História Meu Ogro♡ - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 144
Palavras 2.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Jujubinhas do meu coração,olha eu aqui de novo.

Fiz esse capítulo do melhor jeito que eu pude....espero que aprovem


♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

Capítulo 18 - Cap.18


Como o Ogro falou que eu poderia usar uma roupa simples,optei por vestir um vestido azul bebê de alcinhas ,ja que a noite estava fresca ;como ja estava demorando pra me arrumar e o bonitão ja deve estar ficando impaciente,me apressei e fiz um rabo de cavalo nos meus longos cabelos e deixei apenas uns fiozinhos soltos pra dar um charme,passei um glos de morango nos lábios,peguei minha bolsa e sai do quarto.

Quando cheguei na sala encontrei meu querido ogrinho largado no sofá,e comendo um sanduíche e assistindo um jogo qualquer na tv

-Folgado você né senhor  Haynes--falei indo até ele

-Que foi,eu tava com fome,e você estava demorando--respondeu de boca cheia,balancei a cabeça e parei em sua frente

-Já podemos ir--falei o puxando pela camisa

-Ta bonita anjo--falou se levantando e me puxando para os seus braços,fiquei na ponta dos pés e dei um beijo em seu queixo

-Brigada--disse e ele me piscou o olho

-Bem,vamos logo--falou me levando até a porta

-Espere um pouquinho--desliguei a tv e as luzes r voltei para perto dele

-Pronto,agora podemos ir.

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

Depois de sairmos do meu apartamento,nos subimos na moto e seguimos o caminho que eu reconheci como sendo o da oficina(e também casa dele).

Uns quinze minutos depois nos paramos em frente a oficina,ele abriu uma porta ao lado e entrou com a moto,eu fui caminhando logo atrás dele;assim que estacionou a moto dentro da oficina ele se a  virou para mim

-Preciso colocar isso em você--ele disse me mostrando um lenço  preto

-Pra que isso?--perguntei desconfiada

-Faz parte da surpresa--respondeu e encolheu os ombros

-Tudo bem--falei,ele veio até mim e colocou a venda sobre os meus olhos e me deu um selinho

Dei um gritinho de surpresa quando ele me pegou no colo e  saiu andando

-Ogro!

--Eu não vou deixar você sair andando,com os olhos vendados--disse me apertando mais contra seu corpo gostoso

Depois de ir nos braços do Ogro da oficina até seu apartamento no segundo andar,nós paramos e ouvi ele abrindo uma porta e logo a fechando,andou mais um pouco e me colocou sentada no que parecia ser o sofá

-Espere aqui um pouquinho que eu já volto,e não tire a venda--falou e logo ouvi seus passos se afastando,me acomodei no sofá,e tentei prestar atenção ao em algum som,mas só ouvi algo como panelas batendo e o Ogro xingando,era horrível não poder ver o que acontece ao meu redor.

Me assustei quando senti Jackson segurar minhas mãos,e me levantar

-Venha comigo baby--ele disse e foi me guiando,após alguns passos nos paramos,ele soltou minha mão e parou um pouco atrás de mim

-Pode tirar a venda meu anjo--ele falou no meu ouvido me fazendo arrepiar

Levei minhas mãos até meu rosto,e tirei a venda,ao abrir meus olhos arfei com o que vi,tinha uma mesa posta para dois,com velas acesas por todo o cômodo o iluminando por completo,o que dava ao local, um ar oromântico mas sem exageros;me virei para ele que me estendia uma linda flor

-Gostou?--ele disse um pouco nervoso;sorri para ele pegando a flor de em sua mão

-Amei ,ta tudo tão lindo--falei me virando e vendo como tudo estava lindo,senti seus braços ao meu redor e me acomcheguei em seu peito

-Que bom que gostou,agora vamos comer que ainda tem mais--disse me levando até a cadeira e puxando para eu poder sentar

