História Meu passado voltando a tona - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 20
Palavras 1.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Capítulo 5


Encosto na porta já fechada e trancada e respirei fundo. Como eu nunca tinha percebido que o pai dele estava doente? Eu fui insensível por não ter notado nada? Mil pensamentos passavam pela minha cabeça naquele momento, e a única coisa que consegui fazer foi ficar sentado pensando no que fazer.

Depois de passar 30 minutos sentado atrás da minha porta, levanto e vou em direção ao banheiro, tomo um banho quente para relaxar — ou tentar — ao menos um pouco.

Após uma longa reflexão, decido que preciso conversar com Jimin. Uma conversa sincera, acho que seria bom tanto para mim quanto para ele.

Visto uma bermuda e uma camisa simples, vou até a porta da casa e travo antes de tocar a maçaneta, meu corpo paralisou, não sei se ele vai querer olhar na minha cara, mas eu preciso esclarecer tudo... Tomo coragem e abro a porta, dou dois passos e paro em frente a porta do moreno, toco a campainha relutante e logo ela é aberta, contudo, não é aberta por Jimin, e sim por aquele garoto que vi com ele no dia em que ele voltou.

— O que deseja? — falou com um sorriso no rosto.

— Quem é você? — pergunto com a sobrancelha erguida.

— Eu quem deveria perguntar isso, mas meu nome é Jung Hoseok — respondeu com simpátia  — e você?

— Meu nome é Jeon Jungkook — falei ainda desconfiado — o Jimin tá ai? Eu preciso falar com ele..

— Ele não está muito bem no momento. Se quiser eu falo que você veio... você é amigo dele?

— Vocês estão namorando? — pergunto de uma  vez.

— O que? De jeito nenhum — responde rindo — ele é meu melhor amigo, e está tentando reconquistar o ex namorado.

— Eu... Eu sou o ex namorado — falo coçando a nuca — ele tá bem? Eu preciso conversar com ele..

— Olha Jeon, vou ser sincero, ele está bem mal... Não te conheço o suficiente para falar nada a seu respeito, mas ele está mal por causa da morte do pai, e agora você não quer nem olhar na cara dele... 

— É por isso que quero conversar com ele, para podermos nos entender melhor.

— Te aconselho a procurar por ele amanhã. — fala olhando para trás — ele vai estar melhor amanhã.

— Tá bom..  Avisa a ele que eu vim procurar por ele, por favor.

— Eu aviso.

A porta foi fechada logo em seguida, me deixando parado no meio do corredor.

Viro em direção a porta do meu apartamento e a abro, realmente seria melhor procurá-lo somente amanhã.. vou para meu quarto e troco de roupa, caminho até a cama e me deito, amanhã vou conseguir conversar melhor com ele e esclarecer tudo..

(...)

O dia amanheceu ensolarado porém frio, e eu amanheci vem pra baixo, estava me sentindo culpado por não ter escutado a história de Jimin a mais tempo, porém não era minha culpa, eu estava — estou — magoado, então aji com raiva...

Levanto do cama e vou até o banheiro para tomar um banho, como era um sábado, não teria aula, mas eu iria pela manhã na casa de Jimin para conversar com ele, após fazer minhas higienes matinais, volto para o quarto e visto um moletom qualquer com uma bermuda simples. Caminho para a cozinha e preparo um café instantâneo, bebo rapidamente e volto para o banheiro para escovar os dentes.

Entro no quarto novamente e procuro pelo meu celular, e quando acho vejo que são 10:30Am, espero que ele já esteja acordado, penso. Saio do quarto e vou em direção a porta de saída, procuro minhas chaves e saio, paro na frente da porta do moreno e antes de tocar a campainha penso no que exatamente vou falar, e no instante em que vou tocar a campainha a porta se abre revelando a imagem do amigo de Jimin, Hoseok.


— Ah, bom dia — fala ao se surpreender com minha presença — o que faz aqui?

— Bom dia... Vim falar com o Jimin, ele tá aí?

— Está, mas está no banho agora.... — responde olhando para trás — se quiser pode entrar e esperar, eu já estou de saída já que tenho um compromisso.

— Ah claro, obrigado — respondo e ele sai do apartamento.

— Ah, Jungkook — me chama antes que eu entre no apartamento.

— Sim..?

— Pega leve com ele, ele já passou por muita coisa. — fala com uma expressão preocupada.

— Pode deixar. — fala com um sorriso singelo.

Então ele foi em direção ao elevador e eu entrei no apartamento, o apartamento dele não era diferente do meu, so mudava a decoração mesmo, ele tinha as paredes em um cinza escuro assim como o meu, porém estavam cheias de quadros e alguns prêmios, vejo que os prêmios são de dança, e começo a lembrar das vezes em que eu o acompanhava para alguma apresentação, tinham também fotos suas com seus pais, com alguns amigos e... também tinha um foto nossa, a foto que tiramos quando completamos 1 ano juntos... Juntos.

Afasto meus pensamentos e me sento no sofá para esperar até que ele saia do banho, se ele não tiver mudado, ele ainda deve demorar a tomar banho.

Após de passarem cerca de 5 minutos, escuto uma porta sendo aberta e um moreno lindo saindo só de toalha pelo corredor.

