História Meu novo vizinho (Yoonmin) - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Drama, Namjin, Vhope, Vkook, Yoonmin
Visualizações 125
Palavras 4.842
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá bolinho como estão? espero que bem...
iria postar amanhã ou no sabado, mas essa semana irei estar ocupada, então caso eu não poste no últimos dias você já sabem.. bpm aproveitem o cap e deculpa qualquer erro.

Capítulo 26 - Não acredite


Fanfic / Fanfiction Meu novo vizinho (Yoonmin) - Capítulo 26 - Não acredite

Olhei para Hoseok que me olhava sorrindo enquanto saía de perto indo em direção a sua mesa, o que ele estava planejando fazer? 

- Hoseok venha me ajuda - Estava sendo puxado para perto do palco, eu olhei para Jimin que estava de joelhos ainda me chamando com os dedos, devo confessar que até que ele estava muito atraente daquele jeito mais… Selvagem - Merda…. 

- Você consegue Yoongi - Hoseok gritava do outro lado - Eu confio em você! - Não acredito que ele saiu sem me ajudar… Cara que ótimo amigo você é… 

-SOBE!SOBE!SOBE! - As pessoas começaram a gritar para que eu subisse no palco junto ao Jimin… Eu odeio ser o estraga prazeres das coisas… 

-Jimin… - Subi no palco com a ajuda do pessoal - Vamos voltar - Sussurrei me aproximando, então ele me lança um olhar que me fez engolir seco - Vamos? ---Huh?

-Ah não - Ele se aproxima colocando as mãos em meu pescoço - Isso está muito divertido para ir embora - Ria alto. O cheiro de cerveja era forte me deixava meio tonto - Vamos ficar assim mais um pouquinho… 

-Jimin por favor - Então ele avança para meus lábios me beijando, acabo por segurá-lo antes que o mesmo nos derrubasse do palco, seu gosto era de bebida barata, isso me fazia querer um pouco mais… mas… Não dá para continuar assim - Jimin não - Me soltei dele, as pessoas gritavam em animação e Jimin as olhava sorrindo. 

-Viu? Elas querem mais… Vamos dá-las mais gatinho - Ele ia avançar novamente mais eu consegui pará-lo segundo seus pulsos - Oh… Você quer ir para o segundo passo? 

-Segundo passo? - Levantei minhas sobrancelhas… 

-É - Mordeu os lábios - Sabe… Você e eu… - Naquele momento entendi o que o mesmo queria… a bebida estava o levando longe demais - Você quer… não quer? - Claro que eu queria...Mas não daquele jeito… 

-Vamos sair daqui… - Puxei ele para fora do palco, o Pessoal começou a gritar animado, pegando outro qualquer e colocando no lugar de Jimin em cima do palco - Esse lugar é perigoso demais para você… 

-Esta me levando para onde? - Olhou em volta, seus olhos eram repletos de confusão - Eu queria ficar mais um pouquinho… 

Não liguei muito o trazendo para fora daquela boate, o ar frio bateu em minha fase como uma onda, a temperatura tinha caído novamente, olhei para Jimin que tinha soltado da minha mão e ido para um canto vomitar tudo aquilo que ele tinha ingerido, vou até ele preocupado batendo de leve em suas costas… 

-Que merda Jimin… O que estava passando na sua cabeça em?

-Quem é você? - Me olhou assustado… 

-Como assim? - Aí percebi que Jimin não se lembrava quem era, o que era, onde estava e como tinha chegado naquele estado… - Ah sim… Efeito da bebida… 

Quem é você? - Apontou o dedo cambaleando para trás - Quando eu voltar.. Eu… acabo com  você - Quando o mesmo ia cair o peguei segurando. 

-Jimin, Cara! você está péssimo! - Sem pensar duas vezes tiro meu casaco colando nele - Como você está aguentando esse frio todo? - Coloco eles em minhas costas o segurando com firmeza para o mesmo não cair com tudo no chão. 

-Me larga seu tarado - Falou batendo de leve na minha cabeça. 

-Jimin! Pare com isso se não você vai acabar caindo…. 

-Não eu quero descer - Começou a se remexer tentando se sair, mas eu não deixei , com um pouco de esforço começo a andar mesmo com os protestos que ele fazia - Socorro estou sendo abusado… 

-Jimin fique quieto - Olhei para as pessoas nos olhares assustados - Apenas tenta ficar calmo… 

-Eu quero descer eu já estou melhor - Colocou as mãos em volta do meu pescoço. 

