História Meu ômega! ( Jikook ) - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Mark, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 174
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Lemon, LGBT, Mistério, Romance e Novela, Saga, Slash, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Awake ( 10 )


Tae: Que merda é essa Jimin?- O alfa perguntou enfurecido.

JM: Eu.. Tae.

JK: Para de olhar pro corpo dele!- Tampou o ômega com seu próprio corpo.

Tae: Eu não tô olhando seu alfa doente! Eu saio de casa, saio da minha cidade porque meu amigo era trancado dentro de casa por um alfa idiota, e agora ele acabou de transar com ele denovo?

JM: Tae..eu não

Tae: Você quis, sabia que isso o torna tão babaca quanto esse alfa idiota aí?- Apontou para Jungkook que rosnou.

JK: Não xingue meu ômega seu idiota.

Tae: Olha, eu sou o idiota da história toda, que ironia.

JM: Tae..vamos conversar.- O Kim se virou e o ômega saiu debaixo do alfa logo pegando a box e a blusa do mesmo. Ele se vestiu e se levantou indo até o garoto de costas. Este que fechou a cara e seguiu até a cozinha sendo acompanhado pelo menor.

Tae: Você disse que ia esquecê-lo Jimin.

JM: E eu tentei Tae, eu juro que tentei. Só que Jungkook parece está bordado em meu coração, e mesmo que eu tente, ele não quer sair..

Tae: Jimin, esse idiota vai te machucar denovo, ele vai te prender.

JM: Ele disse que vai mudar.

Tae: Você sabe que isso é mentira né? Ele está te obrigando a dizer isso? Podemos fugir, tem comida no carro, caso ele queira persistir chamamos a polícia.

JM: Não Tae, eu quero acreditar que ele vai mudar. Ele me disse, e dessa vez, se ele não fizer, eu vou poder ir embora.

Tae: Por Deus Jimin, está mesmo caindo nesse truque barato dele?

JM: Tae..eu só quero tentar denovo, e se Jungkook falhar, eu quero mostrar pro meu coração que ele não é o cara certo. Mas eu quero meu amigo, meu melhor amigo, do meu lado.

Tae: Jimin, eu já estou te avisando. Mesmo que você case com ele um dia, eu vou ter ranço da cara dele, e se ele te magoar, não vou exitar matar ele, mesmo que seja preso!- O ômega sorriu e correu abraçando o alfa pelo seu tronco.

JM: Obrigado.

Tae: Você vai voltar com ele?

JM: Eu não sei o que vou fazer agora. Você vai voltar?

Tae: Ah..eu não posso, tem alguém aqui em Daegu que estou visitando.

JM: Agora entendi porque você demora chegar aqui.- Bufou o ômega.

Tae: Tambem.

JM: Eu vou ver o que vamos fazer.- Ditou indo até a sala, onde tinha o alfa apenas de calça.- Desculpa, eu acabei pegando sua cueca.

JK: Tudo bem, me sinto mais livre.- Sorriu ladino fazendo o ômega fazer uma careta junto ao alfa atrás de si.- Vamos pra casa?- O ômega assentiu indo até o alfa moreno que o abraçou e o pegou no colo.

JM: Eu sei andar sabia?

JK: Mas eu gosto de te carregar, posso sentir seu cheiro melhor.- O ômega suspirou deitando sua cabeça no ombro do moreno.

JM: Senti falta do seu cheiro.- Confessou fraquinho. O alfa começou a andar em direção a porta enquanto segurava o ômega.- Tchau TaeTae.- Acenou para o alfa de longe que o encarou e se despediu, com ali, certo receio visto pelo ômega. Jungkook abriu a porta e colocou o garoto dentro do carro com cuidado, deu a volta e por fim, adentrou o carro logo tirando as chaves de seu bolso esquerdo.

...

JM: Esse não é o caminho de casa!- Falou ao notar estarem indo em direção há uma das praias de Seul.

JK: Achei que você quisesse sair.

JM: Não temos roupas.

JK: Devolve minha blusa que eu compro em alguma loja.- O ômega assentiu tirando a blusa e entregando pro alfa.- Está com seu cheiro.- Sorriu cheirando mais a blusa em suas mãos.

JM: Para com isso!- Falou corado. O alfa sorriu e vestiu a camisa.

JK: Vão pensar que eu sou ômega agora.- Falou brincalhão.

JM: Vai logo!- Falou com um bico, o alfa estacionou na frente de uma loja e saiu do carro. Adentrou o local e demorou minutos para sair de lá, com outra roupa e duas sacolas.- Você demorou!