-Tem mais?--perguntei enquanto me acomodava na cadeira

-Sim,mas só vai saber depois do nosso jantar--falou indo para cozinha

♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡♡

O jantar estava incrível,enquanto jantamos conversamos sobre vários assuntos,conversar com ele era tão natural quanto respirar e eu gostava disso.Meu pensamento estava longe,quando senti o peso de seu olhar sobre mim,olhei para ele corando e lhe dei um sorriso envergonhado

-Que foi?--perguntei para ele que sorriu e estendeu sua mão e segurou a minha por cima da mesa

-Meu anjo,eu sei que nos não começamos esse relacionamento que temos de uma forma normal,naquela noite em que nos conhecemos naquele bar,eu ia apenas fazer o que sempre fazia quase toda noite,ir para aquele bar e encher a cara ou caso aparecesse alguma garota interessante eu talvez saísse com ela,mas era muito difícil isso acontecer,só que quando eu te vi naquela noite eu fiquei encantado com você,quando você me olhou com esse incríveis olhos verdes eu fiquei impressionado com eles,e me perguntei o que uma menina bonita feito você fazia naquele bar em uma sexta a noite,então eu me aproximei e sentei em sua mesa,você parecia nem me notar,mas eu fiquei la te  observando,você parecia um anjo,e quando começamos a conversar e você me contou o porque de estar ali,eu vi a oportunidade de conhecer você melhor e de me aproximar de você,e quando você aceitou aquela proposta maluca e  nos começamos a sair eu fui ficando cada vez mais encantado e me peguei gostando de você e um sentimento foi crescendo e eu não sei o que é ainda,mas eu  quero que você saiba que eu tenho sentimentos ainda não definidos por você,e quero descobrir junto com você o que é isso que eu sinto por você e que nunca senti por ninguém.E é por isso anjo ,que eu quero saber se você quer  tornar o que temos mais sério,e assim me ajudar a descobrir que sentimentos são esses

Eu estava completamente encantada com suas palavras,meu ogrinho quando queria sabia ser romântico,apertei sua mão que ainda segurava a minha e olhei em seus lindos olhos azuis

-Você não foi o único que se pegou descobrindo sentimentos,nesse louco relacionamento,eu também estou um pouco confusa em relação aos meus sentimentos por você,mas eu te garanto que o que eu tô sentindo por você eu não senti nem em quase três anos de namoro,então sim,eu aceito descobrir esses novos sentimentos com você

Ele se levantou e veio até mim me puxou para os seus braços e me beijou apaixonadamente,quando nos separamos ele tirou uma caixinha do bolso da calça e me entregou,quando abri vi que tinha uma londa correntinha  com um pingente de asinha de anjo,era tão lindo e delicado

-Gostou do seu presente?

-É lindo ,muito obrigada--falei abraçando ele

-Deixe-me colocar pra você

Ele tirou a correntinha da caixa,e colocou no meu pescoço,eu caminhei até um espelho que tinha na sala e sorri vendo a correntinha no meu pescoço e virei para ele,sorrindo e me atirando em seus braços e o beijei com vontade,passei meus braços em seu pescoço e o puxei para mais perto,sentindo cada parte do seu corpo colado ao meu

Quando paramos o beijo,nos estávamos arfando a procura de ar,sua testa estava colada a minha,e com seus olhos fechados, foi nesse momento que eu tomei uma decisão

-Jack?--chamei fazendo carinho em seu rosto,ele abriu os olhos e esperou eu falar

-Faz amor comigo?--perguntei olhando em seus olhos sentindo minhas bochechas esquentarem

Ele me olhou com os olhos arregalados e deu um passo para trás,eu tive vontade de rir da sua reação mas me segurei

-vo-você tem certeza disso?Eu não quero que você pense que eu vou te forçar a nada,e nem que eu só resolvi ter uma coisa mais seria com você só pra te levar para cama

-Sim,querido eu tenho certeza e jamais,me arrependeria de fazer amor com você.