-Tem certeza? Então que dia é hoje?

-Hoje… É dia de beber - Começou a rir de leve - Eu quero beber seu moço..

-Você já bebeu de mais Jimin - Suspirei descendo a rua - Como será que está a sua mãe? Ela deve estar preocupada. 

-Minha mãe está no quarto do meu pai - Parou de rir - Eles estavam fazendo muito barulho. 

-Aí Jimin - Comecei a rir - Só descansa agora ok?

-Tá bom - Sussurrou apoiando sua cabeça em mim enquanto eu virava algumas ruas. 

As ruas estavam silenciosas, algumas pessoas andavam para lá e para cá apressadas, não estavam ligando para quem estava em sua frente, olhei para cima vendo o céu, tinha nuvens de chuva se formando indicando que iria chover, eu não ligaria se não tivesse visto relâmpagos e trovões vindo em nossa direção, iria cair o mundo daqui a pouco, então apressei os passos. 

-Por que está correndo? - Murmurou Jimin se remexendo - Eu estava quase pegando no sono… 

-Então aí está confortável né? - Sorri quando senti o mesmo balançar a cabeça concordando. 

-Ei cara tarado - Sussurrou no meu ouvido me fazendo me arrepiar. 

-Não me chame assim! Eu não sou tarado - Murmurei. 

-Ei tarado - Voltou a repetir .

-Ah não - Suspirei sentindo alguns pingos na minha cabeça. 

-EI TARADO! - Jimin Gritou me assustando. 

-O QUE É?! - Me virei para ver o seu rosto, o mesmo me olhou, parecia bravo - Fala Jimin, o que você quer? - Sorri já um pouco impaciente. 

-Eu só queria te perguntar algo não precisava gritar - Voltou a apoiar a cabeça perto do meu pescoço. 

-Desculpa Jimin… O que você queria perguntar? - A chuva aos poucos foi pegando forma.

-Você já se apaixonou? - Ri fraco daquela pergunta, pensei que ele iria perguntar algo bobo… 

-Vamos dizer que sim, e você? - Bêbados sempre vão responder a verdade, então é melhor perguntar algo que não faça você se arrepender mais tarde, essa é uma dica. 

-Eu já - Riu fraco - Ela era tudo de bom no início, mas depois foi ficando nada bom - sussurrava e eu ficava em silêncio ouvindo tudo - Aí depois que eu descobri algo nada legal.. Ela terminou comigo - De repente ele parou de falar, o que eu estranhei um pouco. 

-E então? O que aconteceu depois? - Ele parecia recitar um pouco.. 

-Eu não sei, eu fiquei bem mal na época, fiquei meses sem ir para a faculdade por conta dela, depois disso meu amigo disse para eu virar o jogo - Riu - Agora eu nem olho na cara dela e ela vem sempre correndo em minha direção, querendo outra chance - Seu riso foi morrendo aos poucos. 

-E você daria essa chance algum dia? - A chuva já estava forte o bastante para deixar nós dois molhados, parece que Jimin não estava ligando muito, na verdade ele parece que nem tinha percebido a chuva sobre a gente. 

-Não - Falou com firmeza me apertando mais com os seus braços - Sabe por que seu Tarado? 

-Não por que? - Revirei os olhos ao escutar aquela palavra. 

-Eu acho que achei alguém melhor para mim - Um silêncio se instalou entre nós dois, mas acabou quebrando pelo mesmo - Essa pessoa apareceu na minha vida em uma fase meio complicada… 

-É? 

-Comecei a escrever um livro para colocar minha cabeça no lugar… Mas um ser Humano veio e fez o que eu não estava conseguindo a meses - Riu fraco - Ele fez eu sentir felicidade outra vez, com aqueles mistérios todos, só depois eu descobri que ele tava na pior… E eu quero que ele esteja feliz aonde é que ele esteja… Por que ele me faz feliz e eu quero retribuir de alguma forma; 

-De que forma?... - Ao falar senti minha garganta se fechar em um nó… Estava muito querendo chorar ali mesmo, mas me contive. 