— Jungkook?! — fala quando percebe minha presença — O que tá fazendo aqui?

— Eu vim conversar com você... — perco o raciocínio olhando aquele corpo que está melhor do que eu me lembro — mas acho melhor você vestir uma roupa...

Então ele correu em direção ao quarto, mas antes de chegar ate a porta, escorregou e caiu, levantando o mais rápido possível segurando a toalha e entrando no quarto.

— Como sempre desastrado — falo sem pensar.

Alguns minutos se passam e ele sai do quarto com uma calça de moletom e uma camisa branca, esfregando a toalha nos cabelos para tirar o excesso de água, então entra no banheiro e volta sem a toalha, indo novamente para o quarto saindo logo depois com um par de óculos de grau no rosto.

— Quer alguma coisa pra beber? — pergunta entrando na cozinha — eu tenho suco, água, cerveja, refrigerante... Quer algo?

— Não, obrigado. — falo levantando do sofá e indo até o balcão — você já tomou café da manhã? 

— Na verdade, ainda não — respondi pegando uma garrafa de suco da geladeira.

— Então eu vou embora e outra hora a gente conversa...

— Não! — fala segurando a manga do meu casaco e soltando quando percebeu o que havia feito — quer dizer... Não precisa, eu só vou tomar um suco mesmo, não tô com fome.

— Na verdade você não sabe cozinhar... — falo baixo pra min mesmo, e ele me olha com uma cara de indignação — que foi?

— Eu cozinho muito bem para a sua informação, ok?

— Não acredito — ele me olhou com a boca aberta no formato de um enquanto segurava o copo de suco — qual é Jimin, você já queimou café! Quem é que consegui queimar café? 

— Já faz muito tempo — fala bebendo o suco — agora eu sei cozinhar, mas tenho preguiça, então não cozinho nada...

— Aham — falo.com um sorrisinho e abaixando a cabeça.

Quando levanto o olhar, encontro os olhos de Jimin me observando, e acabo me perdendo no meio daquele olhar..

— Me desculpa, Jungkook.

— Jimin...

— É sério, desculpa, eu me arrependo de não ter tentado entrar em contato contigo quando eu fui embora, me arrependo que não ter falado nada sobre a situação, eu me arrependo de tudo, de verdade. — falou passando a mão pelos cabelos de forma tensa.

— Porque não entrou em contato comigo então? — perguntei aproximando minha mão da sua

— Porque fiquei com medo.

— Medo de que? — segurei sua mão firmemente.

— Medo de que você me odiasse, que me ignorasse, que tivesse esquecido a minha existência! — falou já com lágrimas nós olhos — eu senti muito medo de te perder, e por causa desse medo... Eu te perdi...

— Jimin... — falei tocando levemente seu rosto — você devia ter entrado em contato comigo na primeira oportunidade.. você não pode nem imaginar como eu sofri quando você foi embora, eu não queria comer, nem falar com ninguém, o Taehyung teve que me levar em um hospital porque eu tinha desmaiado...

— Desculpa — falou segurando minha mão com força.

— Eu sempre fingia que tinha superado você, mas quando me encontrava sozinho, olhava nossas fotos juntos, essas que eu ainda guardo no celular... Por longos dois anos eu tentei todos os dias te esquecer, de verdade, eu não acreditava que você fosse voltar um dia, então eu tentei esquecer você, tentei me envolver com outras pessoas, sentir novamente o sentimento de amor, mas sempre que seu nome era citado, eu percebia que era impossível te substituir... 

Parei por um momento somente para observar aquele rosto que estava presente na maioria dos meus sonhos. 

— Jimin... — o chamei esperando que ele olhasse diretamente nos meus olhos — Eu te amei no passado... eu te amo hoje... e eu posso te dar total certeza que vou te amar no futuro... Mas eu mentiria se dissesse que não sinto medo... Medo que você desapareça denovo e eu não possa fazer nada. Medo que você tenha mudado. Medo que eu tenha que sofrer da mesma forma que eu sofri no passado...

— Jungkook eu te prometo que não vou embora jamais. Eu nunca vou te deixar, só vou embora se você me expulsar..

— Eu jamais te mandaria embora da minha vida..

— Isso significa que você me perdoa? — perguntou com esperança no rosto.

— Eu perdoo você — falo secando as lágrimas do seu rosto — mas eu ainda tenho medo de me envolver com você novamente... Desculpa.

— Jungkook...

— Jimin, eu te amo, de verdade, mas eu não sei se vai ser bom nós dois voltarmos a ficar juntos.

— Eu posso te provar que eu vou ficar aqui, e que te amo...

— Jimin...

— Me promete uma coisa?

— Oque?

— Me promete que vai deixar eu tentar te conquistar dessa vez? — acho que ele percebeu que eu estava um pouco confuso porque prosseguiu — lembra que da primeira vez, você quem fez eu me apaixonar por você?

— Lembro...

— Dessa vez... Eu vou fazer você me amar denovo


Notas Finais


O Jimin é maravilhoso não é mesmo? Então, vocês acham que ele consegue reconquistar o Jeon?
@Tia_Kook_Min


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...