Assim que terminei de falar,ele se aproximou novamente de mim e fez carinho no meu rosto

-Você me quer anjo?--perguntou colando nossos corpos e roçando seus lábios nos meus

-Sim!--respondi em um sopro,logo ele juntou nossos lábios em um beijo lento,e que transmitia tudo o que sentiamos um pelo outro

Enquanto me beijava suas mãos faziam carinho em meu rosto,isso era uma das coisas que mais me encantava nele,ele podia ate agir feito um ogro,mas nos momentos certos ele sabia ser doce,gentil e carinhoso

Ele encerrou o beijo me dando vários selinhos,e eu apenas tentava recuperar o fôlego

-Vem anjo!--ele disse me pegando pela cintura automaticamente fazendo com que eu prendesse minhas pernas na sua cintura e meus braços em seu pescoço,e saiu andando comigo em seu colo

-O que você ta fazendo seu louco?--perguntei me agarrando a ele

-Te levando pro quarto--respondeu dando um beijo no meu pescoço

-Mas eu posso andar--falei fazendo um biquinho,tentando parecer brava,mas na verdade eu estava amando ser carregada novamente por ele

-Sei que você pode andar,mas eu gosto de ter você assim coladinha comigo--falou dando beijinhos no meu pescoço

Ele parou na porta do quarto dele,abriu e entrou logo me colocando centada na cama,e ficou entre as minhas pernas;ele começou a me beijar e foi me deitando na cama me cobrindo com seu grande corpo,ele se apoiava nos braços que estavam ao lado da minha cabeça,ele parou o beijo e olhou dentro dos meus olhos,ele roçou seus lábios nos meus e chupou meu lábio inferior em sua boca logo soltando com um estalo me fazendo gemer baixinho

-Jackson--gemi arrastado,e ele sorriu enquanto começava a fazer um caminho de beijos até o meu pescoço onde ele deu mordidinhas

-O que você quer anjo?--ele perguntou dando chupoes e mordidinhas pelo meu pescoço,me fazendo arrepiar todinha

Levei minhas mãos até seus cabelos e o puxei para mim

-Me beija!!--disse juntando nossos lábios

Nosso beijo era cheio de desejo e carinho,seu toque em meu corpo me fazia enlouquecer;ele parou o beijo e se sentou na cama me puxando para o seu colo,começando a dar beijos e chupoes na parte descoberta dos meus seios que o pequeno decote do meu vestido oferecia,suas mãos passavam por todo meu corpo como se estivesse memorizando minhas curvas,logo ele tinha tirado o meu vestido e tinha voltado a dar atenção aos meus peitos,eu não sabia fazer outra coisa que não fosse gemer

Eu ja estava so de calcinha em seu colo enquanto ele mamava em meus seios como um bebê faminto,Jackson voltou a me deitar na cama e foi descendo pelo meu corpo dando beijos,lambidas e chupoes me fszendo delirar

Quando ele final chegou a minha intimidade eu ja tremia de antecipação,soltei um longo gemido quando ele me beijou por cima da calcinha,Jackson passou a me torturar roçando a barba dele em minhas coxas e me lambendo por cima da calcinha,no momento em que ele finalmente tirou minha calcinha eu ja estava quase subindo pelas paredes mas quando eu senti sua lingua quente em minha intimidade foi como levar um choque,a sensação era indescritível,eu ja não comandava mais meu corpo  de tão intenso que era o prazer minhas costas se curvaram e eu gemi,gritei,chorei de prazer involuntariamente segurei os seus cabelos e o puxei para mais perto,a cada chupada que ele me dava meu mundo sacudia um pouco,até que ele colocou um dedo dentro de mim e chupou meu clitóris então eu senti meu mundo desabar e eu gozei violentamente em sua mão e boca,a unica coisa que saia dos meus lábios eram gemidos e seu nome

Quando meu corpo parou de tremer e eu consegui abrir meus olhos,vi ele me  olhando desejo e lambendo aqueles lábios que a poucos instantes me fizeram ter o melhor orgasmo da minha vida

-Seu gosto é incrível--ele disse vindo pra cima de mim e me beijando,pude sentir meu próprio gosto em sua língua,eu já não podia esperar mais precisava dele dentro de mim