-Eu só quero vê-lo sorrir… Eu gosto do sorriso dele - E de novo o silêncio, e a chuva aumentava cada vez mais e mais, dá o meu casaco para ele não adiantaria muito se continuar com isso… 

-Jimin? - O mesmo não respondeu, talvez esteja pensando em algo ou… - Você dormiu? - Nada… - A gente já está chegando ok? - Sorri enquanto ele murmurava algo que não dava para ouvir direito - Só mais alguns minutinhos. 

°°°°°°

Após chegar em casa, Jin veio todo preocupado em minha direção, o mesmo estava mais calmo do que antes, não gritava nem me xingava para fazer as coisas, o que estava parecendo era que, o velho Jin todo preocupado tinha voltado, Jin levou Jimin para o quarto, o mesmo ainda estava dormindo, depois de dez minutos ele voltou do quarto, que agora era o meu, com as roupas molhadas do Jimin, ou as que sobraram dele. 

-Por que isso? - Olhei para as roupas confusas em minhas mãos. 

-Coloca para secar - Bocejou indo para a cozinha.

-Mas está chovendo… 

-Atrás da geladeira! - Gritou mexendo nas suas coisas.

-Como assim? - Entrei na cozinha - Mas.. Isso funciona?

-Quando eu preciso de uma roupa, e está sei lá… Molhada eu coloco atrás da geladeira, depois é só passar o ferro - Sorriu ligando o fogão. 

-ok… - Depois de colocar as roupas para “Secar” olhei para Jin, que preparava seu chá, tranquilamente… - Você não disse ontem que não gostava desse chá? 

-Não disse - Deu de ombros. 

-Disse sim - Cruzei os braços - Você falou que odiava esse sabor de chá… E por que raios você está acordado até agora? - Já tinha se passado das duas da manhã, Jin sempre ia dormir cedo tipo, Dez, Onze da noite. 

-Devem ter me drogado - Riu desesperado - E como eu ia dormir com você lá fora com essa chuva? - Sorriu fraco. 

-A gente poderia se cuidar sozinhos, você sabe… 

-Eu sei, muito bem disso - A chaleira então começou a apitar,indicando que o chá já estava bom - Perfeito! - Disse após beber um pouco - Quer? está docinho. 

-Não, eu passo… Odeio chá, principalmentes os doces. 

-Não me engana menino, você odeia todos os tipos de chá - Riu fraco pegando sua xícara - Eu vou para o meu quarto, vou tentar dormir. 

-Sim mas.. 

-Jimin? Ele está dormindo igual um anjinho que é - Sorriu de lado - Eu toquei suas roupas antes de tudo, então pode ficar a vontade ele não está pelado. 

-Por que você fala umas coisas dessas? - Sentia meu rosto esquentar. 

-Porque é divertido olhar sua cara - Saiu rindo com sua xícara de chá - As coisas dele estão do lado da cama, quando ele acordar é só mostrar para ele. 

-Obrigado Jin Hyung - O segui até a escada. 

-Imagina - Quando chegamos em seu quarto, uma porta branca diferentes das outras que tinha pelo menos uma corzinha - Bom, já vou, boa noite qualquer coisa é só me chamar. 

-Jin, só uma coisinha - Aquilo estava  martelando minha cabeça a pouco tempo - O que deu em você para ficar tão estressado assim? - Ele parecia confuso - ---Tipo.. Até duas horas atrás, você estava me xingando e mandando em mim ou até mesmo dando sermões por qualquer coisa… 

-Ah… - Seus ombros ficaram rígidos ao me encarar - Estresse? 

-Mas do que? Trabalho? Você vive bebendo chá de camomila… 

-Ah… Eu não sei - Sorriu sem jeito - Às vezes eu fico assim - Deu de ombros - Desculpa qualquer coisa. 

-Não tem problema Jin - Sorri  Uma boa noite - Saí para o quarto. 

Talvez Jin esteja realmente cansado do trabalho ou de algo, por isso ele se comportou daquele jeito, ou talvez ele esteja mentindo para mim, e não é nada sobre o trabalho… 

Quando cheguei no quarto vi Jimin dormindo confortável na minha cama, a mesma era de solteiro, diferente da minha outra… Me aproximei do mesmo me sentando perto olhando para o seu rosto, ele parece ta tendo um ótimo sonho, por causa do sorriso que ele estava dando, um belo sorriso por sinal. 