JK: Foram só uns minutos. Agora toma, comprei roupas bem largas.

JM: Por que?

JK: Pra não marcas as curvas gostosas do seu corpo.

JM: Jungkook!- O ômega falou bravo e o alfa riu, ele tirou o cinto e se  sentou na parte de trás.

JK: O que você tá fazendo?

JM: Vou me trocar ué.- Abriu a sacola vendo uma bermuda azul e uma blusa de algodão listrada entre branco e azul. Ele respirou fundo e começou a vestir a roupa.

...

O sol estava se pondo, as ondas fracas do mar iam e vinham, o sol gostoso que ele produzia, era tranquilo e prazeroso.

JM: Faz isso é bom.- O ômega falou sereno, estava deitado sobre a coxa do alfa, este que estava sentado encima de um pano fino para não sujar a roupa de areia.

JK: Uhum.- Falou olhando as ondas.

JM: Vamos fazer isso mais vezes né?

JK: Todas as vezes que você quiser.- Beijou os lábios do ômega que corou.- Lembra a primeira vez que fizemos amor?

JM: Por que isso do nada?- O ômega corou.

JK: É que havíamos saído desta praia e ido pra minha casa.

JM: Se eu soubesse que meu ômega iria escolher você como alfa depois daquilo teria recusado seu pedido.- O alfa riu.

JK: Ninguém resiste aos pedidos de Jeonguuk.- Dessa vez foi a vez do ômega rir.

JM: Não se ache.- Fez um bico.- Aquele dia, eu considero até hoje, um dos melhores dias da minha vida.

JK: Pra mim, foi o melhor.

Flash...

Saindo da areia quente e seca. Os dois andavam de mãos dadas. Conversavam sobre algo aleatório, ou as vezes, combinando seu possível, futuro juntos.

JK: Você quer ir em casa?

JM: Eu não sei não..está ficando tarde já.

JK: Por favor, minha Omma saiu, estou sozinho em casa. Nada melhor que dormir com meu ômega.

JM: Você fala como se eu fosse seu ômega!

JK: E você não é?- O ômega corou e assentiu fraquinho escondendo sua cabeça no peito do alfa que o abraçou.- Então, você vai dormir comigo?- O garoto assentiu denovo fazendo o alfa sorrir.

...

JK: Você pode usar roupas minhas, mesmo ficando grande demais.- O moreno disse saindo do banheiro, enquanto tinha uma toalha em sua cintura e outra nos seus cabelos, onde os secava. O ômega encarou o maior perto da porta do outro cômodo e seu olhar se fixou nele. Seus olhos brilharam, estava em um grande tão inocente e descontrolado. Seus olhos subiram para o alfa que tambem o encarava, não entendo aquele motivo da troca de olhares. Por um momento, os olhos do Park brilharam em um tom azul enquanto o do moreno brilhou em um tom avermelhado. Ele mal notou quando havia se aproximado do garoto que estava sentado em sua cama. Ele deitou o menor com cuidado ficando em cima dele e tocou em seus lábios, reprimido e inseguro. Lentamente os dedos gordinhos e fofos do Park subiram até a nuca do moreno, onde começou a fazer carinho, entre o beijo que recebia. O Jeon parou o beijo e encarou o garoto com os olhos brilhando. Sabia que ali, tanto ele quanto Park desejava, mas o medo e insegurança eram altos. Lentamente e deliciosamente, o moreno desceu começando a chupar o pescoço do ômega que começou a gemer fraquinho.

JM: Jungkook...eu tenho medo.- Confessou fazendo o alfa parar os movimentos.

JK: Eu não vou fazer nada que você não queire.

JM: Eu quero..só tenho medo, de você tiver ficado comigo até agora, só pra fazer isso.

JK: Eu fiquei com você até agora..porque isso..- Pegou a mão do menor levando-se até seu peito, onde seu coração batia.- Bate só por você. Por que eu quero só você, e se fizermos isso, será apenas um de vários, porque eu só quero fazer isso com você.- Falou sereno. O ômega sorriu e o alfa voltou a fazer as ações que fazia antes. O moreno pegou a mão do garoto e deslizou do seu abdômen até o cós do toalha e fez o ômega segurar e puxar pra baixo desfazendo o nó do tecido áspero que cobria o moreno. Ele levou a mão do menor até seu membro o fazendo segurar, enquanto continuava a marcar o pescoço do garoto.- Você é meu tudo Park Jimin.- Foi a última frase dita antes de fazerem aquilo que amavam, amar e sentirem o que tanto queiram, um ao outro.

...



Notas Finais


Ah ;-;

My Perfil : @Chose_Army


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...