-Jackson por favor,por favor eu preciso de você dentro de mim

-Calma,não precisa pressa,eu quero te amar lentamente meu doce

Disse voltando a me beijar e apertando meus seios,me fazendo soltar gemidinhos em sua boca e arranhar suas costas,ele desceu uma mão até minha intimidade e começou a estimular meu clitóris,logo meu corpo ja esta em chamas clamando por ele

-Jackiee por favor,por favor

Ele parou de me estimular e se levantou da cama tirando sua calça e cueca,quando vi seu membro meu corpo tremeu era grande e grosso e eu não sabia se iria caber em mim,sai de meus pensamentos com ele cobrindo meu corpo com o seu

Ele parecia sentir que eu estava nervosa,pois sorriu para mim e tentando me fazer relaxar

-Relaxe anjo,sou eu aqui o seu Ogro--ele falou e me deu beijinho de esquimó,eu apenas balancei a minha cabeça concordando,ele começou a me beijar e fazer carinho no meu rosto o que me fez relaxar um pouco

Então lentamente ele foi introduzindo seu membro dentro de mim,ardia um pouco por ele estar me alargando,quanto mais ele entrava em mim eu arranhava suas costas e soltava baixos gemidos de dor,quando ele chegou ao meu hímen ele me deu um selinho e olhou no fundo dos meus olhos e então entrou de vez dentro de mim,não pude conter o grito de dor que me escapou,senti lagrimas escorrendo pelo meu rosto e um soluço me escapou

-Desculpe meu anjinho--ele disse espalhando beijinhos por todo meu rosto e secando minhas lágrimas--shiii não chora não minha linda

Nos ficamos assim por um tempo,ele me acalmando me dizendo coisas doces ate que a dor foi diminuindo e eu consegui relaxar um pouco,ondulei meus quadris para ele saber que ja podia se mexer,ele olhou em meus olhos esperando uma confirmação e eu apenas balancei a cabeça,logo ele se retirou de dentro de mim e entrou de novo lentamente,e assim ele impôs um ritmo,saindo e entrando devagar ate eu me acostumar com seus movimentos,ele começou a acelerar as investidas e eu o acompanhava movendo os quadris em seu ritmo,

A essa altura o incomodo era quase inexistente pois o prazer que eu começava a sentir era bem maior que qualquer dor,eu arranhava suas costas gemia ,enrolei minhas pernas em sua cintura para ele ir mais fundo em mim,então quando ele saiu que voutou,ele foi tão fundo que eu senti ele tocar meu útero,afundei minha cabeça na cama e soltei um gemido arrastado enquanto o sentia me invadir de uma maneira tao prazerosa

-Hoo deus Jack--gemi enquanto respirava com dificuldade,senti ele beijar minha garganta e lamber enquanto soltava gemidos roucos

Enquanto se movia dentro de mim ele passeava com suas mãos pelos meu corpo me fazendo arrepiar e gemer mais ainda,meu prazer que ja era muito se intensificou quando ele colocou sua mão entre nós e começou a me masturbar enquanto aumentava suas investidas,meu corpo começouva implorar por alívio,que veio quando ele mordeu meu mamilo ao mesmo tempo em que apertou o meu clitóris e entrava e saia cada vez mais rapido,meu corpo tremeu e eu vim ao seu redor apertando seu membro em meu interior;ele deu mais algumas estocadas e caiu para o lado respirando com dificuldade

Eu ja estava quase dormindo quando ele se levantou da cama pra jogar a camisinha fora e logo voutou pra cama me puxando pro seu peito e dando um beijo em minha testa

-Dorme meu anjo!

Foi a ultima coisa que eu escutei antes de cair no sono


Notas Finais


Bom meu amores,o que saiu foi isso....eu sei que a primeira vez deles não está lá essas coisas,mas foi o primeiro hot que eu escrevi


Não deixem de comentar e me dizer o que vocês acharam,eu amo ler os comentários de você

Ps:::Feliz Natal minhas coisinhas gostosas



BJSSS♥♥♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...