Ai Jimin… - Comecei a mexer em seus cabelos - Espero que quando acordar, tudo volte ao normal… Primeiramente eu vou te dar uma surra por ter saído assim no meio da noite para beber daquele jeito… Depois… Irei te encher de beijinhos e pedir desculpas por tudo… O que você acha? é uma boa ideia né? - Sorri dando um beijo no topo de sua testa e saindo do quarto fechando a porta. 

Eu ainda estava com as roupas molhadas, devia tomar um banho primeiro antes de tudo… 

°°°°°°°

 

Jimin on ~~ 

 

Quando acordei, meus olhos foram invadidos pela claridade lá fora, não tinha me lembrado de ter dormido com a janela aberta… Ao me levantar senti minha cabeça explodir em vários pesados, logo voltei a me deitar, isso me fez lembrar do tinha acontecido na noite passada. 

…. 

Quer dizer… Eu não lembro de muita coisa, apenas de que, Hoseok me convidou para beber um pouco, dizendo ele que estava triste pelo Tae não ter feito nada de novo para eles, algo assim, depois disso, após o quinto copo ou foi o sexto? Não importa agora, Depois disso eu não me lembro de quase nada. 

Hoseok talvez estava desesperado por eu ter subido no palco...Depois tinha várias pessoas gritando meu nome… Luzes coloridas, roxo.. amarelo.. azul.. Tinha uma luz azul bem chamativa vindo em minha direção, essa luz parecia preocupado comigo, mas por que? 

Depois disso eu não me lembro de nada, nadinha… Devo ter voltado para casa certo? Hoseok deve ter me levado para casa… 

Voltei a me levantar olhando para o lado e vendo um copo com água e do lado uma cartela de remédios, escrito “Tome, você vai melhorar” Hoseok sempre se preocupando comigo… Ao beber voltei a me deitar, gostava de ficar olhando para o teto, tinha algumas manchas nele… Espera… Esse daqui não tinha manchas… Me levantei confuso olhando para os lados. 

Esse… Não é meu quarto - Era completamente diferente, tinha movéis antigos e modernos ao mesmo tempo, era esquisito e legal ao mesmo tempo - Aonde eu estou? 

Saí apressado da cama tropeçando nas minhas coisas, como carteira e meu celular que estava carregando, estava com uma roupa completamente diferente, era uma um pouco larga e toda preta... 

Espero que eu não tenha feito nada de errado… - Saí dali assustado tropeçando nos meus próprios pés - Essa casa - Olhei em volta - Por que estou na casa do -Jin?! - Se é a casa do Jin, é a casa do Yoongi também… - Merda… - Desci as escadas indo para a sala, o que acabo me arrependendo e me assustando ao mesmo tempo ao encontrar um Yoongi deitado no sofá - Que susto! - Coloquei a mão no peito olhando ao redor, queria sair dali antes que o mesmo acorde, não queria conversar com ele agora.. - Aonde estão minhas coisas? - Sussurrei indo no quintal da casa, me surpreendi quando vi que estava chovendo, a chuva não estava tão forte assim, dava para eu ir para casa com um guarda-chuva sem me molhar completamente… 

Volto para sala, a única alternativa era acordar ele e perguntar sobre minhas roupas… Mas ele parece tão cansado agora… Mas pensando por um lado, já se passavam das duas da tarde, está muito tarde para o mesmo dormir… Mas ele está tão bem dormindo assim… 

Jimin você não pode pisar na bola desse jeito - Tomei coragem e me aproximei do mesmo - Yoongi? - O chamei como se não quisesse nada - Acorda preciso saber aonde estão minhas roupas? - O mesmo não tinha movido nenhum músculo o que me acabou irritando um pouco - Yoongi?! Eu quero minhas roupas! - Nada… ah que coisa! aonde estão minhas roupas? e como eu fiquei sem elas? por que? - Yoongi?! - Sem pensar duas vezes sacudi o mesmo no sofá, e logo me assustei com o tanto de suor que o mesmo estava tendo, ele parecia ter pulado em uma piscina cheia de suor - É Yoongi? - Agora eu estava preocupado, coloquei minha mão em sua testa, estava pelando - Está muito quente Yoongi… - O balancei, o mesmo apenas resmungou que estava frio e se virou para o outro lado, seus cabelos estavam bastante molhados, sua pele estava vermelha como tomate - Yoon?! Cadê o Jin? - Ele não respondeu… - Merda… Yoon? - Nada.. - É o que eu faço? - Me afastei olhando para os lados a procura de algum remédio, mas só tinha achado remédios para dor de cabeça e um que nunca tinha ouvido falar antes - Yoongi? - Me aproximei me abaixando colocando minha mão em sua testa, ainda estava quente, muito quente… - Eu vou ligar para o -Jin ok? - Sorri de nervoso pegando meu celular.. - Atende… 

“Jimin? Já está acordado?”

