História Meu ômega!! Só meu... - Jikook ABO - - Capítulo 19


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Abo, Alfa, Bts, Dono, Jikook, Jimin, Jungkook, Ômega, Romance, Yaoi
Visualizações 1.069
Palavras 894
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiiii gente!!
Já estamos no final de uma fic, mas não se preocupem porque eu já estou terminando outra que postarei em breve, mas enquanto temos a OM, vamos curtir?!

Capítulo 19 - Não acredito


Jimin estava deitado em sua cama com os olhos cheios d'água pelo choro recente. Tudo estava como antes, apanhava e chorava, mas não iria aceitar assim calado como antes. Antes que pudesse se levantar, sua mãe bate na porta devagar, mesmo relutante Jimin se levanta e abre a porta.

Jimin: Sim?! - diz sem expressão -

Sra. Park: Aqui querido, jantar. Está delicioso. - disse entregando a bandeija com sua comida -

Jimin: Obrigado! - disse fechando a porta depressa –

Jimin entrou em seu quarto já começando a comer seu jantar, estava morrendo de fome e com tudo que aconteceu, a última coisa que fez foi comer.

Enquanto Jimin pensava em Jeon, sentiu um enjoo horrível e logo seu corpo pareceu mais pesado, correu para o banheiro esbarrando em tudo, vomitou tudo que comia. Era só o que faltava, agora foi envenenado?! Jimin se levantou e lavou sua boca, se olhou no espelho e viu que estava bem ruim; Olheiras, olhos inchados, rosto vermelho pelo recente vomito e olhar deprimente. Andou de volta a seu quarto, pegou seu celular – que havia ganhado de Jeon – e ligou para Jin

*Ligação*

Jin: Alo?! Jimin?! Querido é você? – disse ao outro lado da linha com a voz alterada –

Jimin: Omma Jin!... Sou eu sim. – Sorriu feliz apenas por ouvir a voz de sua amada Omma –

Jin: Oh meu filhote, você está bem? Eles te machucaram?

- Jimin não queria preocupa-lo, então mentiu – Jimin: Eu sou bem... Na verdade, eu estou me sentindo enjoado, acho que vou ficar doente, mas não sei o que tomar, por isso liguei.

Jin: Pode ligar a hora que quiser! Enjoado? Você comeu alguma coisa?

Jimin: Eu estava jantando a pouco quando corri pro banheiro e vomitei tudo.

Jin: Acho melhor irmos ao hospital.. Acha que pode sair?!

Jimin: Eu... Posso! Não se preocupe, então, nos encontramos lá?!

Bom: Claro Querido, estarei lá!!

*Ligação Off*

Jimin correu para pegar seus sapatos e casaco. Não importa o que seus pais falariam, iria fugir de casa e se encontrar com Jin, não importa como.

Depois de se arrumar, abriu a janela de seu quarto e saio, em frente a sua janela havia uma árvore que o ajudou a descer e chegar ao solo, foi mais fácil do que pensava. Correu para o ponto de ônibus, subindo no que passava em frente ao hospital.

[...]

Jimin desceu do ônibus olhando em todos os cantos procurando Jin. Logo mais a frente viu que Jin estava lá com dois ômegas escandalosos, abriu um radiante sorriso correndo até os mais velhos.

Até/Hope: Jiminie!! – gritaram chamando atenção de algumas pessoas que passava na rua –

Jin: Não gritem seus retardados, estamos num hospital!! – repreendeu Jin – Oi meu filhote, como você está?!

Jimin: Estou bem Omma Jin. Só meio estranho por causa dos enjoos.

Até: Então é melhor vermos logo isso, pode ser algo sério.

Jin: Tem razão Tae! Vamos meninos.

Jimin e os outros ficaram na sala de espera até serem atendidos por um médico Alfa muito gentil.

Dr: Então, o que aconteceu Park Jimin?!

Jimin: Eu recentemente tive muito enjoo e acabei vomitando. Acho que posso estar com alguma virose, algo assim.

Dr: O Senhor tem quantos anos?

Jimin: 16, por que?

Dr: Eu perguntei porque vejo que tem uma marca e significa que tem um Alfa, pelas características que o senhor me deu, pode ter a possibilidade de gravidez. O Senhor teve ultimamente relações sexuais com seu cônjuge?

Jimin engoliu seco, seu estômago embrulhou e sua respiração ficou agitada. Estava grávido?! Agora??! Essa notícia pegou no pior momento possível, mas só de pensar em como Jungkook ficaria feliz e no rosto de seu bebê, seu desespero virou alegria.

Jin: Oh meu Deus!! Eu vou ver vovó! – comemorava Jin –

Dr: Quero dizer que existe essa possibilidade e não que seria certo. – explicou o médico –

Hope: O que o senhor está esperando?! Um teste agora, pelo amor de Deus. – Hope começou a ficar eufórico junto a Jin –

O médico abriu sua gaveta tirando de lá uma caixinha branca e entregando a Jimin, que se manteve calado todo processo, diferente de seus acompanhantes que já falavam em qual seria o sexo do bebê; Como iria se chamar ou com quem se pareceria mais, com Jimin ou Jungkook.

O doutor mostrou aonde Jimin poderia fazer o teste, levando-lhe até um banheiro. Jimin analisou minuciosamente aquela caixinha. Tecnicamente, todo seu futuro estaria sendo confiado a uma caixinha, logo, os sentimentos de Jimin viraram uma bagunça. Jimin sentia emoção ao pensar que estaria grávido, nervoso ao na verdade não estar e decepcionar seus amigos, medo de estar e de pensar qual seria a reação dos seus pais, raiva por ter apanhado de seu pai mesmo estando – provavelmente – grávido. Mas principalmente, ansioso, ansioso para contar para Jungkook e ver seu lindo sorriso, que só de lembrar, acabava imaginando seu filho com o mesmo sorriso.

Jimin abriu a caixa e nela havia algo parecido com um termômetro e um copinho onde provavelmente colocaria sua urina. Leu as instruções várias vezes. Nunca pensou que um dia estaria em um banheiro com um exame de gravidez na mão e rezaria para que desse positivo.

Jimin fez xixi no copinho e colocou o termômetro mergulhado. Esperou três minutos, já ouvindo os resmungos de Tae por Jimin estar demorando tanto. Jimin retirou o termômetro e viu o resultado...

Jimin: Não acredito...


Notas Finais


Foi pequeno, mas isso será muito relevante para o futuro 😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...