliás, você chama porque eu nem amigos eu tenho. — confessou sem perceber, no geral, não ligava mesmo.

— Quem sugere para que eu possa chamar?

— Não sei, não conheço seus amigos. — respondeu.

— Me fale o tipo de pessoas que gosta. — sugeriu.

— Ui, tem tantos amigos assim que pode até selecionar? — foi sincero e sarcástico em sua pergunta.

— A-ah, só quero que se sinta confortável. — sorriu sem jeito.

— Tudo bem. — retribuiu o sorriso. — Tem alguém em mente? — perguntou, era ansioso demais para esperar alguns dias para saber o nome da tal pessoa -ou das tais-, mesmo que não soubesse quem era ela.

— Tenho sim, meu vizinho.

— Quem? — perguntou quase que de imediato.

— Namjoon.


Notas Finais


tchau tchau kskksksks


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...