-Oi Jin - Caminhei até a cozinha - Já sim… é… 

“Aconteceu alguma coisa?”

-Sim! Jin aonde você está? 

“No trabalho… Jimin você está me assustando, o que está acontecendo aí?”

-É o Yoongi - Olhei de relance para a porta vendo, que Yoongi estava do mesmo jeito - Ele está muito quente e eu não achei nenhum remédio… 

“Yoongi está com febre? - Concordo com ele - Eu não tenho remédio para febre… Eu já vou para aí, aproveita e prepara a banheira com água morna e depois disso já coloca a água para esquentar na chaleira para mim, chego aí em menos de dez minutos”

-Jin, mas Yoongi não gosta de chá… - Ele já tinha desligado - Mas… - De repente Yoongi começou a tossir sem parar, ando até ele vendo que o mesmo já tinha se levantado - Yoongi o que está fazendo? 

-Estou apertado - Saiu cambaleando até as escadas. 

-Deixa que eu te ajudo - Ele se apoiou em mim enquanto subimos as escadas - Depois você me explica isso daí ok? - Ele não falou nada apenas entrou no banheiro e fechou a porta - Ok… a banheira - Desço as escadas indo para o único banheiro que tinha uma banheira, que ficava ao lado da escada de madeira - -Água morna… - Após encher a banheira, escuto a porta ser aberta com brutalidade, era Jin que tinha chegado - Jin? - Falei com receio. 

-Jimin? - Vei até mim - Aonde está ele? - Apontei para o andar de cima - Obrigado - Saiu correndo para as escadas - YOONGI?! EU TROUXE REMÉDIOS! - Gritou, o que me fez sorrir um pouco - JIMIN O CHÁ! 

-OK! - Gritei saindo do banheiro e indo para cozinha preparar a água do chá.. 

°°°°°°°°

-Isso é horrível - Yoongi reclamava olhando para a sua xícara de chá de salgueiro-branco. 

-Yoongi você vai beber isso aí tudo ok? - Jin falava calmamente enquanto olhava para o termômetro em suas mãos - 38º C Yoongi! Não você vai beber esse chá nem que eu tenha que fazer a força - Ele tentava falar sério, mas dava para ver que ele não estava conseguindo quando Yoongi apenas cruzou os braços em reprovação - Yoongi! 

-É horrível! - Repetiu. 

-Respira fundo - Repetiu pela décima vez naquela tarde, depois que Jin chegou, Yoongi não estava querendo tomar o remédio que Jin tinha comprado na  farmácia, depois foi o banho, ele não queria, mas depois de muita manha ele foi para o banheiro, saiu de lá depois de meia hora depois, mais tarde ele queria usar seu cachecol, mas Jin o proibiu quando viu na internet que a pessoa com febre não poderia usar bastante roupas, agora era o chá, eu disse para o Jin que ele odiava o chá, e estávamos nisso há meia hora, vou falar uma coisa, Yoongi doente parece uma criança bastante mimada - Anda Yoongi, não vou falar novamente.. 

-É Yoon bebe logo, você não vai morrer por causa disso - Insisti. 

-NÃO! - Empurrou a xícara para longe. 

-Olha aqui, você quer que eu invoque o Jin de ontem? - Jin falava dele mesmo na terceira pessoa - Se eu fosse você tomava o chá, porque se for ele é mais capaz de ele mandar você beber um litro deste chá… 

-Jin como você pode invocar você mesmo?- Yoongi murmurava olhando para a xícara. 

-Eu posso invocar minha outra per- Se calou na hora, o mesmo suspirou parecia nervoso - Yoon só toma o chá ok? Eu te dou um chocolate mais tarde o que acha?

-Só se for branco… - Ele disse olhando para Jin. 

-Branco - Concordou - Vai ser branco - E assim Yoongi tomou aquele chá de uma vez, o mesmo fez uma careta que me fez rir na hora - Ah não exagere… Não -está tão ruim está?

