1. Spirit Fanfics >
  2. Meu Pecado >
  3. A missão

História Meu Pecado - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


E aí gente má, tudo bom?Não joguem pedras em mim kkkkkk,sim eu comecei mais uma fic, mas eu não tenho culpa, eu juro que eu tento me controlar para não postar mais fic,mas eu não consigo.Vem uma idéia na cabeça ai eu tenho que postar se não eu fico muito loka kkkk,mas é isso aí, né? Fazer o que?Essa fanfic se passa no universo original espero que gostem de coração.Amo vocês, beijos 💙.....

Capítulo 1 - A missão


Fanfic / Fanfiction Meu Pecado - Capítulo 1 - A missão

KAKASHI ON


Eu estava deitado na minha cama,já avia tomado café da manhã, tomado banho,mas sinceramente não avia nada de interessante para fazer,então voltei para cama,para ler meu livro,mas como o universo parece que não é muito meu fã, eu ouso batidas na minha janela.


Eu me levantei da minha cama,com uma enorme preguiça, abro a janela e vejo um ambu.


—Kakashi Hatake a Hokage quer te ver na sala dela em menos de trinta minutos.


Depois de dar a notícia ele joga uma bomba de fumaça no chão e desapareceu.Minha vontade de ir era absolutamente zero,mas como não posso ir contra a vontade da Hokage.Me levanto e visto minha costumeiras roupas e saio do meu apartamento.


Vou em direção bem devagar até ao prédio do Hokage,conforme eu chegava perto do prédio eu vejo Naruto vindo correndo em minha direção. Naquele momento eu queria acelerar meus passos,mas não o fiz.Depois de uns segundos ele me alcança.


—Kakashi sensei.—Naruto fala um poco afobado,é muito provável que ele tenha vindo correndo.


—Naruto,precisa de alguma coisa?


—Você esta muito ocupado?


—Bem,eu estava indo falar com a Tsunade.


—O que a vovó Tsunade quer com você?


—Se eu soubesse eu não estaria indo la Naruto.


Eu juro que não queria ser grosso com ele,mas não é fácil saber que a mulher que você ama não te ama,mas o pior é quando ela ama seu pupilo.


—Foi mal Kakashi-sensei mas eu gostaria de falar da Hinata.


Eu arregalo meus olhos.


—Da Hinata?


—Sim,parece que ela vai sair em uma missão e como você deve saber des do dia que ela me salvou estamos meio próximos.


—Sim,prossiga Naruto.


—Eu e ela começamos a namorar e bem....Eu acho que você vai numa missão fora de Konoha,eu acho,e se o você achar uma aliança bonita por lá você trás para mim?


—Mas por que você não compra uma que seja da qui?


—Eu quero dar uma coisa especial para ela,então pedi para ela esperar um poco,até eu comprar a aliança.


—Esta bem Naruto.


Ele tinha um sorriso bobo no rosto,sorriso da pessoa que ama ao seu lado.Sorriso que provavelmente eu nunca vou ter,ah maldito seja a porcaria do sentjmenu chamado amor,meu coração tem uma dona e infelizmente a dona amor outra.


—Obrigada Kakashi-sensei—Naruto diz me despertando dos meus pensamentos.


—De nada Naruto,mas agora eu vou andando.


—Ta bom,até mais Kakashi-sensei.


Eu me viro e vou embora.O resto do caminho foi feito em completos pensamentos, esses que eu tentei não focar muito.Quando do por mim já estou na frente do prédio do Hokage,eu olho para cima e por algum motivo eu sinto que irei me arrepender disso,mas mesmo assim eu entro.


Subi até o andar onde fica a sala da hokage e encontro Shizune.


—Oi Kakashi,bem Tsunade já esta te esperando.


Shizune está totalmente lotada de papeis,então tento passar sem fazer muito barulho para não incomoda-la.Baro na porta e escuto usenta .


—Entre.