-Por que não colocou açúcar? 

-Por que fica melhor assim - Deu de ombros - Sara mais rápido - Riu fraco guardando a xícara. 

-Jimin? - Encaro ele - Sua roupas estão atrás da geladeira. 

-Por que? 

-Por que Jin Hyung falou que seca mais rápido - O olho confuso e ele apenas dá de ombros - A chuva já parou então você pode ir se quiser, eu já estou melhor não se preocupe. 

-E-eu não… Que bom Yoongi - Fui até a geladeira pegando minha causa e minha cueca junto às meias - Mas… cadê a minha blusa? 

-Então - Yoongi desviou o olhar para Jin que o olhava confuso - Você acabou perdendo ela… 

-Como? Eu não me lembro de ter tirado… 

-Ah você tirou sim - Ele começou a rir baixinho. 

-Tirei? Quando? 

-Naquela boate - Jin falou rápido lavando a xícara - Foi o que o Yoon falou para mim, você tirou e arremessou para a plateia… não sobrou pano para contar história. 

-Tá zoando? - Ele negou - Eu não me imagino fazendo isso… 

-Nem eu, mas já que Yoongi que estava lá me falou, talvez eu acredite nessa história. 

-Eu não vou aparecer amanhã na escola - Murmuro - Pessoal, eu já vou, talvez quando eu chegar em casa leve bronca dos meus pais - Sorri nervoso. 

-Até amanhã - Yoongi falou me encarando. 

-Até… 

Agora á para a cama e só saia de lá amanhã quando estiver melhor - Ouvi Jin falar e Yoongi reclamar… 

Saí daquela casa com o coração na mão, Eu sabia que aquele “Até amanhã” Significava um “Precisamos resolver as coisas”, é não dá mais para evitar conversar, agora é preciso.

°°°°°

 

No dia seguinte, fiz de tudo para chegar atrasado, Mas a sorte resolveu tirar férias e o professor faltou hoje, justo o da primeira aula, agora estávamos com uma aula vaga, agora estava andando no corredor, agora… estava evitando Yoongi… 

-Jimin? - Merda… - ah é você mesmo - Eu preferia encontrar o Yoongi do que essa daí. 

-Michan… - Parei de andar vendo a mesma com um pirulito entre os dedos. 

-Eu pensei que você não ia aparecer hoje, depois do que aconteceu né? 

-Engano seu… 

-É uma penas o que aconteceu com você - Ela se aproximou - Yoongi foi tão malvado falando aquilo né? - Eu não disse nada, eu só queria sair dali o mais rápido possível - Mas eu não pensei que você gostava dele - Parecia ofendida - Não sabia que você era - Fez uma cara de nojo - Gostava de homens… 

-Michan quer calar a boca - Falei sem pensar - E se eu gostar? algum problema? 

-Sim, claro que tem, Mulher é mil vezes melhor, EU sou mil vezes melhor. 

-Eu mandei você calar a boca - Falei irritado saindo dali o mais rápido possível. 

-VOCÊ ME PAGA JIMIN! - Ouvi Michan gritar logo atrás de mim. 

°°°°° 

-Eu escutei algumas coisas - Hoseok e Jungkook falavam para mim. 

Eles vieram me procurar antes do intervalo, parecia ser importante, mas quando eu escutei a palavra “Michan” já quis ir embora, mas como depois de escutar “Yoongi” acabei mudando de ideia sem pensar duas vezes.  

-Que coisas? Aconteceu algo? - Eles se encararam balançando a cabeça - o que foi? 

-Ouvi que a Michan tá querendo acabar com vocês dois. 

-Ela já acabou - De de ombros. 

-Para com isso - Hoseok falava chateado - Se tivesse você não estaria aqui agora!

-Jimin, ela vai continuar com isso - Kook fava nervoso. 

-E o que vocês querem que eu faça? 

-Apenas não liga para o que ela fala - Hobi falou - Depois que você for conversar com o Yoongi, ela vai querer distanciar vocês novamente. 

-Como vocês sabem? 

-A gente apenas sabe - Kook tentou explicar - Ela me contou… 

-Por que ela te contaria isso? 

-Fala Jungkook, a gente veio para isso. 

-Falar o que? 

-Hoje você verá - Foi isso que ele disse antes de sair andando. 

-Hobi o que vocês estão  aprontando?