E assim eu entrei na sala dela,me deparando com um monte de papeis,livros e diversas coisas diferentes e no meio disso tudo uma Tsunade com os cabelos em pé de tanto problema.


—Ah Kakashi sente-se.


Vou em direção a uma cadeira que estava na frente da mesa.


—Entao Tsunade-sama para que precisa de mim?


—Só um momento,esta faltando uma pessoa.


—Quem?


Antes que ele possa me responder a porta é aberta,firo para trás para saber quem que é.E de trás da porta sai uma menina de cabelos azulados,Hinata.Sinto meu coração errar uma batida,começo a sentir falta de ar,mas tento disfarçar.


—Ohayo hokage-sama,Kakashi-san.—ela faz uma breve reverência.


—Ohayo—eu e Tsunade respondemos juntas.


—Sente-se Hinata.—Tsinade fala.


Hinata anda e senta na cadeira ao meu lado,pude sentir que ela estava um poco triste,mas resolvo ignorar.


—Então,eu trouxe vocês aqui hoje—a Tsunade começa—porque eu perdendo me aposentar.


—Desculpa,mas acho que eu não entedi direito, você não vai ser mais Hokage? —pergunto.


—Sim,eu cansei dessa vida,eu quero aproveitar.


—E-e quem vai se-ser o Hokage—Hinata pergunta.


—O Kakashi,mas para isso ele precisa provar que ele consegue.Então vocês vão numa missão.


—Que tipo de missão? —pergunto.


—Então vocês não devem estar sabendo,mas parece que esta começando a se enguer mais um grupo de renegados e precisamos que vocês descobriam mais sobre isso.


—E como vamos descobrir algo?


—Então Kakashi parece que tem um bar perto da cidade do vento onde muitas pessoas ficam por lá.


—E você quer que agente nos infiltre?


—Mais ou menos,pelo que parece eles precisam de alguém para trabalhar lá.E essa pessoa é a Hinata,claro se ela aceitar.


Eu olhei para Hinata com esperanças que ela dissesse sim e ao mesmo tempo que ela dissesse não, se ela dizer siela vai ir comigo,mas ao mesmo tempo não é muito bom ela ir trabalhar num bar.


—Eu aceito Tsunade-sama.


Tanto eu quanto Tsunade nos espantamos,ela nem mesmo pensou para responder e ainda responder firme.


—Então aqui está os pergaminhos para saberem mais detalhes da missão —ela nos estendeu dois pergaminhos um para mie outro para Hinata—Vocês vão amanhã bem cedo,o horário vocês decidem juntos,está bem?


—Hai.—eu e Hinata respondemos em  união.


—Estão despensados.


E assim Hinata e eu saímos da sala,quando já estavamos fora do prédio,Hinata me chama.


—Tchau Kakashi-sama.


—Espera Hinata.


Ela já de costas para mim e se virou,esperando eu dizer qual quer coisa.Eu queria dizer que eu a amo,mas fui covarde,mais uma vez.


—É...bem podemos nos encontrar as sete da manhã no portão da aldeia. —digo com um sorriso sem graça no rosto e uma mão na cabeça.


—Hai,até mais Kakashi-san.


Ela foi ando lentamente até o clã dela.


—Até Hinata.


Fico ali parado olhando ela ir embora,e junto com ela o sol e com ela o meu amor.A vida é uma coisa difícil, eu a amo,mas não sei o que fazer.Quem sabe nessa missão tudo não mude?Eu sei que deveria ter mais coragem,mas eu juro que não sei o que fazer.


O amor é complicado,mas eu agradeço a Kami por ter o privilégios de amar Hinata.Mesmo que ela não me ame eu a amo,e sempre irei ama-la,porque você é tudo que eu femho.


—Hinata—digo num sussurro.


E assim eu bora para minha cas


Continua?


Notas Finais


Me perdõe os erros de português,e foi mal seico curto ou qualquer outra coisa,espero que tenham gostado,tchau meus lindos,beijos.💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...