-Hoje você verá - Repetiu sorrindo indo para a direção do primo. 

-Hoje eu vou ver o que? - Resmunguei. 

-Jimin? 

-Ah o que foi?! - Me virei para trás bravo, o detetive estava com uma cara de espantado - Oh pera… Desculpa, eu não quis… 

-Vamos? 

-Vamos… 

Depois de entrar na sala do diretor super constrangido, o detetive começa a fazer mais perguntas, mostrou para mim também o estúdio do samantha, aonde ela própria tinha dito que um cara mandou fazer essa tatuagem, agora era só pegar o endereço de onde mora e assim acabaria todo esse inferno. 

-Park Jimin, você está livre de mais perguntas sobre a morte do seu colega. 

-Sério?!! 

-Sim - Ele riu da minha cara - então o que acha de nos ajudar nesse caso? 

-Eu? - Comecei a rir de nervoso - Não obrigado…. Já basta o livro e esse mês, chega de detetive por hoje. 

-Livro?

-Ah esquece, apenas pensando alto. 

-Bom, então qualquer coisa você tem o meu número - Sorriu saindo da sala. 

Aproveitei para sair também, passei pela mesa aonde estava o pessoal, Tae, Hoseok e o Kook comendo animados, enquanto conversavam de algum assunto aleatório, aproveitei e deixei eles ali e fui ver aonde estava Yoongi, mesmo sabendo que quando o encontrasse iria arrumar uma desculpa e fugisse, como eu sempre faço… 

Bom acabei o encontrando perto das escadas, conversando com a Michan, Ela falava bem alto o que tinha acontecido esses dias, e Yoongi ficava quieto escutando tudo, ele ainda estava com febre, mas estava melhor do que ontem, a sua voz estava meio baixa por conta da gripe que o mesmo tinha pego junto, olha o que a chuva pode fazer com você, tomem cuidado pessoal. 

-E falando no diabo.. - Michan olhava para mim divertido - E ai? Tudo em cima? 

-Jimin a gente precisa conversar - Yoongi mesmo com a voz baixa e rouca por conta da gripe, me deixava ainda com a sensação de que o meu coração sairia a qualquer momento. 

-É Jimin, vocês precisam - Michan tirava sarro da minha cara - Yoongi pare de fazer ele de bobo!

-Como assim? - Falei olhando para eles confusos.

-Antes de você chegar, escutei Yoongi falar que ele não gostava de você, mas que eu acabei estragando tudo o plano dele.  - Sorriu de lado.. 

-Michan… - Yoongi a olhava nervoso - Do que você está falando? 

-Do seu plano… Você disse que queria ficar com ele só por que tem um rostinho bonito, não se pode fazer isso com os corações dos outro Min. 

-Yoongi… - olhei para ele assustado - Isso é verdade? 

-Não! Claro que não! Michan para de falar besteira. 

-Mas aí acabou desistindo por conta do pai - Ele começou a rir - Ele é um covarde, vocês dois são covardes, Yoongi só está sendo bonzinho com você por que ele quer ficar com você por ter um rostinho bonito, depois ele vai te largar fora como todos aqueles que- 

-CALA A BOCA! - Gritei com raiva - Para de falar merda garota. 

-Bom eu tentei - Ela jogou as mãos para cima - Apenas saiba que Yoongi está te usando, sabe? Nos joguinhos dele, eu só estou te protegendo Jimin…. - Olhei para Yoongi que nos olhava sem acreditar no que a michan estava falando  Aceita Jimin, Ele não gosta de você, Ninguém gosta,... 

-Michan! - Yoongi gritou em seguida tossia. 

-Você faz tudo para eles, mas ninguém levanta sequer um dedo para te ver sorrir - Não, não é verdade…. - Sabe por que eu terminei com você? Por que você é muito sentimental, qualquer coisinha você fica triste, ou preocupado, isso irrita, como eu falei, você é só um cara com um rosto bonitinho… Você não valhe a pena...

Respirei fundo, eu só queria sair dali e ir para minha casa e nunca mais sair de lá, eu sabia que era uma péssima ideia vir hoje… 

-Ei Jimin - Yoongi me chamou mas quando eu percebi já estava virando o corredor… 

Eu só preciso de um tempo sozinho para pensar… Só um tempo… nem que seja cinco minutos… Só um tempinho… 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...